Vale destruir uma câmera por uma bela sessão de fotos?

Essa é a pergunta que eu sempre me faço quando vejo imagens do festival mais colorido da Índia, o Holi.

A época do ano em que eu mais me questiono sobre o assunto é justamente essa agora, entre março e o início de abril, depois que o Holi acontece onde existem comunidades hindus e, consequentemente, quando as fotos dele invadem sites como o In Focus e o Big Picture, me fazendo babar feito um cachorro.

Veja essas imagens.

sudiptorana (CC BY-NC-ND 2.0)

Não são lindas?

O Holi é um festival cheio de significados relacionados aos seus deuses de nomes enormes e quase impronunciáveis. Em um resumo bem resumido, ele comemora a vitória do bem sobre o mal e também o início da primavera. O uso de pó colorido e água está ligado ao deus Krishna, que gostava de sacanear as meninas da sua vila jogando tinta e água nelas.

Kalpurush (CC BY-ND 2.0)

O “festival das cores”, como o Holi também é conhecido, acontece nos dias ao redor da lua cheia de março e, é óbvio, muda de data a cada ano. Em 2013, a lua cheia foi no dia 27. Em 2014, vai ser no dia 16.

Se você quiser aparecer lá, vá para o norte da Índia, mais precisamente para Udaipur, Mathura, Nandgaon, Vrindavan e Barsana, onde o Lonely Planet diz que acontecem as maiores zoeiras. E evite o sul, onde o evento é muito mais religioso do que festivo.

Pison Jaujip (CC BY-NC-ND 2.0)

Para finalizar, respondendo à pergunta lá de cima, eu acho que vale sacrificar uma câmera para fazer fotos maravilhosas. Mas nas minhas pesquisas para este post, descobri que não é necessário fazer isso para fotografar o Holi: aqui e aqui, dois fotógrafos dão dicas de como registrar essa festa toda, sem que seu equipamento fique no estado deplorável abaixo.

All rights reserved by gauravity

Holy dicas.

• Veja onde se hospedar em Uidapur, Mathura, Vrindavan e em outros lugares da Índia

Se gostou do que viu, assine o blog!


    3 Comentários
  1. Muito legais as fotos! … e enquanto estava lendo pensei exatamente no que foi comentado ao final do post: qual estado q a camera do cara vai ficar depois dessa! 🙂

  2. Fala Gabriel,

    Parabens pelo site. Muito interessante a pesquisa que faz e compartilha mesmo sem ter ido a todos esses lugares.

    Eu conheço vários desses países e esse ano comemorei o Holi festival na cidade de Udaipur no Rajastão. Realmente é tudo isso que vemos nas fotos.

    Porém o motivo que me leva a escrever é uma dica para os seus seguidores. Não precisa estragar a câmera, basta enrolar ela num saco plástico e prender a frente com durex, oi fita adesiva. Mais da metade dos gringos fazem isso. A minha câmera sobreviveu na boa.

    Como estou viajando direto (depois do festival passei pela Etiópia e agora estou no Egito) ainda não atualizei as fotos sobre o festival das cores no meu site (30trips.com), mas em breve estará lá.

    Aproveita e da uma passada por lá. Minha mulher que é jornalista escreve a maioria dos textos, e eu sou responsavel pelas fotos!!

    Abraço!!

  3. Nossa adorei o post as fotos tbm são perfeitas.

Deixe seu Comentário