Comidas têm o poder de nos emocionar, de evocar lembranças e contar antigas e novas historias. No Peru, assim como no Brasil, a gastronomia local domina com perfeição a arte de nos sensibilizar com suas belas crônicas.

A cultura gastronômica do Peru

Do popular ceviche à típica chicha morada, a comida peruana não é um item de moda passageiro ou um novo hit cool da cultura latinoamericana. Ela é muito mais do que isso, é um ponto de união no país. Dos mais pobres aos mais abastados, todos dividem o mesmo prazer pela comida, vide o Mistura, famoso festival gastronômico que toma as ruas de Lima todos os anos.

Entre tantas coisas que o Peru me ensinou, uma delas, sem sombra de dúvidas, foi valorizar nossas raízes, nossos pratos típicos e todas as histórias que eles nos contam.

Restaurantes em Lima para comer bem - El Mercado 1

Em minha última passagem por Lima, dediquei muitas horas e muitas calorias (muito menos do que gostaria, é verdade) para fazer uma caprichada maratona visitando os principais restaurantes de chefs badalados da capital. Foi uma verdadeira aula sobre como valorizar os ingredientes e cultura de um lugar.

Onde comer em Lima: restaurantes badalados que valem cada centavo

Com tantas ótimas opções para conhecer e com tão pouco tempo na cidade, consultei três fontes para montar a minha lista de restaurantes em Lima: a então recém lançada lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, as dicas sempre certeiras da Lu Betenson do Rosmarino e Outros Temperos e um encontrinho de última hora com a Manu do Cup of Things.

Foi assim que cheguei à minha singela lista de 6 restaurantes que valem cada caloria 😉

Osaka

Um dos grandes exemplos da cozinha fusion peruana e japonesa, o Osaka é a delicadeza em forma de pequenas porções. No bairro de San Isidro, o restaurante é ideal para um almoço em um dia de verão. Destaque para o ceviche, o guioza frito e as suculentas vieiras flambadas.

Leia também:

Onde ficar em Lima e quais os melhores bairros?

Dicas de hotéis em Lima: do básico ao luxo

Onde ficar em Cusco, Machu Picchu e Valle Sagrado?

Restaurantes em Lima para comer bem - Osaka 1

Restaurantes em Lima para comer bem - Osaka 2

Dolce Capriccio

Um bom espresso Illy e fatias generosas de bolos de frutas, chocolate e doce de leite fazem do Dolce Capriccio o endereço certo para quem não resiste a um pedaço de doce no final da tarde. Dica caprichada da Manu 😛

Restaurantes em Lima para comer bem - Dolce Capriccio

Malabar

A primeira impressão que tive ao entrar no Malabar foi “por que um restaurante tão badalado tem um salão com cara de ambiente corporativo?“. Na famosa lista dos 100 melhores restaurantes do mundo, o Malabar entrega tudo aquilo que você espera de um restaurante estrelado: serviço cordial e pratos cirurgicamente precisos. Ali provei pela primeira vez o cuy (ou porquinho da índia) e confesso: estava riquíssimo! A sobremesa também foi uma surpresa pela beleza do prato e pela diversidade de ingredientes bem harmonizados.

Restaurantes em Lima para comer bem - Malabar 1

Restaurantes em Lima para comer bem - Malabar 2

Astrid y Gastón – Casa Moreyra

O Astrid y Gastón era um item obrigatório neste nosso novo roteiro por Lima, afinal o chef mais famoso do Peru tinha acabado de lançar o Virú, seu menu degustação especial de lançamento da Casa Moreyra.

Restaurantes em Lima para comer bem - Astrid y Gastón 1

Foi praticamente impossível conseguir confirmar nossa reserva. Ninguém respondia nossas tentativas de contato por email, o atendimento pela página no Facebook também era demorado e o telefone sempre tocava sem respostas. Nada justifica tamanha demora ou inacessibilidade e mais de um mês tentando uma reserva quase me vez desistir dessa experiência 🙁 Por um acaso do destino, encontramos e conversamos rapidamente com o simpático Gastón quando chegamos à Casa Moreyra.

Restaurantes em Lima para comer bem - Astrid y Gastón 2

O menu degustação era longo. Foram 28 passos servidos como um jantar da realeza britânica, numa execução perfeita, mas que não me empolgou. Ao final, fiquei com a sensação de que tamanho esforço para estar ali talvez não tenha valido tanto a pena.

Cheguei à conclusão de que outros chefs menos celebrados fizeram com que eu me emocionasse mais vezes, porque, sim, comida também é memória e novas descobertas. As expectativas eram grandes com relação ao Virú, é claro, mas por trás de toda aquela perfeição, senti falta do Peru autêntico, do Peru de outras cozinhas como a do Central ou a do Rafael Osterling.

Restaurantes em Lima para comer bem - Astrid y Gastón 3

Central

Comida é afeto?

E quando um prato que você nunca provou lhe traz lembranças das suas férias escolares? Isso é lindo, isso é mágico. É por momentos, como esse, em que a cozinha contemporânea surpreende ao se conectar com experiências e lembranças passadas, que eu curto cada dia mais o mundo da gastronomia.

Digo isso porque nunca imaginei provar um ceviche com calda quente tão rico em sabores como o do Central. É para desejar o teletransporte todo santo dia.

Restaurantes em Lima para comer bem - Central 1

Restaurantes em Lima para comer bem - Central 2

El Mercado

O mais casual da lista, mas o que mais me comoveu, o El Mercado, do chef Rafael Osterling, é pura e simples comida peruana cotidiana. Do tacu tacu de frutos do mar, de comer rezando, à lula grelhada com cogumelos, era como se a comida tivesse alma.

Esse foi um dos lugares mais difíceis de dizer “até logo” durante essa viagem ao Peru. Fiquei morrendo de vontade de provar o menu degustação do restaurante Rafael, o mais elaborado do chef.

Restaurantes em Lima para comer bem - El Mercado 3

Restaurantes em Lima para comer bem - El Mercado 2

Para uma refeição mais rápida

Outros endereços na cidade para uma refeição mais rápida, mas não menos saborosa:

Veja também:

Restaurantes de Lima: outros restaurantes badalados

Visitando os Mercados de Lima

Você já se emocionou ao provar alguma comida? Como foi?

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Restaurantes em Lima para comer bem - Café do Museu Larco

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    10 Comentários
  1. Dicas deliciosas, assino embaixo de todas! Obrigada pela preferência ops… referência. Beijos 🙂

  2. Pessoal, e como são os preços desses lugares?
    Preciso reservar muito para poder desfrutar de lugares com chef’s famosos?
    Obrigada!

    • Juliana,

      Os jantares costumam ser mais baratos do que os valores cobrados no eixo Rio-São Paulo.

      Para menu degustação no Astrid & Gastón, no Central e no Rafael vale a pena reservar com antecedência.

  3. Estou indo em setembro para o Peru, preciso reservar para o El Mercado e Central, por exemplo? Estou amando as dicas do site!!!

    • Erica,

      Esses dois restaurantes são bem procurados e costumam ficar lotados, para não perder a viagem ou ficar muito tempo na fila, o ideal é fazer uma reserva pelo próprio site 😉

      *e cá entre nós, são os meus favoritos 😀

  4. Fiz uma viagem no estilo mochilão de luxo e acabei comendo mais nos restaurantes dos locais e a comida é muito boa, desde os 1/4 de Frango assado com batatas fritas (e realmente é engraçado ver crianças de 6 anos devorando certinho e eu perdido em comer aquilo) até os ceviches e lomo saltado.

    E o que se vê é que mesmo restaurantes com preços abaixo do R$50 vem um prato bonito que em São Paulo dificilmente se conseguiria com R$80.

    Só não consegui comer o Cuy, pois os de Ruas não me davam muita coragem e os dos restaurantes estavam muito caros

    • Andrew,

      que legal seu relato!

      Confesso que só tive coragem de provar o cuy em um restaurante mais famosinho, mas que saudade de lomo saltado!

      Encaramos muitos desses frangos nas rodoviárias e acho que faz parte da experiência de viagem pelo Peru 😀

  5. Oi, tudo bem?
    Queria reservar o Central e fui consultar o site.
    Pelo que entendi, eles só servem menus fechados.
    É isso mesmo? Não há opções a la carte?

    • Oi Juliana. Quando fomos tinha os dois, mesmo com reserva. Pode ser que tenha mudado. Tenta mandar um email para eles para confirmar 😉

Deixe seu Comentário