atualizado em:

Sigam-me os bons

“I tink i taw a putty tat.” -Tweety Eu acho que vocês já devem ter imaginado sobre o que eu […]

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

“I tink i taw a putty tat.” -Tweety

Eu acho que vocês já devem ter imaginado sobre o que eu vou falar aqui nesse post.

É. Isso mesmo. Sobre o Twitter.

Palma, palma, palma, não priemos cânico!

Não vou discursar sobre tudo que já falaram sobre o Twitter. É que eu e a Natalie entramos no Twitter pra ver “di colé” desse troço.

Eu acho que é interessante a idéia, mas eu realmente achei que era algo cheio de firulas e complicações. Mas estava enganado. O Twitter é simples assim como sua idéia. Você escreve e alguém fica lendo e te responde. Ou não.

Estou usando há uns dias e só vi abobrinha. Que bom, pois era isso mesmo que eu queria. Poder ler e falar abobrinhas.

Hoje eu vi um colega escrever a melhor definição de

“Definicao do Twitter: a futilidade do MSN e a indiscricao do orkut em um só lugar.”

É isso ae.

“I did! I did! I did tee a putty tat!”

Engraçado isso me lembrou um vídeo com dia do Jim Carrey:

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Assine nossa newsletter!