Uma vez perguntei para um amigo como era viajar pelo mundo antes da internet. Eu, que já comecei a viajar toda conectada, cheia dos aplicativos e dos macetes para conseguir as melhores ofertas, não conseguia visualizar como era montar um roteiro décadas atrás.

No alto de sua sabedoria, ele logo disse que essa parte era fácil. Difícil mesmo era viajar nos tempos da ditadura.

SundatyTalk: Repensando o Turismo

Essa resposta colocou um bocado de coisas em perspectiva. Já imaginou quantas coisas evoluíram no turismo nos últimos 15-20 anos? Nós vivenciamos a transformação de todo um mercado gigantesco que fatura bilhões no mundo inteiro.

Com essas mudanças, é claro, chegaram novos players, novas tecnologias, novos modelos de negócio e muita concorrência. Ah, essa sim se desenvolveu absurdamente na última década.

Guia de Londres KLM - Tower Bridge

O futuro do profissional de turismo

E aí me peguei pensando: e quem entra hoje na faculdade de turismo? Como é a formação desse novo aluno multidisciplinar? Será que as universidades conseguiram acompanhar esse ritmo frenético? Será que conseguiram atualizar suas grades curriculares a fim de formar um profissional cada vez mais capacitado para entender e se adaptar às mudanças do mercado?

“Antes de se preocupar com cursos extracurriculares, o estudante deve dominar o idioma estrangeiro.
Isso abre mais portas que um diploma.”

Assim começamos a segunda temporada do SundayTalk, batendo um papo muito elucidativo com a Mariana Aldrigui, professora e pesquisadora do curso de Turismo e Lazer da Universidade de São Paulo.

Em poucos minutos, a Mariana conseguiu trazer, com muita lucidez, insights sinceros sobre a formação do profissional de turismo. Aperte o play e confira a primeira entrevista especial do SundayTalk 😀

Obrigado, Mariana! E você? Como acha que será o futuro do profissional de turismo?

Perdeu algum SundayTalk? Veja aqui ou no nosso canal do YouTube 🙂

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


Deixe seu Comentário