Nestes últimos anos, com a melhoria considerável dos smartphones, a briga entre GPS de smartphones X aparelhos tradicionais ficou mais acirrada.Por isso, em nossa última viagem à Alemanha, resolvemos testar a app de GPS TomTom para iPhone que sua assessoria nos disponibilizou.

App de GPS TomTom - Seguindo a rota do GPS

O que uma boa app de GPS precisa ter?

Eu sempre fui fã dos aparelhos de GPS tradicionais, principalmente porque eles tendem a ter um sinal mais forte que os smartphones e tablets, mas nos últimos tempos meu quase falecido TomTom One XL está me pregando peças e, por isso, tenho usado o Google Navigator com mais frequência.

Apesar de funcionar bem, o Google Navigator tem pouquíssimas opções de controle de trajeto e depende quase que inteiramente da Internet, fato que me faz tremer sempre que preciso dele para voltar de São Paulo, culpa do 3G ruim da cidade 🙁

Uma boa app de GPS, na minha opinião tem de ter no mínimo os seguintes quesitos:

  • Não depender de Internet
    • Mapas offline
    • Software de roteamento offline
  • Várias opções de rota
  • Várias informações de trajeto

A App de GPS TomTom

Vejamos como a app se saiu nesses quesitos:

App de GPS TomTom - Opções principaisApp de GPS TomTom - Navegar até...

Não depender de Internet

Não depender de Internet é fundamental, pois nem sempre temos acesso à Internet 3G numa viagem, além disso, já imaginou a tensão que pode ser depender da Internet quando se está no meio de uma floresta, sem sinal de celular e num país estranho? 😉 Por isso os mapas offline são tão importantes, mas tão importante quanto eles é ter um software de roteamento também offline, já que bloqueios ou desvios nas estradas são imprevisíveis. Por isso cheque sempre se a app que você está baixando tem essas duas características.

Como era esperado, a app de GPS TomTom é totalmente offline, podendo se conectar à Internet apenas para atualizações que, durante uma viagem, não são tão necessárias.

App de GPS TomTom - Mapa da rota beirando o Rio RenoApp de GPS TomTom - Quer usar um Ferry?

Uma coisa que eu gostei bastante do mapa da TomTom é a maneira que a app mostra as saídas das estradas. Quando uma bifurcação aparece, ela destaca a saída e mostra qual caminho você deve seguir, o que ajuda pra caramba, principalmente naquelas saídas mais complicadas com várias bifurcações seguidas.

App de GPS TomTom - Exemplo de saída de estrada

Opções para traçar rotas

Traçar rotas é parte do DNA de qualquer app ou aparelho de GPS, mas não é toda app que permite que você escolha como quer que ela trace a rota, característica essencial para uma boa app. As opções mais comuns são rota mais rápida, rota mais curta e evitar pedágios.

App de GPS TomTom - Opções de rotaApp de GPS TomTom - Opções de rotas alternativas

A app de GPS TomTom ainda permite, dentre várias outras opções, traçar rotas pelas estradas secundárias e traçar rotas passando por pontos determinados. Numa viagem pela Alemanha, por exemplo, sem essas opções, você certamente vai andar a maior parte do tempo apenas pelas Autobahns e longe das belas estradas e cidadezinhas escondidas.

Foi por causa dessa opção de estradas secundárias que nós conseguimos passear por uma das estradas mais bonitas da Floresta Negra ao sul de Baden Baden e também pela rodovia que vai beirando do Rio Reno.

App de GPS TomTom - Exemplo de rota multi-destino

Já a opção de passar por pontos pré estabelecidos permite que você marque vários lugares no mapa para que a rota seja traçada da melhor maneira entre eles sem precisar inserir o próximo destino a cada parada.

Dica: Essa opção de marcar pontos no mapa também é boa para forçar uma rota que o GPS não tenha traçado automaticamente.

Informações de trajeto

Além de informar o básico, como nome da rua atual, da próxima rua e a distância para a próxima curva, a app de GPS TomTom também informa o horário previsto de chegada, sua velocidade e se você está acima da velocidade máxima da via, estas últimas muito úteis para evitar multas.

App de GPS TomTom - Tela da versão para Android

Apesar do tamanho diminuto da tela do iPhone 4 da Natalie, achei que o mapa e as informações ficam bem dispostas e de fácil leitura. Claro que usar a app numa tela maior ajuda um bocadinho mais 😛

Facilidade de Uso

A app de GPS TomTom segue o mesmo modelo de layout e utilização que os aparelhos convencionais da fabricante, fazendo com que a adaptação de um aparelho convencional para a app seja rápida. Ainda assim, quem nunca usou um aparelho de GPS também não terá problemas, pois os controles básicos são bastante intuitivos.

App de GPS TomTom - Escolhendo a cidadeApp de GPS TomTom - Escolhendo o endereço

O tamanho dos botões dentro da app também me agradou, pois permite que você use a app mais facilmente quando o carro está em movimento. Apenas tome cuidado e pare o carro se você precisar fazer algo que exija mais que dois toques na tela para não causar nenhum acidente, não é? 😉

Conclusões

Eu estava cético quanto ao uso da app de GPS da TomTom no iPhone 4 da Natalie, não por causa da app em si, mas porque eu não estava muito confiante na qualidade do sinal de GPS do aparelho dela. Tanto é que resolvi alugar um carro com GPS caso alguma coisa desse errado.

No final da viagem, enquanto o GPS TomTom nos levou por toda a Alemanha e até para Estrasburgo na França, o GPS do carro foi usado apenas para sair do aeroporto de Frankfurt e chegar no nosso Hotel 😛

Como já tenho um aparelho convencional da TomTom há bastante tempo, me senti totalmente em casa com essa app, mas qualquer pessoa, que já tenha um GPS ou não, poderá usá-la sem dificuldades.

Outro fator importante é que o sinal de GPS da app se comportou muito bem, mesmo não rodando num smartphone de última geração. Por isso já posso dizer que boas apps de GPS podem substituir os aparelhos convencionais sem prejuízos.

App de GPS TomTom - Visualizando a rotaApp de GPS TomTom - Pontos de interesse no caminho

Vale a pena comprar a App de GPS TomTom? Ou é melhor comprar um aparelho tradicional?

Em termos de uso, tanto a app quando o aparelho convencional são bem parecidos. Dois fatores irão definis se você deve comprar um ou outro:

  1. Você tem como recarregar a bateria do seu smartphone pelo caminho?
  2. Preço dos mapas x Preço das apps

É importante ter em mente que utilizar uma app de GPS irá drenar sua bateria muito rapidamente, portanto você precisa ter alguma maneira de recarregar a bateria pelo caminho. Baterias extras de celular e carregadores automotivos são duas boas opções.

App de GPS TomTom - Tipos de Rota 1App de GPS TomTom - Tipos de Rota 2

Já no quesito preço, o aparelho convencional perde para as apps. Primeiro porque o valor inicial do aparelho é mais caro, o que não seria problema se os mapas custassem o mesmo preço que as apps. Entretando, os mapas para o aparelho convencional da TomTom são mais caros que as apps de GPS da própria fabricante. Por exemplo, o mapa do Brasil para o GPS convencional custa R$190, enquanto que a app para Android custa R$ 104. Não consigo entender por que os mapas têm precos tão diferentes. Alguém sabe explicar por quê?

Sendo assim, se você tiver um smartphone ou tablet com Android ou iOS, recomendo comprar a app com o mapa que você precisa. Já se você tiver outro dispositivo móvel ou não tiver como recarregar sua bateria durante o dia, então um aparelho de GPS é mais interessante.

Dicas para quem quer usar uma app de GPS no carro

  • Tenha uma bateria extra de celular: Eu fui salvo numa viagem de carro pela República Tcheca por causa delas, caso contrário eu teria ficado sem GPS logo no início da viagem.
  • Compre um carregador USB para seu carro: Utilíssimos numa viagem mais longa de carro, eles permitem que você carregue qualquer equipamento USB no carro. Comprei o meu na Deal Extreme por menos de 2 dólares e funciona muito bem 🙂
  • Compre um suporte para celular que prende no vidro: Outra coisa baratinha na Deal Extreme e que é super útil para quem quer usar o celular como GPS.

App de GPS TomTom - Anoitecer na Alemanha

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    18 Comentários
  1. Uso o Sygic no iPhone, é ótimO, funciona sem a internet !

    • Obrigado, Leonardo, pela dica. Eu lembro de ter usado o Sygic há um tempo no Android, mas não cheguei a testar porque era pago e na época eu não tinha a necessidade de usá-lo. Fica aí a dica para quem quiser testar 🙂

  2. Esse App da TomTom pode ser usado em mini I pad sem 3G?
    Vc indica o uso?

    Obrigado

    • Oi Renan.

      Pode ser usada sim. Ela só depende mesmo do GPS que está presente no iPad Mini. E acho que vale a pena usar sim, ainda mais com a tela um pouco maior do iPad que o celular. Vc só precisa arrumar um lugar para deixar ele apoiado enquanto anda de carro 😉

  3. Rapaz,
    Dia 30 sigo para Europa Ocidental e tinha acabado de comprar o app Tom Tom para esta área e, de quebra , pude baixar tanto para o I5 quanto para o Ipad. Carregador sempre ando no carro, e ainda tenho um solar que dá umas duas cargas para emergência..carrego o i5, o ipad, o S3 de Denise, e acessórios para fotos, que é ,sempre, meu lance preferido.
    Também vou adquirir o Tom Tom Traffic, que depende da rede, e acumula as infos ( nas áreas sem sinal) , para as descarregar quando possível; mas vale sim pois inclui radares, zonas perigosas, interesses , por U$ 4,99, o mês.
    Esse post foi, digamos, presciente…thanks.
    Leo

    • Fala Leo.

      Obrigado pela dica 🙂 Se você gostar do TomTom Traffic, conta pra nós, pois essa é uma coisa que eu não pude testar e não sei se vale a pena 🙂

  4. Oi Fred, muito bom este post e sua análise do App TomTom. Utilizei o aplicativo em um iPhone 5 na minha última viagem pela Europa, passando por Holanda, Bélgica, Portugal e Espanha, e sem nenhum problema! Realmente vale a pena o app, o sinal funciona muito bem, tudo é muito intuitivo. Como bem alertou, um carregador automotivo ou baterias sobressalentes são fundamentais, pois em 3 ou 4 horas a bateria já era!

    Comparando o uso do TomTom no Brasil e no velho continente, a Europa é o ponto forte deles, com informações super atualizadas e corretas, inclusive pontos de controle de velocidade, radares e postos policiais. Já aqui no Brasil, utilizei em testes por viagens no RS e deixo meu alerta: ignore os avisos sobre radares, estão beeeem desatualizados, mas o mapeamento do trajeto e as rotas estão ok!

    Abraço!

    • Fala Rogério.

      Nos EUA a app costuma funcionar muito bem também. Os mapas parecem até mais completos. Aqui no Brasil realmente não tem tantos detalhes e radares mudam a todo momento por aqui.

  5. Olá, poderiam me dizer se esse app também tem bons mapas para o básico na Florida? Ou alguém me recomenda outro. Obrigada!

    • Oi Lígia.

      Se vc comprar o mapa dos EUA da app, vc terá o mapa completo do país, inclusive da Flórida 😉

  6. E, se eu trocar para um iPad ou iPhone mais novo?
    Terei que pagar a licença/mapas novamente?
    E, se trocar de iOS para Android?
    Gostei da matéria – bem estruturada!

    • Obrigado, José!

      Olha, eu não sei como funciona a licença da Tom Tom, mas normalmente uma app comprada para um dispositivo pode ser utilizada em uma nova versão do dispositivo sem precisar pagar outra licença. Sobre iPad e iPhone, não sei dizer mesmo. É preciso ver na licença deles.

      Obre Android e iOS, provavelmente você precisará de uma outra licença e terá de pagar novamente, pois seria como uma nova app.

  7. Olá, vou em Abril para Alemanha e estava pesquisando o que valeria mais à pena: atualizar o aparelho de GPS com o mapa de lá ou alugar um carro com GPS. Com a alta do dólar, os preços dessas opções estão bem parecidos. Lendo a matéria, descobri a opção do App. Achei bem interessante por não precisar de conexão à internet para funcionar. Vou sair de Frankfurt até Munique percorrendo as cidades da Rota Romântica. Será que o aplicativo funcionaria bem para esse trecho? Resta saber o preço também. Vou pesquisar. Obrigado pela excelente dica e análise! Adoro essa página.

    • Oi Wanderlan.

      Esse trecho é super tranquilo pro GPS, na verdade toda a Alemanha é tranquila 😉 Não sei quanto está agora, mas dá uma olhada na Apple Store ou Google Play pra ver direitinho. Tem algumas outras opções grátis também que devem funcionar bem nessa região 🙂 Se quiser Internet 3G no celular também (e daí Waze e Google Maps), dá uma olhada neste post:

      Planos de 3G pré-pago na Alemanha

  8. Boa tarde, suas explanações foram de extrema relevância. Obrigado.

  9. Pessoal, venho aqui relatar a minha experiência. Usei o app da Tom Tom na Alemanha nas férias (entre Abril e maio últimos) e foi super tranquilo. Funciona, é fácil e pode ser usado tanto no carro quanto a pé, o que é uma excelente vantagem. Eu já tinha um aparelho da Tom Tom, mas que será aposentado agora com essa possibilidade de usar o App nas viagens. Basta comprar o mapa antes de viajar e você já chega lá podendo se locomover sem medo. Usei no meu Ipad Mini, comprei um cabo pra carregar no carro enquanto dirigia e deu super certo. Lembrando que não precisa de internet para funcionar, é independente de conexão. E os mapas não caros levando em consideração o custo x benefício. Foi uma ótima dica que conheci aqui na página. Testei e recomendo! Obrigado Fred!

Deixe seu Comentário