Nem só de parques, arquitetura e comida vive Chicago. A música também tem uma grande influência na cidade com seus festivais de Jazz e Blues pipocando principalmente no verão 🙂

Blues e Jazz de Chicago

Blues

BB King e Louis Armstrong

O Blues se originou das comunidades negras do sul dos Estados Unidos, mas é por volta de 1950 que o Chicago Blues nasce, pois foi nessa época que houve a Grande Migração de trabalhadores negros do sul para as cidades industrializadas do norte.

O Blues de Chicago (Chicago Blues) se diferencia dos outros blues devido ao uso de amplificadores e alguns instrumentos que não eram usados no blues “original”.

chicago blues festival

Imagem: Divulgação

E, como não poderia deixar de ser, a cidade realiza o Chicago Blues Festival todo ano no início de Junho. São 3 dias com os melhores artistas de Blues tocando no Petrillo Music Shell no Grant Park. Se você está planejando uma viagem para lá, taí um festival que deve ser duka! Sem contar que Junho é uma das melhores épocas (é verão, gente :P)

Se quiser saber um pouco mais da história do Blues de Chicago, o site da Enciclopédia de Chicago (Encyclopedia of Chicago) tem mais detalhes 🙂

Jazz

Chicago também tem uma cena de Jazz bastante expressiva e, tendo o Jazz a mesma origem que o Blues, eles geralmente andam lado a lado. Inclusive, no Dia do Trabalho americano (primeira segunda feira de Setembro), a cidade também realiza o Chicago Jazz Festival.

Chicago Jazz Festival

Imagem: Divulgação

Onde assistir ao verdadeiro Blues de Chicago?

Foi em busca do verdadeiro Chicago Blues que nós pesquisamos alguns lugares para assistir a alguns shows de Blues ao vivo. Infelizmente não conseguimos ir a nenhum deles pois no dia que tínhamos reservado para isso a Natalie não estava bem por causa do frio e voltamos mais cedo para o hotel.

Por isso, deixamos aqui as dicas de lugares que achamos interessantes para assistir a um bom show de Blues ou de Jazz 😀

Se você já foi a alguma casa de shows de Blues ou Jazz em Chicago, deixe sua dica aí em baixo 😉

Blues

Kingston Mines

Esse era a casa de shows que nós tínhamos nos planejado ir, porque não me pareceu um lugar muito turistão e porque no site deles é possível ouvir um pouco dos artistas que já passou por lá.

Rosa’s Lounge

Melhor Blues Club de Chicago segundo o New York Times.

Blue Chicago

Autêntico Chicago Blues toda noite.

Buddy Guy’s Legends

Shows de Blues também acontecem na hora do almoço nos dias de semana e todos os dias a noite.

Jazz

Andy’s Jazz Club (dica da Mimi, nossa guia do Chicago Greeter)

O Jazz começa por volta das 5 da tarde e está bem localizado ao norte do rio perto da State Street. Segundo a Mimi, os artistas são excelentes.

Green Mill (dica da Mimi, nossa guia do Chicago Greeter)

Esse era o local que Al Capone gostava de ir e o interior não mudou muito desde então. Os melhores artistas de Jazz tocam lá toda noite. Está localizado perto da Red Line do metrô e aproximadamente 6 milhas do centro da cidade. Talvez seja melhor pegar um taxi para ir lá.

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros de Chicago \o/

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    14 Comentários
  1. Fred e Natalie, parabéns pelo site!! Está bem legal.

    Estive semana passada em Chicago a trabalho e consegui ir 1 noite no Buddy Guy's Legends. Bom demais! E ainda dei sorte de tirar uma foto com o próprio Buddy Guy que estava presente na platéia e cantou 2 músicas após pedidos.

    Abraços

    • Oi Igor.

      The legal 😀 Nós precisamos ir para Chicago de novo para ir num show de Blues… Pelo menos temos uma desculpa (como se precisasse) para ir para lá ehehheh

  2. Fui o no passado no Buddy Guy´s Legends e ame!! A noit foi ótima e bem divertida! Vale a pena!!

  3. Boas escolhas também! Tem razao, o Kingston Mines nao é nada turistao. Domingo a noite, dica, tem jam session. Na verdade se você toca alguma coisa (de blues, claro), tipo guitarra, baixo, gaita, se canta, etc, voce pode se inscrever e tocar. Claro que aparecem figuras ótimas e saem musicas muito bacanas. Mais barato, menos turista ainda, e o vibe é bem interessante.

    Do outro lado da rua tem o B.L.U.E.S. (nao confundir com o Blue Chicago) que também é dos mesmos donos – você pode até ir aos dois com um ingresso só, dependendo do dia.

    • Oi Roberto!

      Obrigado pelas dicas! Muito valiosas para quem procura shows de Blues autênticos 😛 Essas Jam sessions devem ser muito legais!

      Já estão anotadas as dicas para uma próxima vez 😀

      Até,

  4. Muito legal o blog pessoal! Foi com algumas dessas dicas que consegui aproveitar muito bem 1 semana em Chicago…, conheci o kingston mines, fomos eu e minha esposa numa sexta-feira no início de Novembro e realmente o lugar é demais! Olhando de fora vc não da nada por ele, um segurança enorme e uma porta que não lhe deixa ver nada do interior, deixam a dúvida se vale mesmo a pena entrar..
    E como vale! O lugar é relativamente simples, mas bem agradável, um clima de blues raiz típico da cidade, há 2 salões cada um com um palco onde ótimas bandas se apresentam.., as mesas são de madeira e se quiser comer (recomendo) tem que fazer o pedido diretamente na cozinha e pagar para a cozinheira! Rsrs, nunca tinha visto isso! As garçonetes só trazem bebidas..
    Enfim, valeu muito a pena pelo local, bebida, comida e especialmente pelo autêntico som de blues que ouvimos aquela noite! Abraços e obrigado pelas dicas!

    • Que legal q vc conseguiu ir lá, Éder 🙂 Esse é um dos meus arrependimentos do tempo que passamos na cidade. Ficou realmente faltando uma ida lá.

      Se você tiver fotos do lugar e puder mandar pra nós, me avisa, pois seria bem legal poder ilustrar melhor o Kingston no post 😀

  5. Gente, vcs escrevem tão deliciosamente q minha vontade é pegar o avião e ir agora!
    Eu AMO jazz. Tipo, muita coisa! S2
    =)))))

    • que legal, Ana!

      Que bom que estamos ajudando. Depois publica aqui nos comentários como foi a sua viagem e a sua experiência em Chicago, quem sabe não transformamos em um post com as suas dicas atualizadas? 😀

Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. […] nessa época também que ocorrem os festivais  Jazz e de Blues, além de outras festas que pipocam pela cidade. Afinal de contas, quando você tem pouco mais de […]

  2. […] Eu gostei bastante da parte de eventos que estão rolando na cidade, muito útil se você está no verão em Chicago por causa das dezenas de shows que acontecem por lá. […]

  3. […] voltar um dia para lá para ver um jogo dos Chicago Bulls, Clubs e White Sox e para ir num show de Blues e Jazz. Chicago é como as cidades que por mais vezes que você vá, você sempre acha que faltou fazer […]

  4. […] de um arquiteto – tours arquitetônicos | LINK 54. @sundaycooks | blues e jazz de chicago | LINK 55. @sundaycooks | the art institute of chicago | LINK 56. @lubetenson | public art em chicago, […]

  5. […] como Montreal tem seus festivais de Jazz, a terra do Blues também tem um belo festival que não poderia ficar de fora das nossas dicas. Portanto, se você […]