Dúvida fundamental, respostas polêmica. Aposto que você já se pegou pensando quantos dias deveria ficar em cada lugar durante uma viagem. Essa indecisão é mais do que natural, ainda mais quando o destino em questão é o Peru, um país que tem muito mais a oferecer, tanto em termos de belezas naturais quanto de riquezas históricas, do que imaginamos. Afinal de contas, quantos dias ficar no Peru para poder conhecer os pontos mais famosos de Lima, Cusco, Valle Sagrado e Machu Picchu?

Quantos dias ficar no Peru - Ruínas

Eu não gosto quando pergunto algo e como resposta escuto: “depende”. Pois é, mas desta vez acredito que o tempo é mais relativo do que nunca, por isso, quando você me perguntar quantos dias ficar no Peru para conhecer Lima, Cusco, Valle Sagrado e Machu Picchu, eu vou responder “depende”.

Quantos dias ficar no Peru?

Depende do seu estilo de vida, dos seus costumes, dos seus hábitos

e dos seus objetivos nessa viagem.

Como cada viajante tem seu próprio estilo de viagem, seus próprios gostos e seu próprio tempo, resolvi fazer uma listinha de perguntas para você se fazer quando estiver pensando em quantos dias ficar no Peru ou mesmo quantos dias ficar numa determinada cidade do mundo.

  • Quantos dias você tem livres para esta viagem? Esta é a primeira pergunta a se fazer e a mais importante, pois vai definir suas prioridades.
  • Você quer uma viagem mais de descanso ou mais focada em aprender ou conhecer tudo sobre o destino? Esta pergunta definirá a velocidade da sua viagem. Às vezes a gente se sente esgotado e sonha em aposentar o despertador, pelo menos por uns dias nas férias, para nos sentirmos livre da obrigação de madrugar todos os dias, não é? (faz de conta que a gente ainda usa um antigo despertador)
  • Você é ligado no 220V mesmo quando viaja? Mais um fator que definirá a velocidade da sua viagem. Se você é assim, provavelmente pára poucas vezes para descansar entre um ponto e outro para não perder tempo.
  • Você é apaixonado por gastronomia? Se a resposta for sim, aposto que você tem uma lista enorme de restaurantes para conhecer no Peru, e seus roteiros terão de levar em conta quantos você quer conhecer por dia.
  • Você é rato de museu e de monumentos históricos? Outro fator importante para uma visita no Peru, pois ruínas e história é o que não falta por lá e quanto mais tempo, mais você vai poder aprender.

Por causa de todas essas variáveis, eu acredito que a resposta para “quantos dias ficar no Peru” depende muito mais do seu estilo de vida como viajante do que dos pacotes “sugeridos” pelas operadoras de viagem.

Quantos dias ficar no Peru - Em algum lugar do Valle Sagrado

Pense bem em quais são seus objetivos para a viagem; o quanto você está disposto a acordar mais cedo (ultimamente eu tenho levado esse fator muito em consideração, principalmente para voos que me fazem madrugar); quais são as principais cidades, atrações ou sítios arqueológicos que você pretende conhecer. Tendo todos os esses fatores em mente, talvez você se sinta mais a vontade para escolher quantos dias você quer passar em cada lugar do Peru e também para preencher lacunas ou descartar alguns passeios, pois, como diria o sábio, a vida é feita de escolhas 😉

O estilo de viajar do Sundaycooks

Quando uma pessoa começa a viajar, principalmente para o exterior, ela quer cobrir sempre o maior número de cidades ou pontos turísticos possíveis. É normal isso, mas à medida em que ela viaja, seu estilo e objetivos de viagem mudam e são moldados de acordo com o próximo destino.

Nosso estilo de viajar sempre foi mais rápido que o normal, no sentido de que queremos sempre aproveitar todas as horas do dia, mas isso não quer dizer que consideramos um desperdício de tempo ficar horas num museu ou passar o dia todo num sítio arqueológico, muito pelo contrário. Esta é outra características das nossas viagens, nós buscamos sempre conhecer bem um determinado destino ou ponto turístico. Outra característica é gostar de caminhas pelas cidades, de nos embrenhar por ruelas aleatórias enquanto nos deslocamos de um ponto a outro. Uma coisa que tem aflorado bastante nas nossas últimas viagens é a busca por novos sabores e por boas comidas, gourmets ou não, porque comer e viajar, para nós, se tornaram palavras inseparáveis.

Com isso em mente, fica um pouco mais fácil de entender nosso roteiro, nosso raciocínio e o porquê das nossas  escolhas 😀

Como são os pacotes de viagens para o Peru

A maioria dos pacotes de viagem, para o Peru ou para qualquer parte do mundo, funcionam muito no esquema de “viu-tá-visto”, ou seja, você chega num local, olha, tira foto para dizer que esteve lá, e já parte para o próximo destino. É como se você fizesse uma viagem resumo. Este é um tipo de viagem que pode valer a pena para aquelas pessoas que não têm muito tempo para viajar.

A princípio pode não parecer, mas diversas conexões, voos e trocas de hotéis podem deixar uma viagem que deveria ser de descanso e para recarregar as suas baterias, algo muito mais cansativo e com um ritmo puxado. Problema este que também pode acontecer com viajantes desempacotados se não tomarmos cuidado ao montar nossos roteiros.

Presenciamos o típico viajante resumido quando estivemos em Moray. Nós estávamos subindo os últimos níveis das ruínas quando vimos um grupo chegando e tirando um monte de fotos enquanto a guia falava sobre o local. Quando chegamos lá em cima, cerca de 30 minutos depois (são 3800m de altitude, gente o.O), ouvimos a guia gritando para todo mundo correr de volta pro ônibus, pois eles já estavam atrasados e ainda tinham de ir visitar outras ruínas naquele dia.

Quantos dias ficar no Peru - Moray

Como nós montamos o nosso roteiro

Nesta viagem ao Peru, nós moldamos nosso estilo em duas diferente fases. Em Lima, nós mantivemos nosso estilo normal de viagem e criamos nosso roteiro de forma que estivéssemos perto dos restaurantes que queríamos conhecer sem ter de ficar cruzando toda a cidade (o Fred é mestre em resolver esses probleminhas no Google Maps :P).

Já para a região de Cusco, Valle Sagrado e Machu Picchu, nós queríamos um roteiro mais lento para que pudéssemos imergir nas culturas Inca e pré-Inca como gostaríamos. Dessa forma, poderíamos chegar em Machu Picchu, ponto alto da viagem, entendendo tudo o que estava por ali e, então, aproveitar ainda mais a magnitude da citadela Inca.

Quantos dias ficar no Peru - Montanhas nevadasQuantos dias ficar no Peru - Em alguma cidadezinha do Valle Sagrado

O que levamos em consideração ao montar o roteiro:

Ao mapear nossos pontos de interesse no Valle Sagrado, notamos que queríamos conhecer vários lugares que, ou passavam muito rápidos durante o tour, ou nem sequer eram listados nos tours vendidos pelas agências. Geralmente os passeios oferecido pelas agências de receptivo de Cusco para o Valle Sagrado dão apenas um resumo da região para o turista que tem pressa. Eles oferecem um tour pelos principais pontos em apenas um dia. Muitos blogs que consultamos na época do planejamento optaram por essa opção, mas sabe quando você sente que quer algo mais?

Somado essa sensação à nossa dificuldade em comprar as passagens de trem para Águas Calientes e os ingressos para Machu Picchu (aguarde cenas dos próximos capítulos), surgiu o interesse de contratar um guia particular que pudesse nos mostrar e explicar a história de cada pedra, de cada curva que o vento faz naquela região. E devo dizer que foi uma das melhores escolhas que fizemos nessa viagem.

Depois de resolvida toda a logística, nossa viagem ficou assim:

Roteiro de 12 dias pelo Peru

Dia 1: São Paulo-Lima

Dia 2: Lima

Dia 3: Lima

Dia 4: Lima-Cusco / Descanso para aclimatação

Dia 5: Cusco / Passeios leves pela cidade

Dia 6: Valle Sagrado / Passeios principalmente pelas ruínas de  Tipon, Pikillacta e Andahuaylillas

Dia 7: Valle Sagrado / Passeios principalmente pelas ruínas de Pisac, Sacsayhuamán, Quenqo, Tambomachay e Puca Pucara

Dia 8: Valle Sagrado / Passeios principalmente pelas Salineras de Maras e ruínas de Moray, e Ollantaytambo de onde partimos para Aguas Calientes.

Dia 9: Machu Picchu-Cusco / Passeio pela citadela Inca e Huayna Picchu e depois volta para Cusco

Dia 10: Cusco / Descanso e passeios pela cidade

Dia 11: Cusco / Passeios pela cidade

Dia 12: Cusco-Lima-Brasil

Devo dizer que, deste roteiro do Peru, poderíamos ter tirado um dia de Cusco, pois já havíamos visitado tudo o que queríamos no 10o. dia. Mas sabe que a viagem foi tão legal, que este dia extra foi perfeito para relembrarmos das nossas aventuras e dos momentos maravilhosos que passamos por lá? Foi um dia basicamente de contemplação e de ficar sentado na Plaza de Armas de Cusco apenas vendo a vida passar e absorvendo tudo o que vivemos até ali.

Conclusões:

Retomando a pergunta inicial sobre quantos dias ficar no Peru, eu diria que se você quer visitar Lima, Cusco, Valle Sagrado e Machu Picchu, 10 dias é o mínimo para você conhecer tudo com a calma e a qualidade necessárias para poder levar esta viagem para sempre em sua memória.

Quantos dias ficar em Cusco e região, você me pergunta. Neste caso, o mínimo (mínimo mesmo) que eu recomendo são 5 dias, sendo 1 dia de chegada e aclimatação, 1 dia para Machu Picchu, 2 dias para o Valle Sagrado e 1 dia de volta. Menos que isso e você perderá muitos detalhes.

Quantos dias ficar no Peru - Machu Picchu

Mudaríamos algo neste roteiro do Peru?

Sim! Mas para acrescentar dias à viagem =D

Eu ficaria um dia a mais em Lima para explorar outros restaurantes da cidade e seguiria o conselho do Arthur (único blogueiro a levantar essa bandeira) e deixaria 2 dias disponíveis para Machu Picchu (talvez trocando um dia desses de Cusco por um dia em Aguas Calientes).

Dois dias em Machu Picchu? Você está louca?

Não, meu caro leitor, depois de conhecer com calma boa parte do Valle Sagrado, quando chegar em Machu Picchu, você vai querer explorar cada pedacinho do parque, vai querer subir Huayna Picchu um monte de vezes (sério!), vai querer lotar seu cartão de memória da câmera só com fotos do lugar, ou mesmo ficar lá sentado contemplando a paisagem por horas a fio. Foi indescritível o que senti por lá.

Por fim, eu acrescentaria mais 4 dias no roteiro para conhecer Arequipa, que teve de ser cortada desta viagem. A vantagem de Arequipa é que ela pode ser incluída em outros roteiros pelo sul do Peru e quiçá norte da Bolívia.

Este foi o nosso roteiro pelo Peru. Como foi o seu?

Quantos dias ficou por lá? Achou que foi suficiente?

E seu processo de definição do roteiro, como foi?

Qual o seu estilo de viagem? Viajante Resumido ou prefere ir mais calmamente? 😀

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    273 Comentários
  1. Parabéns pelo blog! Estou montando meu roteiro para comemorar meus 50 anos., porém sem muito tempo para o planejamento. Vamos eu, meu marido e nossos filhos adolescentes (13 e 17 anos). Reservei 3 dias em Lima (na verdade serão 3 e meio, pois chegamos cedo no primeiro dia e saímos à tarde no último) / 4 noites em Cusco / 1 noite em Aguas Calientes / mais 2 noites em Cusco.
    Minha reserva (a confirmar o mais rápido possível!)
    5 TA 916 W 17JUL GRU / LIM HK4 0555 0904
    6 AV 831 W 20JUL LIM / CUZ HK4 1500 1625
    7 AV 830 P 27JUL CUZ / LIM HK4 1700 1825
    8 AV6645 P 27JUL LIM / GRU HK4 2200 0455+1

    Minhas dúvidas:
    1- muito tempo em Lima? Ficaremos entediados??
    2- Será melhor dormirmos 2 noites em Aguas Calientes (na véspera e após a visita a Matchu Pitchu)???
    3- Tiro 1 dia de Cusco???

    Meus filhos gostam desse tipo de passerio, ano passado fomos ao deserto do Atacama e eles curtiram tudo.
    O que vocês acham??? Help me!!! Obrigada!!!

    • Oi, Josély.

      O tempo para Lima está ideal.

      Vocês não precisam dormir duas noites em Águas Calientes, a não ser que prefiram descansar antes do retorno para Cusco. É possível fazer o passeio completo por Machu Picchu e voltar no final do dia para a região de Cusco, mas pode ser um pouco cansativo dependendo das trilhas que vocês fizerem por lá.

      Nesse tempo “extra” em Cusco é possível encaixar vários passeios pela região do Vale Sagrado.

      Espero que vocês aproveitem bastante! Qualquer dúvida, estamos por aqui.

  2. Te deixo meu 1 cent: se não apenas visitar o sitio em Machupichu, sem nenhuma atividade extra como subir o Wayna pichu, eu não dormiria nenhuma noite em Águas Calientes. Fiz bate-volta de Cuzco e não me arrependo. Vai sobrar mais tempo pros sitios perto de Cuzco ou até vale sagrado. Sobre Lima acho 3 dias bom, medida certa! Boa viagem e preparem-se pra conhecer uma história e cultura incríveis!!! Fiz só o basicão Cuzco, Machu Pichu e Lima e virei fã deste povo! Voltei apaixonada!

    • Existem várias maneiras de fechar um roteiro pela região de Cusco e essa também é uma opção muito viável principalmente para quem não pretende passar muito dentro conhecendo o parque inca. Valeu pela sugestão, Vanessa 😉

  3. Olá gente, vou passar 2 dias em Lima e mais 9 dias em Cusco. Queria saber quanto de dinheiro em espécie devo levar?

    • Oi,Tallitha

      Tudo depende do estilo de viagem de cada um. É difícil pra gente estimar um valor mínimo, mas no geral o Peru não é um destino caro para deslocamentos e alimentação.

      Leve dólares, nosso real anda desvalorizado e comprar soles por aqui não é muito vantajoso.

  4. Oi Nat!
    Muito legal o texto! Estou planejando minha viagem ao Peru para agosto e já ajudou bastante!! Só fiquei com uma dúvida… Quando você comenta sobre mudar algo na viagem, diz que reservar dois dias para Machu Picchu seria interessate. Pq acha isso? Acha que vale mesmo à pena subir a Huayna Picchu? Caso eu queria gastar dois dias em Machu Picchu, precisaria comprar duas entradas? Ou existe alguma modalidade em que se compra o ingresso por dois dias?
    Desde já, obrigada! 😉
    Lidiane

    • Oi Lidiane.

      São duas entradas sim, uma pra cada dia e subir Huayna Picchu é incrível. No dia seguinte vc pode explorar as outras partes da citadela e até subir a montanha Machu Picchu se quiser.

  5. Olá !
    Amei as dicas de vocês e super me identifiquei com a contratação de um guia particular pois é sempre a minha opção nas viagens para poder fazer tudo no nosso tempo.
    Vocês poderiam me passar o contato do guia de vocês, por favor ?

    Obrigada !

  6. Estou com muita vontade de conhecer o Peru, porem vou sozinha, alguma dica especial? Ou é melhor comprar um pacote?

  7. Muito melhor vc mesmo montar sua viagem, eu fiz isso é não me arrependo. Fui com uma sobrinha e foi show. Ficamos 2 dias em Lima e 9 dias em Cusco. Com as dicas daki do blog foi super tranquilo. Conhecemos muita coisa, inclusive o lago Titicaca (isla de Uros e isla de taquile). Superou minhas expectativas e foi abaixo do custo programo. Voltei com dinheiro no bolso.😆

  8. Olá!!! 😀
    Primeiramente, queria parabenizar os idealizadores deste site e dizer que ele é maravilhoso!!! Estou tirando todas as minhas duvidas quanto a viagem que planejo ao Peru para outubro deste ano. Amei! <3<3
    Porém, como vocês mesmo comentaram em um post, por se tratar de uma viagem um pouquiiinho complicada, algumas duvidas persistem.
    O roteiro que planejo é um pouco diferente do que foi detalhado neste post. Pretendo passar 02 dias em Lima, 02 em Paracas (Nazca) e 05 em Cusco. Será que ficará muito corrido? É o suficiente para conhecer pelo menos os principais pontos turísticos?
    Irei com uma amiga e ela não tem interesse em fazer trilhas, ou passeios muito cansativos (por mim eu faria todos, kkkk…), como a montanha Machu Picchu, etc. Mas, não queria apenas realizar passeios tipo "viu? Cabô!" que as agências estão fornecendo.
    Desde já agradeço imensamente a ajuda.

    • Obrigado, Stéfani.

      O problema desse roteiro é conseguir chegar em Cusco a partir de Nazca, pois de ônibus seriam muitas horas (1 dia +-) de viagem e provavelmente você teria de parar em Arequipa para trocar de ônibus ou dormir uma noite. Eu não recomendo fazer esse caminho sem parar em Arequipa pelo menos para conhecer a cidade.

  9. 1 11 12 13
Deixe seu Comentário