Semana passada recebi uma receita de bolo de iogurte de uma amiga do trabalho e resolvi testar 😀 Para dar um toque azedinho ao bolo, adicionei uma calda de limão na hora de servir.

A única coisa que eu troquei foi a essência de baunilha por favas de baunilha. Era minha primeira vez cozinhando com baunilha de verdade, mas no final o bolo ficou tão bom que não sobrou nem um pedacinho pra contar história :mrgreen:

Conto as dicas de como usar as favas de baunilha no final do post 😉

A receita, como vocês vão ver, é super simples e o bolo fica muito macio e saboroso, ótimo para um almoço de domingo em família 😉

Bolo de Iogurte com Calda de Limão da Priscila

bolo de iogurte

Tempo de Preparo

30 minutos para o preparo da massa

35-45 minutos para assar

Serve

Vários pedaços, mas não vai sobrar nada 😛

Ingredientes

Para a massa:

  • 4 ovos
  • 1 colher de chá de essência de baunilha ou 1 fava de baunilha
  • 1 copo de iogurte natural integral
  • 1/2 copo de óleo (+- 150ml)
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 2 xícaras de chá de açúcar
  • 1 colher de sopa de fermento químico em pó
Para a cobertura de limão:

  • 1/3 de xícara de chá de suco de limão coado
  • 2/3 de xícara de chá de açúcar

Bolo de iogurte - massaBolo de iogurte depois de assado

Modo de preparo

Massa

0) Pré-aqueça o forno em temperatura média. Se você é como eu e demora para preparar e bater a massa, deixe esse passo para depois, pois 10-15 min de pré-aquecimento já é suficiente.

1) Bata todos os ingredientes no liquidificador até misturar bem e ficar cremoso.

2) Acrescente o fermento e misture com uma colher (sem bater no liquidificador) até incorporar. Eu utilizei outra tigela para fazer isso.

3) Despeje em uma forma untada e enfarinhada e leve ao forno (já pré-aquecido). Eu utilizei uma forma de pudim. Cuidado, pois o bolo cresce bastante.

4) Para saber se já está pronto, utilize a velha e boa técnica de furar o bolo com um palito. Se este sair limpo, sem nada grudado, está pronto 😉

Calda de Limão

1) Enquanto o bolo assa, esprema o suco de limão (+- 2 limões) e misture ao açúcar.

Simples assim 😀

Parte de baixo do bolo de iogurteQuer um pedaço? :D

Dicas

  • A ideia da calda de limão é quebrar um pouco o doce do bolo, mas se você achar que está muito azedo, ferva a calda rapidamente para que o açúcar incorpore melhor ao suco de limão e perca um pouco a acidez.
  • Cada tipo de limão tem um sabor diferente e dará um toque diferente à calda. Eu utilizei limão cravo (aquele que parece uma mexerica), pois não é tão azedo e tem um sabor bem marcante. Limão galego (aquele pequenininho e amarelo) e siciliano também devem dar sabores bem interessantes à calda.
  • Você também pode fazer uma mistura de canela com açúcar e despejar no bolo enquanto ele ainda está quente.
  • Lembre-se de que cada forno é um forno, então os 35 minutos do meu forno podem ser 45 ou até mesmo 25 minutos no seu. Então fique de olho para não queimar 🙂
  • Sempre que possível, utilize ingredientes em temperatura ambiente.
  • Utilize baunilha de verdade em vez de essências artificiais. Eu sei que é bem mais caro, mas vale muito a pena!
  • A Eliana modificou a receita usando 150ml de manteiga derretida ao invés de óleo e disse que deu certo e que ficou bom também 😀

Como usar fava de baunilha

Eu tinha umas favas de baunilhas em casa e, depois de voltar da França e comer aquele monte de doces maravilhosos, resolvi arriscar. Ficam aqui as dicas para quem quiser experimentar e usar baunilha de verdade em vez daquelas essências artificiais 😛

Eu usei a seguinte medida:

1 fava de baunilha = 1 colher de sopa de essência

Quando digo fava de baunilha, eu quero dizer as sementinhas das favas 😛

Para retirar as sementinhas, corte a fava ao meio no sentido longitudinal (o sentido maior :P) e raspe com a ponta da faca mesmo. Essas sementinhas são muito pequenininhas e eu lembre de caviar quando vi 😛

como usar fava de baunilhacomo usar fava de baunilha

A parte dura da fava pode ser triturada e usada como se fosse canela, mas eu preferi usá-la para tentar fazer minha própria essência (ou seria extrato?) de baunilha.

Como fazer essência de baunilha

Em um pote/vidro que possa ser vedado, coloque as favas de baunilha cortadas ao meio e preencha com alguma bebida alcoólica (dizem que o álcool é necessário para extrair o “sabor” da baunilha).

Nesta minha tentativa, eu utilizei vodka, pois se algo der errado para a questão da essência, no mínimo eu terei uma vodka saborizada :mrgreen: Parece que usar rum como meio alcoólico também é interessante.

A receita é simples, coloque as favas de baunilha junto com a vodka e deixe descansar por 2 meses pelo menos, mexendo o pote de vez em quando para misturar. Eu utilizei +- 450ml de vodka para 2,5 favas de baunilha (uma delas eu tinha tirado as sementes para o bolo, lembra? :P)

WARNING: Eu não tenho ideia de qual será o resultado dessa invenção 😛

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    16 Comentários
  1. Whoa! Fred cada vez mais prendado na cozinha 🙂 Adorei!

  2. Uauuuuuuuuuuuuuuuuuuuu … que delicia !!!!

  3. Oi! Lendo sobre a tua “invencao”, lembrei que uma vez a minha mae colocou as favas em um pote de vidro com acucar, para fazer o seu proprio “acucar de baunilha”, e deu certo!

    • Oi Claudine.

      Obrigado pela dica! Essa é uma boa opção também 😀 acho que depois de usar as “sementinhas” da baunilha, pode-se colocar o resto dentro do açúcar e deixar lá por um tempo, para pegar o sabor 🙂 A essência parece estar dando certo, pois já está com super cheiro de baunilha heheh mas tenho de me conter e manter fechado por uns meses >.<

  4. Por favor, se der certo a experiência da essência de baunilha, avise! 🙂

    • Oi Vitória.

      Obrigado por me lembrar. Deu certo sim 😀 depois de alguns meses eu transferi a baunilha para uma garrafa de azeite (bem limpa :P) e já usei para repetir este bolo. Ficou bom também 😉 mas devo dizer que usar a fava de baunilha ficou mais saboroso. Infelizmente a fava de baunilha no Brasil é absurdamente cara, então a essência ficou de bom tamanho ehhehe

  5. Fiz o Bolo acima e ficou muito fofo. Realmente cresce bastante. Sò nâo consegui desenformar por ser bem alto e fofo, cortei na pròpria forma.

    • Oi Visi.

      Que bom que você gostou do bolo 🙂 Ele realmente fica muito fofo e a forma precisa ser untada e enfarinhada direitinho pra conseguir desenformar. E quanto ao sabor? Gostou do bolo? 😀

  6. Frederico, achei ótimo ter explicado que são “as sementinhas da fava”…..
    Eu não sabia. Vou testar a receita da panna cotta e este bolo maravilhoso. Espero que dê certo.
    Abração,

    • Fátima,

      Depois vc nos conta como ficaram as receitas? Tomara que vc goste, são muito saborosas e leves 😀

  7. Vou preparar essa receita mas gostaria de saber se posso usar manteiga derretida ao invés do óleo…

    • Oi Eliana. Realmente não sei 🙂 Mas não custa experimentar e ver como fica o resultado final 😉 Se der certo, por favor nos conte como ficou e a quantidade para que nós possamos atualizar o post.

  8. Olá Fred!
    Fiz o bolo com manteiga derretida, usando a mesma medida do óleo: 150ml. Ficou bom sim, achei o bolo muito gostoso.
    Abraços
    Eliana

Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. […] o Edu fez um risoto com ricota defumada e rúcula e o Fred preparou um trio de sobremesas com bolo de baunilha com calda de limão, brigadeiro de colher e a Taça Caipira, especialidade da família, tipo um tiramisù bem […]