Que eu alimento um amor platônico, quase infantil por Londres, já não é segredo para mais ninguém;  que por mim, eu passaria uma temporada por lá também não é mistério; morar talvez não seja o caso, afinal como vou dizer que sinto saudades da minha cidade do coração vivendo nela?

tower bridge

Foi um caso de amor a primeira vista, sem dúvida. Até hoje lembro da minha reação ao sair do Heathrow e ver todas aquelas casas simpáticas passando rapidamente pela janelinha do trem; da aventura que era conseguir me alimentar todos os dias quando a libra ainda estava pela hora da morte; da emoção de chegar perto do meu primeiro Jan Van Eyck; da mocinha do metro falando “mind the gap between the train and the platform”.

st paul's cathedral

Talvez meu encanto pela cidade nasceu da sua capacidade de absorver culturas, dos seus estilos de arquitetura diferentes, da sua capacidade de se reinventar e se organizar. Talvez todo esse carinho também seja culpa de Valinhos, essa megalópole fantástica do interior de São Paulo, onde moro há tanto tempo. Talvez seja culpa de Londres esse fascínio que eu alimento por metrópoles.

jardins da st paul's cathedral

O melhor de toda essa história é que sempre tenho um bom motivo para voltar para lá 🙂

jardins do Palácio de Buckingham

Visitando a cidade pela primeira vez ou pela milésima vez, Londres sempre terá ótimos programas para oferecer. A cena cultural da cidade é incrível.  É possível encontrar atrações para todos os gostos e bolsos, belos museus gratuitos, parques belíssimos, fish and chips

portões do Palácio de Buckingham

Com essa série de posts sobre a cidade, pretendo mostrar um pedacinho da minha Londres e quem sabe convencê-lo a colocá-la no roteiro na sua próxima viagem. Mas ande logo, porque as Olimpíadas por lá já estão chegando e a terra da rainha pretende ficar mais inflacionada do que nunca.

big ben

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    5 Comentários
  1. AdoUro Londres também, always. E, sim, moraria lá numa boa 😉

  2. Natalie, estive em Londres pela 1ªvez em outubro 2010.Estava frio, mas não muito, e dias lindos.

    Amei, adorei,fiquei encantada. Vou ler e reler todos os seus posts sobre essa cidade incrível.

  3. Eu também, dona Mari 😀 Não pensava meia vez hehehe

  4. Relatos apaixonados de lindas cidades sempre me agradam! 🙂

Deixe seu Comentário