Abaixo reunimos dicas de onde ficar no Peru em cada uma das principais cidades turísticas. Você também vai encontrar alguns pitacos de bons hotéis, informações sobre as mais famosas redes hoteleiras no país e mais algumas sugestões de posts sobre onde ficar em Lima, Cusco, Valle Sagrado, Machu Picchu, Arequipa e Puno.

Hotéis em Lima: do básico ao luxo - Vista do Shopping Larcomar / Restaurante Rosa Nautica ao fundo

Onde ficar em Lima

Os melhores hotéis de Lima se concentram basicamente em três diferentes pontos da cidade: Miraflores, o coração turístico, San Isidro, a área com ótimos restaurantes e hotéis, e Barranco, o bairro boêmio. Todos eles possuem boas opções de hospedagem, desde os mais básicos até os mais extravagantes.

Como ir do aeroporto ao centro de Lima - Plaza de Armas

Neste guia, você encontra uma lista de hotéis destrinchados por localização, boas avaliações de hóspedes e também uma pitada de personalidade. As dicas são dividias por bairros e de acordo com o perfil de cada um 🙂

Onde ficar em Lima: do básico ao luxo

Onde ficar em Lima e quais os melhores bairros?

Hotéis em Lima: do básico ao luxo - Hotel B Lobby

Onde ficar em Cusco

A melhor localização em Cusco é no coração do centro histórico, sempre o mais próximo possível da Praça de Armas, pois é em torno dela que a vida acontece. Ficando por lá, você também estará a uma pequena distância a pé de diversas atrações e restaurantes, evitando, assim, depender de táxi para se locomover.

A dica aqui é evitar hotéis muito afastados ou próximos de grandes ladeiras, porque a altitude pode maltratar um pouco seu corpo ao retornar para o hotel já cansado no final do dia. No post abaixo, você encontra um mapinha que também mostra as ladeiras no entorno da praça 🙂

Cenas de Cusco - Sente-se num banquinho na Plaza de Armas

Outro bairro que tem surgido como uma alternativa mais charmosa e as vezes mais econômica do que o entorno da Praça de Armas é a região de San Blás, o bairro mais alto da cidade. Se resolver ficar por lá, confira as ladeiras antes de reservar o hotel ou já inclua o custo do táxi no seu orçamento.

A avenida El Sol também conta com alguns bons hotéis, mas que têm cara mais de prédio do que de casarios históricos. É um bom lugar para quem está com orçamento mais contado e abre mão do encanto do centro histórico, mas lembre-se de que essa avenida pode ser uma subida moderada para quem não está acostumado com a altitude.

Onde ficar em Cusco, Machu Picchu e Valle Sagrado?

Mercados de Cusco - Fonte em frente ao Centro Artesanal de Cusco

Aí vai uma nova rodada de sugestões de onde se hospedar em Cusco 😉

Palacio del Inka

JW Marriott El Convento

Sonesta Hotel Cusco

Tierra Viva Cusco Centro

Casa Cartagena Boutique Hotel

Atiq Hotel Boutique

Quinta San Blas

Palacio Manco Capac

Belmond Palacio Nazarenas

Cenas de Cusco - Plaza de Armas vista de cima

Onde ficar no Valle Sagrado

Ficar no Valle Sagrado é uma possibilidade de imersão no clima da região. Vale para quem procura uma experiência diferente ou para quem quer viajar com mais calma e deseja quebrar o roteiro entre Cusco e Machu Picchu.

Sem dúvidas, se um dia voltarmos à região, vamos nos hospedar por lá e curtir a vida pacata nesses pequenos povoados, quando a noite cai e os turistas desaparecem de suas ruelas. Os principais pontos de hospedagem são Urubamba e Ollantaytambo.

Valle Sagrado - Ollantaytambo - portões na base

Se procura por uma experiência diferente, abaixo você encontra três hotéis bem avaliados, charmosos e que valem o investimento:

Hotel Hatun Valley

Belmond Hotel Rio Sagrado

Boutique Hotel Lizzy Wasi

A rede de hotéis de luxo Explora que tem hotéis conceito em destinos incríveis como Atacama, Ilha de Páscoa, Salta, Uyuni, El Chaltén e Patagônia chega este ano ao Valle Sagrado.

Onde ficar em Cusco, Machu Picchu e Valle Sagrado?

Valle Sagrado - Ollantaytambo - montanha em frente às ruínas

Onde ficar em Machu Picchu – Aguas Calientes

A base para quem quer passar uma noite antes ou depois de visitar Machu Picchu é Aguas Calientes ou Machu Picchu Pueblo. Por ser um vilarejo muito simples, as principais hospedagens na região são pequenas pensões ou casas, mas também é possível encontrar hotéis de redes peruanas e até mesmo hospedagens mais exclusivas.

Aguas Calientes - mercados, hoteis, restaurantes, massagens

Aí vão algumas novas sugestões de onde se hospedar em Aguas Calientes:

Inkaterra Machu Picchu Pueblo Hotel

Waman Hotel

Panorama B&B

Hatun Inti Machupicchu

El Quetzal Machupicchu

Casa del Sol Machupicchu

Rupa Wasi Eco lodge

Belmond Sanctuary Lodge

Tierra Viva Machu Picchu

Sumaq Machu Picchu Hotel

Casa Andina Classic Machu Picchu

Hotel Ferre Machu Picchu

Onde ficar em Cusco, Machu Picchu e Valle Sagrado?

Aguas Calientes - Rio Urubamba

Onde ficar em Arequipa

Em Arequipa, dê preferência para hotéis no entorno do centro histórico, principalmente perto da Praça de Armas. Assim, você consegue visitar os principais pontos turísticos sem depender de táxi ou ônibus. Ficar nessa área também é uma mão na roda para poder passear a noite e ver os monumentos todos iluminados. No post abaixo, você encontra uma seleção de bons hotéis em Arequipa 🙂

Onde ficar em Arequipa? Dicas de hospedagem

Como ir de uma cidade a outra no Peu - Arequipa

Onde ficar em Arequipa - Plaza de armas de noite

Onde ficar em Puno

Os principais e mais econômicos hotéis de Puno ficam nas imediações da rua ou calle Grau e próximos à catedral. Nessa área, tudo fica a uma distância curta de caminhada, inclusive os restaurantes, as famosas lojinhas de souvenir e até mesmo um supermercado para abastecer a mochila antes do passeio pelo lago Titicaca.

Onde ficar em Puno - 3

Os hotéis mais classudos como o Libertador Lago Titicaca Puno, Mirador del Titikaka e Casa Andina Private Collection Puno ficam à beira do Titicaca. Veja também nossa indicação de hotel BBB em Puno:

Onde ficar em Puno? Dicas de hospedagem perto do Lago Titicaca

Veja também:

Dicas para montar um roteiro redondinho pelo Peru 🙂

Como ir de uma cidade a outra no Peu - Puno Uros

As principais redes hoteleiras peruanas

Quando você começar a procurar seu hotel no Peru, vai se deparar frequentemente com nomes como Casa Andina, Tierra Viva e Inkaterra. Essas são algumas das marcas mais presentes nos destinos turísticos do país.

De todos mencionados acima, conhecemos pessoalmente apenas o Tierra Viva de Puno e ficamos com uma ótima impressão do hotel, desde o atendimento, até o café da manhã e o conforto do quarto. Essa rede costuma ter avaliações bem altas e uma ótima relação custo-benefício.

A Tierra Viva tem hotéis em Cusco, Lima, Arequipa, Puno, Trujillo, Piura e Aguas Calientes e é relativamente jovem.

Já a marca Casa Andina, fundada em 2003, tem 23 unidades no país divididas entre Private Collection, Select e Classic nas cidades de Tumbes, Chiclayo, Trujillo, Lima, Chincha, Nazca, Arequipa, Valle del Colca, Cusco, Valle Sagrado, Aguas Calientes, Puno e Pucallpa.

Internet 3G no Peru - Plaza de armas de Trujillo

Por fim, a marca Inkaterra busca proporcionar experiências mais exclusivas e conta com apenas 5 hotéis no país em Cusco, Aguas Calientes, Tambopata e Urubamba. Desde 1975, o grupo tem uma filosofia de desenvolvimento sustentável e de ecoturismo e desenvolve projetos de estudos científicos e de conservação da biodiversidade. Ele também pertence a grupos de luxo como Relais & Chateaux, Virtuoso, National Geographic Unique Lodges of the World e Signature.

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Onde comer em Trujillo - Barcos de Totora

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    5 Comentários
  1. Eu testei 4 hotéis da rede Casa Andina e aprovei e recomendo. 2 hotéis em Lima (sendo um deles o private collection 5 estrelas), o de Nazca e o de Arequipa. Muito bons.

  2. Olá, em primeiro lugar quero dizer que o site é fantástico. Parabéns. Estou planejando a minha viagem e me surgiu uma dívida. Os hotéis fazem cotação das diárias sempre em dólares. Levar dólares é bom para pagar o hotel ou eles aceitam cartão? Cobra-se OIF ao usar o cartão?

    • Obrigado Thiago 🙂

      Você pode pagar em dólar sim, mas é bom confirmar com o hotel e levar sempre notas novas. Pagando no cartão, eles primeiro irão transformar a tarifa de dólares para soles na hora do pagamento e depois cobrar aquele valor em soles no seu cartão. E qualquer compra em cartão internacional é cobrado IOF.

  3. Cheguei do Peru! haha havia reservado um hotel próximo a Plaza de Armas e faltando 10 dias pra viagem mudei. Não foi citado aqui ainda, então vim dar meu testemunho. Muitas amigas já tinham me recomendado o Airbnb, até que vi a propaganda na TV e resolvi navegar por la. Encontrei um apartamento com muitas indicações de viajantes, onde estaria incluso quarto com cama de casal + cama de solteiro + banheiro privado externo (ducha quente a todo momento e banheira) + cozinha para realizar refeições + TV a cabo na sala e a 2 quadras da principal avenida de Cusco (Av. El Cultura) . O preço foi o fator decisivo pra minha reserva: R$650 reais mais barato que o quarto de hotel. O ponto negativo é que ficava a 25 minutos a pé da Plaza de Armas. Resolvemos arriscar, pois queríamos um a mais para gastar na cidade. Foi a MELHOR DECISÃO DA VIDA! Todos os passeios saem e terminam na Plaza de Armas (o nosso guia nos buscava no apartamento e nos deixava na praça de armas). Ou seja, usamos cerca de 3x o taxi por dia, e ele nos custava em torno de R$15 reais/dia (tanto indo pra praça, como pros mercados, aeroporto e outros pontos; pelo visto ele fica no centro das coisas). Ou seja, subtraindo o valor do hotel e do táxi gasto, economizamos R$500 reais. Além disso, ‘morando’ com a família (a anfitriã chama-se Ingrid) tivemos a indicação de vários restaurantes locais com comidas típicas porém sem o fator ‘pega turista’. E comemos MUITO BEM (conto no post sobre restaurantes aqui do SC). E tivemos mais um ponto positivo: tive uma Isquemia Cardíaca por conta da altitude (conto no post da altitude tbm) e tive todo o cuidado e ajuda da família. Precisei ficar internada e fui tratada como filha por eles. Recomendo que, quem não tiver condições de pegar um hotel na região da praça ou queira desfrutar de outra experiência (participar do dia-a-dia de uma família cusquenha foi lindo!) super recomendo (:

Deixe seu Comentário