Antes mesmo de começar a planejar a viagem para Cusco eu já tinha duas coisas em mente: teria que dormir uma noite em Aguas Calientes para chegar bem cedo à Machu Picchu e teria de comprar um tal de boleto turístico de Cusco, seja lá o que isso significasse.

Boleto Turístico de Cusco

O Boleto Turístico de Cusco

O Boleto Turístico de Cusco é uma espécie de passe que lhe dá direito a visitar diferentes atrações num mesmo período. Algo como o Chicago CityPass ou o Paris Museum Pass ou ainda como aqueles tickets combinados da Disney em que você pode visitar vários parques com o mesmo passe.

A diferença maior é que, sem esse boleto danadinho, você dificilmente conseguirá entrar nas atrações cobertas por ele, pois muitos desses lugares não têm bilheteria no local.

Por causa disso, o Boleto Turístico de Cusco acaba sendo um recurso indispensável para quem pretende visitar algumas atrações da cidade e da região do Valle Sagrado.

O que está incluso no Boleto Turístico?

Existem 4 tipos de Boleto Turístico: General, Circuito 1, Circuito 2 e Circuito 3. Cada circuito inclui diferentes atrações e sítios arqueológicos e, dependendo do seu tempo e do seu roteiro, pode ser que fazer apenas um dos circuitos seja mais vantajoso.

Atenção: Muitos leitores têm nos perguntado se o Boleto Turístico inclui transporte e guia. Infelizmente ele dá direito apenas à entrada nas atrações, ficando transporte e guia a cargo do turista. Para ver uma lista de agências do Peru, veja o post: Agência de viagem do Peru, qual você indica?

Circuito Geral

  • Inclui os Circuitos 1, 2 e 3.

Indicado para quase todas as pessoas, pois a grande maioria dos turistas irá visitar pelo menos um sítio perto de Cusco e um sítio do Valle Sagrado. Desta forma, comprar o Boleto Turístico General sai mais barato que comprar dois circuitos separadamente.

Circuito 1: Sítios Arqueológicos próximos a Cusco

  • Saqsayhuamán
  • Q’enko
  • Puka Pukara
  • Tambomachay

Indicado para quem não tem muito tempo e quer conhecer os principais sítios arqueológicos na região de Cusco.

Boleto Turístico de Cusco - Circuito 1

Circuito 2: Circuito Turístico de museus

  • Museu de Arte Contemporânea
  • Museu Histórico Regional
  • Museu de Arte Popular
  • Museu do Sítio de Qoricancha
  • Centro Qosqo de Arte Nativa
  • Monumento ao Inka Pachacuteq
  • Pikillaqta
  • Tipón

Indicado para quem quer conhecer um pouco mais da arte e história dos Incas e de Cusco.

Circuito 3: Sítios Arqueológicos do Valle Sagrado de los Incas

  • Ollantaytambo
  • Moray
  • Pisac
  • Chinchero

Indicado para quem quer conhecer o Valle Sagrado.

Boleto Turístico de Cusco - Circuito 2Boleto Turístico de Cusco - Circuito 3

Lembre-se de que o Boleto Turístico de Cusco é nominal e você terá que apresentá-lo na entrada de cada uma das atrações listadas, esteja você com um guia ou não.

Quanto custa o Boleto Turístico de Cusco e qual a sua validade?

Valores:

  • Circuito General
    • Adulto: 130 Nuevos Soles (50 dólares / 104 reais)
    • Estudante: 70 Nuevos Soles (27 dólares / 56 reais)
  • Circuito 1:
    • 70 Nuevos Soles (27 dólares / 56 reais)
  • Circuido 2: 
    • 70 Nuevos Soles (27 dólares / 56 reais)
  • Circuito 3: 
    • 70 Nuevos Soles (27 dólares / 56 reais)

Validade:

O Boleto Turístico é válido por 10 dias a partir da data de compra e só pode ser usado uma vez em cada atração.

Boleto Turístico de Cusco - Valores

Onde comprar Boleto Turístico de Cusco?

Tentamos comprar o boleto assim que chegamos na cidade em uma dos escritórios que o guia Frommer’s indicava, mas tivemos problemas para conseguir comprar o boleto de estudante (vida de pós-graduanda nessa época ainda tinha suas vantagens :P) e algumas lojas, que também vendem o boleto, queriam nos cobrar mais caro por ele.

Por isso, recomendo que você compre seu Boleto Turístico no escritório da COSITUC (Av. El Sol, 103) bem pertinho de uma agência do BCP caso tenha de sacar dinheiro. Na época, a taxa cobrada pelo BCP para saque estrangeiro era de 5,60 Nuevos Soles, cobradas além das taxas do meu banco aqui no Brasil. Leia também este post que o Fred fez sobre qual moeda levar para o Peru para não ter problemas 🙂

Você pode encontrar mais informações sobre o preço e os diferentes circuitos no COSITUC – Comitê de Serviços Integrados Turísticos e Culturais de Cusco.

Nota: Existe um site chamado Boleto Turístico del Cusco (http://www.boletoturisticocusco.com) que não me pareceu um site oficial do governo, mas é um dos primeiros que aparecem ao procurar por Boleto Turístico no Google. Eu sugiro que você evite entrar nesse site e vá direto ao site do COSITUC para obter mais informações.

Não se preocupe se, ao final da sua viagem, você não conseguir “ticar”, literalmente, todas as atrações inclusas no boleto. Desta forma, você terá uma ótima justificativa para voltar ao Peru 😀

Veja também o Boleto Religioso de Cusco, uma outra maneira de economizar nos ingressos do circuito de arte-sacra da cidade.

Ofertas de hotéis em Cusco
Ofertas de hotéis em Cusco próximos à Plaza de Armas

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    113 Comentários
  1. Olá, já li bastante do site, pois meu marido e eu vamos no começo de dezembro/15. Temos intenção de fazer todo o Valle. Apesar das dezenas de recomendações de ter um guia, não li nada ainda de pessoas que tenham alugado uma moto ou scooter, por exemplo, o que é comum em outros países e bem prático (e imagino que seja mais tranquilo em Cuzco que em Lima, pelos posts) – o que acham?

    • Oi Diana.

      Não recomendo alugar moto (muito menos motos pequenas) no Peru. Cusco é mais tranquilo que Lima sim, mas a altitude pode atrapalhar muito o piloto da moto, pois um dos primeiros sintomas do mal de altitude é tontura e falta de ar.

      Além disso, fazer os passeios sem um guia perde muito do sentido do lugar, pois sem uma explicação, é tudo um monte de “paredinha” (bonita) como uma amiga nossa gosta de dizer 😉

  2. Ola, boa tarde!
    Vi os valores do boleto turístico, no seu blog , este valor está atualizado? Tem diferença nos precços qdo é alta estação?
    Grata,

    • Oi Mônica, não está tão atualizado como gostaríamos, mas não deve fugir muito desse valor e ele não muda com a alta ou baixa estação 🙂

  3. Boa tarde,

    Será que vale a pena comprar, exemplo o passeio para o vale sagrado, quando chegar no peru ?

    att

    João

    • Oi João. Tudo depende do tipo de passeio q vc quer. Excursão é quase sempre possível e normalmente um pouco mais barato, mas passeio privado pode faltar, já que o guia pode estar ocupado. Mas eu diria que o principal é: vale a pena perder tempo andando atrás de agências em vez de curtir a cidade? Eu acho que não e prefiro sempre deixar tudo reservado.

  4. Bom dia, para comprar o boleto de estudante o que preciso, apenas a comprovação de matrícula no brasil ou carteirinha internacional?

    • Na época eu apresentei aquela carteirinha internacional de estudando, Sara 😉 não sei se eles aceitam as carteirinhas das universidades/escolas brasileiras.

  5. Nossa, gente arrasaram!! Eu e meu marido vamos viajar pela primeira vez para fora do Brasil e ainda vamos levar meus pais, e para isso decidimos fazer tudo por conta, e estávamos com muitas dúvidas, esse post ajudou muito. Iremos em setembro de 2017 🙂 muito obrigada!!

    • Obrigado, Letícia 🙂 Tem muita coisa interessante aqui no blog sobre o Peru e outros destinos. Aproveite 😀

  6. 1 4 5 6
Deixe seu Comentário