Quem nos acompanha nas redes sociais viu que, neste último novembro, eu desbravei literalmente a Amazônia Peruana em busca da civilização Chachapoya e de seus legados, cujo maior expoente é a fortaleza de Kuélap (considerada, por alguns, a segunda Machu Picchu). De volta ao Brasil, eu diria que real beleza dessa região do Peru não está nas ruínas em si, mas principalmente em toda sua exuberante paisagem natural que encontramos pelo caminho e as Cataratas de Gocta são o melhor exemplo disso. O que importa é a jornada, já diria o seriado Lost.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 11

Ainda não segue o Sundaycooks nas redes sociais? Não seja por isso 😛 Twitter, Facebook, Instagram e @sundaycooks no Snapchat e Periscope

Desbravando a Amazonia Peruana

Nossa expedição, feita em parceria com a Promperu, tinha o objetivo de realmente desbravar o estado peruano do Amazonas e mostrar os principais pontos de interesse relacionados à civilização Chachapoya, dominada pelos Incas nas últimas décadas do império.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 6

Foram praticamente 7 dias de trekkings diários, longas viagens por estradas sinuosas, altitude acima dos 1600m e quase nenhuma internet, tudo em meio à montanhas e vales increíbles que marcam a memória de qualquer viajante 🙂

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 14

O post de hoje fala sobre o lugar mais bonito dessa viagem: as Cataratas de Gocta. Fiquem tranquilos, durante a série, explicarei um pouquinho mais sobre a civilização Chachapoya e, ao final, deixarei um roteiro especial para quem quiser aproveitar essa região da melhor maneira possível #aguardem 😀

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 29

Antes de começarmos, é preciso dizer que a Amazônia peruana, apesar de ter o mesmo nome, não tem muito a ver com a nossa Amazônia, pois a vegetação é diferente e ela está bem no meio dos andes, a altitude fica quase sempre acima dos 1500m, sem contar a quantidade enorme de montanhas que existem por ali.

Curiosidade: É no departamento de Loreto, próximo à cidade de Iquitos, no Peru, que fica a nascente do Rio Amazonas e o começo da floresta amazônica como a conhecemos 🙂

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 19

Chegando em Gocta

Era noite quando estacionamos na porta do nosso hotel, o Gocta Andes Lodge, depois de quase 8 horas de estrada desde Tarapoto, o aeroporto mais próximo. Mal sabíamos que, no dia seguinte, conheceríamos a terceira cachoeira mais alta do mundo segundo a National Geographic. Mais que isso, para mim, as cataratas seriam o ponto alto de toda a viagem.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 1

Bastou o sol raiar para termos noção da imensidão das Cataratas de Gocta. Bem em frente à piscina de borda infinita, e por detrás das nuvens que insistiam e participar da foto, surgem suas quedas d’água ao longe, dando ao Gocta Lodge uma das mais belas vistas de hotéis no Peru na minha opinião.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 10

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 9

Apesar de ser o melhor hotel da região, ele é bem rústico (até porque essa é a ideia do local); seu café da manhã é bom, com opções de iogurte, cereais, pães e geleias; o quarto é amplo, com chuveiro de água quente em boa quantidade, e o restaurante supre bem as necessidades dos viajantes.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 8

Uma pausa para o café da manhã

Enquanto tomávamos o café, nosso guia nos explicava que a cidade, ou melhor, povoado de Gocta quase foi abandonado no passado, situação que mudou quando um alemão viu as cataratas e resolveu ir até lá. Em 2003, os Caritas construíram uma trilha até a base das cataratas, fato que ajudou o turismo a se estabelecer por ali e evitou que o povoado deixasse de existir.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 13

A primeira queda das Cataratas de Gocta tem 131m de altura e fica próximo ao povoado de San Pablo, enquanto que sua segunda queda tem 540m e está próxima à Cocachimba. Quem quiser visitar ambas as quedas, pode fazer tudo em um passeio de dia inteiro em meio à floresta 🙂

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 12

As Cataratas de Gocta

Partimos diretamente do Gocta Lodge numa trilha de 6 quilômetros até a base das cataratas por entre um cenário de subidas e descidas, árvores altas, mata fechada, muita umidade, pequenos riachos e quedas d’água.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 15

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 16

O caminho é tão bonito que você nem sentirá os efeitos da altitude de 1600m. Para aqueles que não têm tanto preparo físico (presente!), ainda é possível fazer a primeira metade a cavalo 😉

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 17

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 18

Tirando uma série de besouros (que mais pareciam aranhas) em acasalamento, pouco vi da fauna da região, entretanto, ficamos sabendo que uma turista conseguiu ver o gallito de las rocas naquele mesmo dia.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 23

A cada mirante, uma nova supresa, e logo nos primeiros, as nuvens deram trégua e conseguimos ver o topo da primeira queda a 771 metros do solo 😀 Já o último mirante fica a poucos metros da base das cataratas, mas, como louco por cachoeiras que sou, resolvi seguir descendo até o último degrau para poder sentir os respingos da queda d’água que, naquela distância, mais pareciam uma garoa paulistana, hora mais forte, hora mais fraca.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 21

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 20

Chegando lá, feche os olhos e sinta as gotas de água tocando seu corpo. Ouça o barulho da água correndo por entre as pedras. Não há como não sentir toda a energia que emana das Cataratas de Gocta. É algo que é preciso estar lá para entender.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 2Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 30

E foi assim que, logo no primeiro dia de viagem pela terra dos Chachapoyas, eu encontrei meu lugar favorito no Peru depois de Machu Picchu 😀

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 31

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 32

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 33

Qual a melhor época para visitar as Cataratas de Gocta?

Conversando com nosso guia, ele disse que é preciso evitar a época de chuvas, pois as estradas e trilhas podem ficar intransitáveis por causa da lama e dos deslizamentos de terra. Ainda segundo ele, os melhores meses são de maio a setembro para toda a região dos Chachapoyas, a mesma época ideal para visitar Machu Picchu.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 22

Nós fomos no início de novembro e pegamos chuva quase todos os dias, mas nada que nos atrapalhasse, entretanto, era possível ver alguns deslizamentos nas estradas e lama nas trilhas.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 24

O que levar na mala para a trilha de Gocta?

Sobre Gocta especificamente, eu indico levarem os seguintes itens:

  • Repelente
  • Capa de chuva
  • Capa impermeável para mochila
  • Tênis de trekking (tênis normal funciona, mas não é a mesma coisa)
  • Barrinhas de cereal ou outra comida de sua preferência

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 25

Não deixem de ler também o post abaixo sobre trilhas no Peru:

Como se preparar para fazer a Trilha Inca no Peru?

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 27

Como chegar a Gocta?

De maneira bem sucinta, a maneira mais rápida é ir de Lima a Tarapoto de avião e de lá seguir por terra até Gocta com um receptivo local em aproximadamente 8 horas de estrada. Caso já esteja na cidade de Chachapoyas, a distância de 44km é percorrida em 1h.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 4

Deixarei a resposta completa dessa pergunta para o post com o roteiro dessa região, mas posso adiantar que dirigir por ali é algo que você não deve fazer de jeito algum, a não ser que correr riscos seja o motivo da sua viagem.

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 5

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 7

Entradas e guias

Note que os valores foram tirados de um folder que recebi durante a viagem, por isso, eles podem variar de agência para agência:

  • Guia local para uma das quedas das cataratas de Gocta: 30 soles
  • Guia local para a visita às duas quedas das cataratas de Gocta: 50 soles
  • Entrada para a visita a uma das quedas ou à base da cachoeira: 10 soles
  • Aluguel de cavalo: 30 soles

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 26

Contato das associações de moradores locais:

  • Associação de Cocachimba: actcgocta@hotmail.com
  • Associação de San Pablo: spgocta@hotmail.com

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 28

Tours oferecidos pelo Gocta Lodge para grupo de 4 pessoas:

  • Kuélap (dia todo): 145 soles por pessoa
  • Karajía (meio dia): 100 soles por pessoa
  • Leymebamba e Revash (dia todo): 170 soles por pessoa

Não deixe de pesquisar também os valores dos tours pela região nas agências de viagem do Peru indicadas pelos leitores.

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Cataratas de Gocta Amazonas Peru - 3

O Sundaycooks viajou para a convite da Promperu e da Tam.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    2 Comentários
  1. Quando terminei a leitura deste post, o desejo, necessidade e vontade foi #partiuamazoniaperuana!

Deixe seu Comentário