atualizado em:

GPS: TomTom vs Garmin

“I’m easy. Put me in an interesting location with good people and I’m there.” -Jane Curtin Como vocês devem ter […]

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

I’m easy. Put me in an interesting location with good people and I’m there.” -Jane Curtin

Como vocês devem ter visto no post:

Vale a pena comprar um GPS fora do Brasil?

as duas marcas de GPS que mais me agradam são a TomTom e o Garmin.

Quando comprei meu GPS eu não tinha nenhum para testar e decidi baseado nos reviews e pelas imagens que eu achei. Acabei comprando o TomTom que estava também um pouco mais barato.

Nessa minha última viagem a Orlando, um colega comprou um Garmin de um modelo mais ou menos do mesmo nível do meu TomTom e, como eu havia levado meu GPS pra lá também, eu consegui testar os dois e fazer uma breve comparação já que não estive com o Garmin em minhas mãos por muito tempo :/

As principais diferenças em minha opinião foram:

1) Mapa:

O mapa mostrado no Garmin é realmente um pouco melhor que o do TomTom. O Garmin é mais claro de entender quando estamos próximo de um entroncamento.

2) Interface:

Não achei muito intuitiva a interface do Garmin. A do TomTom também não é das melhores. Às vezes é preciso acessar vários menus para chegar onde se quer. Contudo o Garmin usa o teclado com teclas na ordem alfabética e não como QWERTY como o TomTom. Eu imagino que isso seja configurável ou causado pelo tamanho um pouco menor da tela do Garmin. Mas com certeza é muito chato e me atrapalhou muito ao digitar.

Atualizando, o Fábio NG confirmou nos comentários que o Garmin tem opção de teclado QWERTY também.

3) Pontos de Interesse:

Ambos os mapas usados vieram com os aparelhos. O esquema de pesquisa do Garmin era MUITO lento. Estávamos indo para o Universal Studios sem GPS, mas como não tínhamos certeza do caminho, resolvemos ligar o Garmin. Mandamos pesquisar por Universal Studios e depois de séculos pensando ele não havia encontrado o ponto de interesse! Tentamos outras variações e ainda assim a pesquisa por nome demorava e não retornava nada. Só quando resolvi procurar por tipo de ponto de interesse que eu consegui achar o parque da Universal.

Já no TomTom a pesquisa era bem mais rápida e como a ele vai te mostrando as opções à medida que você digita, fica muito mais fácil achar o que se quer.

4) Bateria:

A bateria do Garmin dura bem mais que a do meu TomTom. Não sei se é por que o Garmin dele era novo ou se é por que meu TomTom é refurbished, mas a bateria durou bem mais. Isso não é tão problemático a meu ver pois só uso o GPS no carro ligado no cabo de alimentação, mas se você quiser levar o GPS para te guiar enquanto anda à pé, daí uma bateria de duração mais longa é melhor.

Na minha opinião, o TomTom foi uma ótima compra. É mais barato e ainda um pouco melhor que o Garmin que testei. Talvez só a questão do mapa ser mais fácil de entender me fizesse pensar em comprar um Garmin, mas com pouco tempo você já se acostuma com o mapa do TomTom e essa diferença já não será mais relevante.

É isso aê!

Se eu conseguir outros modelos de GPS para testar, farei mais comparações.

Assine nossa newsletter!

Comentários