atualizado em:

Quem Batiza os Países? Geórgia

Faz tempo que eu não escrevo nada da série Quem Batiza os Países?, onde coloco as origens dos nomes dos […]

por Gabe Britto outros artigos do autor
atualizado em:

Faz tempo que eu não escrevo nada da série Quem Batiza os Países?, onde coloco as origens dos nomes dos cantos do mundo que me parecem interessantes.

Para este retorno – que coincide com o aviso de que este blog sai de férias hoje e deve retornar apenas no meio de novembro (veja lá embaixo) – nada mais lógico do que abordar justamente o nome de um dos próximos países de destino, a Geórgia, correto?

Georgia

Então vamos lá.

A primeira coisa que vem à cabeça quando lemos “Geórgia” é que existe alguma relação deste nome com “George”. E pode até existir mesmo, já que a origem dele é incerta e pelo menos uma das versões indica que a inspiração foi São Jorge, o santo matador de dragões, popularíssimo entre os georgianos.

Vladimer Shioshvili (CC BY-SA 2.0)
Vladimer Shioshvili (CC BY-SA 2.0)

Por outro lado, existem outras versões que não têm nada a ver com o santo católico (e padroeiro da Geórgia). Segundo cada uma, “Geórgia” seria derivado:

– De uma palavra persa (Kurj) ou árabe (Gurj) que significam “lobo”;

– Do nome de uma província local chamada Guria, de onde vem o modo como os russos chamam o país: Gruzia;

– Da palavra grega Geo, que significa “terra”. Segundo o livro A Origem dos Nomes dos Países, isso teria acontecido porque o gregos chegaram na área e viram os habitantes trabalhando na terra.

Independentemente de qual dessas aí estiver correta (e se alguma delas estiver correta), é importante saber que os georgianos não chamam o país deles de Geórgia. O correto, na versão local, é Sakartvelo.

Aliás, “georgianos” não: kartvelebi, katlios, kartoel ou kartalios, segundo eles mesmos.

A origem deste nome é bem simples: vem de Kartlos, um deus pagão que seria o pai de todos os georgianos.

E para que tudo fique amarradinho com muita religião, dizem que Kartlos era trineto de Noé – sim, o da arca, que é bem popular pelo Cáucaso.

*****

AVISO DE FÉRIAS

Como eu disse ali em cima, este blog sai de férias hoje e só deve retornar no meio de novembro. Juro que tentei deixar posts prontos para que fossem publicados ao longo desse período, mas não consegui. A trabalheira pré-férias foi muito maior do que eu imaginava.

Para acompanhar a viagem, fique ligado no meu Twitter, na fanpage e também no Instagram (que eu quase não uso, mas que talvez use mais nesta viagem).

Até a volta.

Assine nossa newsletter!

Comentários