Cada ano do nosso calendário gregoriano (esse é o nome dele, para quem não sabe) é feito de uma quantidade enorme de viradas de ano em outros calendários de vários povos e culturas ao redor do mundo.

yasa_ (CC BY-NC-ND 2.0)

yasa_ (CC BY-NC-ND 2.0)

Em 2015, por exemplo, os tibetanos vão abrir seus espumantes logo ali em fevereiro, enquanto os iranianos vão comemorar o ano-novo persa em março e os judeus vão gritar “Shana Tovah!” em setembro – mesmo mês em que os etíopes vão fazer promessas para 2008, o novo ciclo do calendário local.

Os exemplos aqui em cima – e mais alguns – estão neste post que fiz para o blog da Youcom, onde eu escrevia até novembro. Porém, como esses “réveillons” diferentes são muitos e absurdamente interessantes, resolvi fazer outra lista neste post, especialmente nesta data, para que você tenha vontade de viver muitas viradas nos próximos 365 dias.

Ano-novo georgiano

Sheila Ryan (CC BY-NC-SA 2.0)

Sheila Ryan (CC BY-NC-SA 2.0)

Na verdade, é o ano-novo em vários países influenciados pela Igreja Cristã Ortodoxa, já que esta religião e suas ramificações usam o calendário juliano nas suas festas. Entre estes países estão Rússia, Belarus, Bósnia-Herzegovina, Azerbaijão Montenegro, Moldávia e Ucrânia e todos comemoram a virada em 14 de janeiro, com diferenças na intensidade dos festerês. Ah, sim: esse réveillon é chamado de Ano Novo Velho.

 

Ano-novo berbere

Sylvain Bourdos (CC BY-NC-SA 2.0)

Sylvain Bourdos (CC BY-NC-SA 2.0)

Os berberes são um povo sem nação, que se divide por vários países do norte da África, mas principalmente no Marrocos e na Argélia. Se você quiser passar o ano-novo com eles, vai ter que abrir mão do ano-novo georgiano, porque a data dos dois é a mesma, 14 de janeiro. Sua única chance de não perder um deles é concordar com o pensamento argelino de que a data certa é 12 de janeiro. Daí dá para correr para a Geórgia no dia 13.

 

Ano-novo vietnamita

Máscaras

O réveillon vietnamita é a festa mais importante do país, se chama Tet Nguyen Dán e também acontece junto com outros, como o chinês, o japonês e o coreano. Aliás, essa coincidência de datas é bem comum, já que vários calendários são divididos entre muitos povos. No caso de todos estes, as datas da virada mudam a cada ano gregoriano, porque são baseadas no calendário lunar. Em 2014 ela aconteceu no dia 31 de janeiro, mas em 2015 a festança vai ser comemorada só em 19 de fevereiro. Você ganhou uns dias para arrumar as malas.

 

Ano-novo nepalês

Debarshi Ray (CC BY-SA 2.0)

Debarshi Ray (CC BY-SA 2.0)

Os nepaleses estouram suas champanhotas mais ou menos pelo dia 14 de abril. Eu digo “mais ou menos” porque o calendário local também é ligado às fases da lua, então a coisa muda sempre. Além deste detalhe, o calendário nepalês também tem uma característica bem comum com outros calendários: ele não acompanha os anos gregorianos. No nosso 2015, por exemplo, eles vão entrar no ano 2072, já que o calendário deles está 57 anos na frente.

 

Ano-novo egípcio

Heba Gamal (CC BY-NC-ND 2.0)

Lanterna com a cruz copta (Foto: Heba Gamal (CC BY-NC-ND 2.0)

Menos de 20% dos egípcios seguem a Igreja Ortodoxa Copta, uma dissidência do cristianismo, mas ela é bastante influente no país, com direito a feriados e tal. O seu papa inclusive foi recebido por Francisco em 2013, numa aproximação que não acontecia havia 40 anos. O ano-novo copta acontece em cada 11 de setembro, mas muda para 12 de setembro em anos bissextos. O nosso 2015 é um destes anos.

 

Ano-novo Curdo

Bertil Videt (CC BY-SA 3.0)

Bertil Videt (CC BY-SA 3.0)

Já falei aqui sobre quem são os curdos, mas não abordei nadinha sobre o calendário deles – porque na verdade eu não sabia nada sobre o assunto. Agora aprendi que o ano-novo local cai exatamente no mesmo dia do ano-novo persa, entre 20 e 21 de março, o que dá para todos nós uma facilidade enorme: a de podermos comemorar dois réveillons em um, já que muitos curdos vivem no Irã. É só marcar a passagem para perto destas datas e correr para o Curdisão iraniano e cuidar para não cair quando pular a sua fogueira.

 

Ano-novo norte-coreano

Joseph Ferris III (CC BY 2.0)

Isso não é o réveillon, é o aniversário de Kim il-sung, mas é parecido (Foto: Joseph Ferris III – CC BY 2.0)

O ano-novo na Kimlândia não tem nenhuma diferença de data em relação ao gregoriano, porque os norte-coreanos seguem os mesmos dias que nós. As grandes legalzices de passar o 31 de dezembro lá são a possibilidade de ver os norte-coreanos comemorando uma data universal (nenhuma outra é comemorada) e poder entrar não em um ano milenar, mas num ano centenário, porque o país segue o calendário juche, que conta o passar do tempo desde o nascimento de Kim il-sung. Nosso 2015 gregoriano, por exemplo, vai ser o ano 104 juche por lá. Megalomania pouca é bobagem para aquela famíila de ditadores.

 

Ano-novo na Índia

Aroon Kalandy (CC BY-NC-ND 2.0)

Aroon Kalandy (CC BY-NC-ND 2.0)

Duvido que exista um país onde cair num festão de ano-novo seja tão fácil quanto na Índia. São tantas religiões, tantos braços do hinduísmo, tantas crenças diferentes, que deve ter um réveillon para cada dia do ano. Simplesmente leve uma roupa de festa quando for, principalmente se você tiver passagem marcada para abril, mês que parece concentrar a maioria das festanças.

Para encerrar o post e o ano, agradeço demais (demais! Demais!) pela sua querida audiência no 2014 gregoriano e desejo que o seu 2015 do nosso calendário seja cheio, cheio, cheio de felicidade, seja ela viajando ou namorando o mundo.

*****

Fontes: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    14 Comentários
  1. Como sempre uma aula de história e de curiosidade! Muito bom saber destas diferenças, das quais pouco sabia. Parabéns, Gabriel!

  2. Faltou o ano novo judaico. Feliz 5775 !)

    • Eduardo, o ano-novo judaico tá lá no post escrito no blog da Youcom. 😉 Feliz ano novo também!

  3. Muito bom!!! E montes de anos novos bem felizes pra vc também 🙂

    • Obrigado, Mari! Felizes anos novos também! =)

  4. Que demais, adorei saber de tudo isso!
    Fica aqui também o meu desejo de felizes anos novos seja qual for o calendário para vc e sua família!
    Felicidade, saude e viagens incríveis, sempre!
    Bjus!

    • Obrigado, Guta! =) Feliz ano novo!

  5. Muito bom, Gabriel. E, aproveitando, feliz ano novo gregoriano pra você! 🙂

  6. Muito bom!
    Feliz Ano novo!!
    Ano passado tive o prazer de acompanhar as festas do Ano Novo no Vietnam. Adorei a experiência. Agora vou botar na lista estas outras festas 🙂

  7. Melhor Blog do Mundo Sério!! Quem é Você Gabriel? Tem uma mesma linha de Pensamento que o Meu Engraçado Além de Estudioso é Viajante !!

  8. Parabéns .Blog muito interessante, continue a escrever itens diferentes de todos outros blogs. Saúde ,paz muitas viagens e pesquisas.

  9. Eu estarei no vietnan no ano novo, você sabe qual cidade é melhor passar o ano novo? Honian ou Ho chi minh? 🙂

    • Ana, não sei como são as festas, mas eu iria para Hoi An, que é muito mais bonitinha do que a caótica HCMC. 😉 Feliz ano novo!

  10. Amei o site, parabenizo voce gabriel pela consistencia e o carisma, continue nos surpreendendo. Abraços

Deixe seu Comentário