O Carnaval está chegando e quem vai viajar nos feriados prolongados sabe o quão caótico ficam os aeroportos, rodoviárias e estradas pelo Brasil. Por isso, é sempre bom ter em mente algumas dicas básicas para evitar problemas maiores que possam estragar sua viagem.

Como evitar problemas ao viajar nos feriados prolongados?

Em épocas de grande fluxo de viajantes como os feriados prolongados, férias e final de ano, a primeira dica é: Tenha paciência.

Todos ali estão querendo chegar ao seu destino e os ânimos podem ficar um pouco mais exaltados, tanto do lado do passageiro quanto do lado dos funcionários das companhias aéreas e de ônibus e dos seus companheiros de estrada.

Por isso, as dicas abaixo visam evitar que você se estresse e perca a paciência para que possa viajar de maneira mais tranquila e sem contratempos 🙂

Dicas para viajar nos feriados - avião LAN em Santiago

Dicas para quem vai viajar de Avião

Eu recebi um release da TAM com algumas informações para quem vai viajar de avião e achei interessante adicioná-las às nossas dicas e dividi-las com vocês 🙂

Uma coisa que aprendi nesses anos de Sundaycooks foi que, quanto mais viajamos, mais essa história de fila de check-in e raio-X nos estressa. Sendo assim, tudo que eu puder fazer pra gastar menos tempo nelas é bem vindo.

Dê preferência pelo check-in antecipado

Essa é uma dica de ouro e ajuda a economizar aquele tempo interminável na fila do check-in, principalmente nos horários de pico dos aeroportos. Além disso, o check-in online pode lhe salvar de perder vôos caso você confunda os horários como eu fiz numa ida ao Rio de Janeiro. Sorte que naquele dia eu tinha feito o check-in online da TAM no celular e consegui chegar na sala de embarque, todo esbaforido, poucos segundos antes do portão fechar. >.<

Guarde sempre o cartão de embarque em um local seguro para não correr riscos de perdê-lo e lembre-se de que, se você for despachar malas, terá de passar pelo balcão da companhia aérea de qualquer maneira.

Ah, e nada de ir pras lojinhas ou ficar zanzando pelo aeroporto. Primeiro o check-in, depois a diversão 🙂

Chegue pelo menos 1 hora mais cedo no aeroporto que o horário normal de chegada

Em voos nacionais, o normal é chegarmos com pelo menos 1h de antecedência para dar tempo de fazer o check-in, despachar as malas e embarcar, enquanto que nos voos internacionais esse tempo é de 3h.

Mas em épocas e horários de maior movimento nos aeroportos, acrescente pelo menos 1h a mais a esse tempo:

  • Voos Nacionais: 2h de antecedência
  • Voos Internacionais: 4h de antecedência

Chegando com esse tempo de sobra, você se estressa menos, garante que não precisará correr de um lado pra outro e ainda pode descansar um pouco ou fazer aquele lanche antes de embarcar, tornando sua viagem mais tranquila.

Cuidados com a bagagem de mão

Fique atento ao tamanho e ao peso da sua bagagem de mão pare evitar estresse na hora de fazer o check-in ou embarcar.

Segundo as regras da ANAC para vôos nacionais, a bagagem de mão de voos nacionais não pode pesar mais que 5kg e não pode ultrapassar os 115cm ao somarem-se todas as dimensões.

Eu acho isso muito pouco, principalmente se você está levando um notebook ou equipamento fotográfico, e já fui barrado no portão de embarque por causa disso 🙁 Mas fazer o quê, né? Regras são regras, então é melhor estar de acordo e evitar contratempos nessas épocas mais corridas.

Já em vôos internacionais, as bagagens podem pesar um pouco mais e dependem das regras de cada companhia. Eu já passei com 8kg na mala e também com 12kg, mas essa última foi uma exceção à regra 😉

Fique atento também às regras sobre itens permitidos e proibidos que podem ser levados na bagagem de mão.

Em vôos nacionais, levar uma garrafa de água, por exemplo, é permitido, mas em vôos Internacionais e mesmo dentro de alguns países do exterior como os Estados Unidos, isso não é permitido.

Além disso, nunca leve itens cortantes, perfurantes ou inflamáveis na bagagem de mão, pois você não poderá passar com eles pelo raio-X e deverá deixá-los no aeroporto. Já vi gente deixando garrafas inteiras de Whiskey Blue Label na lixeira do aeroporto por causa disso e eu mesmo tive de deixar um abridor de cartas de Versailles na volta da nossa primeira viagem à Paris 🙁

Note que alguns desses itens (líquidos e objetos cortantes e perfurantes) são permitidos na bagagem despachada, portanto, sempre coloque-os na bagagem a despachar e não se preocupe mais com eles 🙂

Cuidados com a bagagem despachada

Cada companhia, cada nível de cartão fidelidade e cada destino tem uma franquia de bagagem despachada diferente. Por exemplo, em vôos na America do Sul, a franquia é normalmente de 20kg, enquanto que em vôos para os EUA e Canadá, a franquia é de 32kg. Por isso, confira sempre sua franquia de bagagem com a empresa aérea para evitar pagar excesso de bagagem, pois não é nada barato :/

Tome cuidado também em vôos que sejam comprados desmembrados, isto é, uma perna com uma companhia e a outra com outra, muito comum quando compramos passagens promocionais ou quando o vôo tem escalas em que há troca de companhia aérea. É importante prestar atenção a isso, pois os vôos internos em um país normalmente têm uma franquia de bagagem menor que os vôos internacionais.

Outro fator importante é sempre conferir o canhoto da mala com o canhoto do cartão de embarque para saber se a mala está indo para o destino certo. Ao pegar a mala na esteira, tenha certeza de que aquela é sua mala, seja colocando uma fitinha diferente nela antes de despachar, seja conferindo o canhoto, pois ninguém quer ter sua mala levada por engano só porque é parecida, não é?

Um último e muito importante lembrete: NUNCA perca suas malas de vista. Infelizmente sempre há muitos larápios nos aeroportos só esperando para levarem suas malas e pertences 🙁

Lembre-se sempre de conferir os documentos necessários para sua viagem

Ninguém quer esquecer justamente seus documentos de identidade e passaporte ao chegar no aeroporto, não é? Então faça desses os seus primeiros itens para conferência 😀

Para o caso de viagens com menores de idade (de avião ou ônibus), pode ser necessária uma autorização de um Juiz dizendo que você pode viajar com eles, mesmo no caso de um dos pais estar viajando com ele sozinho. Além disso, levar a certidão de nascimento dos menores é essencial.

Tenha sempre em mãos as confirmação de reservas de hotel, de vôos, de seguro viagem, de remédios controlados, carteira de vacinação internacional, cartas convite, enfim, qualquer documento que possa um dia ser necessário durante sua viagem. Abaixo está um post supimpa com um check-list supimpa pra você não esquecer nenhum documento em sua viagem 🙂

Checklist de Documentos para Viagem

Dicas para quem vai viajar de Ônibus

Viajar de ônibus é um pouco mais tranquilo no quesito horário de chegada que viajar de avião, mas é sempre bom chegar mais cedo que o normal para evitar filas ou qualquer imprevisto.

Se for viajar com menores de idade, pode ser necessária uma autorização judicial para embarque do menor. Também leve sempre a carteira de identidade ou Certidão de Nascimento da criança ou adolescente quando ele for viajar.

Tenha também muito cuidado com suas malas e seus pertences antes de embarcar e mantenha-os sempre próximos a você, pois é sempre nos locais mais cheios que os ladrões gostam de atacar.

Ao subir no ônibus, fique de olho no que for levar com você na parte de cima, pelo menos até o ônibus partir, pois muitos gatunos aproveitam esse momento de “maior relaxamento” do viajante para levar bolsas, notebooks e itens de valor 🙁

Evite marcar compromissos próximos aos horários de chegada. Como os ônibus dependem do trânsito, é bem provável que ocorram atrasos nos feriados prolongados.

Dicas para quem vai viajar de Carro

Faça uma revisão no seu carro. Ninguém quer passar o feriado ou as férias correndo atrás de mecânico, não é?

Procure sair mais cedo ou mais tarde para evitar os horários de pico, pois passar horas no engarrafamento deixa qualquer um estressado.

Leve água, petiscos e muita música para seu caminho, evitando ter de fazer muitas paradas e também deixando a viagem mais divertida 🙂

E você? O que faz para ficar mais tranquilo e evitar problemas quando vai viajar nos feriados?

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    3 Comentários
  1. Não é possível, Fred! Eu estava com um post bem parecido no rascunho, acredita? Vou até deixar de lado, se não você vai achar que foi plágio. rsrs

    Essa confusão nos aeroportos é mais um motivo para eu não pensar em despachar bagagem nunca mais. E sempre faço o check-in pela internet, então já chego e vou direto para a sala de embarque, o que com me poupa muito stress nas viagens! E sempre levo algum lanchinho, pois ninguém merece ser obrigado a pagar os preços de comida em aeroportos!

    • hahaha Já aconteceu isso comigo um monte de vezes 😛 Eu sou sempre sorteado pra despachar a mala, mesmo quando ela é pequena :/ quem manda andar com note e câmera pesadas…

Deixe seu Comentário

    Pingback e Trackback
  1. […] [Gabriel Quer Viajar] – Cuidado com a síndrome do ‘overplanning’ [Viaje na Viagem] – Dicas para evitar problemas ao viajar nos feriados prolongados [Sunday Cooks] – Dicas para planejar a viagem [Chega de Bagunça] – Férias planejadas dão menos […]