Contratar um despachante ou não é uma dúvida que nós viajantes temos quando precisamos tirar um visto, seja de turismo, negócios ou estudo.

Dicas de como agir na entrevista para o visto americano e uma lista de despachantes no Brasil

despachantes visto entrada turismo negocios estudo

Enquanto alguns vistos são tarefa simples de conseguir, outros, como o visto americano, são bem complicados. E tendo esses vistos mais complicados em mente, eu pergunto:

Você acha que vale a pena usar o serviço de despachante para tirar vistos?

A minha experiência com despachantes foi boa.

Quando tirei meu visto para os EUA pela primeira vez em 2006, utilizei o serviço de despachante pois seria pago pela empresa. Gostei do serviço já que não tive de me preocupar muito se havia preenchido todos os dados corretamente, ou se estavam faltando documentos. O despachante conferiu tudo e me ajudou a preencher os formulários da maneira mais indicada para facilitar a obtenção do visto.

Quando a Natalie foi tirar o dela em 2008, resolvi utilizar os serviços do mesmo despachante. Novamente fomos bem atendidos e orientados e ela conseguiu o visto sem problemas.

O preço do despachante é o fator que mais pesa, já que normalmente é bem salgado (R$ 590,00 reais para a minha renovação em 2011). Mas apesar de achar muito caro, a tranquilidade de ter certeza de que tudo estava preenchido corretamente e que estavamos com todos os documentos necessários valeu a pena. E o visto americano hoje dura 10 anos, o que ajuda a diluir esse valor :mrgreen:

Eu acho que vale a pena, pelo menos para tirar o primeiro visto desses países mais complicados, já que renovações tendem a ser mais tranquilas.

E você, já contratou um despachante? Ou tirou seus vistos por conta?

Para outros países como o Canadá, Austrália e China, será que é interessante contratar um despachante?

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    429 Comentários
  1. Meu camarada, tudo bem.
    Você poderia me dizer quem foi seu despachante para os EUA e me passar o contato?
    Já avancei quase todas as etapas, mas estou travado na última parte do Green Card por casamento, antes de conseguir marcar a entrevista com o Cônsul.
    Agradeço muito desde já.

  2. Bom pessoal, todos esses relatos me auxiliaram muito pra conseguir o visto de turismo/negócios, então me sinto na obrigação de colocar a minha experiência afim de ajudar outras pessoas que estão interessadas.

    Todo o processo do visto meu e do meu marido foram feitos por euzinha rsrs, desde o preenchimento do DS-160 até na hora da entrevista. Acreditem, tudo demorou menos de 1 mês! Muito rápido!

    No CASV em SP foi um processo que demorou cerca de 10 minutos, fomos meio dia no meio da semana e não tinha ninguém na fila! Já no consulado SP a coisa mudou de quadro, 6 hrs da manhã já tinha uma filinha se formando, e não adiantou nada eu chegar muuuito cedo, pois eles separam as filas pelo horário de agendamento. Aconselho vocês a deixarem celular e qualquer aparelho eletrônico em casa, se precisarem levar terá que deixar no carro ou pagar pra deixar no guarda-volumes (em média 10 reais). Outro conselho é levar TODOS os documentos possíveis, mas só entregue se o cônsul pedir.

    Na fila da entrevista confesso que vi muita gente sendo reprovada, diferente do que havia lido em alguns relatos. Ouvi um homem que trabalhava há 16 anos em uma multinacional ser reprovado.

    Chegou a nossa hora! Vou resumir a entrevista:

    Consul: Bom dia, vocês são casados?
    Eu: Sim
    Consul: vão viajar pra onde?
    Eu: Miami
    Consul: quando?
    Eu: Em novembro nas nossas férias
    Consul: A senhora faz o que?
    Eu: Auxiliar financeiro
    Consul: qual o tipo da empresa q vc trabalha?
    Eu: Informei o tipo de empresa (associação)
    Consul: o senhor faz o que? (para o meu marido)
    Meu marido: militar músico
    Consul: Vocês vão viajar com quem?
    Eu: com meus pais
    Consul: Os seus pais já tem visto?
    Eu: sim
    Consul: o que seus pais fazem?
    Eu: empresários
    Consul: qual o negócio?
    Eu: informei o negócio (empresa de pequeno porte)
    Consul: qual o nome completo da sua mãe?
    Eu: (Falei o nome da minha mãe)
    Consul: (um tempaoooooo digitando no computador, acho q tava pesquisando sobre minha mãe, que já foi pelo menos umas 5 vezes com meu pai a turismo nos EUA. Nessa hora eu fiquei muito nervosa, pois ele fazia umas expressões de reprovação)
    Consul: vc tem a comprovação da empresa que trabalha?
    Eu: Sim, claro (entreguei a carta que a empresa fez)
    Consul: é aqui perto essa empresa?
    Eu: (expliquei pra ele onde fica)
    O Consul ficou mais um tempão digitando e lá vai a pergunta mais cômica de tooooodas, nunca vi em nenhum relato uma situação assim kkkkk: “Senhor (para o meu marido), vou fazer algumas perguntas estranhas para você, ok? Vc já esteve nos EUA? Já chegou perto da fronteira? Já utilizou o nome Carlos?” (o nome do meu marido não é Carlos…oi? Kkkk)
    Meu marido obviamente respondeu não para todas as perguntas
    Consul: Seus vistos foram aprovados, por favor coloquem as digitais aqui. (coração bateu forte nessa hora, sai rindo sem parar de tanta emoção hahaha)

    5 dias depois os passaportes já estavam em mãos.

    Percebi que ele fez muitas perguntas pra mim e poucas para meu marido, acho que pelo fato dele ser militar. Na última pergunta (aquela cômica) ele fez com cara de desconfiança… gente, isso é só pra abalar o psicológico, se caso vc dever algo, cai ali na hora! Então minha dica é: falem a verdade! Pois se eles desconfiarem de qualquer coisa, o visto será negado sem cerimônia.

    Tentem não ficar muito nervosos pois isso atrapalha muito, talvez quando você estiver fazendo a entrevista, vai ouvir claramente a entrevista da pessoa da cabine ao lado, e isso pode te deixar nervoso (aconteceu comigo e a pessoa foi reprovada do meu lado). Então tentem focar na sua entrevista, olhar nos olhos do cônsul e responder apenas o que ele te perguntar com tranquilidade e clareza.

    Outra dica é, se seu visto for reprovado, NÃO DISCUTA COM O CÔNSUL, uma vez negado ele não vai mudar de opinião ali na hora, mesmo você mostrando todos os argumentos possíveis. Fora que isso pode queimar seu filme se caso pretende tentar de novo.

    É isso, boa sorte!

  3. Boa Tarde.

    Tentei no mês de junho deste ano o visto em família, eu minha mãe e minha filha, e foi negado.O cônsul falou que era difícil acreditar que iriamos a passeio porque meu irmão mora lá(legalmente) e minha mãe esta aposentada e é funcionaria publica.
    Eu trabalho a 4 anos como encarregada, declaro imposto de renda e curso o nível superior e mesmo assim foi negado.
    O amigo do meu irmão vai casar lá em setembro devo falar que vou ser madrinha de casamento deles ou falo que vou a passeio visitar meu irmão? Minha pergunta é qual a melhor opção lembrando que meu visto já foi negado uma vez porque meu irmão reside lá.Tento tirar o visto individual?

    • Oi Ana.

      O que eles dizem é que sua situação tem de mudar para você pedir o visto de novo, caso contrário pode ser negado novamente. Em todo caso, se só você for para os EUA para o casamento do seu irmão, tentar o visto sozinho primeiro pode ser mais fácil.

  4. bom dia, quero ir aos EUA para visitar minha sogra (boliviana mas tem naturalidade americana) que mora em NY , pretendemos ir eu, meu esposo (BOLIVIANO) e filho de nove anos. ela já é idosa e não pode mais viajar pra cá… Pergunto, que documentos devemos levar para a entrevista… e falo tudo isso que disse aqui como motivo? Agradeço antecipadamente e aguardo uma resposta!!!

    • Oi Cintia.

      Os documentos são os de sempre. Se ela é naturalizada, pode mandar uma carta convite pra vc levar caso peçam.

  5. Ola, gostaria de saber se com uma carta convite fica mais fácil de adquirir o visto?

  6. Ola fred tudo bem, voce deve se lembrar de mim, eu tentei o visto ha 3 anos e foi negado, eu levei todos os documentos, mais acho mesmo que foi negado por causa do meu nervossismo, eu paguei uma agncia para preencher meu DS160 e marcaram a minha entrevista no casv e no consulado aqui do rio, americana muito mal educada, dei bom dia tres vez a puta não me respondeu, e começou me enchendo com monte de perguntas
    teve uma hora que ela nem pedia os doculmento eu entrei a pasta tudo pra ela conferir
    kkkk, acho que me quemei essa hora, ai no final me deram um papel branco escrito 214 e explicando porque não conseguir, que eu posso tentar de novo assim que as coisas mudarem pra mim
    ela propria me falou tenta de novo daqui ums 6 mes

    • Obrigado pelo retorno, Leandro. Eu tenho a impressão de que eles já sabem tudo sobre você qnd vc chega lá. A entrevista é só a última checada e te deixar nervoso é proposital. Acontece isso na imigração também na entrada nos EUA :/

  7. Boa tarde quero ir passar as festas de final de ano com meu namorado que mora no texas ele é cidadão americano mas não sei se irei conseguir o visto pois no momento não trabalho de carteira assinada, meu namorado irá custear toda a viagem, visto e tudo mais, meu unico laço no Brasil é meu filho que é deficiente fisico que mora comigo e com minha mãe e requer cuidados será que tenho alguma chance de conseguir visto?

    • Oi Maria. É tudo muito relativo. A carta convite do seu namorado e tudo que é documento , seu e dele, que tiver e que puder mandar é interessante.

  8. Fred,
    Estou com uma pergunta agarrada, estou próximo de ir ao consulado para tentar o visto americano, na verdade já tenho no entanto esta vencido. Meu problema e que foi com visto de turismo e cabei ficando 5 anos na Califórnia e minha filha naquela ocasião nasceu lá. Agora sem intenção alguma quero morar novamente, só quero ir levá-la a disney, ja faz 10 anos que voltei! Minha duvida e o seguinte? o que irei argumentar com o Consul, caso ele pergunte o porque fiquei mais to que o tempo permitido?? me ajuda ai Fred. obrigado

    • Oi Claudiceia, suas chances sào pequenas, devo confessar. Eles certamente sabem que vc ficou ilegalmente lá e já vi pessoas que não conseguiram o visto depois disso. De qualquer forma, eu não tenho nem como dizer o que vc deve falar. Eu só acho que tem de ser sempre a verdade.

  9. Fred,
    Estou com uma pergunta agarrada, estou próximo de ir ao consulado para tentar o visto americano, na verdade já tenho no entanto esta vencido. Meu problema e que foi com visto de turismo e acabei ficando 5 anos na Califórnia e minha filha naquela ocasião nasceu lá. Agora sem intenção alguma NAO quero morar novamente, só quero ir levá-la a disney, ja faz 10 anos que voltei! Minha duvida e o seguinte? o que irei argumentar com o Consul, caso ele pergunte o porque fiquei mais to que o tempo permitido?? me ajuda ai Fred. obrigado

  10. 1 19 20 21
Deixe seu Comentário