livros de receitas

Como vocês puderam ver, fazer a Ceasar Salad não é fácil… Afinal cortar alface grosseiramente sem magoá-la não é tarefa fácil!

Qual não foi a minha surpresa ao chegar o almoço de terça e ver que a tia da Natalie (cozinheira há mais de 55 anos) tinha preparado a mesma Ceasar Salad que eu tinha levado tanto tempo e dado um puta trabalho pra fazer…

Pois é. Eu estava todo feliz que tinha conseguido fazer minha saladinha ficar boa e ela vem tirar onda com a minha cara pra mostrar quem é que manda na cozinha…

Agora só me resta pegar meu banquinho, sair de fininho e escolher outra receita para fazer no próximo domingo.

Eu só me consolo por duas coisas:

1) Ela também se descuidou fazendo todo o resto do almoço e também queimou os crôutons
2) Estamos aprendendo com a melhor cozinheira possível 😛

Moral do dia:
“Não mexa com quem tá quieto OU Não tire os olhos dos crôutons.”

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


Deixe seu Comentário