Relatos de viagem publicados em quadrinhos são fantásticos.

Como disse o Gustavo Mini (a.k.a. @conector), embora escritores, em geral, tenham um olhar rico para relatos estrangeiros, quando eles são produzidos por cartunistas, esse olhar é de fato um olhar (com os olhos!) (…) a gente viaja um pouco mais no relato de viagem ilustrado.” (Leia o post dele aqui.)

HikingArtist.com (CC BY-ND 2.0)

Pois há um ano, este mesmo Gustavo Mini me passou uma lista fodona com exemplares deste tipo de livro. Publiquei lá no falecido blog e agora republico aqui.

Anota aí.

Shenzen (Guy Delisle) – Relato dos 3 meses em que o autor passou na “Cidade da Ambição”, o maior centro financeiro do sul da China. Um lugar onde as relações pessoais são frias e focadas unicamente em negócios.

Crônicas Birmanesas (Guy Delisle) – Os 14 meses que o autor passou em um dos países mais pobres do mundo, governado há décadas por uma ditadura militar.

Pyongyang (Guy Delisle) – Sim, o cara é fodão. Ele também passou uma temporada na Coreia do Norte e só pôde publicar seus relatos depois que a empresa para a qual prestou serviço quebrou. Antes disso, ele tinha um contrato de confidencialidade.

New Orleans After the Deluge (Josh Neufeld) – Josh foi para New Orleans como voluntário da Cruz Vermelha e viu de perto tudo aquilo que só tomamos conhecimento pela TV.

French Milk (Lucy Knisley) – A experiência de um mês da autora em Paris, entre a adolescência e a adultice.

Carnet de Voyage (Craig Thompson) – Um cartunista em um tour para promover um livro pela Europa e África, alguns momentos como pop star, outros como viajante solitário.

Conejo de Viaje (Liniers) – Uma reunião de relatos de viagem do cartunista argentino Liniers pela América, pela Europa e pela Antártida.

Palestina – Uma Nação Ocupada (Joe Sacco) – Esse eu tenho! Joe Sacco passou um tempo perambulando pela Palestina e acabou escrevendo dois livros ótimos (este e o que vem logo abaixo).

Palestina – Na Faixa de Gaza (Joe Sacco) – Continuação do livro anterior. Excelente.

Dica: os dois volumes de Palestina podem ser comprados em uma edição só, chamada Palestina – Edição Especial.

Área de Segurança: Gorazde (Joe Sacco) – Considerada a obra-prima do autor, mostra o horror que os bósnios da região de Gorazde enfrentaram durante a limpeza étnica praticada pelos soldados sérvios durante a guerra nas repúblicas da ex-Iugoslávia.

Uma História de Sarajevo (Joe Sacco) – O período do autor pela cidade mais famosa da Guerra da Bósnia, acompanhado por um morador local que ganhava a vida guiando jornalistas.

Persépolis (Marjane Satrapi) – Para finalizar a lista, um clássico que faturou uma porrada de prêmios e virou filme. Persépolis mostra a vida no Irã pós-Revolução Islâmica, sob o olhar de uma menina que cresceu no meio de todas as mudanças. Imperdível.

Foi? Partiu livraria?

*Lembre-se: comprando os livros acima pelo links marcados ali, este blogueiro recebe uma comissão da Livraria Cultura e você me ajuda a manter o blog. Obrigado!

Se gostou do que viu, assine o blog!


    5 Comentários
  1. ótimas recomendações! =)

  2. Eu colocaria na lista: Roma de Luiz Fernando Verissimo

    • Você se refere ao “Traçando Roma”, Roseli? Não li, mas tenho a impressão de que não é um livro de quadrinhos. Ou é?

  3. Adorei! Persépolis é ótimo! Já coloquei alguns na lista para a próxima ida a livraria. 🙂
    (Gostaria de saber desenhar para adicionar uns doodles nos meus caderninhos de viagem.)

  4. Amei!

Deixe seu Comentário