A Alemanha é o país ideal para se viajar de carro. Suas autoestradas são ótimas, algumas não têm limite de velocidade e os carros nacionais são excepcionais, mas o país também é um ótimo destino para se conhecer de trem. A facilidade de uso, a rapidez e as opções de passes regionais fazem do trem uma opção tão boa quanto o carro na terra do tio Einstein 😛

Dicas para viajar de trem na Alemanha - Estação de Salzburg Áustria

11 dicas para viajar de trem na Alemanha

Algumas dessas dicas valem para qualquer viagem de trem pela Europa ou mesmo para qualquer lugar do mundo, por isso, leve-as com carinho no lado esquerdo do peito.

1) Viaje um pouco mais leve

Nos trens da Alemanha, normalmente não há restrição de tamanho, peso ou quantidade de bagagens, mas o espaço para colocá-las é limitado. O compartimento acima dos assentos e o espaço para malas entre os vagões e cadeiras são bem limitados, sem contar que levantar 20kg para colocar acima do seu lugar não é tarefa simples para pessoas normais como nós 😛

Por isso, planeje viajar com uma mala média no máximo se você pretende usar os trens com frequência (ou faça um pouco de musculação antes da viagem :mrgreen: )

Dicas para viajar de trem na Alemanha - Comprando o ticket nas máquinas

2) Compre as passagens de 2 a 3 meses de antecedência

O site da Deutsche Bahn (DB) costuma colocar passagens promocionais (Savings) com aproximadamente 90 dias de antecedência da data da viagem, por isso essa é a época ideal para começar suas pesquisas 🙂

Essa dica também vale para as outras empresas de trem da Europa, portanto, fique sempre de olho nos sites da Thalys (Bélgica, FrançaHolanda e Alemanha), Renfe (Espanha), Voyages-SNCF (França), Trenitalia (Itália), dentre tantas outras, para garantir bons descontos 🙂

Leia também:

Onde ficar em Frankfurt: os melhores bairros da cidade

Munique: onde ficar e por quanto tempo

Como ir de Munique para Praga?

3) Trem é mais interessante para viagens de 4h a 5h

Comparado com os aviões, uma viagem de trem pode ser bem mais rápida se contarmos o tempo de deslocamento desde a saída do seu hotel até a chegada no destino final. Isso porque no transporte ferroviário há menos burocracia, menos tempo perdido entre check-in, espera pelas malas e deslocamento de e para o aeroporto.

Por exemplo, uma viagem de 1h de avião acaba se tornando uma viagem de 4h, pois são necessárias aproximadamente 3h extras para todo o processo: 30 min de transporte do seu hotel até o aeroporto + 1h de antecedência para check-in + 1h entre pousar e pegar a bagagem + 30 min do aeroporto até o próximo hotel.

Já o trem, como está em uma localização central, permite que você leve +- 30 min entre sair do seu hotel, chegar na estação e encontrar a plataforma correta do trem. Sem contar que os trens são mais confortáveis que a classe econômica dos aviões.

Guia de Heidelberg na Alemanha - Um pedaço do castelo visto da praça

Por isso que eu concordo com o Ricardo Freire, do Viaje na Viagem, quando ele diz que trens são mais interessantes que aviões para viagens de 4 a 5h 😉 Em trechos de mais de 5h, a vantagem volta ao avião, porque nesses casos você começa a perder tempo da sua viagem parado no trem. Mesmo assim, eu fiz a viagem de trem entre Sevilha a Barcelona em 6h e gostei bastante. Na época não haviam tantos aparatos tecnológicos como hoje e nem fiquei entediado 😛

4) Não pense em fazer bate e voltas de mais de 2h de deslocamento

Bate e volta, por definição, é uma viagem em que você sai de uma cidade cedo, passa o dia em outra e volta à primeira no fim de tarde/início de noite. Por essa razão, deslocamentos 3h ou mais fazem com que você tenha muito pouco tempo no destino, quase que inviabilizando o passeio.

Se a cidade que você quer conhecer fica mais longe que 2h de deslocamento, considere dormir uma noite no local e, quem sabe, até seguir de lá para o próximo destino.

Dicas para viajar de trem na Alemanha - Estação de trem

5) Passes regionais como o Bayern Ticket podem ser bem vantajosos

A Alemanha é tão organizada que cada estado tem seu passe regional. Esses passes dão direito, não somente à viagens ilimitadas entre qualquer cidade daquela região, mas também à utilização de seus transportes públicos. Alguns desses passes (como o Bayern Ticket) também permitem que você vá a algumas cidades em países vizinhos como Salzburg na Áustria.

Outra vantagem desses passes é a opção de viagem em grupo de até 5 pessoas, pagando um valor bem mais barato que se fossem comprados dois tickets individuais.

A Carina, do Viajoteca, fez uma lista com todos os passes dos estados alemães e eu selecionei os que eu acho mais interessantes aqui pra vocês 🙂

Você pode ver todos os passes de trens regionais da Alemanha no site da Deutsche Bahn, incluindo os passes para todo o país e de finais de semana.

A desvantagem desses passes, principalmente os que valem para todo o país, é o tipo de trem que você pode usar e a restrição de horários, principalmente durante a semana. Todos esses passes podem ser utilizados apenas nos trens regionais mais lentos (RB, RE, IRE, S e SE) e somente a partir das 9 da manhã nos dias de semana. Por isso, se sua viagem envolve um deslocamento mais longo, entre estados, é melhor comprar uma passagem avulsa nos trens mais rápidos (IC, EC ou ICE) em vez de comprar o passe que vale para toda o país, por exemplo.

Dicas para viajar de trem na Alemanha - Estação de trem em Frankfurt

6) Compre as passagens no site da Deutsche Bahn

Comprar passagens de trem nas companhias nacionais é mais vantajoso que comprar um passe integrado como os vendidos pela Rail Europe, isso porque esses passes integrados geralmente restringem sua utilização a trens mais lentos e a rotas cheias de baldeações, enquanto que, ao comprar as passagens diretamente nas companhias de um país, você pode otimizar sua viagem e até conseguir bons descontos.

Por isso, sempre que for comprar uma passagem de trem na Alemanha, use o site da Deutsche Bahn.

Como ir de Praga a Berlim - Deutsche Bahn 2

Eu explico direitinho como comprar passagens no site da Deutsche Bahn no texto sobre como ir de Praga para Berlim. Se você quiser aprender como usar as maquininhas da DB para comprar os tickets, basta ler o post sobre como comprar o Bayern Ticket 😀

7) Escolha sempre o online ticket

Quando for comprar a passagem de trem, escolha sempre a opção de receber online, pois a opção de receber pelos correios demora no mínimo 3 semanas para chegar se nossos correios estiverem de bom humor :/ Infelizmente, para alguns trechos que têm cidades fora da Alemanha como ponto de partida, a opção online ainda não está disponível, por isso tente comprar sempre com pelo menos 1 mês de antecedência para não ter problemas e também para poder aproveitar melhor as promoções 😉

Ao escolher a opção de receber online, saiba que você precisará levar o seu cartão de crédito como “documento de identidade”. Mas não precisa ser o mesmo cartão que comprou a passagem, pois durante a compra existe a opção de deixar outro cartão como documento.

Dicas para viajar de trem na Alemanha - Estação de trem em Postdam

8) Reserve seus assentos sempre que possível, mas não se desespere por isso

Para reservar assentos, a DB costuma cobrar entre 4 e 5 euros por pessoa, um valor relativamente alto, mas que pode fazer toda a diferença em rotas concorridas na alta temporada. Como é permitido viajar de pé nos trens, se a reserva não for feita, todos os lugares podem estar ocupados quando você embarcar. Mais um motivo para viajar leve 😉

Mesmo que a reserva de lugar não tenha sido feita, não é preciso se desesperar, pois você pode sentar em qualquer assento que esteja livre. Basta ser educado e levantar caso o dono do lugar apareça, se ele aparecer at all. Nós tínhamos um lugar reservado no trem de Praga para Berlim, mas como tudo estava em alemão, não conseguimos decifrar direito o bilhete e resolvemos sentar no primeiro lugar que encontramos até que alguém aparecesse para sentar ali. No final ninguém apareceu e nós nem precisamos encontrar nossos lugares 😉

Outra dica é tentar sentar no vagão restaurante/bar, pois aqueles lugares não são reservados.

Dicas de viagem a Dresden - Cidade Velha Alstadt Zwinger de frente

9) Chegue com algum tempo de antecedência para encontrar sua plataforma e vagão

Se você fala alemão, pode chegar poucos minutos antes do horário do seu trem, mas se você é como nós e mal consegue falar danke, bitte e bier, não se preocupe. As placas de sinalização são fáceis de entender e você sempre pode recorrer aos funcionários da DB caso precise. Lembre-se apenas de chegar uns 20 minutos antes do horário de partida para se localizar 🙂

10) Planeje paradas estratégicas em cidades no meio do seu trajeto

Dependendo da passagem comprada, pode ser possível parar em qualquer estação entre a cidade de origem e destino e pegar um trem posterior, desde que seja no mesmo dia. Por exemplo, a passagem Standard da DB permite que você pegue o trem que faz aquele trecho no horário que quiser, aumentando as possibilidades da sua viagem. Por exemplo, naquele trecho que fizemos entre Praga e Berlim, nós poderíamos ter parado em Dresden, feito um tour rápido pela cidade e seguido para Berlim algumas horas depois.

A parte boa é que a maioria das estações de trem fica no centro da cidade e, nas maiores e mais turísticas, é possível encontrar lockers para deixar suas malas enquanto passeia.

11) Dormindo no trem

A Natalie disse que foi uma experiência diferente quando ela dormiu num trem no Canadá. Eu imagino que o balanço constante, paradas no meio da noite e movimentação de passageiros podem atrapalhar quem tem o sono leve.

Como nunca fiz uma viagem assim, peço ajuda aos universitários a opinião de vocês sobre o assunto 🙂 Dormir no trem é tranquilo ou não vale a pena?

Se você tem alguma outra dica para viajar de trem na Alemanha, ou em outro lugar do mundo,

deixe seu comentário aí em baixo 🙂

 Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros da Alemanha \o/

Roteiro de 4 dias de Munique 30 - Frauenkirche

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    32 Comentários
  1. Quem viaja pesado e vai pegar trem, que procure reservar num “Abteil” (camarote? só uso em alemão, então não sei). São cabines com apenas 6 lugares. Funciona ainda mais se estão viajando em grupo, com 2 ou 3. Outra opção pra quem compra cedo é olhar a primeira classe. Na 2a classe está sempre lotado, e na 1a, geralmente vazio. Pra quem compra cedo, a diferença de preço pode ser de apenas 10€. Tem que ficar atento. É preciso também atentar que alguns vagões são reservados ao silêncio, então você pode arranjar encrenca se for na típica brasileirice bater um bom papo pra gastar seu tempo num vagão desses. As reações podem ser desde um belo latido alemão até algum passageiro chamar um funcionário para retirar vocês do local (eu já presenciei a cena). A não ser que você tenha necessidade de cumprir horários, dê preferência a viagens em horários fora do pico, como o meio da manhã e começo da tarde. Os tickets costumam estar com descontos até mesmo 2 ou 3 dias antes da viagem, pois o trem ainda está vazio, e claro, a viagem vai mais confortável pela menor quantidade de passageiros. Os tickets estaduais são excelentes, levando em consideração seu preço e limites de viagem. Para além disso, alguns não podem ser comprados online ou mesmo fora de seus respectivos estados, como o Hessen-Ticket. O jeito é programar uns 10 min. a mais para comprar o ticket na estação. Uma dica: como o ticket vale para o transporte público também, passe na estação na noite anterior e compre para o dia seguinte o ticket estadual, e você economiza a passagem de metrô ou ônibus.

  2. Já fiz uma viagem de 15 dias de trem por alguns países da Europa, partindo da Alemanha, e dormindo 6 noites no trem. O ‘pacote’ (adquirido pela internet) estava pronto, para 7 dias, mas escolhemos estende-lo para 15 (passamos mais dias nas cidades escolhidas, sem acréscimo no valor do trem, mas, claro, enquanto na cidade todas as despesas, inclusive com hotel, eram por nossa conta). Como morávamos em Osnabrück, pegamos um trem para Hamburg (início da viagem), só para depois, já saindo de Hamburg, descobrir que o trem passava em Osnabrück (poderíamos ter pego o trem em Osna, mas ninguém tinha nos informado sobre isso). Pegávamos o trem já no início da noite, e chegávamos ao destino de manhã cedo. Saltavamos, íamos direto para o hotel deixar a maleta ou, se fossemos continuar a viagem no mesmo dia (só aconteceu em Köln), deixávamos a maleta nos depósitos daquela estação e passávamos o dia de mochila. Fomos a Zurique, Munique, Berlim, Copenhagen, Köln e Paris. Cada trajeto era em um trem diferente, e foi super interessante conhecer tantos tipos de vagões noturnos, alguns em cabine para 6 pessoas (éramos um grupo de 5, e a 6a pessoa a completar a cabine era uma desconhecida mas não houve qualquer problema), outras eram cabines para 2 pessoas, algumas com pia e armariozinho privativo, havia vagão com chuveiros, enfim, foi uma experiência bem interessante. Todas as roupas de cama eram super limpas e as ‘camas’ relativamente confortáveis (considerando a circunstância). Foi muito divertido. Os trajetos eram feitos mais longos que os diários a fim de que durasse a noite toda. E apenas em um trajeto (talvez por causa do ‘tipo’ do trem) senti ‘jogar’ e o sono não foi tão confortável, mas em regra foi tranquilo! Valeu como passeio e como experiência e ainda nos poupou alguns bons euros pois ao invés de dormir em hotéis (geralmente mais caros) já dormíamos ‘a caminho do próximo destino’. Para que fique claro, o ‘pacote’ era apenas para os trajetos de trem, as passagens, com dormida, mas sem direito a qualquer refeição; havia o vagão de restaurante para quem quisesse, mas comíamos quando saltavamos ou antes de pegar o próximo trem. Interessante é que esses ‘pacotes’ de viagem de trem noturno não são muito divulgados! Não esquecer de imprimir e tirar cópias das passagens e ficar com 2 ou 3 pessoas do grupo, por precaução (toda vez que embarcavamos precisávamos mostrar o ticket). Na ida para Zurique foi preciso apresentar passaporte (ou Cart. de Ident. para quem era membro da UE). Enfim, recordo dessa viagem com um carinho todo especial! 🙂

  3. Só pra reconhecer os vagoes e as possibilidades….

    No caso de viagens durante a noite, podemos encontrar os CNL (City Night Line), que possuem vagoes que possuem camas!! O que eles chamam de Schlaf-/Liegewagenzug. Isso mesmo camas no estilo beliche, onde você pode confortavelmente passar sua viagem descansando deitadinho. O preço é um pouco mais caro, mas pode compensar em longas viagens onde você ainda pode economizar uma estadia em hotel/hostel!

    Outra dica que sempre me foi muito útil em viagens de última hora é usar o site/app do L’TUR Last Minute, esta empresa vende os tíckets apenas para viagens feitas para os próximos 7 dias!!! Algumas promoçoes sao inacreditáveis!! Como exemplo já viajei por apenas 9,00€ de Frankfurt para München usando ICE. O mesmo site vende tíckets para outros países nas mesmas condiçoes, exceto que o prazo para a viagem é de até 14 dias… Até quando eu morava na Alemanha, mensalmente, eles escolhiam um país e fixavam uma promoçao de 19,00€/29,00€. Sempre valia a pena para uma aventura de última hora!!

    Por experiência e esclarecendo….
    Nos trens com assentos marcados, logo acima, perto das bagagens (em geral, ou nas portas das cabines), vc pode observar pequenos painés que mostram o percurso que possui reserva. Por exemplo um trem que faça o percurso de Berlim para Stuttgart, um assento pode estar reservado para um passageiro que vai de Frankfurt para Mannheim apenas… durante a viagem o painel mostrará estes nomes… Mas você estará livre para usar os mesmos acentos durante o percurso antes de Frankfurt, e/ou depois de Mannheim… Sem problemas!!! Já errei e levei “esporro” de alemaes… nao muito agradável, mas de boa!! Só me levantei e sobrevivi pra contar a história… Se nao tiver nada… fell free!!

    Dica de trajeto: Uma viagem de trem que eu sempre amei, mesmo que mais lenta e precisando fazer várias trocas entre os trens regionais, era ir às margens do Rio Reno a partir aproximadamente de Ingelheim até Colônia… Durante boa parte do trajeto vc acompanha o Rio Reno e pode observar inúmeras ruínas e paisagens que me transportava pelo tempo… Encantador… Além de muitas vezes presenciar (principalemente aos finais de semana) a perigrinaçao de grupos de amigos na tradicional “despedida de solteiro” dos alemaes. Sao grupos que seguem uniformizados e/ou fantasiados, em geral alcolizados que seguem para a Dom de Colônia, cheios de adereços, onde os noivos podem ter de passar por algumas provaçoes pelos amigos. O encontro entre grupos é sempre celebrado…..

    Este sempre foi um grande benefício que eu via em viajar de trem, ir acompanhando as paisagens e conhecendo o país fora das rotas turísticas e urbanas… podendo vivenciar um pouquinho da cultura deste país maravilhoso.

  4. Olá! Estou montando um roteiro de 15 dias na Alemanha para Maio de 2017. Vou com meu marido e meus pais. Num dos trechos da viagem, estamos planejando fazer de carro (o sul da Alemanha de Frankfurt a Munique passando por Heildelberg, Rothemburg, Triberg e Fussen). Vamos devolver o carro em Munique. Para ir de Munique para Nuremberg estamos pensando em ir de trem. O que me recomenda?
    E de Nuremberg para Berlin? O que sai melhor? Trem ou avião?

    • Oi Ana. Sobre o carro, parece bom o roteiro. Vc tb pode devolver o carro em Nuremberg se preferir. Não sei quanto tempo de Nuremberg para Berlim, mas acredito ser melhor o trem, certamente mais barato será 😉

  5. Eu faria tudo de trem. São perfeitos.

  6. Olá, gostaria que alguém me ajudasse …. chegarei dia 31.10.16 em Frankfurt e, do aero mesmo, queria ir à Colonia por 1 dia e meio ou 2 .
    Como faço esse percurso de trem? Que cia é melhor a custo-beneficio? Qd e onde comprar a passagem? Há trens de horários LIVRES?
    Após dormidas em Kölr, queria pegar trem para Düsseldorf, ficando só 1 dia nessa cidade, e seguir pra Amsterdã… (refaço as minhas anteriores perguntas para esse segundo trecho)…

  7. Ops. Texto anterior ficou confuso. Desculpe.
    Resumo das minhas perguntas:

    1- Dia 31.10.16 eu chegarei em Frankfurt 13h e gostaria de saber como ir de lá à Colonia de trem. (Qual cia? Qual melhor custo-Benéfico, e informação se há mudanças de vagao)
    2- Como ir de Colonia a Düsseldorf de trem. (Qual cia, onde comprar , e se há mudanças de vagao, pois morro de medo de ficar perdida, pois não falo alemão kkk).
    3- Como ir de Düsseldorf para Amsterda? (Que cia? Onde comprar? mudanças de vagão? ).
    Desse já agradeço.
    Silvana

  8. 1 2
Deixe seu Comentário