atualizado em:

Como economizar nos ingressos de Cusco

Vale a pena comprar o Boleto Religioso de Cusco?

por Natalie Soares outros artigos do autor
atualizado em:

Se você aprecia arte sacra e pretende conhecer os principais pontos históricos de Cusco, provavelmente você vai gostar dessa dica. Além do famoso boleto turístico, que dá direito à entrada em diversas atrações dentro e fora de Cusco (vamos falar sobre ele em breve), descobrimos um boleto sem nome (vamos chamá-lo de Boleto Religioso) que garante descontos para quem vai visitar as principais igrejas e museus religiosos da cidade.

Boleto religioso

Como esta dica não estava em nenhum guia ou site que lemos durante a preparação de nossos roteiros, reservamos este post para explicar como ele funciona e ajudar você leitor que quer conhecer as catedrais e igrejas de Cusco e um pouco mais da história e sincretismo das culturas Inca e Católica.

Encontramos esse boleto na própria secretaria do Templo de la Compañia de Jesus. Esta é, na verdade, a maneira mais fácil de comprar o Boleto Religioso. Aproveite que você passará inevitavelmente pela Plaza de Armas, e vá até o Templo comprar o ticket.

Ingressos, passeios e tours por Machu Picchu e Valle Sagrado:

As informações escritas  no boleto são meio confusas, por isso colocamos a lista completa de lugares participantes e seus horários de visitação no final do post.

Boleto religioso de Cusco - Plaza de Armas e o Templo

Além do desconto, esse boleto tem um mapinha que você pode usar para criar um ótimo city-tour pelos principais pontos da cidade.

É interessante observar e tentar encontrar os ícones da cultura Inca misturados aos símbolos católicos em seu, muitas vezes, discreto sincretismo religioso. Às vezes não percebemos, mas eles estão quase sempre presentes nas pinturas, altares e até nas construções criadas pelos peruanos daquela época.

Não se assuste se encontrar uma cruz coberta com mantos e uma imagem de Jesus.

Se você gosta do barroco brasileiro, também se perceberá em um constante exercício de interpretação e observação para encontrar as diferenças e semelhanças deste com o barroco peruano. A comparação com Outro Preto e com outras cidades históricas colonizadas por povos ibéricos é inevitável, mas a semelhança com Outro Preto é ainda maior devido às inúmeras ladeiras que cercam a cidade.

As igrejas e templos de Cusco, além de imponentes, foram construídas sobre a fundação dos antigos templos Incas que haviam sido destruídos pelos conquistadores com o intuito de representar o poder e a dominação do povo espanhol perante os povos que ali habitava. Mas o mundo dá voltas, não é mesmo?

Cusiosidade: Você sabia que as estruturas construídas pelos “superiores” espanhóis não resistiam aos terremotos, mas que as bases Inca sobre as quais eram contruídas ficavam intactas? #gofigure

A cada nova igreja que visitávamos, encontrávamos os mais diversos tipos de obras, mostrando a bela ligação do cusquenho com sua fé 🙂 Foi, sem dúvida, um tour enriquecedor.

Conversando com nosso guia, ele nos contou que, mesmo sendo predominantemente católicos, os cusquenhos ainda preservam parte das suas crenças e da cultura Inca e que eles as celebram principalmente entre os familiares e amigos. Ele nos contou também que a famosa festa do Inti Raymi de Cusco, festa do Sol, é, hoje, uma festa folclórica mais voltada aos turistas, mas que os cusquenhos descendentes dos Incas ainda a celebram entre si de forma mais reservada.

Boleto Religioso

Preço: Adultos: 50 soles

Se você é estudante, está na universidade ou mesmo na pós-graduação, recomendo que faça a carteirinha internacional de estudante, pois a sua carteirinha da escola pode não ser aceita em todos os lugares.

Note que, apesar de o mapa no próprio boleto mostrar 14 pontos, apenas os pontos abaixo estão inclusos.

http://www.arzobispadodelcusco.org

  • Basílica Catedral / Triunfo / Sagrada Familia
    • Segunda a Domingo: 10 às 18h
  • Templo de la Compañía de Jesus
    • Segunda a Sábado: 9 às 11:30h e de 13 às 17:30h
    • Domingos e feriados: 9 às 11h e de 13 às 17:30h
  • Templo de San Blas
    • Segunda a Sábado: 8 às 18h
    • Domingos e feriados: 10 às 18h
  • Museo de Arte Religioso
    • Segunda a Sábado: 8 às 18h
    • Domingos e feriados: 10 às 18h

Assine nossa newsletter!

Comentários