atualizado em:

Visto do Canadá: como funciona o eTA e a isenção para brasileiros?

Mais simples, mais barato e mais rápido, o visto eletrônico do Canadá, eTA, irá facilitar muito a vida dos brasileiros!

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

Finalmente o consulado do Canadá se pronunciou oficialmente com uma data para a entrada em vigor do eTA aqui no Brasil, uma espécie de isenção do visto canadense. A partir do dia 1o. de maio às 10h, o sistema poderá ser usado pelos brasileiros que se encaixarem nas regras estabelecidas. Nem todo mundo será contemplado com essa mudança num primeiro momento, mas certamente ela beneficiará muita gente.

O eTA (Eletronic Travel Authorization, ou Autorização Eletrônica de Viagem) é uma espécie de visto eletrônico parecido com o ESTA americano, em que cidadãos de certos países só precisam registrar sua viagem no sistema antes de passarem pela imigração.

Viajar de trem no Canadá - The Canadian

Brasileiro precisa de visto para entrar no Canadá?

Sim. Sem sombra de dúvidas.

Com o eTA, o processo ficará mais simples para os brasileiros que se encaixarem nas regras estipuladas pelo consulado como explicado abaixo. Aqueles que não atendem todos os critérios, deverão seguir o processo normal para tirar o visto canadense utilizando o VAC/CVAC.

O eTA entra em vigor no Brasil a partir de 1o. de maio de 2017.

Condições para poder solicitar o eTA canadense

Segundo o consulado canadense: “cidadãos do Brasil que tiveram um visto canadense emitido nos últimos 10 anos, ou que possuam um visto americano de não imigrante válido, serão elegíveis a solicitar um eTA.”

Ou seja, para poder usar o sistema eletrônico eTA e conseguir sua autorização de viagem sem necessidade de tirar um novo visto, é preciso que você se encaixe em pelo menos uma das seguintes condições:

  • Já ter tirado o visto canadense há no máximo 10 anos (expirados ou não)
  • Ter o visto americano válido de turismo, de negócios ou qualquer outro de não-imigração

Essas são pré-condições para o uso do eTA, entretanto, mesmo que você se qualifique para o eTA, seu pedido ainda passará por uma análise. Caso reprovado, será preciso seguir o processo normal para tirar o visto do Canadá.

Como fazer o processo para o eTA do Canadá?

A partir do dia 1o. de maio, às 10h da manhã, o sistema estará disponível para todos os brasileiros que sejam elegíveis segundo as regras mencionadas anteriormente. Basta clicar no link abaixo para ir à página do governo canadense e iniciar o processo:

Veja se você é elegível e continue o processo

O visto eletrônico do Canadá, ou eTA, terá validade de até 5 anos e permitirá que você fique até 6 meses no país para turismo, estudo, negócios ou simplesmente para transitar pelo aeroporto numa conexão. Note que o tempo no país é determinado pelo oficial de imigração e deve ser obedecido.

O visto eletrônico eTA do Canadá terá validade de até 5 anos.

Abaixo está um vídeo explicando um pouquinho melhor esse processo (em inglês):

Outras informações sobre o eTA, o visto eletrônico do Canadá

  • O único site válido para solicitar o eTA é o site do Governo do Canadá (cic.gc.ca/english/visit/eta.asp). O processo é simples e leva apenas alguns minutos.
  • O visto eletrônico eTA só é valido para entradas por vias aéreas no Canadá
  • Fazer o eTA custa 7 CAD (dólares canadenses)
  • Mesmo viajando em família, se você é elegível, e as outras pessoas não são, eles devem tirar o visto canadense normalmente enquanto você poderá solicitar o visto eletrônico eTA
  • Se for estudar ou trabalhar por mais de 6 meses, será necessário solicitar uma autorização especial no consulado e não o eTA
  • Se você for entrar no Canadá de carro, trem ou barco, será necessário ter um visto válido, pois o eTA não é suficiente
  • Se você tiver um visto canadense ainda válido, não é necessário solicitar o eTA

Assine nossa newsletter!

Comentários