Há algum tempo eu estava procurando uma app para iPhone em que eu pudesse usar mapas offline, afinal não é sempre que você consegue uma conexão de Internet durante a viagem.

Eu já tinha falado do PD Maps, e agora encontrei o “The Cartographer“.

mapas offline - The Cartographer tela 1

O The Cartographer é uma app para iPhone (mas também roda em iPads e iPods) bem desenhada e com o mote de ser parecida com os mapas antigos, “desenhados a mão por grandes artesães” como eles mesmos dizem 😛

_

Mas o que essa app tem de interessante?

A app permite que você acesse seus mapas salvos do Google My Maps, faça alterações neles, crie mapas novos e envie os links para seus amigos e parentes. Ela também permite que você faça download de mapas offline (usando o OpenStreetMaps) para que você não tenha de se preocupar se está ou não conectado à Internet 😛

Ao entrar no modo de download do mapa offline, você escolhe a área do mapa que quer baixar fazendo um círculo ao redor dela, depois escolhe os níveis de zoom que deseja (afinal você não precisa de todos eles) e clica no botão de download.

Esse mapa do OpenStreetMap é como uma Wikipedia de mapas em que cada pessoa pode alterar o mapa de qualquer região do mundo de maneira colaborativa. O grande problema disso é que as cidades pequenas ou menos conhecidas não têm mapas ou têm mapas incompletos, como é o caso de Valinhos >.< Para grandes cidades ou cidades muito conhecidas isso não é problema.

mapas offline - The Cartographer tela 2

Vantagens:

  • O design da App é muito bonito e lembra os mapas antigos.
  • As funcionalidades são fáceis de usar.
  • Sincronizaçao com o Google My Maps, o que permite que você crie seus mapas no computador e depois abra-os na app ou que você faça alterações na App e veja no Google My Maps.
  • Permite que você faça download dos mapas offline (usando o OpenStreetMaps) e veja os pontos marcados previamente.
  • Permite que você altere os mapas mesmo quando offline. Neste caso a sincronização com o Google My Maps acontece quando você estiver conectado.

Desvantagens:

  • Custa 3,99 dólares na App Store.
  • O OpenStreetMap usado para os mapas offline é incompleto para cidades pequenas ou pouco conhecidas.
  • Quem tem Android já tem essas funcionalidades na app original do Google Maps.

Conclusão:

A app é muito bonita e interessante, pois permite ver e alterar os mapas do Google My Maps. A opção de mapas offline é boa para cidades grandes e conhecidas, mas ruim se você quer ir para uma cidade pouco conhecida, pois os mapas do OpenStreetMap dependem da colaboração das pessoas para serem atualizados.

Se você tiver conexão com a Internet durante sua viagem, então a app funcionará “como um charme” (pun intended) e você poderá ver os mapas na app direto do Google Maps.

Vale a pena pagar 4 dólares pela app? Eu acho que sim pela beleza da app, facilidade de uso e a possibilidade de ver seus mapas do Google My Maps.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    12 Comentários
  1. Na viagem que fizemos pela Nova Inglaterra usei o My Maps no ipad mas as rotas traçadas nao funcionaram apenas os pontos.. Nessa app se eu tiver a rota traçada será que ela funciona?!

    • Fala Oscar.

      Eu também já tinha testado o MyMaps, mas essa parte das rotas dava problema e meus mapas enormes sempre travavam, daí eu desisti da App.

      Não consegui achar nenhuma informação sobre rotas e eles não mostram em nenhum dos vídeos, então eu assumiria que não têm.

      Se eu conseguir descobrir essa informação eu volto aqui e aviso 🙂

  2. Mas independente das rotas, vc consegue usar offline o My maps do google e ter os pontos marcados neste app?

    • Em teoria sim. Uma vez que você abriu os pontos do Google Maps na app, eles ficam em cache.

      O problema é que o mapa que aparece quando em modo offline é do Open Maps, que é diferente do Google Maps, e não é tão completo como expliquei no post, mas os pontos são para ficar em cache sim.

      Até,

  3. Estou tentando baixar este app “The Cartographer“ , mas nao encontro ele na app Store brasileira, vc baixou da Americana?

  4. Eu ja baixei o app My maps, mas agora ele esta diferente do que vc explicou no seu post, entao gostaria
    se possivel que vc me desse indicaçao de um bom app para poder ver os mapas off line?

  5. Oi Fred!

    Eu baixei esse PD Maps, mas ele não consegue achar absolutamente nada no “search”, vc se lembra se esse problema ocorreu com vc tb? Ou se sua versão foi a paga? Eu baixei o app disponível de graça, mas vi que tem um especial que é cobrado. Será que é por isso que não faz buscas?

    Vou viajar na semana que vem e estou como louca atrás de um mapa offline… mas um que permita buscar o endereço pelo menos! E traçar rotas! Baixei tb o app pago OffMap2, mas ele não acha os números das ruas, apenas as ruas, o que pode ser inútil se a rua for mto grande… não resolve… 🙁

    Me ajuda?? Valeu!! Bjs

    • Oi Tha.

      Infelizmente faz muito tempo que testei o PD Maps, mas acredito que seja isso mesmo. Eu estou testando uma outra app para Android que é offline e a função de search tb não existe na versão grátis.

      Tenta ver na descrição da versão paga o que ela traz de diferente. Normalmente eles explicam as diferenças.

      Se for para Android, vc pode testar o Maps With Me (super simples, mas mapa com menos detalhes) ou o Orux Maps (complicado de usar, não tem pesquisa, mas tem muitas boas opções).

  6. Oi, descobri o The Cartographer por aqui e fiquei dependente! Mas o desenvolvedor desistiu. Vc sabe de alguma alternativa de app para iOS que permite o download das marcações de mapas no Google Maps (só marcações, pois sei que os mapas em si são OpenMaps)? Marcar td de novo em outro app ñ rola depois de anos construindo uma base no Google Maps. Valeu!

Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. […] totalmente offline, sugiro que dêem uma olhada no Nokia Drive (para quem tem Nokia, claro), no The Cartographer (para quem tem iPhone ou iPad) e no OruxMaps para quem tem Android. Usei este último na viagem […]