Munique (Müchen ou Munich, como preferir :P) é uma cidade muito simpática e gostosa de se conhecer, principalmente no verão, quando as temperaturas são mais quentes, o sol se põe às 10 da noite e o povo está de bom humor ;)

Munique Chinese Tower English Garden

Para entender Munique

A sensação que tive em Munique, principalmente em seu centro histórico, era a de que eu estava numa cidade medieval, mas com quase todas as mordomias de uma cidade moderna. Foi muito legal ver como a cidade conseguiu mesclar a modernidade sem afetar a estrutura medieval que existe por lá.

Munique Igreja da Nossa Senhora

Munique

Contudo, alguma coisa me incomodava. Eu tinha a impressão de que algumas construções históricas eram meio fake, contruções de séculos de idade me passavam a impressão de que eu estava em algum parque temático atual.

Foi então que um amigo, que me serviu de guia num dos dias, me lembrou que Munique havia sido destruída na 2a. Guerra Mundial e que, em menos de 60 anos, eles conseguiram reconstruir toda a cidade, principalmente o centro histórico. Ao assimilar essa informação, eu consegui apreciar melhor a cidade, pois entendi que o que me incomodava, eram as partes reconstruídas, com suas paredes e pedras mais novas (e limpas) contrastando com o que havia restado de pé, mas que isso não havia sido um descuido, e sim uma necessidade.

Munique

Me explicaram que durante a guerra, as igrejas eram bombardeadas, mas que a maioria das torres continuavam de pé devido à dificuldade dos aviões em acertá-las. Então, em Munich, as torres das igrejas são normalmente originais de fábrica.


Veja Munique – O que fazer e onde ficar num mapa maior

Quanto tempo ficar em Munique

Eu consegui visitar quase todos os pontos que marquei no mapa em 2 dias inteiros. Confesso que foi muito corrido, mas era todo o tempo que eu tinha.

Se quiser fazer um roteiro parecido com mais calma, três dias são uma boa medida, contudo se quiser visitar outros pontos e outras partes fora de Munique como o Castelo de Neuschwanstein, você precisará de mais tempo.

Munique English Garden

Sugestão de tempo na cidade:

  • 2 dias: É possível ver quase todos os pontos principais da cidade, mas ou você deixa vários deles de fora ou vai ser bem corrido.
  • 3 dias: É possível ver os principais pontos turísticos da cidade, mas nada mais.
  • 4 dias: É possível incluir um passeio a regiões mais afastadas de Munique ou curtir mais calmamente a cidade e suas cervejarias :P

Numa próxima vez em Munique, eu quero ficar pelo menos 4 dias :)

Onde ficar em Munique

Se hospedar fora da área vermelha do mapa não é interessante para turistas que desejam visitar Munique, pois você gastará muito tempo com deslocamentos.

Dentro da área vermelha é onde considero lugares aceitáveis de se ficar em Munique, desde que haja uma estação de metrô (U-Bahn) ou trem (S-Bahn) por perto. Lembrando que eu não estou levando apenas a localização no mapa em consideração. Quanto mais para perto da linha vermelha, mais a cidade vai tendo cara de subúrbio europeu e menos burburinho.

Para se ter uma noção de tempo, do Olympiapark até Marienplatz (centro da cidade) são 12 minutos de metrô.

Munique Marienplatz

Já a área em azul, marca o centro de Munique. Se você se hospedar ali, a maioria dos pontos turísticos e históricos estará a alguns minutos de caminhada, sem contar as inúmeras estações de metrô por perto.

Eu sugiro ficar perto da área azul para não perder muito tempo com deslocamentos e também para poder curtir o ambiente mais de perto.

Munique Marienplatz

E você, já passeou pela cidade? Onde você ficou hospedado?

Se gostou do que viu, assine o blog!


    33 Comentários
  1. Adorei seu blog. Parabéns, é muito bom e prático.
    Estou indo a Munique no inverno de 2014 e estou cheia de dúvidas. pelo seu blog e pelo meu ritmo pretendo passar 5 dias em Munique.
    Já que é inverno não sei se seria seguro e recomendável alugar um carro para ir ver o castelo de Neuschwanstein. Se fico em Munique e faço um bate – volta ou se vou para Fussen e durmo por lá.
    O que recomenda?

    • Oi Rita. Obrigado :)

      Eu não recomendo que ninguém dirija na neve se não estiver acostumado, pois mesmo dirigindo com muito cuidado é muito fácil ter acidentes. Pegar o trem ou mesmo uma excursão seria uma opção melhor que alugar o carro.

      Fussen é uma cidade muito pequenininha, então acho que é melhor fazer um bate e volta mesmo chegando o mais cedo possível na cidade, lembrando que no inverno o dia escurece super cedo. Mas nada impede q vc durma por lá, pois pelo que eu percebi, qualquer cidadezinha da alemanha vale a pena ser visitada :P

  2. Se eu puder ajudar… Munique é fantástica e na minha opinião o tempo ideal de se ficar na cidade e visitar e desfrutar dos seus melhores atrativos é nada menor que 6 dias. Temos Englishergarten, “Die Residenz Museum/Theater”, Castelo Nymphenburg, Olympiaturm (torre), o Estadio de Futebol Olympiastadion, o parque Olimpico de 1972, o Deustch Museum, a Alte e Neue Pinakothek( 2 museus de arte), todas as Cervejarias Paulaner, Hofbräuhaus, Franziskaner, Erdinger (que em Erding muito próximo cerca de 40km), Marienplatz (área de comercio e suas igrejas – Frauenkirsche), temos ainda próximo a Munique o Memorial de Dachau (primeiro campo de concentração a 20 minutos de trem e 30 min de carro, além das cidades de Garmisch-Partenkirschen uma estação de Esqui linda e agora no Inverno parece a casa do Papai Noel, a 90 km (tem trem) com o cume mais alto da Alemanha o Zugspitze (agora uns 50 euros por pessoa para subir no bondinho), além da já citada cidade de Schwangau com os Castelos de Neuschwastein e Hohenschwangau e o IMBATIVEL LINDERHOF em Ettal (agora no Inverno é mais complicado, mas na Primavera é….) a cidade de Ettal tem também o Mosteiro Beneditino fantástico. Um aviso, nos meses de Julho a setembro o calor é forte e a cidade não esta preparada para isso, os hotéis de até 2 estrelas e os transportes não tem ar-condicionado, é quente. No inverno de final de dezembro a meados de março Ettal, Fussen e Garmisch-Partenkirschen tem muita neve e os acessos ficam complicados a pé ou de carro. De Meados de Março a final de abril chove bem. Para mim, o melhor período é o final de abril a meados de junho. Espero ter agregado a excelente informação do Blog. Pensando bem uns 10 dias você vai aproveitar bem e ver que a Alemanha é bem mais que tecnologia. Parabéns, obrigado e um abraço

  3. 1 2
Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. [...] mesmas dicas sobre onde ficar em Munique que o Fred postou também servem para a Oktoberfest. Claro que, se você estiver na cidade [...]

  2. [...] Leonardo Boutique Savoy encontra-se a um quarteirão daquela área sugerida pelo Fred neste post, ou seja, a poucos minutos de caminhada da Marienplatz e de todo o centro histórico de [...]

  3. [...] dado ao mercado ao ar livre que fica no centro histórico de Munique  praticamente 2 passos da Marienplatz. Ir lá é garantia de festa para quem gosta de mercados, tradições e sabores diferentes. Juro, [...]

  4. [...] Leia mais… Compartilhe/share it:Google +1TwitterFacebookLinkedInPinterestTumblrStumbleUponRedditEmailPrintDiggGostar disto:GostoBe the first to like this. Esta entrada foi publicada em Viagens com as tags Alemanha, booking, cidade histórica, decolar, dicas de viagem, estadia, europa, europe, eurotrip, germany, mochilar, mochilão europa, muchen, munchen, munique, onde ficar em munique, trip, viagem, viajar. ligação permanente. [...]