Quase todo mundo que vai viajar hoje em dia quer ficar conectado, seja para falar com a família, para usar as redes sociais ou mapas, não é? Desde os primórdios dessa era superconectada, aqui no Sundaycooks nós explicamos que a melhor maneira de usar a internet no exterior é comprando um chip local. Entretanto, tenho visto muita gente falando que vale a pena usar o Roaming Internacional das operadoras brasileiras, o que não faz sentido pelo que tenho acompanhado. Por isso, fui atrás de comparar os valores e condições de cada operadora para poder responder, sem achismos, a pergunta:

Vale a pena usar o Roaming Internacional da Vivo, Claro, Tim ou Oi?

Duas coisas me incomodavam sempre que alguém falava que valia mais a pena usar os planos de dados em Roaming Internacional das operadoras do Brasil do que os planos de internet das operadoras locais:

  1. Eu já havia pesquisado isso há algum tempo e os planos eram tão ruins que nem mereciam ser considerados
  2. Não faz sentido que uma operadora, ao utilizar um serviço de outra em outro país, ainda consiga ter preços e/ou condições competitivas

Depois de pesquisar nos sites da Vivo, Claro, Tim e Oi, posso dizer: Não. Não vale a pena!

Vejamos por quê.

Vale a pena usar o roaming internacional - 1

Foto: Kal Hendry (CC BY 2.0)

Os planos de dados de operadoras locais

Para podermos saber se um plano vale a pena, tomarei como exemplo o da O2 que usei na Alemanha. Ele não é dos mais baratos, mas sua internet 3G funcionou muito bem.

Para os comparativos, estou considerando as seguintes características sobre o pacote de dados da internet 3G/4G:

  • Franquia (quantos MB estão disponíveis antes da diminuição de velocidade)
  • Validade
  • Valor
  • Velocidade antes do fim do pacote
  • Velocidade após o fim do pacote
  • Se é possível compartilhar o pacote através do thetering/acesso portátil

Vale a pena usar o roaming internacional - 2

Foto: Ed Schipul (CC BY-SA 2.0)

Operadora O2 na Alemanha

  • Franquia: 1000MB (1GB)
  • Validade: 30 dias
    • Duração prevista = 30 dias a 33MB por dia aproximadamente
    • Realidade = 66MB por dia = 14 dias de uso (divididos entre 2 pessoas)
  • Valor: 30 euros já com chip (R$ 105)
    • R$ 0,105 / MB
    • R$ 1 = 9,52 MB
  • Velocidade antes do fim do pacote: até 7.2 Mbps
    • Melhor que qualquer plano de 3G do Brasil (e se bobear até de 4G :P)
  • Velocidade após o fim do pacote: 65 Kbps
  • Aceita compartilhamento do pacote

Eu e a Natalie usamos esse pacote, por 2 semanas antes de a franquia de 1GB terminar, daí a razão de gastarmos uma média de 66MB por dia. Quando nosso limite de dados foi atingido, os 65Kbps disponíveis de velocidade ainda davam conta de trocar emails (sem anexos) e mensagens que não tivessem imagens. Mais que isso as coisas ficavam bem lentas.

Para podermos comparar os preços com os pacotes brasileiros, vamos considerar um uso normal que gasta em torno de 30 a 50MB por dia, portanto, deixamos de fora os serviços de streaming, como Netflix, Spotify e Youtube, que demandam muito mais banda.

Vocês podem ler o review completo sobre a operadora e como usar a internet 3G na Alemanha e outras dicas nos links abaixo:

Planos de 3G pré-pago na Alemanha

Como usar a Internet 3G no exterior

Como usar a Internet 3G sem pagar roaming em vários países

Planos brasileiros de internet em roaming internacional

Ao entrar no site de cada operadora pra ver os preços dos planos de dados em roaming internacional, você pode até achá-los interessante, afinal, R$ 30 reais para uma internet “ilimitada” parece bom, não é? Contudo, basta olhar as letrinhas miúdas para encontrar várias pegadinhas 🙁

Vivo Roaming Internet

  • Franquia: contada diariamente
    • varia de 5 a 50MB e depende do país
  • Validade: 1 dia
    • Pegadinha: Todo pacote termina às 23:59 de cada dia, ou seja, se usá-lo pela primeira vez às 23:55, você pagará o valor total do pacote, mesmo que dali a 5 minutos ele acabe 🙁
  • Valor por dia
    • R$ 29,90 (Américas e Europa)
      • R$ 0,598 / MB (país com 50MB de franquia)
      • R$ 5,98 / MB (país com 5MB de franquia)
    • R$ 59,90 (África, Ásia e Oceania)
      • R$ 1,198 / MB (país com 50MB de franquia)
      • R$ 11,98 / MB (país com 5MB de franquia)
  • Velocidade antes do fim do pacote: indefinida
  • Velocidade após o fim do pacote: 32 Kbps
  • Não aceita compartilhamento de franquia

Vale a pena usar o roaming internacional - vivo

Quando a franquia termina, a velocidade da internet volta àquele saudoso tempo da internet discada (lembra daquele barulhinho característico de conexão?), ou seja, quase impossível de usar hoje em dia. Para se ter uma ideia, uma imagem pequena (120KB) levará no mínimo 30 segundos para abrir a 32Kbps.

Atenção: Esse plano da Vivo não vale a pena para qualquer país cuja franquia seja abaixo de 50MB. E não pense que são raros esses países, na verdade eles são bem comuns. Por exemplo, Áustria, Bélgica e Croácia tem uma franquia de 20MB, enquanto Dinamarca, Suíça e Hungria tem de apenas 5MB!

Você pode encontrar a tabela com os países e suas respectivas franquias neste link.

Oi Roaming Internacional

  • Franquia:
    • 50MB Américas
    • 20MB Outros países
  • Validade: 30 dias
  • Valor:
    • R$ 99,90 (50MB Américas)
      • R$ 1,998 / MB
    • R$ 49,90 (Europa)
      • R$ 2,495 / MB
    • R$ 169,90 (África, Ásia e Oceania)
      • R$ 8.495 / MB
  • Velocidade antes do fim do pacote: indefinida
  • Velocidade após o fim do pacote: não continua
  • Aceita compartilhamento de franquia
    • Contudo a franquia é muito pequena e acabará muito rápido
  • Permite acesso grátis e ilimitado às redes wi-fi tipo Boingo

Vale a pena usar o roaming internacional - Oi

Talvez aqui a única vantagem do plano da Oi de Roaming Internacional seja a utilização dos wifi hotspots que vemos ao redor do mundo. Contudo, nem isso é vantagem suficiente, pois eles não estão em todos os lugares (no meio de uma estrada, por exemplo) e hoje em dia não é difícil encontrar wifi aberto ou restaurantes e cafés que disponibilizam internet a seus clientes.

Claro Roaming Internacional

  • Franquia: contada diariamente
    • 10MB
  • Validade: 24 horas
  • Valor:
    • R$ 29,90 (Américas e Europa)
      • R$ 2,99 / MB
    • R$ 79,90 (África, Ásia e Oceania)
      • R$ 7,99 / MB
  • Velocidade antes do fim do pacote: indefinida
  • Velocidade após o fim do pacote: 32 Kbps
  • Não aceita compartilhamento de franquia
    • Como se compartilha 10MB de franquia? o.O

Esse plano é caríssimo e nem merece ser considerado pelo que oferece deixa de oferecer. A Claro também tem planos de pacote de dados por 30 dias, mas seus preços são caríssimos e também não valem a pena. Já imaginou pagar mais de R$ 1000 para ter 5GB de franquia por 30 dias?

Vale a pena usar o roaming internacional - Claro

Tim Liberty Passport Web

  • Franquia: contada diariamente
    • 15MB para Argentina, Chile, Estados Unidos e Canadá (Especial Américas)
    • 5MB para os demais países
  • Validade: 24 horas
  • Valor:
    • R$ 29,90 (Américas)
      • R$ 1,99 / MB (Especial Américas)
      • R$ 5,98 / MB (Outros países das Américas)
    • R$ 39,90 (Europa e África)
      • R$ 7,98 / MB
    • R$ 69,90 (Ásia e Oceania)
      • R$ 13,98 / MB
  • Velocidade antes do fim do pacote: 300Kbps
  • Velocidade após o fim do pacote: 25 Kbps
  • Não aceita compartilhamento de franquia
    • Se você ainda tivesse franquia para compartilhar…

Esse plano beira o ultraje na minha opinião. A franquia é terrível, a velocidade também e depois que você gasta todo o pacote de dados, a velocidade é reduzida a um ponto em que é impossível de fazer qualquer coisa online.

Vale a pena usar o roaming internacional - Tim

Conclusão

Nenhum desses planos é realmente vantajoso e os da Claro e Tim chegam a ser uma afronta a seus clientes pelo altíssimo preço e quase inexistente valor entregue. E nem pensar em tentar fazer uma ligação via Skype, Viber, Facebook ou Whatsapp com qualquer um dele, pois certamente a velocidade deixará a desejar e sua banda pode ir embora rapidinho 🙁

O que me deixa mais irritado com todos esses planos é que eles se dizem “ilimitados”, mas na realidade, ao terminar a franquia (que na maioria das vezes é mínima), a velocidade baixa tanto que chega ao nível da internet discada de 20 anos atrás. Fiz uma continha para os curiosos no final do post 😉

Depois de analisar a fundo novamente todas as opções das operadoras brasileiras, continuo com a opinião de que:

Não vale a pena usar o Roaming Internacional numa viagem.

Aqui estão alguns posts que eu fiz sobre a internet 3G que usei em alguns países no exterior 🙂

Como usar a Internet 3G no Peru?

A saga para conseguir Internet 3G no Chile

Vale a pena usar o roaming internacional - 3

Foto: Lambert Rellosa (CC BY-ND 2.0)

O único plano que pode valer a pena em determinadas situações é o da Vivo, mas apenas nestas condições:

  1. Você está em algum país da América ou Europa
  2. Esse país tem a franquia de 50MB
  3. Você passará no máximo 3 dias no país
    • Sinceramente, nesses casos use o wifi do hotel e dos locais que visitar. Garanto que você consegue ficar alguns dias sem conexão regular 😛
  4. Você não se importa em pagar muito mais caro por um serviço pior apenas para ter a comodidade de não precisar ir numa loja comprar um chip (eu acho até divertido) 😉
    • Lembrando que em alguns lugares como o aeroporto de Heathrow em Londres já têm máquinas que vendem chips pré-pagos com planos de dados habilitados
  5. Por algum motivo você tem obrigação de ficar conectado 100% do tempo
  6. O valor do chip local é exorbitante
    • Na Alemanha mesmo, o chip da Vodafone estava custando 60 euros numa das vezes que eu fui o.O

Fora esses casos, o valor gasto não cobre a diferença no serviço oferecido e, por isso, o chip local no exterior será a melhor opção.

Se você já usou o roaming de dados internacional ou o chip local em suas viagens,

conte-nos como foi e se valeu a pena 🙂

Para os curiosos:

Fazendo as contas, se você passar 1h transferindo dados no seu celular na velocidade máxima depois que a franquia acabar (32Kbps = 4 KB/s), você conseguirá enviar ou receber “incíveis” 14MB (ou 230KB por minuto). Isso hoje é nada. Um site não mobile, por exemplo, tem facilmente o tamanho de 2MB ou mais (8 minutos para carregar); uma foto que seu celular tira tem 3MB (13 minutos); um vídeo então… é melhor esperar a franquia do dia seguinte.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    16 Comentários
  1. No ano passado, antes de o dólar subir às alturas, usei um chip de operadora americana em New York. Paguei 50 dólares para usar um mês. Acho que valeu a pena, na época a Tim cobrava R$ 29,00 por ligação…. Em dezembro fui à Espanha e também usei o chip da Orange, mas sem acesso à internet, porque tinha wi-fi onde me hospedei e em todo lugar tem wi-fi. Paguei no total uns 20 euros. Bem mais em conta do que se usasse o roaming da Tim.

  2. Eu acho absolutamente absurdo essas nossas operadoras… é tipo chamar de idiota na cara dura!!!
    Nunca nunquinha habilitaria o uso do roaming… Até pq isso é o que falam que cobram, certeza que no fim ainda deve aparecer mais coisas extras que não dá pra saber se vc usou mesmo ou não… Deus me livre!! Falência na certa!!

    Nos EUA eu uso sempre da AT&T, pago uns 50 dólares pra usar acho q 3GB por 1 mês… Acho que compensa muito e funciona super bem em todo lugar.
    No Canadá ano passado comprei um chip da Koodo e acho que foi uns CAD 55 por 1GB, válido por 1 mês que usei por uns 10 dias… Um pouco mais caro, mas ainda assim funcionou bem e achei super válido.
    No Chile esse ano comprei um chip na lojinha do aeroporto, da Entel acho… Paguei 10 dólares por 100MB… Não foi o melhor dos negócios, mas a moça já habilitou e pra usar por 5 dias achei ok… Era mais se precisasse de alguma info na rua, ou mandar whattsup… Coisa básica mesmo. Funcionou bem também…

    🙂

    Beijos!

    • Absurdo mesmo, né? Uma vez eu recebi uma ligação de propaganda da Vivo qnd estava nos EUA e ainda tive de pagar 40 reais por 2 min 🙁 E obrigado pelas dicas 🙂

  3. Oie! Adorei o post, posso linká-lo no meu blog? Vai sair no Links da Semana hoje! Beijos, Amanda
    http://www.amandaqui.com

  4. olá Natalie! Ótimas dicas! No ano passado, estive em Viena e como precisava usar internet, comprei um chip deles, paguei acho que 25,00 euros e funcionou muito bem.
    Agora o pedido de ajuda: agora em setembro, vou fazer o roteiro Mykonos, Barcelona, Estocolmo! Há algum tipo de chip ou determinada operadora que poderia usar direto ou vou ter que comprar um em cada destino?

    • Oi João.

      Até hoje não descobri um chip que funciona em vários países e que tenha valores interessantes para internet. Ou seja, você precisará comprar um chip em cada país, mas eu só faria isso se fosse ficar mais de 4 dias por lá (ou se precisar muito de internet pro GPS, por exemplo), caso contrário é mais interessante usar a internet dos lugares que vc for 😉

  5. Comprei o chip Holiday da Orange em Paris.
    Além do pacote de dados e sms ele possui 1h de ligação internacional para qualquer lugar do mundo.
    Achei que valeu muito a pena pq usei o gps e o mapa do metro o tempo todo.
    A qualidade do 3g é excelente (muito superior à do brasil) fazendo ligação via skype e whatsapp tranquilamente.

    • Obrigado pela dica legal, Letícia! Vc conseguiu sair de lá com o chip já habilitado ou teve de esperar uns dias pra internet funcionar? Quando fui eu teria de esperar 2 dias 🙁

  6. Oi, Fred,

    Vc sabe qual o melhor chip para eu comprar para minha viagem ao Uruguai? Vou ficar lá por 10 dias.
    Vi o da Movistar, mas não sei se presta.

    Abraço

  7. Fui pro Uruguai, mas acabou que não usei nada, fiquei só no wifi mesmo…

    • em muitos lugares só o Wi-fi funciona bem, mas usar o roaming internacional não vale a pena nunca >.<

  8. Vou ficar 25 dias na Italia. Estou pensando em adquirir o chip da VODAFONE, Utilizarei mais whats app. e talvez face, orem muito pouco telefone, Posteriormente passarei 3 dias na Espanha e 2 dias na Franca,,, Gostaria de uma dica (principalmente para Italia) de qual chip, devo adquirir, já que há várias opções..
    Obrigado, e parabens pelos esclarecimentos

Deixe seu Comentário