Quando falamos de trem na Europa, existem tantas opções que até quem já está na estrada há bastante tempo fica confuso. É Thalys pra lá, Deutsche Bahn pra cá, Eurostar pr’aquelas bandas… Por isso, neste post tento explicar como ir da Holanda para Bélgica (ou da Bélgica para Holanda) da maneira mais prática e sucinta possível para que você possa dedicar mais tempo à parte legal do planejamento, ou seja, pesquisar o que fazer em cada cidade aqui no Sundaycooks :mrgreen:

Trem na Europa - Holanda - 15

Vá de trem entre Holanda e Bélgica

Uma coisa que percebi durante a nossa viagem foi o quanto a Holanda e a Bélgica são grudadas. Não no sentido de serem vizinhos, mas em termos da língua (muita coisa da região de Flanders está em holandês), da cultura e também do transporte público.

Por exemplo, as linhas de trem Intercity da Holanda são as mesmas usadas na Bélgica e isso é muito bom, pois facilita e muito a viagem entre os dois países e suas principais cidades.

Qual a melhor opção de trem entre Holanda e Bélgica: Thalys ou Intercity?

De maneira geral, jogo rápido? 

Vá de Intercity 🙂

Também é possível viajar de Thalys entre a Holanda e a Bélgica, mas ele normalmente custa mais caro por ser um trem de alta velocidade. Ele também tem horário fixo e é obrigatório reservar assento. A maior vantagem talvez sejam as promoções que acontecem de 90 a 60 dias de antecedência da viagem, quando algumas passagens podem sair mais baratas que as do Intercity.

Já as passagens dos Intercity servem para qualquer horário e permitem pit stops em qualquer estação na rota, desde que seja no mesmo dia e sentido.

Você pode ver todos os detalhes sobre os trens Intercity da Holanda (que são os mesmos da Bélgica) no post abaixo:

Não deixe de conferir também:

Trem na Europa - Holanda - 06

Como comprar as passagens de trem

Você pode comprar as passagens de trem online tanto no NS International da Holanda ou no SNCB Europe / B-Europe da Bélgica.  Pelas minhas pesquisas, o NS International mostra algumas tarifas um pouco mais baratas e ambos os sites também vendem o Thalys.

Ainda é possível comprar as passagens do Intercity pela app da NS International ou pelas máquinas automáticas ou nos guichês das estações (veja como aqui), tanto na Holanda quanto na Bélgica.

Eu prefiro comprar diretamente nas maquininhas, pois as passagens dos Intercity não esgotam e não precisam de reserva prévia já que os trens podem levar passageiros até de pé. Não se preocupe, a cada estação várias pessoas sobem e descem e você provavelmente conseguirá um lugar para sentar. Além disso, comprando nas máquinas no dia anterior ou no mesmo dia, temos mais liberdade para mudar a programação da viagem caso seja necessário 🙂

Detalhes do Intercity

Dependendo do horário ou do destino, será preciso fazer baldeações no trajeto. Por exemplo, a passagem de Amsterdam para Bruxelas de Intercity tem uma rota direta e uma com duas baldeações, uma em Rotterdam e outra em Antuérpia. Nada que seja problemático, mas pode ser bem chatinho fazer isso quando se está com malas. Por isso, preste atenção aos horários 🙂

Trem na Europa - Holanda - 07

Principais cidades num roteiro entre Holanda e Bélgica

As principais cidades num roteiro entre Holanda e Bélgica são Amsterdam, Haia, RotterdamAntuérpia, Bruxelas, Gent e Bruges. Se olharmos o mapa, perceberemos que essa é a ordem em que elas geralmente são visitadas, mudando talvez a ordem entre Bruges e Bruxelas 🙂

É comum que Antuérpia e Gent entrem no roteiro como um pit stop quando se está mudando de cidade ou país, já que elas estão bem no caminho entre Bruxelas e Bruges. Se essa é sua ideia, saiba que há lockers em todas as estações para deixar as malas enquanto passeia pelas cidades 😀

Qualquer que seja sua opção de roteiro, você não passará mais que 4 horas dentro do trem entre Amsterdam e Bruges, por exemplo e não passará nem 2 horas entre qualquer dessas cidades belgas 🙂

Abaixo estão as principais rotas entre essas cidades e seus valores para o Intercity. Lembrando que o ideal é fazer no máximo um único pit stop por dia, caso contrário perde-se muito tempo e tudo fica cansativo.

Rotas mais comuns:

  • Amsterdam Central – Bruxelas (Brussels Zuid – Midi) = 44,60 euros
    • Pit stop sugerido: Antuérpia
  • Amsterdam Central – Bruges (Station Brugge) = 52,80 euros
    • Pit stops sugeridos: Antuérpia ou Gent
  • Rotterdam Central – Bruxelas (Brussels Zuid – Midi) = 32,20 euros
    • Pit stop sugerido: Antuérpia
  • Rotterdam Central – Bruges (Station Brugge) = 40,40 euros
    • Pit stops sugeridos: Antuérpia ou Gent
  • Bruges – Bruxelas = 15,60 euros
    • Pit stop sugerido: Gent

Valores atualizados em outubro de 2016 e consideram apenas o valor para a ida em qualquer dos sentidos.

Trem na Europa - Holanda - 14

O Sundaycooks contou com o apoio da Holland Alliance e do Visit Flanders, mas parte das despesas mencionadas neste post foram custeadas pelo blog.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    2 Comentários
  1. Excelente, usei trem entre Holanda e Bélgica agora em agosto/2016 e foi super tranquilo! Eu nunca tinha andado de trem na Euorpa e não tive problemas em entender o funcionamento. Os Intercity são bem confortáveis e modernos, além de ter wifi. A questão do pit-stop é muito prática e muitas vezes as cidades do pit-stop acabam sendo mais legais que o destino final! Super recomendado, vou linkar esse post no meu blog.

Deixe seu Comentário