Toda vez que alguém comenta que está pensando em viajar para os Estados Unidos eu, logo de cara, já pergunto se a pessoa tem planos de conhecer Chicago. Amor à primeira vista, porque realmente não foi uma paixão passageira, a cidade me pegou de jeito e mostrou que, sim, é possível ser uma grande metrópole e um pulsante centro cultural sem abrir mão de um certo charme e um bocado de simpatia.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 21

Al Capone é coisa do passado. Chicago vem se reinventando nas últimas décadas e tem se transformado em um dos destinos mais interessantes dos Estados Unidos. Ao chegar lá, você logo vai descobrir que existe uma cidade para cada um: a Chicago de quem viaja em família, a dos fãs de arquitetura, aquela dos que não resistem às boas compras e dos que adoram museus e esportes.

Motivos para se apaixonar e querer voltar realmente não faltam!

O que fazer em Chicago? Roteiro pelas principais atrações da cidade

Sempre lembrada por sua arquitetura moderna, Chicago também é conhecida pelos seus conterrâneos mais famosos como Mr. Obama e Mrs. Oprah Winfrey. Terra do blues e do jazz, a cidade é dona de um ritmo único e muito autêntico.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 10

Millennium Park

Esse é o ponto de partida fundamental para qualquer roteiro por Chicago. O Millennium Park conta com mais de 99 mil metros quadrados de área verde construída em cima das estações de trem. Até hoje, arquitetos do mundo inteiro visitam a cidade para estudar esse projeto de paisagismo e urbanismos que deu tão certo. Afinal, pouco são os parques que conseguem integrar natureza, arte, arquitetura e design de uma forma tão homogênea.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 02

O resultado deste grande projeto foi muito positivo e até hoje desperta o interesse de muita gente, pois foi uma solução inovadora para um problema de planejamento urbano que afeta muitas metrópoles: as estações de trens que riscam a paisagem urbana.

Ainda no Millennium Park, você irá encontrar:

The Cloud Gate

Esse cartão postal imperdível dentro do Millennium Park é carinhosamente apelidado de feijão. Apesar de ser mais conhecido como The Bean, seu nome original é The Cloud Gate e foi criado pelo designer Anish Kapoor com inspirações no mercúrio líquido. Repare como cada lado seu reflete e distorce o skyline da cidade.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 15

Jay Pritzker Pavilion

Projetado pelo arquiteto Frank Gehry, criador do Museu Guggenheim de Bilbao, o Jay Pritzker Pavilion é um teatro a céu aberto, elaborado para receber concertos e apresentações artísticas.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 16

The Crown Fountain

A fonte foi criada pelo artista Jaume Plensa e é formada por enormes painéis de LED que exibem os rostos dos moradores de Chicago que, de vez em quando, cospem água. É aqui que a criançada da cidade faz a festa no verão 😀

BP Bridge

Essa ponte não é apenas mais uma ponte bonita feita de aço. Ela foi projetada para criar uma barreira acústica e proteger o Jay Pritzker Pavilion do barulho do tráfego da avenida que passa por ali.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 20

Para ver Chicago do alto

Se você quiser ter uma visão mais ampla da cidade, não deixe de visitar os dois principais arranha-céus de Chicago e seus observatórios: O 360 Chicago (antigo John Hancock Observatory) e o Skydeck, na famosa Willis Tower.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 12

Uma pitada de arte

“Nenhuma viagem a Chicago está completa sem uma visita ao renomado Art Institute”, dizia o guia oficial da cidade. E ele tinha toda razão: no museu é possível encontrar cinco mil anos de história narradas em diferentes pinturas, esculturas, tecidos, fotografias, objetos e artes decorativas do mundo todo.

Grandes nomes da arte também fazem parte desse acervo como: El Greco, Manet, Renoir, Monet, Degas, Cézanne, Gauguin, Van Gogh, Juan Gris, Picasso e Georges-Pierre Seurat.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 01

Chicago Greeter: um walking tour inesquecível

De todas as dicas desse guia, se você tivesse que escolher apenas uma, eu recomendaria esta aqui: faça um walking tour com o pessoal do Chicago Greeter. Até hoje esse é um dos passeios mais legais e apaixonantes que já fizemos numa viagem.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 18

O Greeter é basicamente um tour para apresentar a Chicago ao visitante através do olhar de um morador apaixonado por ela. Geralmente eles se voluntariam para se tornarem guias e, quando aprovados, fazem os passeios baseados nos seus temas favoritos, como cultura local, arquitetura, gastronomia e até gangsters. As histórias são muito interessantes e é quase impossível não cair de amores pela cidade depois desse walking tour. E um último detalhe: ele é totalmente gratuito e faz parte de um programa oficial da prefeitura.

Aliás, você sabia que é possível fazer um tour somente para conhecer os vitrais da Tiffany devido à enorme quantidade deles espalhadas por toda Chicago?

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 19

Para passear com os pequenos

Field Museum

Ao entrar no hall principal do Field Museum, todas as crianças soltavam um sonoro “UAU” ao se depararem com a simpática SUE, o maior, mais completo e mais bem preservado fóssil de Tyrannosaurus Rex (T. Rex) do mundo. É de impressionar qualquer um! O museu tambem é ótimo para contar um pouco da história do mundo animal para a criançada.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 04

Shedd Aquarium

O Shedd Aquarium é um dos maiores aquários dos Estados Unidos e conta com mais de 22 mil animais aquáticos do mundo todo e seu volume é de 1,5 milhão de galões de água. Eles também têm um coral marinho selvagem que possui vários peixes, tubarões, arraias e tartarugas.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 06

Adler Planetarium

As salas reservadas para as crianças mais novas no Adler Planetarium são bem interativas e trazem informações didáticas sobre o sistema solar, a vida dos astronautas, a lua e o espaço, sempre destacando o trabalho desenvolvido pela Nasa, é claro.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 05

Navy Pier

Uma das atrações mais famosas de Chicago é o Navy Pier com sua roda gigante, seus passeios de barcos, lojas de souvenir, hambúrgueres e Bubba Gump. O passeio de noite vale pela vista maravilhosa do sky line todo iluminado da cidade.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 29

Passeios complementares

Chicago Architecture Foundation

Se você é vidrado em arquitetura, poderá contar com uma série de tours oferecidos pela Chicago Architecture Foundation. Eles oferecem uma programação interessante de walking tours, passeios de ônibus e de barco com foco na arquitetura da cidade.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 27

Botanic Garden

Embora o Botanic Garden fique mais afastado do centro e das principais atrações de Chicago, por favor, considere uma visitinha a esse jardim botânico se estiver por lá no verão 🙂

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 09

Chicago e história da música

A cidade também tem uma forte ligação com a cenário musical, principalmente quando o assunto é jazz e blues.

O blues se originou das comunidades negras do sul dos Estados Unidos e por volta de 1950 o Chicago Blues começou a se desenvolver, período que coincide com a Grande Migração de trabalhadores negros do sul para as cidades industrializadas do norte do país.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 13

Chicago também tem uma cena de jazz bastante expressiva e, tendo esse estilo musical a mesma origem que o Blues, eles geralmente andam lado a lado.

No denso calendário de eventos de Chicago, o blues e o jazz ocupam um espaço especial: todo ano são realizados o Chicago Jazz Festival, o Chicago World Music Festival e o Chicago Blues Festival, com apresentações gratuitas pelo centro da cidade. É imperdível e uma experiência realmente única para os fãs da boa música.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 24

Conhecendo o Soldier Field

O Soldier Field é mais um estádio de futebol americano que também faz as vezes de campo de futebol da bola redonda. Ele já foi palco de jogos do mundial de 1994 e do mundial feminino de 1999 e, até pouco tempo, era casa do Chicago Fire, time da MLS (Major League Soccer).

Hoje o estádio é utilizado principalmente como casa do Chicago Bears, time tradicional da NFL, que ultimamente não tem ido muito bem no campeonato 😉

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 03

A grande vantagem do Soldier Field é que ele fica bem dentro de Chicago e ao lado de um dos museus de história natural mais interessantes que eu conheço, o Field Museum, onde está o esqueleto de tiranossauro rex mais bem preservado do mundo 😀

Como chegar ao Soldier Field?

Talvez não haja estádio mais fácil de se chegar nos Estados Unidos que o Soldier Field. A poucos metros da estação de metrô Roosevelt, no entroncamento das linhas verde, vermelha e laranja, garanto que ir até ele será a tarefa mais tranquila do seu dia 😛

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 11

Se quiser andar um pouquinho e apreciar a paisagem, você pode começar a caminhada pelo Millennium Park (com direito a muitas fotos do The Bean) e pelo Art Institute. Mais adiante, estará a bela Buckingham Fountain, e, por fim, você encontrará o Field Museum, o Aquário, o Planetário e, claro, o Soldier Field. E sabe o que é melhor? Esse caminho também pode ser percorrido num tour super divertido de Segway :mrgreen:

Qual é a melhor região para se hospedar em Chicago?

O filezinho da localização em Chicago é a região de Downtown, no centro da cidade, principalmente na região próxima à ponte da North Michigan Avenue. Ficar nas imediações da linha vermelha do metrô, a principal para os turistas, também é uma boa ideia.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 14

Ao sul da ponte estão o Millenium Park, The Cloud Gate, o Pritzker Pavilion e os prédios de arquitetura mais interessantes. É lá também que ficam algumas lojas de departamento irresistíveis como a Macy’s. Já ao norte estão a Magnificent Mile, com todas as suas lojas, e o 360 Chicago. Já para leste você encotrará o Navy Pier.

Em resumo, se você se hospedar em Downtown, estará a poucos minutos das melhores atrações da cidade 🙂

Onde fazer compras em Chicago?

É difícil resistir aos encantos e às tentações de Chicago, que muitas vezes aparecem em forma de vitrines enormes acompanhadas da palavrinha mágica “sale” 😛

Mesmo que sua intenção não seja fazer compras, é impossível passear pela cidade sem conhecer a Macy’s da State Street, na parte sul de Chicago. A loja é enorme e ainda conta com alguns vitrais da Tiffany originais, por isso, não deixe a loja sem olhar para cima 😉

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 23

Ainda na State Street, você vai encontrar outras lojas que costumam oferecer boas promoções como a Nordstrom Rack, T.J.Maxx, Filene’s Basement, Aldo e Sears.

A Magnificent Mile, também conhecida como North Michigan Avenue, tem lojas lindas como a Bloomingdale’s e Saks Fifth Avenue. A luxuosa Oak Street é o endereço daquelas marcas que fazem as principais semanas de moda do mundo todo.

Ao lado do Hancock Building, onde fica o observatório 360 Chicago, é tarefa praticamente impossível não se perder entre os seis andares do 900 Shops. É loja para nenhum shopaholic botar defeito!

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 17

No quesito outlets, Chicago conta com dois endereços relativamente próximos: o recém-inaugurado Fashion Outlets of Chicago, que fica perto do aeroporto, e o Chicago Premium Outlets, na cidade de Aurora.

Onde comer bem em Chicago?

Para quem gosta dessa cultura da gastronomia, eu super indico o Chicago Food Tour, um tour diferente que mescla uma breve caminhada por bairros fora do coração turístico, com a história local e novos sabores. Nós gostamos tanto que o Fred fala até hoje do pastrami que provamos durante esse passeio. Estando por conta, não deixe de provar a tradicionalíssima Chicago deep dish pizza no Gino’s East Pizza, um endereço quase tombado pelo patrimônio da cidade 😛

No quesito hambúrguer, o Epic Burger conta com seis endereços em Chicago. Aberta desde 2008, a marca oferece hambúrgueres de qualidade sem carne processada, ou seja, um lanche com batatas fritas de responsa.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 25

Buscando drinks e ambientes elegantes, o rooftop The DEC, do hotel Ritz Carlton, é lindo e muito badalado. Até a ganhadora do Top Chef, Stephanie Izard, escolheu a cidade para abrigar seu restaurante chamado Girl & the Goat.

A cidade também costuma promover muitos eventos de gastronomia, como o popular Taste of Chicago, que este ano acontece de 6 a 10 de julho e vai receber diversos food trucks, e o Chicago Food and Wine, que ainda não tem data confirmada para 2016, mas deve acontecer no começo do segundo semestre.

Como se locomover em Chicago?

Chicago, ou windy city para os íntimos, é uma cidade que facilita muito a vida dos turistas, já que se locomover por ela é muito fácil. A maioria dos quarteirões que interessam são quadrados e seu transporte público é simples de usar.

O metrô, que por lá também é chamado de L ou Rail ‘L’ System, leva até bem perto de quase todos os pontos turísticos da cidade e os ônibus completam o caminho quando preciso.

Curiosidade: você sabia que Chicago é uma das poucas grandes metrópoles que ainda tem um metrô elevado em funcionamento? Por lá, ele é chamado de Loop e está sempre em destaque nos mapas.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 28

Como usar o metrô de Chicago?

Se você já usou metrô alguma vez na vida, não terá dificuldades para usar o de Chicago. Com o passe na mão, basta entrar na estação, passar o ticket pela catraca e seguir até a plataforma.

A grande vantagem do transporte público de Chicago é a facilidade em se trocar de lado nas estações caso entre pelo lado errado, pois todas têm interligação interna. Uma mão na roda para quem é perdida como eu 😛

Como usar o ônibus de Chicago?

Tão simples como usar o metrô, é usar os ônibus de Chicago. Pois a maioria dos pontos de ônibus têm o mapa das linhas que param ali e os horários em que elas passam. Se euzinha consegui andar de ônibus sem ter me programado para isso, você também consegue 😉

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 07

No caso dos ônibus, basta estar no ponto, dar sinal e, ao entrar, utilizar o passe da mesma maneira que faria no metrô. Para descer, faça como no Brasil e dê sinal para indicar que quer descer na próxima parada. Não disse que o transporte público de Chicago era fácil de usar?

Qual passe comprar?

Antes de mais nada, é preciso saber que Chicago está utilizando um sistema chamado Ventra que funciona de forma parecida com o bilhete único existente em algumas cidades do Brasil, isto é, você recarrega o cartão com algum valor e, à medida que passa nas catracas, seu saldo é alterado. Uma grande vantagem é a possibilidade de adicionar passes de 1, 3 ou 7 dias a ele e sua única desvantagem é a necessidade de pagar 5 dólares pelo cartão (valor que é compensado ao comprar o passe de 3 dias).

Ainda existem algumas opções de passes em papel, mas elas estão em desuso.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 08

Das opções de passe disponíveis, as que mais interessam aos turistas são:

  • CTA 1-Day Pass: 10 dólares. Útil apenas para quem vai passar um ou dois dias na cidade. Ele pode ser comprado na versão de papel, evitando o gasto com o Ventra Card. Para dois dias na cidade, será preciso comprar dois passes de 1 dia.
  • CTA 3-Day Pass: 20 dólares. Útil para quem for passar 3 dias em Chicago. Somente disponível com o Ventra Card, elevando seu valor inicial a 25 dólares.
  • CTA 7-Day Pass: 28 dólares. Ótimo para quem vai passar de 4 a 7 dias na capital do Illinois. Somente disponível com o Ventra Card.

Roteiro de Chicago - o que fazer na cidade - 22

Esse guia especial de Chicago faz parte da série patrocinada Brand USA.

Se gostou do que viu, assine o blog!


Deixe seu Comentário