Nós sempre ficamos com um pé atrás com esses passes que prometem salvar a pátria – e o seu dinheiro – quando o assunto são atrações turísticas e em Chicago não poderia ser diferente. Na cidade há basicamente dois tipos de passes: Chicago CityPASS e Go Chicago Card, mas qual será melhor?

Qual passe é melhor: Chicago CityPass ou Go Chicago Card?

Chicago CityPASS

chicago citypass economize na viagem

Esse passe lhe dá direito a 5 das principais atrações de Chicago:

  1. Shedd Aquarium
  2. The Field Museum
  3. Skydeck Chicago
  4. Escolha entre: Adler Planetarium ou Art Institute of Chicago
  5. Escolha entre: John Hancock Observatory ou Museum of Science and Industry

Valores (07/06/2011):

  • Adulto: 76 dólares
  • Criança: 59 dólares

Onde Comprar:

  • Pela Internet no próprio site do CityPASS
  • Diretamente nas atrações do CityPASS

Se comprar pela Internet, basta imprimir o e-ticket e trocar pelo livrinho (booklet) na primeira atração que for visitar.

Vantagens:

  • Normalmente, além da entrada “fura-fila” (Fast Pass), os ingressos também possuem alguns extras, como visitas a algumas exposições e shows que não fazem parte do ingresso normal.
  • Mesmo que você compre os passes mais baratos – e sem direito aos extras – por conta, o CityPASS ainda sai mais barato.
  • De acordo com eles, a economia é de 50% se comparado a passes equivalentes para adultos.
  • Validade de 9 dias após a data da primeira utilização, ou seja, tempo suficiente para visitar as 5 atrações sem pressa :)

Desvantagens:

  • Apenas uma entrada por atração, ou seja, você não poderá voltar àquela atração novamente dentro dos 9 dias.
  • Se você não puder ou não quiser ir a alguma das atrações, o passe já passa a não valer tanto a pena.
  • Ter de escolher entre o Adler Planetarium e o Art Institute of Chicago. Ambos são ótimos e valem a visita, ou seja, você escolhe o mais caro para usar o passe e tem de pagar o outro :(
  • Como o Skydeck já está incluso, ir ao John Hancock Observatory terá quase o mesmo efeito (apesar de ser ótima a vista de lá), então a 5a. opção na verdade é quase uma ida certa ao Museum of Science and Industry.

Go Chicago Card

go chicago card economize na viagem

Esse passe lhe dá direito a visitar 28 das principais atrações de Chicago:

  1. Lake Cruise by Shoreline
  2. Navy Pier – Metropolitan Pier & Exposition Authority
  3. John Hancock Observatory
  4. SkyDeck Chicago – Willis Tower
  5. The Field Museum
  6. Adler Planetarium
  7. Art Institute of Chicago
  8. Shedd Aquarium
  9. North Side Tour by Gray Line
  10. Architectural River Cruise by Shoreline
  11. Bike Chicago Navy Pier
  12. Brookfield Zoo
  13. Chicago Architecture Foundation
  14. Chicago Children’s Museum
  15. Chicago History Museum
  16. Frank Lloyd Wright Home and Studio Tour
  17. Grand Tour by Gray Line
  18. Hop On Hop Off Trolley by Gray Line
  19. Kohl’s Children Museum of Greater Chicago
  20. LEGOLAND Discovery Centre
  21. Lincoln Park Zoo Offers
  22. Museum of Contemporary Art
  23. Museum of Science and Industry Plus Omnimax
  24. Notebaert Nature Museum
  25. Robie House
  26. South Side Tour by Gray Line
  27. The Chicago Theatre Marquee Tour
  28. Windy of Chicago

Valores (07/06/2011):

  • 1 dia - Adulto: 66,99 dólares | Criança: 44,99 dólares
  • 2 dias – Adulto: 94,99 dólares | Criança: 69,99 dólares
  • 3 dias – Adulto: 119,99 dólares | Criança: 89,99 dólares
  • 5 diasAdulto: 149,99 dólares | Criança: 109,99 dólares
  • 7 diasAdulto: 169,99 dólares | Criança: 129,99 dólares

Onde Comprar:

  • Pela Internet no próprio site do Go Chicago Card
  • Diretamente em algumas das atrações do Go Chicago Card (veja aqui a lista)

Se comprar pela Internet, basta imprimir o e-ticket e trocar pelo livro guia e pelo cartão em alguma das 6 localidades de troca.

Vantagens:

  • Algumas das entradas são “fura-fila” (Fast Pass).
  • Maior variedade de atrações.
  • Às vezes há descontos no preço dos cartões de vários dias.
  • De acordo com eles, a economia é de até 55% se comparado a passes equivalentes para adultos. Veja aqui um exemplo.
  • Possibilidade de entrar e sair das atrações quantas vezes quiser enquanto o passe for válido.

Desvantagens:

  • Não há tantos extras em cada ingresso como no CityPASS.
  • O número limitado de dias quase que lhe obriga a ir em várias atrações em um curto espaço de tempo para compensar o valor pago.
  • Os passes só começam a ficar interessantes a partir do passe de 3 dias, quando o valor diário baixa para 40 dólares.
  • Exige maior pesquisa e planejamento para decidir o que fazer nos dias em que o cartão é válido e realmente economizar.

Minhas conclusões

Apesar de eu normalmente achar que esses passes não são assim tão vantajosos, em Chicago, ambos os passes realmente valem a pena pois são raras as atrações na cidade que possuem um dia grátis ou que tenham bons descontos.

O Chicago CityPASS realmente economiza dinheiro, mesmo quando você compra os passes mais baratos (e com menos extras que o CityPASS) nas 5 atrações escolhidas. As atrações disponíveis são realmente as mais importantes de Chicago e podem muito bem serem vistas em 2 dias com tranquilidade ou até em 1 dias se você for um ultra-fast traveler :P

A única coisa que me desagradou foi o fato de você ter de escolher entre o Adler Planetarium e o Art Institute of Chicago. Se você viaja com crianças, o primeiro é mais voltado aos pequenos. Caso contrário, o Art Institute é mais interessante. E se você é como eu, uma criança que gosta de museus, irá nos dois :P.

O Chicago CityPASS é mais indicado para quem tem pouco tempo ou quer passear mais devagar pela cidade.

Já o Go Chicago Card pode também ajudar a economizar alguns dinheiros, mas exige um planejamento melhor para decidir o que visitar durante os dias em que o passe é válido. Isso porque algumas das atrações não são muito caras e se você não planejar direitinho, o gasto total pode não compensar o preço do passe.

Para este passe, considere as opções a partir de 3 dias (ou 40 dólares por dia), pois assim não fica muito corrido visitar 3 ou 4 atrações por dia que somem mais de 40 dólares.

Por causa disso o Go Chicago Card é mais indicado para quem vai passar mais de 3 dias na cidade e quer conhecer várias das atrações disponíveis.

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros de Chicago \o/

Se gostou do que viu, assine o blog!


    8 Comentários
  1. Nós utilizamos o Citypass em 4 dias de estadia em Chicago e foi ótimo; além de economizarmos, não se pega fila. Optamos por ir no Instituto de Arte e no Hancock. O Museu de Ciência, pelo que eu vi, seria algo parecido com o Catavento Cultural de SP. E o Planetário não ouvi mta coisa tão interessante assim a respeito. De qualquer forma, os passeios que fizemos com o Citypass valeram mto a pena!

    • Obrigado pela confirmação Vinicius :D Ainda não conheço o Catavento Cultural de SP, preciso ir nele qualquer dia desses. É ótimo saber que para essas 4 atrações o city pass já vale a pena :)

  2. Olá Fred
    Adorei sua dica, pois estou montando uma viagem por EUA começando por Chicago. Queria uma sugestão sua pq estou com uma lesão no joelho portanto não posso andar mt então vou alugar ou comprar uma cadeira de rodas em Chicago para me deslocar por toda a viagem. É a primeira experiência com cadeira de rodas e usando-a numa viagem de um mês. Li que em EUA há estrutura para cadeirante daí minha animação para realizar essa viagem com uma amiga. Amo viajar e desde ano passado que não viajo devido essa lesão. Quero comprar o CityPASS e usar o ônibus da Hop-onHop-off que leva cadeirante. Pretendo ficar de 3 a 4 dias. Vc tem alguma sugestão de hotel três ou duas estrelas bem localizado num preço camarada, o hotel é para descansar daí não há necessidade de luxo e sim de limpeza e localização. Em casa me desloco legal e quando me desloco por três quadras uso muleta mais do que isso não dá mais, daí o uso da cadeira de rodas na viagem, entendeu.
    resolvi encarar com o apoio de uma amiga, pois a vida é para viver e não quero deixar a peteca cair.
    Aguardo notícias no meu e-mail. E muito obrigada de coração.
    BJNHS

    • Oi Fátima.

      Que legal que sua amiga lhe convenceu a viajar :) espero que sua viagem seja bem divertida!

      Infelizmente eu não tenho como lhe indicar um hotel, pois só ficamos em um hotel na cidade, mas no post abaixo eu indico as melhores regiões da cidade:

      Chicago: onde ficar e como chegar

      Uma coisa que você precisa tomar cuidado é sobre o metrô, pois não é toda estação que tem elevadores ou escadas rolantes :( Ao escolher o hotel, confira se a estação de metrô mais próxima é acessível e daí você decide se vale ficar lá ou não.

      Qualquer dúvida, estamos aí :)

  3. Olá Fred e Natalie
    Tudo bem? Recebi o e-mail da confirmação. Aguardo notícias!
    Muito obrigada!
    Boa noite!

Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. [...] É possível comprar os ingressos direto pelo site do Museu ou usando o Chicago CityPass e Chicago Go Card. [...]

  2. [...] de passe que lhe dá direito a visitar diferentes atrações num mesmo período. Algo como o Chicago CityPass ou o Paris Museum Pass ou ainda como aqueles tickets combinados da Disney em que você pode [...]

  3. […] turistas sempre tem algum tipo de ticket de desconto de atrações. Chicago e Nova York têm seus City Pass, Paris tem seu Museum Pass e Frankfurt, como não poderia ser diferente, tem o seu Frankfurt […]