A Lagoa da Pampulha é um dos meus cartões postais favoritos de Belo Horizonte.

lagoa da pampulha BH

Toda vez que visito a cidade, procuro voltar à Igreja de São Francisco de Assis e falar “oi” para esse lindo trabalho do Portinari – um dos meus artistas favoritos.

igrejinha da pampulha

Aproveito também para tomar água de coco na barraquinha ao lado da Igreja e ver a vida passar de um jeitinho bem mineiro.

detalhe da igreja da pampulha

Ao longo dos 18 km da extensão da lagoa também é possível conhecer outros pontos turísticos da cidade como o Museu de Arte da Pampulha, Casa de Baile e o Zoológico de BH.

fim de tarde na pampulha

Entretanto, é uma pena ver a situação que a Lagoa se encontra: poluída e assoreada. Espero que a região seja revitalizada até a Copa da Mundo. Afinal o estádio do Mineirão fica ao lado da Lagoa e faz parte desse complexo de belos cartões postais da Pampulha #sonhomeu #sonhomeu

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    5 Comentários
  1. Você foi mais rápida que eu! Estou há séculos querendo escrever sobre a Pampulha, mas quero voltar lá para tirar fotos melhores e só enrolo… Também adoro passear por aquela região!

    Beijos!

  2. Bonito ver sua visão da nossa lagoa, da nossa mineirice! Pena que os "ares" na Pampulha andam, de certa forma, nos afastando do seu entorno. Há alguns anos gostava de passear por lá aos domingos, pegar um concerto ou uma exposição no museu… agora só os turistas pra aguentar! E olhe lá! rsrs Volte mais, volte sempre! ADOREI SEU CANTINHO!Abraço!

    • Oi Jacqueline.

      Quando eu morava na Pampulha (de 2001 a 2004) achava um pouco melhor também. Às vezes eu ia a pé para o CEU jogar bola e passeava um pouco por ali. Mas ainda assim a Lagoa nos traz ótimas lembranças e estará sempre em nossos corações ;P

      Inteh,

  3. Amei as fotos!

    Vou para BH em janeiro e com o namorado arquiteto, a Pampulha será parada obrigatória! Nada mal, já que adoro esses complexos que reunem arquitetura, cultura e natureza.

    E também estou na torcida para que a Lagoa, como a do Rio também, seja bem cuidada.

    Beijão!

Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. […] turista que passa pela cidade. Por isso, não deixe de passear pela região da Pampulha e visitar sua famosa igrejinha com obras do Portinari, de ir até o Mercado Central e curtir um saboroso programa gastronômico tipicamente mineiro e de […]