Folks, mais um post da nossa convidada especial que é viciada em Minas Gerais 🙂 Enjoy!

Hoje procurando uma informação esquecida no fundo de uma gaveta me deparei com uma linda foto do Rio das Mortes (Tiradentes – MG). Um daqueles momentos que você registra, mas que adoraria duas coisas: ter um equipamento melhor e fazer o tempo parar.

Maria Fumaça

Partindo de Tiradentes, você pode chegar até a vizinha São João Del Rei de trem. Uma viagem para quem tem tempo e se delicia apreciando uma bela paisagem.

Se possível, sente do lado direito do trem para ver as melhores paisagens. Observe a Serra de São José, um paredão que parece proteger a pequena Tiradentes.

Em determinado instante o trem passará muito próximo ao Rio das Mortes, um dos palcos da nossa história muitas vezes esquecido.

O confronto entre paulistas e emboabas, que entrou para a história como Guerra dos Emboabas, só terminaria em 1709, com uma última derrota bandeirante em pleno Rio das Mortes. Depois disso restou aos paulistas se dirigirem mais para o oeste, onde descobririam novas jazidas de ouro em Goiás.

Outras informações como valores, horários de funcionamento e endereço você encontra nesse link do portal ViajeAqui e aqui também.

O Trem Turístico da Vale

A Fundação Vale restaurou e reinaugurou em 2006 um bonito trecho da nossa história ferroviária que havia sido construída no final do séc. XIX entre Ouro Preto e Mariana.

Hoje esse trecho é realizado por uma locomotiva a vapor e uma a diesel com 5 vagões de passageiros, sendo capaz de transportar 240 pessoas por viagem. Segundo a Vale, cerca de 389 mil turistas já fizeram o passeio.

Chegue com tempo para embarcar, assim você poderá passear pela estação, ver a locomotiva chegar e ser acoplada no trem. Você se sentirá como vivendo no passado. A locomotiva seguirá em seu próprio ritmo. Observe a paisagem e você se sentirá muito bem.

Se estiver com sorte, preste bem atenção quando estiver chegando em Mariana. Você verá homens bateando ouro no rio, homens que criaram pequenos diques e que usam a batéia em busca do metal precioso como se fazia no séx. XVIII.

Para finalizar eu gostaria de deixar algumas dicas: como em Tiradentes, também sente no lado direito (se você estiver saindo de Ouro Preto), é de onde você terá a melhor visão da paisagem, dos desfiladeiros e cachoeiras.

Se você quiser fazer o passeio de ida e volta de trem, simplesmente almoce em Mariana e deixe as visitas para um outro dia. Ou faça somente a ida de trem, visite Mariana, retorne a Ouro Preto de ônibus (tem ônibus entre as duas cidades a cada 20 minutos, aproximadamente). Se você preferir chegar mais rápido, táxi também funciona (preço por volta de R$ 40,00).

Viagens do Trem da Vale

As viagens de trem acontecem sextas, sábados e domingos, nos seguintes horários:

Saída de Ouro Preto – 10h

Saída de Mariana – 14h

Preços dos Bilhetes:

Inteira: R$18,00 ida e  R$30,00 ida e volta.

Outras informações, é só entrar no site do Trem da Vale.

(Vale conferir esse post bacana da querida Camila, do blog Viaggiando, sobre sua viagem a Tiradentes e seu passeio de Maria Fumaça.)

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    1 Comentário
  1. Que honra ver o link para o Viaggiando aqui! 😉 Ainda quero muito fazer o passeio de Ouro Preto a Mariana. E agora também com um equipamento melhor. 🙂

    Está cheio de posts novos sobre Tiradentes lá no blog: http://www.viaggiando.com.br/search/label/Tiraden

    Beijos! E obrigada por se lembrarem de mim! 😉

Deixe seu Comentário