Semana passada eu fiz duas compras em Real em lojas no exterior e tomei um susto. O valor final em reais na minha fatura de cartão de crédito foi maior que o mostrado na hora da compra O.O”

Por que não devo fazer compras em Real no exterior?

Quando uma loja, como a Century 21 ou a Amazon.com, lhe oferece a opção de pagamento em Real, a primeira coisa que pensamos é: Vou economizar, já que não cobrarão os absurdos 6,38% de IOF do cartão de crédito. Yay! \o/

Compras em real - moedas do mundo

epSos.de (CC BY 2.0)

Infelizmente não é bem assim 🙁

Quando fui pagar essas duas compras, uma na Amazon.com e a outra na Deal Extreme (via PayPal), o valor me foi apresentado diretamente em Reais e resolvi comprar assim mesmo, sem nem fazer as contas para saber se a cotação que estavam utilizando era boa.

Está em Real mesmo, pensei. Claro que eu me dei mal 🙁

Ambas as compras saíram 13% mais caras!

Compras em real - Valor da compra na Amazon

Compras em real - Valor da compra na Amazon na fatura do cartão de crédito

Veja como o valor da Amazon.com em Reais, em vez de ser cobrado diretamente pelo cartão de crédito, é convertido primeiro para dólar e depois de volta para Real, já 5 dólares/10 reais mais caro. E isso sem contar o IOF que ainda é cobrado.

Como são feitas as compras em Real no exterior?

Sempre me perguntei como que uma loja no exterior poderia me cobrar em Real se esta não é a moeda corrente do local. Nunca tinha parado para pesquisar, porque sempre preferi comprar em moeda corrente ou dólar.

Hoje esta pulguinha me mordeu e finalmente entendi, da pior maneira, o que acontece nesse tipo de compra.

Vejamos o que acontece em uma compra internacional em moeda estrangeira:

  1. O valor em moeda estrangeira é convertido para dólar (se já não estiver nesta moeda)
  2. O valor do IOF do cartão de crédito (6,38%) é cobrado em cima do valor em dólares
  3. O valor em dólares da compra e do IOF são finalmente convertidos para Real

Até aí, é normal e, infelizmente, esperado 🙁

Agora, é quase lógico pensar que, ao pagar suas compras em Real no exterior, você irá escapar de todas essas conversões e irá ficar apenas com a conversão que o estabelecimento faz da moeda local para Real, não é mesmo?

Ledo engano…

Compras em real - Compra na Deal Extreme

Compras em real - Compra na Deal Extreme e valor final no cartão de crédito

Novamente é possível ver a diferença entre o valor original cobrado em Reais e o valor final no cartão de crédito.

Quando uma compra é feita no exterior, mesmo que seja cobrada em Real, a moeda utilizada é considerada moeda estrangeira e passará por todas essas conversões e cobranças descritas acima.

Ou seja, você vai perder dinheiro:

  1. Na conversão da moeda local para Real
  2. Na conversão de Real para Dólar
  3. Na conversão de Dólar para Real
  4. No pagamento do IOF

Depois de tomar esse susto, deixo aqui minha dica:

Não faça compras em Real no exterior!

Não aceite quando o PayPal sugerir que você pague em Real, não aceite quando a Amazon.com quiser lhe cobrar em Real e não se iluda quando a Century 21 ou alguma outra loja quiser lhe cobrar as compras em Real no exterior. Simplesmente não vale a pena.

A única exceção são as compras nos Free Shops aqui do Brasil. Ao pagar essas compras em Real, será como se estivesse comprando numa loja brasileira e você só perderá na conversão feita pelo Free Shop de Dólar para Real, mas não pagará IOF ou essas outras várias conversões de moeda.

Update: O Klauss disse que comprou na Amazon com o cartão Ourocard do Banco do Brasil e a compra veio cobrada em Reais, sem essa conversão, enquanto uma compra parecida feita pelo cartão do Itaú foi da mesma forma que aconteceu comigo. O Guilherme também disse que no cartão do Bradesco, as compras vêm em Reais, com cobrança de IOF, mas sem essa conversão horrível pro dólar. Pelo visto cada instituição financeira faz do jeito que prefere 🙁

Update 2: O banco Itaú informou há algumas semanas que não irá mais aprovar compras feitas em real no exterior devido aos problemas e reclamações sobre esse tipo de conversão. Outros bancos estão seguindo a mesma linha, e até o Facebook já enviou um comunicado explicando o fato. Por isso não se assuste se você tiver o pagamento recusado ao fazer compras em Real no exterior. Nesse caso é melhor entrar em contato direto com seu banco.

Você já pagou suas compras em Real no Exterior?

Também percebeu essas várias conversões?

Achou que valeu a pena?

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


    48 Comentários
  1. A verdade é que com o dólar tão caro fica difícil até comprar algo no exterior.

  2. Por esse motivo tenho comprado cada vez menos no exterior. Parece que novas regras para produtos de até 100 dólares vão valer a pena, pelo menos abate um pouco.

    • Oi Randerson, essa notícia dos 100 dólares foi um caso que “vale” apenas para o sul do país, já que tem a questão de jurisprudência dos tribunais. Contudo, se começarem a entrar com processos para não pagar impostos desse tipo no resto do país, esse caso pode ser usado como base e, quem sabe no futuro, pode ser que vire uma regra para todo o país. Quem sabe… (peço desculpas aos leitores advogados por alguma falta/falha em algum conceito 😉 )

  3. CONPREI NO ALIBABA UM VALOR DE 399,47
    SERA KI VAI SER COBRADO OUTRO VALOR EN MINHA FATURA

  4. 1 2 3
Deixe seu Comentário