Finalmente chegou o dia. Num misto de sonolência, frio e expectativa, acordei de madrugada para me preparar para o passeio que mais esperava nessa viagem pelo Atacama: conhecer os Gêiseres de Tatio (ou El Tatio para os íntimos) e comer um pastel de queijo em Machuca.

Espere um pouco, Fred. Frio no Atacama? Isso mesmo, querido diário. Durante a noite, a temperatura no deserto cai bastante – e isso nós já sabemos -, mas o que impressiona é que, a mais de 4300m de altitude, as temperaturas podem chegar facilmente a -10/-15C. E eu fui lá conferir 😀

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 16

Com vocês, os Gêiseres de Tatio

Olho o relógio, são 4:30. O banho já está tomado, a blusa de frio está no corpo e a câmera a postos. Cinco da matina, os bolinhos e café já nos esperavam no saguão do Tierra Atacama. Às 5:45 partimos para o melhor e mais alto passeio do Atacama. Em aproximadamente uma hora subiríamos 2000m de altitude em 90km de estradas iluminadas apenas pela lua e pelos faróis da van.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 1

A luz do sol começava a surgir ainda acanhada a poucos quilômetros do nosso destino final, mostrando de relance o que veríamos nas próximas horas. Minutos depois chegamos.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 2

Atravessando um portal para outro mundo

Temperaturas negativas, nuvens de vapor saídas do chão tapando os raios solares e todos vestidos com roupas de frio. Era como se tivéssemos chegado em outro planeta. Impressionante foi a primeira palavra que pensei.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 3

Fiquei tão extasiado que só percebi que meus dedos estavam congelando a -14C depois da primeira dezena de fotos. Tudo pelo blog, certo? >.<”

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 4

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 5

Quer uma dica de amigo? Leve luvas, calça e blusa bem quentes e corta vento. O frio que passei lá em cima quando cheguei foi mais forte que os -27C que peguei em Montreal. A diferença é que em 1 ou 2 horas depois do nascer do sol, a temperatura volta aos suportáveis 5C. O Tierra também tem algumas calças e blusas para emprestar caso alguém precise 🙂

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 6

Os mais corajosos podem ainda tomar banho em uma das piscinas de água quente do local enquanto a maioria dos turistas está tremendo de frio do lado de fora. Infelizmente não levei minha roupa de banho e fiquei só na vontade (yeah, right) :mrgreen:

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 7

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 8

Café da manhã no topo da montanha

Depois do passeio, os guias preparam uma mesa cheia de guloseimas e bebidas quentes para nos aquecer e pensar em toda a beleza daquele lugar. Quem quiser, pode esquentar seu achocolatado diretamente nas poças de água quente que brotam por todo lado 😛

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 9

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 13

O mal de altitude

A altitude é um fator que deve ser levado em consideração nesse passeio. Por sorte, seus efeitos são normalmente leves. Como o Atacama em si está acima de 2000m de altitude, deixe o passeio aos gêiseres para o final da viagem para que você possa ir se aclimatando aos poucos.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 11

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 14

Como o passeio é leve e as caminhadas curtas e planas, dificilmente você sentirá os piores efeitos do mal de altitude, mas não os subestime. Vá devagar, não corra e, se sentir falta de ar, converse com o seu guia para que ele possa te colocar no oxigênio por alguns minutos 😉

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 10

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 12

Algumas curiosidades sobre os Gêiseres de Tatio

Os Gêiseres de Tatio ficam a aproximadamente 4300m de altitude e estão numa bacia geotérmica nos Andes a aproximadamente 90km de San Pedro de Atacama. Essa região possui 80 gêiseres ativos, sendo considerada a maior do hemisfério sul e a terceira maior do mundo, perdendo apenas para Yellowstone (nos EUA) e Kronotsky (na Rússia).

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 17

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 18

Apesar de a média de altura de lançamento da água ser de apenas 79 centrímetros, alguns dos gêiseres podem lançar suas águas a até 10 metros. Contudo, o que realmente chama a atenção é a coluna de vapor que se forma em torno de cada um deles, por isso é tão importante chegar bem cedo por lá, já que à medida que o dia passa, a temperatura do ar aumenta e a quantidade de vapor diminui.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 15

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 20

A água sai da terra a 89C e provêm de rios subterrâneos que, ao passarem próximos ao magma existente no subsolo, são aquecidos e entram em ebulição. Como boa parte da terra por ali é impermeável, eles só conseguem sair por entre as fissuras que existem no solo e, quando a água passa por essas fissuras e chega à superfície, os gêiseres são formados 😉

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 19

Ali em El Tatio, é possível ver restos de máquinas que tentavam gerar energia geotérmica no passado. Há poucos anos, um consórcio de empresas tentou retomar esse projeto, mas um acidente quase afetou gravemente os gêiseres da região e foi cancelado pelo governo do Chile.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 21

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 22

O vilarejo de Machuca

Antes de voltar ao hotel, você passará pelo povoado de Machuca onde vivem algumas poucas pessoas que fazem um revezamento a cada 6 meses com outros moradores para venderem seus produtos aos turistas. Artesanato, espetinho de carne de lhama (2500 pesos chilenos) e pastel de queijo (1300-1500 pesos chilenos) são alguns dos produtos mais comuns encontrados por ali.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 23

Por falar em pastel de queijo, a Natalie havia me falado tanto dele que eu tive de prová-lo. Seu formato lembra uma empanada e sua massa lembra a do nosso pastel de feira, mas com sabor e textura diferentes. Pedi o meu de queijo de cabra meio receoso, mas estava tão gostoso que pedi outro 😛

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 25

Não, não é o melhor pastel da sua vida, mas ali, no meio do nada, depois de voltar de uma outra dimensão, ele e o espetinho de lhama combinam muito bem.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 24

Uma igrejinha ao final da única rua de Machuca encerra o passeio. Agora é só sentar na van e recuperar o fôlego antes de chegar ao hotel para um belo almoço.

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 26

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Chile \o/

Passeios no Atacama - Gêiser de Tatio 27

O Sundaycooks viajou a convite do Tierra Atacama.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    2 Comentários
  1. Muito bom, Fred!
    Não tomou o chá de coca às 5 de la matina?

    • Chá de coca é muito ruim, Tiana 😛 Mas soroche foi de boa. só andar devagar e eu estava ok, ainda mais depois de alguns dias de aclimatação.

Deixe seu Comentário