A aurora boreal tem sido comentada como nunca nas últimas semanas. Ela é citada constantemente na série Bucket List, da Turomaquia, ganhou matéria especial no Fantástico, esteve na capa do Viaje na Viagem e até já foi assunto em um churrasco de domingo na minha família.

Justamente nesse churrasco, meu avô, do alto das suas quase 9 décadas de vida (boa parte delas viajando pelo mundo), mandou: “Vocês só falam da aurora boreal. Por que não vão ver a aurora austral?”

Pois é. Por quê?

A aurora austral parece ser a irmã mais feia da aurora boreal, já que raramente se fala nela e muitas pessoas nem sabem da sua existência. Então, é hora de escrever sobre esta pobre injustiçada.

Quem é a aurora austral?

As luzes coloridas qua aparecem no céu não são exclusivdade do norte. Elas são um fenômeno que acontece nos dois pólos do planeta. Ou seja, a aurora austral é, literalmente, a aurora que acontece no sul.

Courtesy: National Science Foundation

 

Na verdade, as auroras não são nem exclusivas da Terra, porque já foram vistas em Vênus, Marte, Urano, Netuno e até em uma lua de Júpiter. Quer mais? Elas acontecem até em experiências em laboratório.

Quando é melhor para ver a aurora austral?

No mesmo período em que é melhor ver a aurora boreal: nos meses de inverno (que são mais escuros), com picos no início do outono e no início da primavera.

Courtesy: National Science Foundation

 

A aurora austral é igual à boreal?

Olha, não sou sou expert nisso, mas pela pesquisa que fiz, só encontrei informações dizendo que as duas são iguais, sim.

Courtesy: National Science Foundation

 

Onde se vê a aurora austral?

Agora chegamos no ponto que explica por que as luzes do norte são mais famosas que as luzes do sul. Olhe para o mapa-múndi.

Arte: Thesevenseas (CC BY-SA 3.0)

Arte: Thesevenseas (CC BY-SA 3.0)

 

Você percebe como o norte tem muito mais terras habitadas próximas ao pólo do que o sul? Essa é a diferença.

Enquanto a região onde é possível ver a aurora boreal é repleta de cidades, hoteis, restaurantes e infraestrutura, o lugar mais certeiro para ver a aurora austral é a Antártida, um destino reservado apenas para poucos sortudos (ainda mais no inverno).

Claro que, às vezes, o fenômeno é mais forte e pode ser visto em outros pontos próximos ao continente gelado, principalmente na Austrália e na Nova Zelândia, mas também no Chile e na Argentina. Porém, você precisa ter mais sorte do que em uma tentativa no norte.

 

Depois de tudo isso, fica aqui minha humilde e leiga conclusão: se você quiser viajar exclusivamente para ver a aurora, vá atrás da boreal. Mas se você tiver uma viagem marcada para a Austrália, Nova Zelândia ou sul do Chile e da Argentina durante o inverno, não deixe de olhar as previsões de aurora austral.

Sua viagem pode ser brindada com um espetáculo lindo e muito raro.

(Em tempo: para entender como são formadas as auroras, leia este post.)

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    15 Comentários
  1. Só para completar, como estive pesquisando sobre a ocorrência da aurora Boreal para tentar ver na Noruega, a maior probabilidade de ocorrência é nos dois equinócios. Ela ocorre com mais freqüência 15 dias antes e depois tanto do equinócio de outono quanto no de primavera.

    • Então deve ser o mesmo na aurora austral.

  2. Pretendo viajar para Ushuaya, será que no inverno eu consigo ver a aurora austral?

  3. Ainda vejo uma dessas duas pessoalmente !!! (não importa qual já que são iguais !! rsrsrs)

  4. Gente, vou na Nova Zelandia bem no inicio de setembro. Será que tenho sorte??

  5. Em termos econômicos, para nós brasileiros é mais fácil ir para a Argentina ou Chile. Já venho pensando em visitar Ushuaia faz algum tempo, e depois de ler esse artigo, me senti ainda mais motivado para realizar essa viagem. Abraços!

    • Legal, Bruno! Só fica ligado no que eu disse: é mais difícil ver aurora no sul do que no norte. =) Abraço!

  6. quero ir a ushuaia mas gostaria de saber qual a melhor epoca para ver a aurora austral

    • Marta, a resposta está no post! =) Abraço!

  7. Estive na Patagönia e vi a aurora austral no Chile. Na Argentina nao tive a mesma sorte. É um espetáculo inesquecível, impagável. Acho que demos muita sorte. Foi num passeio de barco pelos fiordes, longe das luzes da cidade de Puerto Natales.

    • Que bela experiência, hein, Roberto? E que sorte! =)

  8. Vi na islandia (reikjavick) da cidade mesmo… mas me afastei da cidade rapidamente no carro alugado … Ai sim a visao eh bem melhor! Tanto no horizonte como overhead, nas cores branca, azul e verde com atividade nivel 4 mas foram 6 noites para ver so uma vez!!!

  9. Realmente a austral é um checklist impressionante. Kudos aos amigos que tiveram sorte no Chile e Argentina!

    Hoje mesmo tá rolando boreal nivel 5 bem bacana, belas imagens próximas de Reykjavik.

    Em tempo Britto, vale mencionar que a cor da aurora depende do nível de determinados gases na atmosfera. Nitrogênio para uma aurora vermelha, por exemplo.

Deixe seu Comentário