Não é segredo para quem acompanha o Sundaycooks que eu sou uma dessas apaixonadas convictas pelas Alemanha. O país entrou na repescagem do nosso roteiro de viagem pela Europa em 2012 e foi amor à primeira vista. Tanto é que retornamos em 2013, em 2014 e vamos continuar voltando até que a cerveja acabe #impossível 😛

Mas afinal das contas, o que que a Alemanha tem?

Se você ainda não acompanha o blog, ao final do post você pode assinar a newsletter do blog por email (prometemos não fazer spam ;P) ou pode seguir o blog nas redes sociais como Twitter, Facebook, Google+ e Instagram. Vem gente, tem bastante coisa legal vindo por aí 😀

10 mitos sobre a Alemanha - jardim em Stuttgart

Centro Histórico de Frankfurt - Römerberg: praça de noite 3

5 motivos porque me apaixonei pela Alemanha 😀

1) Os diferentes cenários e cidades históricas

São tantos bons exemplos, que elencar os melhores destinos não é tarefa das mais fáceis, afinal, um país que tem regiões como a Bavária e o Vale do Reno tinha que ser um país lindo, não é mesmo? Essas cidades, além de terem belos cenários, também costumam ter ótimas festas típicas e regionais praticamente o ano todo, geralmente acompanhadas por muita comida e bebidas alemãs \o/

Alguns exemplos delas aqui no blog: Munique, BerlimHeidelberg, Frankfurt, Nuremberg e Rothenburg ob der Tauber.

Ofertas de hotéis na Alemanha

Rothenburg - Plönlein a foto mais famosa da cidade

2) A comida local

Comer na Alemanha é literalmente um prato cheio. O valor é mais acessível do que imaginamos e as porções costumam ser tão fartas que duas (ou mais!) pessoas podem facilmente dividi-las 🙂

Melhores restaurantes de Frankfurt - Schnitzel do Apfelwein Wagner

A variedade de salsichas, linguiças e pratos à base de porco são tão sensacionais que o Fred diz que aprendeu a comer esse tipo de carne de porco depois que foi pra Munique 😛 Não podemos esquecer que os doces e pães também são verdadeiras tentações.

E nós não somos os únicos a não resistir às tentações da cozinha alemã. A Ailin Aleixo do Gastrolândia também é fã da gastronomia germânica.

auer-dult-munique-08

3) A cerveja e o Riesling

Impossível pensar na Alemanha e não se lembrar da Oktoberfest e das cervejas típicas do país, assunto muito sério por lá. Desde as produções artesanais até as mais tradicionais com séculos de história, provar uma cerveja local na Alemanha faz parte de todo tour pelo país. E o mesmo vale para os vinhos produzidos por lá, principalmente na região do Reno. Voltei fã incondicional do Riesling 😛

10 mitos sobre a Alemanha - Cerveja Kolsch de Colônia

4) Cada região do país tem características distintas

– Mas você vai de novo para a Alemanha?

– Claro que sim! Por que não iria?

Esse diálogo sempre se repete quando digo que voltarei ao país, mas sempre complemento que a cada viagem descubro uma cidadezinha nova e uma faceta diferente dos lugares que já conheço 😉

Guia de Heidelberg na Alemanha - Ruazinhas

Essa é uma das magias de viajar pela Alemanha, cada região, cada cidade ou vilarejo é diferente uma da outra e guarda um pedaço importante do passado e do presente do país. Quer um bom exemplo disso? Tente combinar Munique e Berlim na mesma viagem, garanto que irá perceber como as duas cidades são diferentes. Um outro exemplo de como a cultura de duas cidades pode ser diferente é visitar Nuremberg e Rothenburg. A primeira gosta de cerveja, a outra de vinho 😉

Stuttgart - Museu da Mercedes-Benz 1

5) Porque tudo funciona, do transporte público à infraestrutura turística

A Alemanha também é um destino fortemente recomendado para quem procura uma viagem com 0% de estresse e perrengues. O transporte público funciona, as pessoas são pontuais (tenta atrasar um grupo numa excursão pra você ver >.<”) e toda a infraestrtura turística está pronta para receber todo tipo de viajante do mundo todo.

10 mitos sobre a Alemanha - Tram em Nuremberg

Este é, sem dúvida, um destino bem legal para quem quer descansar e relaxar sem se preocupar com contratempos inesperados no meio do caminho 🙂

Não deixe de ler também:

10 mitos sobre a Alemanha

13 dicas para dirigir na Alemanha

Esses são meus 5 motivos. Quais os seus? 😉

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros da Alemanha \o/

Handwerkerhof de Nuremberg - Entrada

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    10 Comentários
  1. Que legal ler esse post 1 semana antes de ir viajar pra lá! Na verdade a Alemanha será minha última parada, mas tá muito pertinho e esse post me deu mais animação ainda!!! Quando eu voltar vou tentar lembrar de comentar aqui 5 motivos, talvez alguns batam com os seus hahah

    Beijoo

    • Oi Kat. Que bom que o post veio em boa hora. Pode deixar seus 5 motivos sim 😀 Nós adoramos a Alemanha e saber o que outras pessoas gostam (ou não) do país é sempre interessante!

  2. Sabe, fui para a Alemanha visitar uma amiga e não estava empolgada, não me preparei e me arrependi! Caí de amores pela Alemanha e pretendo voltar logo.

    Adorei o post!

    Ana

    • É bem por aí, Ana 🙂 Eu fui a trabalho a primeira vez e me apaixonei, desde então estamos voltando ao país pra conhecer cada pedacinho dele 😛

  3. Realmente a Alemanha é apaixonante! Fui despretensiosamente em 2013 e agora sonho em morar lá…

    • É sempre uma grata surpresa, né Daniel? Acho que essa é a magia do país… você chega lá e rapidinho se encanta 😀

  4. Daniel, enfim encontro alguém com um pensamento igual ao meio. Amo estar na Alemanha. Porém, esse sentimento é compartilhado com a Dinamarca. Eu chego ao extremo de, aportando na Alemanha ou na Dina, sinto-me em casa, não obstante a ausencia de sangue alemão/nórdico e de não falar as respectivas linguas. É bom demais!!!!!!

    • Essa sensação é incrível, né, Fátima? Mesmo tendo acabado de chegar, tem cidades que combinam tanto conosco que é como se fôssemos feitos um para o outro 😛

  5. Eu amo a Alenha!!!

  6. Alemanha

Deixe seu Comentário