Se você chegou a este post, significa que você deve estar se perguntando o que há para fazer em Orlando além dos parques temáticos como Disney, Universal e Sea World, não é mesmo?

Quando falamos de Orlando, a primeira coisa que vem à cabeça é a Disney e seus parques temáticos.

E qual é a segunda coisa? Compras, claro 😛

Eu confesso que foi exatamente isso que passou pela minha cabeça na minha primeira ida a Orlando. Era minha segunda viagem internacional a trabalho e infelizmente foi a única em que tive um final de semana livre para passear.

Nesse final de semana de folga, eu e um colega fomos aos parques da Universal (Universal Studios e Islands of Adventure). Não fomos à Disney ou ao Sea World porque nossos colegas americanos haviam dito que os da Universal são melhores para adultos com pouco tempo para aproveitar. E foi uma boa escolha. Aquela montanha russa do Hulk e o Cinema 3D do Homem-Aranha são fenomenais 😀

Ah, se eu tivesse a experiência que tenho hoje… Teria aproveitado muito mais, pois há muito mais coisas a se fazer em Orlando além dos parques e compras 😉

As outras vezes em que fui a Orlando também foram a trabalho e nunca mais tive tempo livre para aproveitar a cidade de fato. Daí que eu sempre ficava entre um shopping e outro, uma loja e outra e só.

Cheguei até a achar que Orlando era uma cidade sem graça, que era apenas parques e compras, mas sempre me perguntava:

O que fazer em Orlando além dos parques?

Quando cheguei a Orlando nesta última viagem, eu queria fazer programas diferentes do que normalmente se faz. Queria ver se a Orlando além dos parques era interessante, se a cidade tinha algo mais a oferecer além dos seus Parques de Diversão e suas “Lojas de Diversão”, afinal eu me divirto andando pela Best Buy 😛

Apesar de não conhecer Orlando como gostaria, deixo aqui o que aprendi nessas idas e vindas  para que vocês possam conhecer melhor a cidade:

1) Alugue um carro com GPS ou leve seu próprio GPS: Isso é essencial para quem quer passear por Orlando. Não se preocupe com vagas de estacionamento, pois isso é o que não falta. O modo de dirigir também é bem tranquilo. No centro há vários prédios de estacionamento pago tipo aqueles dos filmes de Hollywood 😛

2) Faça suas compras pela Internet: É mais prático e você ainda poupa muito tempo!

A Best Buy permite que você faça suas compras online e busque o produto direto na loja que você escolher. A Amazon.com também é uma boa pedida caso você conheça alguém por lá para receber suas compras.

Há a possibilidade em algumas lojas de entregar as encomendas em hotéis, mas eu não aconselho pois já li relatos em que o hotel se recusou a aceitar a entrega. Se escolher essa opção, não custa ligar para o hotel e conferir se é possível enviar as compras para lá. Hoje isso é mais comum devido à enorme quantidade de brasileiros que fazem compras desse jeito e alguns hotéis começaram a cobrar pelo serviço também.

Ah, muito cuidado com os prazos de entrega! Eu já fiz um pedido na Amazon com entrega terrestre que deveria levar 1 semana e no final a encomenda só chegou quando eu já não estava mais lá.

Se fizer compras online, pague um pouco a mais para usar um método de entrega mais rápido 🙂

A vantagem de comprar pela Amazon.com é que o preço é geralmente menor e você não paga o imposto sobre o produto (que é por volta dos 8%).

3) City Walk da Universal e Downtown Disney: Esses dois são equivalentes, sendo um dentro dos parques da Universal e o outro nos parques da Disney. A idéia desses locais é juntar vários restaurantes, baladas, lojas e cinemas perto dos parques de diversão, até porque eles querem que as pessoas hospedadas nos parques não precisem sair de lá.

Eu gosto bastante do City Walk pois há o que fazer para todos os gostos. Restaurantes variados, Hard Rock Café (o maior do mundo), boates variadas e um cinema com IMAX onde assisti ao Alice in Wonderland em 3D 😀

4) Passeie pelos subúrbios: Há vários lagos e lugares lindos para ver e passear nos subúrbios de Orlando. As casas, o ambiente, o clima são coisas que sempre me deixam alegre. Aproveite que está com o GPS e faça com que ele evite pedágios. Assim você conhecerá alguns lugares diferentes do que se vê ao usar as rodovias.

Permita-se errar o caminho!

5) Vá ao Cheesecake Factory: Essa foi definitivamente a melhor surpresa de Orlando até agora. Ótima comida, tortas, cheesecakes e bolos ainda mais maravilhosos! Prove o Lemoncello Cream Torte e não se arrependerá. Dica: Peça os cheesecakes que tiverem mais pedaços, pois eles geralmente estão mais frescos.

orlando além dos parques - cheesecake factory

Cheesecakes 😀

6) Vá a algum evento na Amway Arena: A Amway Arena de Orlando é muito legal e é bem pertinho do centro (se não for no centro mesmo). Eu fui ver um jogo da NBA por lá e foi muito divertido! Se você gosta de Futebol Americano, eles também tem jogos da AFL (Arena Football League), um Futebol Americano em um espaço bem menor e, por isso, bem mais rápido e emocionante. Para os marmanjos, existe a LFL (Lingerie Football League) que joga em arenas da AFL, mas não sei se Orlando tem um time desses :mrgreen:

Aqui vale uma dica. Bem no centro de Orlando passa o ônibus de graça direto para a Amway Arena. A maior vantagem do ônibus é que você não precisa pegar engarrafamento para chegar à Arena ou para sair de lá pois ele tem faixas próprias pela cidade.

orlando além dos parques - como ir à Amway Arena

Ônibus de graça (Ride Free) que vai até a Amway Arena. À esquerda está a Orlando Public Library.

O que eu fiz no dia do jogo foi deixar meu carro num desses prédios de estacionamentos em frente à Orlando Public Library e pegar o ônibus na quadra ao lado da biblioteca.

Amway Arena – Vitória do Orlando Magic

7) Passeie pelo centro de Orlando: A Orlando Public Library está praticamente no centro do centro de Orlando. Deixe seu carro no estacionamento em frente e faça um passeio pelo centro. Há vários restaurantes e bares na região. Se você gosta de cerveja, pule de bar em bar pedindo uma cerveja diferente e sentindo o ambiente (o famoso bar hopping). Não deixe de ir ao Casey’s, meu bar preferido, bem na esquina seguinte do prédio de estacionamento.

8) Outras opções: Bem perto da Orlando Public Library há uma praça com alguns crocodilos de bronze e também há o museu Orange County Regional History Center. Ainda não tive a oportunidade de conhecer, mas me disseram que o topo do prédio era onde os presos ficavam enquanto esperavam o julgamento que acontecia no mesmo prédio.

Você também pode pegar um desses carrinhos elétricos ou até mesmo um triciclo de passeio que, por alguns dólares, fará um city tour pelo centro. Durante a noite deve ser ainda mais legal fazer esse passeio.

orlando além dos parques - Centro

Centro de Orlando – o estacionamento é bem em frente à Orlando Public Library

Moral da história: Orlando é uma cidade que pode te surpreender. É só você querer 🙂

Ofertas de hotéis em Orlando: para Compras e Disney

Ofertas de hotéis em Orlando

Ofertas de hotéis nos Estados Unidos

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    23 Comentários
  1. Tirando os parques, Orlando é uma cidade super “boring” – tedio!
    Depois de 1 mês você não quer nem ouvir falar do tal do Mickey & Spiderman.
    Trabalho em turismo e morei em Orlando desde 1993 (5 anos em Clearwater, 1 Las Vegas, 2 Puerto Rico, 3 NYC, 9 DC)
    e posso te dizer que não tem nada decente para fazer na cidade.
    Não tem cultura nenhuma, nem a cidade nem o povo que mora na cidade (que veio de outro lugar ainda pior tipo Ohio).
    Sem contar os brasileiros que trabalham em construção e faxina. Nada contra mas tudo sem estudo/cultura/educação.
    Orlando é a capital nacional de restaurantes de rede/cadeia tipo Red Lobster, Olive Garden etc. Horrivel!.
    Nenhum resturante que nao seja cadeia consegue sobreviver. Acaba fechando em menos de um ano.
    Os restaurantes brasileiros usam amaciante para tornar a carne de segunda em primeira e o feijão tem bicarbonato para aguentar o dia inteiro.
    Eu fui convidado para aquele passeio de Airboat. Nem de graça vale a pena. Mangue feio sem jacare nenhum.
    O mergulho com peixe boi já não esta mais permitido. A cidade de Winter Park é uma graça, parece o Village de NY, mas não é Orlando.
    A cidade de Celebration tem casas bonitas mas o centro da cidade é um porre.
    O centro de Orlando só tem diversão para adolescente de classe baixa. Não tem nenhuma musica ao vivo, blues, nada.
    A feirinha hippie do Lake Eola é a mesma M todo domingo.
    Orlando é a capital nacional de atropelamento de pedestre e o que é ainda pior: É a cidade americana com o salario medio mais baixo da nação.
    Disney paga $8 por hora e não tem nenhuma empresa de tecnologia de ponta na cidade.
    A cidade não tem NEM praia e a mais proxima é a praia de Cocoa Beach e Daytona. Praias feias, areai escrua, gente feia, cheia de “red necks”.
    Prais bonitas só no golfo do Mexico: Clearwater Beach e a area de Sarasota.
    No verão além do calor insuportável, a cidade fica cheia de turistas brasileiros empurrando/pisando sem pedir licença,
    furando fila, falando (gritando) alto, chorando por desconto, jogando lixo das compras na rua, etc.
    Na verdade Orlando é o novo Paraguai. Só serve para fazer compras.

    • Nossa… você realmente não estava num bom dia, hein colega. Que vida…

  2. Que gente maluca, se a cidade é tão ruim assim, porque ele ficou tanto tempo, esta parecendo mais que ele está renegando o prato onde comeu muito tempo, caia na real, seja positivo e viva a vida com mais energia e amor.

  3. Já fomos duas vezes para Orlando e sempre visitamos bastante os parques. Mas nos dias que não visitamos, tem muita coisa legal para fazer. Um dia fomos no WonderWorks e no outro conhecemos o centro de Orlando, que é bem bonito e tem restaurantes ótimos. Orlando é bom de qualquer jeito.

  4. Gostei muito das suas dicas, adorei o ponto de vista e com ctz vai contribuir muito com minha viagem.
    Abraços

  5. 1 2
Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. […] Orlando além dos parques […]

  2. […] de fazer Bar Hop em Orlando e Pub Crawl em Londres, foi a vez de fazer um Beer… não, pera um Café Walk e visitar os […]

  3. 1 2