Quando fui aos EUA pela primeira vez, lá em 2006, fiquei tão doido com a quantidade de carros dos meus sonhos nas ruas que 90% das minhas fotos foram deles 😛 Devo admitir que nessa viagem, não teve nem para a Golden Gate (coisas de primeira viagem internacional, sabe? >.<) Foi nessa viagem também que eu tive a oportunidade de dirigir nos EUA pela primeira vez e adorei a brincadeira \o/ Depois disso, sempre que vou para lá, tento alugar um automóvel para poder experimentar carros diferentes dos que costumamos dirigir aqui no Brasil 😉

Dicas para dirigir nos EUA - Corvette

As leis de trânsito americanas são bem parecidas com as brasileiras, mas, nessas idas e vindas, fui aprendendo algumas de suas sutilezas que podem lhe ajudar a evitar uma baita encrenca.

Ofertas para aluguel de carro

Dicas para quem quer dirigir nos EUA

1) Obedeça às leis de trânsito

Pode parecer óbvio (e é), mas aqui no Brasil estamos acostumados a desobedecer de leve algumas leis de trânsitos em certos horários ou situações. Limites de velocidade, sinais vermelhos e placas de não estacione são algumas delas.

Dicas para dirigir nos EUA - Parquímetro

Nos EUA, essas leis são levadas muito a sério e, você sendo estrangeiro, terá poucas chances de recorrer ao jeitinho brasileiro para tentar se livrar da multa.

2) NUNCA beba e dirija

Vocês já devem ter visto diversas notícias de celebridades sendo presas por dirigir embriagadas nos EUA, não é? Lindsay Lohan, alguém? Pois então, dirigir sob influência de bebidas (qualquer quantidade), narcóticos ou mesmo de remédios pesados é a maneira mais fácil de ser preso ao volante. Esse é o famoso DUI (Driving Under Influence) como eles dizem.

Dicas para dirigir nos EUA - Carro manco, literalmente

E não tem chorumelas. Você vai em cana na hora e daí já viu a dificuldade de resolver esse problema quando se é estrangeiro, né? Nem vou falar que sua viagem já era depois disso e você ainda pode ter problemas para entrar de novo nos EUA ou mesmo para renovar seu visto.

3) Multas

A principal dica é: não tome multas. :mrgreen:

Caso você tome uma multa e não perceba, fique tranquilo, pois a locadora de veículos lhe enviará um email ou uma carta com a conta da sua multa. Essa situação é relativamente comum e fácil de se resolver. Nada que afete uma próxima volta aos EUA.

O grande problema é ser parado por um policial para tomar uma multa.

Se a situação não for muito grave, você tomará apenas uma multa comum e uma bronca. Se o policial for bonzinho, ele pode até deixar você se safar dessa.

Dicas para dirigir nos EUA - Carro de polícia de San Mateo

Mas se você for parado por ter feito alguma coisa mais grave, como excesso de velocidade, a coisa pode ficar feia pro seu lado. Isso porque, sendo estrangeiro, você pode precisar ir até um juiz para ele decidir como proceder.

Um colega meu foi pego acima da velocidade por um policial em Orlando e só não foi preso porque a amiga dele, que estava indo no carro da frente como guia, assumiu a culpa. Segundo o policial, se ela não tivesse assumido a culpa, ele teria de levar meu colega para a delegacia e esperar um juiz para avaliar o caso. Como era final de semana, o juiz só estaria lá no outro dia, ou seja, ele passaria a noite preso na delegacia.

Ok, a situação pode ter mudado de lá pra cá ou o policial só queria dar um susto no meu colega, mas você não quer arriscar, quer?

4) Faça uma PID (Permissão Internacional para Dirigir)

A PID não é obrigatória para os EUA, mas eu recomendo que você a faça assim mesmo, pois ela tem a mesma validade da sua carteira de motorista nacional e pode ser de grande ajuda caso você venha a ser preso por alguma irregularidade no trânsito.

Dicas para dirigir nos EUA - Placas na estrada

Para quem quer mais informação, nós temos um post explicando como fazer para tirar a PID:

Como tirar a Carteira Internacional de Habilitação (PID)

5) Policiais realmente ficam escondidos nas rodovias

Sabe aquela história de filmes americanos em que você vê o policial escondido atrás de placas ou moitas só de butuca? Pois acredite, é a mais pura verdade.

Eu estava dirigindo uma vez entre Nova York e Washington e reparei que todo mundo começou a freiar. Como bom paulista que já sou, saquei na hora que tinha algum radar ali. Eu só não esperava ver um policial com seu carro escondido numa colina com sua maquininha de radar. Logo à frente um carro era parado por um outro policial, provavelmente por ter sido pego pelo radar do policial anterior.

Dicas para dirigir nos EUA - Estrada em Cape Cod

Depois disso, comecei a reparar que, sempre em locais estratégicos nas rodovias, havia um carro de policial esperando por algum desavisado.

6) Placas de STOP

As placas de STOP (PARE) americanas são iguais às nossas e querem dizer a mesma coisa. Pare, olhe, siga. Só que aqui no Brasil a gente nem para direito, só diminui a velocidade dá uma olhadinha rápida (ou algumas vezes apenas uma buzinada) e passa.

Nos EUA, a placa de STOP deve ser obedecida. Mesmo que não haja ninguém esperando para atravessar a rua e nenhum carro vindo, você deve parar e só depois continuar. Foi muito estranho ver todo mundo fazendo isso, mesmo que o carro da frente já tenha parado antes de você.

Ah, e se você estiver num cruzamento, a preferência é de quem chegou primeiro, não necessariamente de quem está à direita como aqui no Brasil.

7) Conversão à direita é quase sempre livre

Uma das coisas mais estranhas de dirigir nos EUA é a conversão à direita livre.

Isso significa que, mesmo com o sinal vermelho, você pode virar à direita sem problemas, desde que não venha carro naquela pista. Ah,e se você esquecer e ficar parado na pista da direita, certamente o carro de trás irá lhe lembrar com uma bela buzinada 😛

Dicas para dirigir nos EUA - Encontro de Dodge Vipers em Park City

Um detalhe, alguns cruzamentos têm uma placa avisando que naquele lugar não é possível virar à direita com o sinal vermelho, por isso fique sempre atento às placas.

O Philipp comentou que na cidade de Nova York, essa conversão à direita é proibida, portanto cuidado 🙂

8 ) Alugando um carro nos EUA

O aluguel de carros nos EUA não é muito diferente de um aluguel aqui no Brasil, mas há algumas coisas que é bom saber:

  • Todo carro é automático, tem ar condicionado e direção hidráulica
    • Se você não é acostumado com câmbio automático, ande bem devagar até se acostumar e peça instruções aos funcionários para saber como usar o câmbio.
  • Tipo de carro: O conteito de tamanho de carro para eles é bem diferente do Brasil e estes são os principais tipos:
    • Econômico: É o menor carro que eles têm e é equivale a um 1.6 do Brasil, normalmente sedan, como Voyage, Fiesta e Corsa. Exemplo nos EUA são o KIA Rio e Mazda 3.
    • Compacto: Ford Focus ou equivalente. Já peguei um Chevrolet Malibu nessa classe.
    • Intermediário: Toyota Corolla ou equivalente. Já vi Ford Fusions, Mazda 6 e Hyundai Azera nessa classe.
    • Minivan: Para os que estão em várias pessoas ou querem fazer MUITAS compras 😛 É utilizado uma Dodge Grand Caravan. E o carro é GRANDE mesmo!
  • Sempre faça um seguro total para o carro
    •  O valor da diária não muda muito e lhe poupa muita dor de cabeça

9) Não alugue carros em cidades grandes que tenham transporte público bom

Tentar alugar carro numa cidade com trânsito lento e com poucos estacionamentos grátis pode ser um problema. Você perderá muito tempo nos deslocamentos e gastará uma grana em estacionamentos. Utilize o metrô e ônibus sempre que possível.

Exemplo de cidades em que alugar um carro é roubada: Nova York, Chicago, Boston, Washington e São Francisco.

São Francisco entra na lista por causa da dificuldade de estacionamento na cidade. Mesmo tendo um transporte público marromeno, é melhor utilizá-lo a tentar estacionar pela cidade.

Dicas para dirigir nos EUA - Trânsito em Nova York

Orlando e Miami são duas cidades em que o transporte público não ajuda os viajantes e ter um carro é a melhor saída (exceto se você ficar apenas dentro do complexo da Disney ;)). Em Orlando, por exemplo, com exceção do centro/downtown, o resto da cidade é bem tranquilo de estacionar e a maioria dos lugares tem estacionamentos grátis.

10) Dirija dentro da lei e sem fazer estravaganças você dificilmente será parado

Outra dica óbvia, mas que é sempre bom lembrar.

Turistas normalmente não conhecem todas as leis e detalhes do trânsito nas cidades/países que visita e sempre acabam cometendo algum errinho que pode chamar a atenção dos policiais de trânsito. Por isso, ter em mente as dicas acima evitará que você chame a atenção ao dirigir nos EUA e evitará qualquer dor de cabeça por causa do trânsito.

Dica extra:

Se tiver um GPS, recomendo pegar rodovias secundárias quando possível, para ver outros lados das cidades pelas quais você está passando. Apesar de mais lento, as paisagens podem compensar!

Dicas para dirigir nos EUA - Paisagem na ida para Park City

No mais, aproveite os bons carros, as boas estradas e curta a paisagem quando estiver dirigindo nos EUA 😀

Continue lendo…

Análise e dicas sobre os diferentes tipos de GPS

Dicas e roteiros dos Estados Unidos

Confira essa e outras Dicas de Viagem

Para aqueles que já dirigiram nos EUA:

Como foi sua experiência de dirigir pela primeira vez nos Estados Unidos?

Você já pagou alguma multa? Foi muito cara?

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    54 Comentários
  1. Vocês saberiam me dizer se aqui nos Estados Unidos existe o mesmo sistema de radar nas rodovias ou apenas os policiais autuam por acesso de velocidade?

    • Oi Everton. Já ouvi dizer que é preciso ser parado para tomar multa, mas já vi gente tomando multa de semáforo sem ser parado em LA. Então eu diria que varia de estado para estado e que o mais seguro é você dirigir dentro da velocidade permitida 😉

  2. sabe me dizer pra dirigir motos ,quais as regras basicas e se a carteira do detran sai com autorizacao pra moto ,caso a minha nacional seja?

  3. O que são aquelas coisas da segunda foto. A foto do item 1 ?

    • São parquímetros, Vinícius 🙂 vc poe a moedia e ele conta quanto tempo vc tem para ficar com o carro ali

  4. Bom dia.
    Pra andar em Las Vegas, você acha que tem necessidade de alugar carro?

  5. Discordo de que alugar carro em Chicago nao e bom . Acabei de chegar e fiquei com o carro alugado por 7 dias , e vale a pena . O GPS ( Nerver Lost , Hertz ) fica um pouco perdido no centro ( The Loop ou magnificent mile ) devido a altura dos predios ou ao Metra ( metro de superficie ) , mas funciona muito bem . Os estacionamentos sao caros , mas os taxis mais ainda . Fomos em TODOS os pontos turisticos , outlet em Aurora ( Simon Premium Outlets ) usando o EZ-pass da Hertz ( Equivalente ao nosso SEM PARAR ) nas interestaduais . Ainda fomos em Milwalkee, Wisconsin. Todos respeitam as regras de transito e os pedestres . Incrivel !

    • Oi Marcelo.

      Não é necessário carro em Chicago, dentro da cidade 😉 Vc faz tudo a pé e de transporte público sem problemas e sem ter de pagar estacionamento. Para os dias do outlet e de Milwalkee sim, é preciso carro, mas seriam apenas duas diárias. Anyway, se funcionou para você, isso é o que importa 🙂

  6. 1 2 3
Deixe seu Comentário