Malá Strana – ou Cidade Pequena numa tradução livre – era o bairro residencial da antiga nobreza tcheca e um dos lugares mais históricos da cidade. Por isso não deixe de passear por lá sem pressa, garanto que seus belos jardins e lindas fachadas barrocas irão compensar a visita 😀 Aliás, o bairro inteiro é um ótimo ponto para se observar o barroco da República Tcheca.

Malá Strana Praga - Entrada de Malá Strana com a Igreja de São Nicolau ao fundoMalá Strana Praga - Igreja de São Nicolau de noite

Malá Strana, o bairro mais charmoso de Praga

Hoje Malá Strana ainda preserva suas características residenciais, mas também abriga algumas instituições governamentais e muitos hotéis, restaurantes e pontos para ver a vida passar.

Malá Strana Praga - Um passeio no parque em Praga

E por falar em hotéis, Malá Strana é uma ótima região para se hospedar em Praga. Lá você está praticamente no coração da cidade, a uma distância caminhável dos principais pontos e atrações, incluindo o belo Parque Petrín, e ainda tem a linda Ponte Carlos ao alcance dos seus olhos. Sem contar as feirinhas, jardins e lugares escondidos que você certamente irá adorar 🙂

Veja também:

Domus Balthasar: um hotel colado na Ponte Carlos em Praga

Ofertas para o hotel Malostranska Residence

Ofertas para o hotel Archibald

Ofertas de Hotéis em Malá Strana

Malá Strana Praga - Vista de Malá Strana pela Igreja de São Nicolau

Passeando por Malá Strana

Pertinho da Ponte Carlos fica a Igreja de São Nicolau, um belo exemplo do barroco da região e uma das mais bonitas da cidade. Se tiver pique, suba a torre da igreja e seja presenteado com uma bela vista de Praga do alto 🙂

Malá Strana Praga - Igreja de São Nicolau 2

Outra igreja muito importante para a cidade e que fica em Malá Strana é a Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa que abriga a simbólica estátua do Menino Jesus de Praga e que muitos fiéis acreditam ser milagrosa. Segundo o site de turismo oficial da República Tcheca, “a lenda conta foi um monge que esculpiu a imagem do menino Jesus de Praga logo depois que este se revelou naquela forma”. Impossível não lembrar do Niño Manuelito do Peru 😛

Malá Strana Praga - Vista da Ponte Carlos e Cidade Velha pela Igreja de São Nicolau

Até hoje, fiéis do mundo todo (principalmente da América Latina e das Filipinas) seguem em romaria para a Igreja do Menino Jesus de Praga. Quando passamos por ela, uma missa era celebrada por um padre brasileiro para os fieis que acompanhavam essa excursão religiosa. Confesso que, mesmo não sendo católica, foi uma surpresa emocionante.

Malá Strana Praga - Vista do Parque Petrín pela Igreja de São Nicolau

Malá Strana Praga - Parque Petrín

Se você seguir a avenida em frente à Igreja, irá chegar no Petrín, o melhor parque da região para curtir um belo pôr do sol 🙂

Outros pontos de Malá Strana que merecem ser visitados

A menor rua do mundo

Tão estreita que apenas uma pessoa consegue passar por vez e, por isso, há um semáforo para indicar quando você pode ou não passar.

Malá Strana Praga - A menor rua do mundo

O Museu do Franz Kafka e as estátuas de David Cerny

Eu não cheguei a entrar no museu do Franz Kafka, mas já em sua entrada podemos ver duas das mais polêmicas e curiosas estátuas de David Cerny, um artista tcheco, cujos trabalhos podem ser vistos em vários lugares de Praga.

Malá Strana Praga - Museu Frankz Kafka e estátuas de David Cerny

Repare que as estátuas estão fazendo xixi no chão. Mas repare bem, o chão é na verdade o mapa da República Tcheca o.O A guia que acompanhou o Fred no city tour disse que os pipis das estátuas se movem de acordo com os SMS enviados para um número local. Não sei se isso é verdade, mas se você descobrir o número, por favor me avise 😛

Onde ficar em Praga para aproveitar melhor a cidade?

Ofertas de Hotéis em Praga

Oferta de Hotéis na Repúplica Tcheca

O goblin da roda d’água, guardião do rio Certovka

Não sei bem por que essa figura e a roda d’água estão ali, mas parece que eles guardam as águas do rio Certovka. Em todo caso, é nas grades em frente a ele que você encontrará a maior concentração de Love Lockers da cidade 😉

Malá Strana Praga - Gobling guardião do rio e da roda d'água e dos love lockers

Malá Strana Praga - Rio Certovka, goblin e a roda d'água de praga

O muro do John Lennon

Os jovens tchecos usavam esse muro durante o período comunista para deixar poemas e letras dos Beatles e do John Lennon e também para escrever mensagens de revolta contra o regime. Hoje, o grafite continua sendo permitido e, dependendo da época, você ainda pode encontrar mensagens de amor e paz e o rosto do Lennon por lá.

Malá Strana Praga - Muro do John Lennon / John Lennon Wall 2

Malá Strana Praga - Muro do John Lennon / John Lennon Wall

As feirinhas de fim de semana

Nos finais de semana, Malá Strana é tomada por feirinhas que trazem desde artesanatos típicos a muita comida e cervejas locais. Não deixe de provar as carnes de porco e as cervejas artesanais, pois foi com elas que o Fred finalmente aprendeu a tomar cerveja 😛

Malá Strana Praga - Feirinha de fim de semana

Ah, e eu não poderia deixar de dizer que o Trdelník (um rolinho doce assado numa espécie de churrasqueira) é simplesmente divino! Sonho com ele até hoje 😛

Malá Strana Praga - O melhor doce de Praga

O Parque Vojan (Vojanovy sady)

Quer coisa melhor do que descansar os pés depois de uma longa caminhada em um banquinho num belo parque? Pois esse é o lugar ideal 🙂

Malá Strana Praga - Parque Vojan (Vojanovy sady)

Curiosidade: Nas casas próximas ao jardim, você pode encontrar marcas da última grande enchente que ocorreu em Praga. Veja como as águas subiram vários metros nessa região :/

Malá Strana Praga - Placa da altura que a enchente de 2002 atingiu

As estátuas de bebês gigantes

Essas estátuas, feita pelo artista David Cerny são uma forma de dizer que as pessoas estão nascendo já controladas pelo “sistema”, por isso em seus rostos você encontra códigos de barra ao invés de olhos, nariz e boca. Essas são as mesmas estátuas que são encontradas na torre de TV de Praga, assunto para um próximo post 😉

Malá Strana Praga - Estátuas de bebês do David Cerny


Ver em um mapa maior

Nós amamos a região de Malá Strana, mesmo com os milhares de turistas que passam por lá todos os dias. Seu charme e simpatia merecem uma visita com calma, para que você possa apreciar cada pedacinho e cada peculiaridade que ela tem reservada para aqueles que souberem prestar atenção 😉

Qual sua parte preferida de Malá Strana?

Tem algum outro lugarzinho escondido pra indicar?

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros da República Tcheca \o/

Malá Strana Praga - Ponte Carlos

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    12 Comentários
  1. Boa tarde!
    Parabéns pelo site, com seus relatos e dicas de viagens. Estou indo para o Leste Europeu e suas dicas têm me ajudado muito, porém gostaria de perguntar algumas coisas. Comprei passagens de ida e volta para Praga (chegando dia 14/11 e retornando ao Brasil 01/12) e montei o seguinte roteiro:

    15 – Praga (chegada 16h20)
    16 – Praga
    17 – Praga
    18 – Praga
    19 – ?eský Krumlov – Viena
    20 – Viena
    21 -Viena
    22 – Viena
    23 – Bratslávia – Budapeste
    24 – Budapeste
    25 – Budapeste
    26 – Budapeste
    27 – Budapeste – Cracóvia
    28 – Cracóvia
    29 – Cracóvia
    30 – Cracóvia
    1 – Praga (voo as 17h10 ) – Brasil

    Pretendo fazer todos trechos de ônibus (ja pesquisei no Eurolines), exceto Budapeste/Cracóvia o qual farei de avião.

    Ao invés de fazer bate-volta em Ceský Krumlov (como a maioria dos sites recomenda), pensei em sair de Praga pela manhã, passar o dia lá, mas seguir de onibus para Viena no mesmo dia. O mesmo eu pensei em relaçao à Bratslávia, seguindo para Budapeste, em vez de retornar para Viena.

    Então gostaria de saber se você acha viável esse roteiro, passando apenas o dia em Ceský Krumlov e Bratslávia e seguindo, no mesmo dia, respectivamente para Viena e Budapeste. Ou acha melhor pernoitar nestas cidades?
    De modo geral, acha que o numero de dias em cada cidade está bom?

    O que vc recomenda? Adoraria receber algumas sugestões

    Desde já, agradeço a vocês e peço desculpas pela extensão do texto.

    Atte

    • Oi Jan. Obrigado pelos elogios.

      Seu roteiro está muito interessante e seria um que eu consideraria fazer sem dúvidas 🙂 Conversei com a Natalie e achamos que a quantidade de dias está ótima também. Como você diz que já olhou os ônibus, imagino que já tenha visto que há ônibus entre essas cidades, certo? Nesse caso, é perfeitamente possível sair de Praga e Viena e ir para Cesky Krumlov e Bratslávia e de lá para Viena e Budapeste, pois são cidades que normalmente fazemos em um bate-e-volta.

      Gostei bastante do seu roteiro. Quando voltar, se quiser fazer um relato aqui no blog contando como foi sua viagem, nós adoraríamos publicar 🙂

      Até,

    • Oi, Fred!
      Será um prazer contar da viagem qd eu voltar.
      Quanto à passagem por Cesky Krumlov e Bratslávia, minha dúvida é se terei onde deixar minhas bagagens durante a visita a estas cidades, considerando que terei de levá-las comigo, ja que seguirei viagem para Viena e Budapeste.
      Vc sabe se é possível deixar as malas na estação de ônibus ou algum outro lugar (para que eu não tenha que carregá-las comigo durante o passeio)?

      Abraço

    • Oi Jan.

      Olha, eu sempre vejo lugares para deixar as malas nas estações de trem e rodoviárias maiores. Como essas cidades são muito visitadas por turistas, deve haver lugar para guardar as malas sim, mas tente não viajar com uma muito grande, pois pode ser q o espaço seja pequeno :/

  2. Olá, adorei as dicas de Praga, to me apaixonando cada vez mais. Adorei também o roteiro do Jan é basicamente isso que estou querendo fazer na minha proxima viagem. Gostaria de ler o relato dele, se os tempos em cada cidade foram suficientes!
    De qualquer forma, parabéns pelo site, o jeito que voces escrevem me deixaram apaixonada. Detalhes ricos, me senti lá ja!

  3. A única coisa que eu faria (e fiz) diferente ….acho que Chesky Krumlov merece um pernoite, saia no outro dia de manhã para Viena

Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. […] Praga há três regiões que eu recomendo ficar: Malá Strana, Centro Histórico + Staré Mesto e Praça […]

  2. […] o rio Moldava da Cidade Velha até a Malá Strana, passando pelas torres góticas, pelos milhares de turistas e pelos artistas que ganham a vida […]

  3. […] à base do Petrin vindo da Ponte Carlos e de Malá Strana é bem tranquilo. Vá até a Catedral de São Nicolau, a poucos metros da Ponte, e siga pela rua […]

  4. […] realmente chama a atenção é a bela (?) estátua do “cavalo de cabeça-para-baixo” do David Cerny. Assim como muitos artistas, David não comenta sobre sua obra, mas muitos dizem que esta é uma […]