Quando chegamos em Nuremberg, nossa segunda parada deste #biertour depois de Frankfurt, descobrimos que a cidade tinha muito mais a oferecer do que os dias disponíveis na nossa agenda :/ Numa tentativa de compensar a falta de tempo, resolvemos dar uma “passadinha rápida” no Germanisches Nationalmuseum (Museu Nacional Germânico) com a intenção de conhecer apenas o globo terrestre de Behaim, o mais antigo do mundo.

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Lateral

Chegando lá, fomos surpreendidos por um dos mais belos e impressionantes museus que já conhecemos em toda a Alemanha. Uma grata surpresa que transformou uma “passadinha rápida” em uma manhã toda 😀

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Lateral nova

O Germanisches Nationalmuseum (Museu Nacional Germânico) de Nuremberg

Germanisches Nationalmuseum é considerado um dos maiores e mais importantes museus do mundo germânico dedicado à história cultural. Seus 1,3 milhões de objetos contam mais de 3 mil anos de história de maneira muito rica e agradável. Com quatro andares e um sem número de salas, ele é muito maior por dentro do que se pode imaginar por fora e a visita vale cada minuto 😀

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Entrada

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - CrucifixoMuseu Nacional Germânico de Nuremberg - Imagem de Jesus

Logo nas primeiras salas, me senti num capítulo de Game of Thrones: armaduras, espadas e tudo o que você imagina da Era Medieval. Caminhando pelos outros andares ainda encontramos os acervos dedicados à história da música, da farmácia, das roupas, dos instrumentos científicos, dos brinquedos entre 1550 e 1950 e das peças de decoração. Isso sem contar as obras renascentistas e barrocas e as salas dedicadas à arte do século XIX e XX.

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Antigo capacete

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Armaduras de cavaleiros

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Armaduras medievais

O GNM ainda guarda quadros originais de Albrecht Dürer, considerado um dos mais importantes artistas da Alemanha e que viveu e morreu em Nuremberg.

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Piano e arte

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - São JorgeMuseu Nacional Germânico de Nuremberg - Livro Sagrado

Talvez a sala que mais chame a atenção dos visitantes seja a sala que guarda o Globo de 1492 de Martin Behaim – uma representação muito interessante do que se conhecia do mapa-mundi na época. Infelizmente este é o último exemplar desse globo, pois os outros se perderam, foram destruídos ou estão escondido em algum lugar desconhecido.

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Globo Terrestre de Behaim

Curiosidade: Ao olhar para o Globo de Behaim, você perceberá que está faltando alguma coisa no mapa. O que será? 😛

Fique de olho também nas exposições temporárias do museu, pois elas são geralmente muito interessantes. Quando fomos lá, eles estavam com uma exposição exclusiva sobre os trabalhos do Rembrant 🙂

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Sala antiga

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Crianças estudando

Não importa o seu assunto de interesse, o Germanisches Nationalmuseum é um programa perfeito para todo perfil de viajante. Por isso, não deixe de ir visitá-lo quando estiver em Nuremberg.

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Antigo piano

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Antiga gangorra

Museu Nacional Germânico de Nuremberg - Antigos vasos e itens de decoração

Germanisches Nationalmuseum

Endereço:

Kartäusergasse 1, Nuremberg

http://www.gnm.de/en

Horários:

Terça a Domingo: das 10 às 18h

Quarta: das 10 às 21h.

Atenção: algumas salas fecham às 17h

Ingressos:

Adultos: 8 euros

Crianças e estudantes: 5 euros

Famílias (até 2 adultos e 4 crianças): 10 euros

Grátis: Quartas das 18 às 21h

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros da Alemanha \o/

O Sundaycooks viajou para a Alemanha com apoio do Centro de Turismo Alemão – DZT, da Sixt rent a car, da Premium Assistance Seguros Viagem, da TomTom e da Samsung.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    4 Comentários
  1. Não sabia que o globo mais antigo estava em Nuremberg, a cidade agora subiu na minha bucket list hehehe

    • Pois é, Fernanda 🙂 Diz a lenda que esses globos foram feitos para tentar promover e conseguir fundos para as viagens que culminaram na descoberta das américas.

  2. Olá Natalie, muito interessante seu artigo. Gostaria de saber, quando(ano) essas fotos foram tiradas? Um abraço. 🙂

Deixe seu Comentário