Quando o Tiago, autor do blog Rotas Capixabas, começou o roteiro da sua primeira viagem à Europa, ele pediu várias dicas de apps e de planejamento dos roteiros pelo Google Maps. Foi então que surgiu a ideia de pedir que ele contasse como foi a experiência de usar, pela primeira vez, a tecnologia para viajar melhor. Além disso, é interessante entender o processo de planejamento de roteiros de outras pessoas, pois sempre podemos encontrar um detalhe que não havíamos pensado ;)

Um fator bem interessante é que ele mostrou que não é necessário ter um smartphone para poder usufruir da maioria das vantagens de utilizar a tecnologia durante a viagem, um iPod já é suficiente.

Acompanhem o relato do Tiago Reis, capixaba por opção :)

Rotas Capixabas

No meu aniversário do ano passado, a Renata, minha esposa, me presenteou com um iPod. Foi a minha primeira experiência com tecnologia móvel, já que, na época, eu não tinha um smartphone. Talvez por isso, eu não fazia ideia da revolução que esse aparelhinho faria em nossas viagens.

Essa revolução começou depois que a gente decidiu fazer a nossa primeira viagem à Europa, em meados do ano passado. Assim que a gente deu o start no planejamento, resolvi resgatar todos os posts do Fred, aqui no Sundaycooks, sobre tecnologia e apps de viagem para ver como o meu iPod poderia ser útil antes e, principalmente, durante a viagem.

E não é que eu me surpreendi?

Foi a primeira vez que experimentei na prática as dicas do Fred. E, atendendo a um pedido irrecusável que ele mesmo me fez, fiz questão de fazer esse relato para agradecê-lo e mostrar como essas dicas me foram úteis e me fizeram viajar melhor.

Pra começar, o planejamento da viagem se tornou absurdamente mais agradável depois que eu aderi à onda de traçar meus roteiros no Google Maps.

Rotas Capixabas - Roteiro de Veneza

Acreditem. Eu não tinha ideia de como o Google Maps poderia ser útil para um viajante independente. Com ele, a gente leva ao pé da letra essa história de fazer o nosso próprio roteiro. Eu fiquei viciado nisso! Fiquei dias personalizando os mapas das cidades que a gente visitaria na Europa (Roma, Florença, Veneza e Paris), marcando pontos de interesse, anotando informações importantes e traçando rotas para os dias de passeio.

Foi uma tremenda diversão pré-viagem.

Não bastassem as dicas que o Fred deu no post, ele ainda me ajudou no início do processo me enviando o link de um mapa que ele mesmo preparou da cidade de Paris. Foi em cima desse mapa que eu fiz o meu.

Rotas Capixabas - Roteiro de Paris

A partir daí, precisei decidir qual aplicativo usar para garantir a utilização offline dos mapas que criei. Essa era uma grande preocupação minha porque, com o iPod, eu não estaria o tempo todo conectado e dependeria sempre de wi-fi grátis para acessar a Internet. Por isso, era fundamental que meus mapas estivessem disponíveis a qualquer tempo, independentemente de conexão.

O Fred dá várias dicas de como usar o Google Maps offline aquiaqui, mas confesso que achei a primeira opção (a app do próprio Google Maps) trabalhosa e a segunda (a do PD Maps), pouco amigável para os meus parcos conhecimentos tecnológicos. Por isso, depois de comprar, baixar e testar as apps MyMaps The Cartographer, analisados pelo Fred, eu acabei aderindo ao The Cartographer por achá-lo de uso mais fácil e de interface mais agradável.

Fiz o download de todos os meus mapas e não tive problemas para acessá-los, mesmo sem conexão.

O único problema que eu tive foi com o GPS do iPod. Por algum motivo que eu não sei dizer, ele não funcionava muito bem quando eu não estava conectado e em alguns pontos, ele não reconhecia a minha localização atual. Isso aconteceu bastante em Roma, mas, em Veneza, o GPS sempre funcionou.

Rotas Capixabas - The CartographerRotas Capixabas - The CartographerRotas Capixabas - The Cartographer

Bom, só isso já teria sido uma tremenda revolução na minha viagem, mas houveram duas outras coisas que aprendi aqui e que também me ajudaram bastante.

Tripdeck foi uma delas. Eu aderi a ele para organizar a minha agenda da viagem, com todos os horários e informações de reservas e passeios.

Confesso que, nesse ponto, eu não queria nada muito complexo nem interativo (como eu disse, eu não estaria conectado o tempo todo). O que eu queria era simplesmente me livrar daquele monte de anotação e e-mail que a gente imprime para poder lembrar os nossos compromissos durante a viagem. Em outras palavras, eu queria apenas um app que me ajudasse a organizar o dia-a-dia da viagem – principalmente os meus deslocamentos e reservas de passeios – de forma cronológica e visualmente simples. E isso, como reconhece o Fred, o Tripdeck faz muito bem ao mostrar o itinerário da viagem em forma de lista.

E o Skype, que o Fred sugere para economizar em ligações internacionais, foi a segunda coisa. Eu acabei optando pelo app do Skype, porque eu já tinha me cadastrado antes mesmo de ter um tablet ou smartphone.

Enfim, sei que eu ainda tô engatinhando nessas maravilhas todas que a tecnologia nos oferece para facilitar a vida, mas, pelo menos, em matéria de viagens, eu tô muito bem servido pelas dicas do Sundaycooks!

Termino o meu relato, deixando registrado o meu sincero agradecimento ao Fred e à Natalie! Casal, vocês não fazem ideia de como as suas dicas me ajudaram a viajar melhor!

Rotas Capixabas - Florença

Rotas Capixabas - Florença. Photo by Tiago.

 

Muito obrigado, Tiago, pelo seu relato tão completo! O prazer é nosso em poder ajudar sempre que possível :D

Se você também tem um relato de como utilizou o Sundaycooks para ajudar na sua viagem ou gostaria de ter um relato de viagem seu publicado, entre em contato conosco :)

Se gostou do que viu, assine o blog!


    4 Comentários
  1. Vários \o/! Muita honra aparecer por aqui!
    Como blogueiro, eu sei muito bem como é bom receber o feedback de um leitor sobre as dicas que aprendeu com o blog. E eu não poderia deixar de mostrar o quanto eu aprendi com vocês!
    Muito obrigado, Fred e Natalie!!

  2. Estou passando pra deixar essa novidade aos conterrâneos capixabas que curti uma boa viagem e gostaria de dividir essa alegria entre o pessoal da cidade da melhor muqueca do mundo…
    Acesse no Facebook, Capixabas Pelo Mundo e partilhe as suas experiencias… que de certeza são inesquecíveis..

    Capixaba “poca fora” fora no mundo, e os outros viaajaaa… :)

    Abraço a Todos Curtam e divirtam… pois o Mundo é grande e a vida é curta.

    Abraços,

    Vanderlucio Sant’Ana.

    https://www.facebook.com/pages/Capixabas-Pelo-Mundo/280099822096162

  3. Nada melhor que utilizar da Tecnologia que nos dada para inserir em nossas viagens,buscando guardar conhecimento,lembrança e utilidade para nossas vidas.

Deixe seu Comentário