“Welcome to Leicester Square. Change here to the Picadilly line.” – London Underground

Saudades… Droga Natalie, por que você fica me lembrando?

Santiago

Anyway, eu só queria fazer um comparativo de como é um Asado chileno e o Churrasco brasileiro.

1) Churrasqueira:

No Asado chileno a churrasqueira é mais como uma grelha q tem uma correntinha que define a distância para a fonte de calor. Não há espetos, a não ser os de pau pra fazer espetinhos.

Na churrasqueira temos normalmente 2 posições de distância para a carne e pode ter um aparelho eletrico que fica virando a carne automaticamente. Há muitos espetos.

2) A fonte de calor:

No Asado chileno o carvão (q é menor normalmente) é aceso e depois de virar brasa ele é espalhado na “churrasqueira”. Isso faz com que não haja chamas grandes e com que o calor seja menor.

Na nossa churrasqueira o carvão é aceso e tem de formar chamas que são controladas jogando água no fogo. Por conseguinte é claro que o calor é maior.

3) As carnes:

No Asado chileno as carnes são geralmente compradas em caixinhas e colocadas à disposição das pessoas para quem quiser pegar e colocar na “churrasqueira”. Não tem tanta variedade de cortes de carnes para escolher. Ou é bife de caixinha ou é lingüiça.

No nosso Churrasco as carnes são compradas em pedaços, salgadas e colocadas numa bacia ao lado da churrasqueira para que o churrasqueiro possa trabalhar com elas, colocar no espeto e assá-las.

4) O Churrasqueiro:

No Asado chileno não há churrasqueiro. Cada um pega a carne, coloca na grelha e toma conta pra ver se já está boa ou não.

Não há churrasco brasileiro sem um churrasqueiro. Ninguém mexe na churrasqueira sem o consentimento dele! Ele é o responsável por cuidar das carnes, temperá-las e tirá-las da churrasqueiras e geralmente também é responsável por cortá-las.

5) Acompanhamentos:

No Asado chileno em geral tem batata frita de latinha tipo ruffles e pringles e um vinagrete de Coentro com outras coisas em que só se vê e sente-se o gosto do coentro.

No Churrasco brasileiro tem de tudo de acompanhamento: vinagrete, pão, arroz, banana frita, salada e o que mais der na telha. Claro que isso é só pra acompanhar mesmo, pq tirando as mulheres o que todo mundo quer é comer carne até virar a bolinha du’zói.

Enfim, na minha opinião comer churrasco no Brasil não tem comparação! Mas que as carnes que você pede em restaurantes são no geral mais bem feitas que aqui isso são.

Se você pede uma carne “al punto” ela vai vir al punto. Nem mais nem menos. Não é como no Brasil que na maioria dos lugares vc pede uma carne ao ponto e ou come uma sola de sapato ou come um bife mugindo.

E eu não estou falando de carnes de 1 ou 2 dedos de espessura nao. To falando de pedaços de 300-400g de carne de 3 ou mais dedos de espessura. Os caras tem as manhas de fazer um bife desses ser assado corretamente. Provavelmente pela técnica de não deixar a temperatura ficar alta como nos Asados…

Moral do dia: “Mind the gap between the train and the platform.”

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    2 Comentários
  1. “No Asado chileno as carnes são geralmente compradas em caixinhas e colocadas à disposição das pessoas para quem quiser pegar e colocar na “churrasqueira”. Não tem tanta variedade de cortes de carnes para escolher. Ou é bife de caixinha ou é lingüiça.”
    Cara de onde vc tiro essa ideia, errada por sinal, outra coisa tem uma pessoa pra fazer o asado. Tem muitas saladas como acompanhamento.

    • Oi Inés.

      Essa foi a minha experiência na primeira ida no Chile. Um Churrasco na casa de um dos meus amigos. Foi a impressão que eu tive 😛 Afinal aqui no Brasil, qualquer que seja o churrasco, será feito com peças de carne, não carne de caixinha ehehhe Saladas realmente tinha aos montes, com muito coentro, mesmo!

      Agora me diz, como vc chegou num dos primeiros posts de viagens que nós fizemos? 😛 Hoje uma das nossas paixões no Chile é certamente a culinária! Osaka que o diga hehehehe

Deixe seu Comentário