Todo brasileiro tem um caso de amor com Orlando que, carinhosamente, retribui esse sentimento 🙂 Um dos destinos mais procurado pelos viajantes canarinhos também pode gerar um monte de dúvidas para quem viaja para a Flórida, seja pela primeira ou décima vez.

Guia de Orlando - brand usa - 5

Guia de Orlando, para além da terra do Mickey

Neste guia de Orlando, você encontra as principais informações para descobrir porque a cidade é tão especial e faz a cabeça de todos nós. Dos parques de diversão, dos outlets, das inúmeras opções de entretenimento ao mundo dos esportes, essa região dos Estados Unidos é a cara das férias 😀

Os melhores parques temáticos de Orlando

Mesmo quem tem a varinha mágica da multiplicação do tempo não consegue encaixar todos os parques de diversão de Orlando e região numa única viagem. Portanto, o primeiro quebra-cabeça para esse tipo de roteiro é conseguir priorizar, dentre tantas opções bacanas, quais deles têm mais a ver com suas preferências pessoais 😉

Acho que organizar uma primeira viagem aos parques da Flórida é algo como ter o primeiro filho: todo mundo terá um palpite diferente para te dar 😛 Mas não os leve a mal, afinal eles só querem ajudar a transformar seus sonhos também em realidade, não é mesmo?

Abaixo está minha lista pessoal com os principais parques para te ajudar a montar seu roteiro por Orlando.

Walt Disney World

Magic Kingdom: onde fica o Castelo da Cinderela.

Epcot Center: onde ficam instalações representando diversos lugares do mundo.

Guia de Orlando - brand usa - 13

Animal Kingdom: para quem gosta de animais e personagens fofinhos. A novidade é que o parque está passando por um processo enorme de expansão com a chegada da área dedicada ao filme Avatar que deve ser inaugurada no próximo ano 😀

Hollywood Studios: para quem curte atrações baseadas nos sucessos do cinema e montanhas-russas. Uma grande área do parque será transformada em um setor dedicado exclusivamente ao Star Wars. A data oficial para inauguração ainda não foi definida, mas espera-se que aconteça nos próximos três anos.

Disney Springs: um grande centro de entretenimento dentro do complexo da Disney, mas que não cobra ingresso (é o antigo Downtown Disney). A área, cheia de restaurantes temáticos, lojas, shows e baladas, não para de crescer. Várias novidades já foram anunciadas ainda para este ano como parte do projeto de sua expansão.

Guia de Orlando - brand usa - 11

Para fechar esse grupo, a Disney também conta com dois parques aquáticos: o Blizzard Beach e o Typhoon Lagoon.

Dica: para evitar filas nos brinquedos, a Disney criou o FastPass+, a evolução do FastPass, uma espécie de passe fura fila limitado que permite programar com antecedência, o horário em que você quer visitar algumas das atrações mais cobiçadas, permitindo otimizar o planejamento do seu tempo no parque 🙂

Universal Studios

Islands of Adventure: onde os fãs de Harry Potter se encontram para se divertirem no mundo mágico do personagem mais querido dessa geração 🙂

Universal Studios: para quem curte atrações baseadas em grandes filmes.

Guia de Orlando - brand usa - 17

City Walk: a versão da Universal da Disney Springs, com direito a restaurantes, bares, lojas e baladas.

Os parques da Universal geralmente são mais indicados para quem viaja com adolescentes e precisa entretê-los com atividades mais radicais. Além das recentes inaugurações de ótimos hotéis na região, no segundo semestre deste ano, o King Kong deve dar as caras no Islands of Adventure como parte do programa de expansão do complexo.

Dica: compre o Universal Express Pass ou o Universal Express Unlimited Pass para poder furar as enormes filas de alguns brinquedos e aproveitar melhor seu tempo.

SeaWorld

Tão importante quanto os parques da Disney e da Universal, o SeaWorld, um parque temático que mistura brinquedos de adrenalina, atividades lúdicas e grandes shows, não para de se reinventar e de lançar atrações surpreendentes.

Guia de Orlando - brand usa - 1

Depois do sucesso do lançamento da área chamada Antarctica: Império do Pinguim, em que é possível estar bem pertinho dos pinguins e até ver nevar no calor da Flórida, agora é a vez da inauguração da montanha-russa Mako, que vai além do conceito original do brinquedo, sendo chamada de hipercoaster, nome sugerido às atrações do gênero super-rápidas, com quedas íngremes e com diversos momentos de sensação de gravidade zero.

Dica: para evitar filas no SeaWorld, considere comprar o Quick Queue Unlimited.

Talvez um pouco menos visitado, mas não menos interessante, o Busch Gardens é onde dizem estar as montanhas-russas mais legais de Orlando, e aí vem mais uma ótima novidade! O parque se prepara para lançar a Cobra’s Curse que terá uma queda vertical de 21 metros e atingirá 64 quilômetros por hora. Essa estrutura com giros e rodopios é a única desse tipo no mundo e contará com um elevador vertical que levará os visitantes para o início da aventura.

Guia de Orlando - brand usa - 2

Outros parques em Orlando

A diversão não para por aí 🙂 Ainda existem outros parques para divertir crianças e marmanjos como o Kennedy Space Center da NASA, a Legoland, o Discovery Cove e os parques aquáticos Wet’n’Wild e Aquatica.

Como comprar os ingressos para os parques de Orlando?

A melhor dica é sempre comprar os ingressos diretamente nos sites oficiais de cada grupo. O processo costuma ser bem simples 😉 Aproveite também para conferir a programação de eventos e shows especiais para as datas da sua viagem.

Ah! Um pitaco extra: evite misturar parques com compras no mesmo dia, pois tanta diversão vai deixar você bem cansado na hora de voltar ao hotel 😉

Guia de Orlando - brand usa - 2

Orlando além dos parques?

Além do City Walk, da Universal, e do Disney Springs, da Disney, recentemente foi inaugurado o I-drive Orlando, mais um polo de entretenimento que reúne tudo o que a gente gosta: 25 opções de diversão, entre atrações, restaurantes, baladas e lojas. E o melhor de tudo: fica no coração de uma das avenidas mais movimentadas da cidade, a International Drive. É dentro desse novo complexo que fica a Orlando Eye, uma enorme roda-gigante que foi inaugurada em 2015 e leva seus visitantes a mais de 120m de altura. À noite, o passeio por essa área deve ficar ainda mais divertido 🙂

Você sabia que a Disney criou um bairro inteiro na cidade? Pois é! O Celebration, apesar de ter sido planejado pela empresa, tem moradores de verdade e é um lugar bem charmoso, com casinhas de arquitetura do início do século 20 e um lago muito fotogênico.

Outra região ótima para quem está procurando bons restaurantes é a Winter Park com sua cara de bairro mais tranquilo. Essas são duas áreas bem gostosas para passear meio que sem rumo e descansar um pouco da maratona de parques temáticos.

Guia de Orlando - brand usa - 4

O centro de Orlando também reserva suas surpresas. Para quem gosta de bares típicos americanos, a dica é fazer o famoso bar hop (literalmente pular de bar em bar) pelos pubs que ficam próximos à Orlando Public Library. Confira também a programação de jogos da NBA na Amway Arena, casa do Orlando Magic, e descubra porque esse esporte é tão famoso por lá.

Claro que não podemos deixar de falar da nova sensação americana, a MLS – ou Major League Soccer -, isso mesmo, os americanos estão se apaixonando por esse esporte que, por muitos anos, nós dominamos 🙂 O Orlando City tem sua casa na cidade e joga, por enquanto, no Orlando Citrus Bowl Stadium.

Guia de Orlando - brand usa - 6

Como ir para o Orlando Citrus Bowl Stadium?

Apesar do Orlando City, time da cidade, ter nomes famosos como Kaká em seu elenco, eles ainda não têm uma arena própria, por isso fazem seus jogos no Orlando Citrus Bowl Stadium, mesmo local que receberá a seleção brasileira em junho deste ano 🙂

Os brasileiros que vivem na cidade ou que estão lá a passeio, podem ficar tranquilos que o time de futebol da casa terá seu próprio estádio com capacidade para 25.500 torcedores em 2017. Tenho certeza de que todo jogo será uma grande festa e um grande sucesso de público.

Tanto o Orlando Citrus Bowl, quanto o Orlando City Stadium ficam no centro da cidade, por isso, chegar até lá pode ser mais trabalhoso para quem está hospedado próximo aos parques de diversão. Além do problema de transporte público escasso na cidade, Downtown não oferece muitas opções de estacionamento.

Guia de Orlando - brand usa - 7

Claro que isso não vai te impedir de assistir aos jogos de futebol por lá, certo?

Minha dica é estacionar na região próxima à Orange County Regional History Center, onde há vários daqueles prédios de estacionamento que tanto vemos nos filmes americanos. Por exemplo, em frente à Orange County Public Library, na E Central Boulevard, está o Library Garage, que é aberto ao público.

Estacionando por ali, você terá de caminhar por aproximadamente três quilômetros até o Orange Citrus Bowl, mas não terá de enfrentar o trânsito da saída do estádio se resolver ficar mais perto. E não será preciso caçar um táxi no meio da multidão.

Guia de Orlando - brand usa - 8

Não quer caminhar isso tudo? Tenho certeza de que qualquer um dos “táxi bicicleta” que fazem tours por Downtown te levarão até lá nos dias de jogo por um precinho módico 😉

Ah, prefere basquete a futebol? A Amway Arena, estádio do Orlando Magic, fica bem pertinho do centro 😉

Onde fazer compras em Orlando?

Outro esporte favorito de quem visita a cidade é dar aquela espiadinha nas infinitas possibilidades de compra. Das lojas de produtos de personagens famosos, aos principais shoppings e outlets da região, será tarefa bem difícil resistir a essa tentação 😛

Guia de Orlando - brand usa - 9

Outlets

Os mais famosos outlets de Orlando fazem parte de rede Premium Outlets. Um fica mais ao norte, na International Drive, e próximo da Universal Studios e o outro mais ao sul, na Vineland Avenue, e perto da Disney.

Procure sempre o atendimento ao cliente assim que chegar aos outlets, pois muitos deles têm cupons de descontos para turistas. Tente também chegar logo que eles abrirem, pois a maioria dos turistas estará nos parques nesses horários e os estoques das lojas estarão recém repostos.

Você ainda pode complementar seu roteiro de outlets visitando o Lake Buena Vista Factory Stores e as lojas de departamento Ross Dress for Less, Marshalls, Wal-Mart, Target, Walgreens, CVS e T.J Maxx.

Guia de Orlando - brand usa - 10

Shoppings

O Florida Mall é o shopping mais procurado pelos turistas brasileiros, já que boa parte das marcas que nós adoramos estão por lá, incluindo a Macy’s, a Apple Store e a M&M Store. O segundo shopping, um pouco mais fancy, é o Mall at Millennia que conta com nomes mais exclusivos do mundo fashion.

Onde ficar em Orlando?

A oferta de hotéis na cidade é impressionante. Dos econômicos, aos temáticos e até aqueles mais elegantes, Orlando dá um show no quesito hospedagem.

Se a ideia é curtir intensamente a Disney, a melhor opção é ficar em um dos hotéis dentro do próprio complexo e aproveitar as vantagens exclusivas oferecidas por eles como:

  • Acesso uma hora mais cedo aos parques
  • Transporte exclusivo do aeroporto para o hotel
  • Transporte grátis dentro dos parques
  • Mais opções de alimentação e refeições com os personagens
  • Estacionamento grátis
  • Entrega de compras feitas dentro do parque diretamente no seu quarto
  • Magic Band e Fast Pass+ com vantagens exclusivas para hóspedes
  • Playground e piscinas nos hotéis para curtir o sol da Flórida
  • Proximidade com o Disney Springs

Pensando em curtir os outros parques, shoppings, outlets e atrações em Orlando? Procure se hospedar na International Drive ou até mesmo na cidade vizinha de Kissimmee, mas lembre-se: para facilitar seu deslocamento, o melhor é alugar um carro.

Para se jogar nos parques da Universal, os hotéis do complexo também são ótimas escolhas e possuem diferentes temáticas e opções. Entre as principais vantagens de se hospedar por lá estão:

  • Proximidade com o Islands of Adventure e Universal Studios e City Walk
  • Proximidade dos outlets, shoppings e de algumas lojas de departamento

Guia de Orlando - brand usa - 12

Onde comer em Orlando?

Verdade seja dita, apesar do grande esforço coletivo que tem sido feito principalmente nos últimos anos, Orlando não é conhecida como um dos melhores destinos gastronômicos nos Estados Unidos, certo? Entretanto, isso não quer dizer que você não possa comer bem ou em um lugar legal 🙂

Lá você vai encontrar todos os tipos de restaurantes de rede típicas do país: Olive Garden, Cheesecake Factory, Bubba Gump, Rainforest Cafe, T-Rex, P.F. Chang’s, Chilli’s, TGI Friday’s, Hard Rock Café, Orlando Ale House e mais um bocado de nomes diferentes.

Querendo conhecer restaurantes diferentes, invista nas novas áreas e espaços de expansão principalmente no Disney Springs e no City Walk. Tem muita novidade bacana por ali!

O bairro Winter Park em Orlando não é muito conhecido dos turistas, mas reserva bons restaurantes e endereços de cozinha internacional que normalmente não encontramos pela cidade. Por isso, recomendo um passeio por lá para descobrir seus encantos e, por que não, seus sabores 🙂

Guia de Orlando - brand usa - 14

Como se locomover em Orlando?

Diferentemente de outras grandes cidades americanas, o transporte público em Orlando é praticamente inexistente porque, apesar de não parecer, as distâncias entre os parques, os outlets e shoppings são enormes.

A própria Disney tem algumas linhas de ônibus e monorail (uma espécie de metrô de superfície) que passam por todos os hotéis e parques do complexo, tudo de graça para quem fica hospedado em um dos endereços dessa região.

Infelizmente esses ônibus andam apenas dentro do complexo do Walt Disney World, não indo para shoppings, outlets ou outros parques “concorrentes”, mas nada impede que você alugue um carro apenas nos dias em que quiser sair para curtir outros lugares em Orlando 🙂

É possível também utilizar o barco em alguns trechos entre parques e hotéis devido aos lagos da região, muitos deles projetados pelo próprio Walt Disney.

Dica: se você for se hospedar em algum dos hotéis da Disney, contrate o Disney’s Magical Express, as linhas de ônibus exclusivas para levar os hóspedes do aeroporto ao hotel e vice-versa.

Guia de Orlando - brand usa - 15

Shuttles e serviços de receptivo

Alguns hotéis que ficam próximos à Disney, à Universal, ao SeaWorld ou aos outros parques têm serviços de shuttle para levar seus hóspedes não somente para eles, mas também aos outlets e shoppings. Ainda é possível contratar um serviço de receptivo na cidade para fazer os passeios. É uma alternativa possível para quem não quer dirigir nos EUA.

Aluguel de carro

A opção mais viável e mais procurada na cidade é, sem dúvidas, o aluguel de carro. Com ele você tem mais liberdade e flexibilidade para curtir os parques na hora que quiser, conhecer a região, fazer compras nos outlets e ainda jantar em áreas mais afastadas como Winter Park sem se preocupar com os preços altos dos táxis praticados por ali.

Guia de Orlando - brand usa - 16
Esse guia especial de Orlando faz parte da série patrocinada Brand USA.

Se gostou do que viu, assine o blog!


Deixe seu Comentário