Você conseguiu uma super promoção de passagem aérea com a KLM para a Europa – ou Ásia – e vai realizar o desejo de conhecer o velho continente \o/ Passado um pouco da euforia, percebe que ficará várias horas no aeroporto de Schiphol entre uma conexão e outra e se pergunta: o que fazer numa longa conexão em Amsterdam?

Como ir ao Keukenhof na holanda - jardim de tulipas perto de Amsterdã - 19

Longa conexão em Amsterdam: o que fazer?

A primeira dica é: evite comprar passagens aéreas com conexões muito longas, pois elas acabam “desperdiçando” um dia de viagem que poderia ser aproveitado de outra forma. Entretanto, sabemos que algumas promoções são imperdíveis e compensam esse “dia perdido”, então o que fazer agora que a passagem já está comprada? Ficar zanzando no aeroporto de Schiphol é uma opção, mas depois de duas horas você já terá visto tudo 😛

Em Amsterdam, ir até o centro da cidade, passear por seus canais, conhecer um museu, comer seus famosos croquetes e tirar fotos no I Amsterdam é totalmente possível para quem tem poucas horas de conexão 😀

I Amsterdam City Card - Vale a pena? - 02

Antes de sair do aeroporto em direção a Amsterdam

A primeira coisa a se fazer é conferir com a companhia aérea se você poderá sair do aeroporto e se terá de fazer um novo check in quando voltar (às vezes é preciso reimprimir o ticket). Também pergunta se é necessário retirar as malas em Schiphol e despachá-las novamente ou se elas seguem direto ao destino final. Se for preciso realizar um novo despacho, o ideal é fazê-lo antes de sair do aeroporto para economizar tempo e preocupações depois 🙂

Amsterdam - como ir do aeroporto ao centro da cidade - 9

Lockers e armários no aeroporto de Schiphol

O aeroporto de Schiphol tem diversos lockers espalhados pelos terminais de embarque e desembarque e suas diárias variam entre 6 euros, para as malas pequenas, e 11,50 euros, para as grandes, sendo que o pagamento deve ser feito em cartão de crédito ou débito. Ainda existe um local chamado Baggage Depot, localizado entre o desembarque 1 e 2, que aceita pagamento em dinheiro, mas seu horário de funcionamento é de 6 às 22h.

Você pode ver todos os detalhes e locais onde eles se encontram neste link em inglês.

Amsterdam - como ir do aeroporto ao centro da cidade - 16

Como ir do aeroporto ao centro de Amsterdam

Agora que você já confirmou que poderá sair do aeroporto e que suas malas já estão guardadas nos lockers ou despachadas, calcule qual o período útil tem sobrando de sua conexão. É preciso ter em mente o tempo de ida e volta ao centro de Amsterdam, o de um novo check-in (se for o caso), da passagem pela segurança e de chegada no seu portão de embarque.

Ofertas de hotéis em Amsterdam

Amsterdam - como ir do aeroporto ao centro da cidade - 13

Essa é a parte mais importante, porque ninguém quer perder o voo porque se atrasou, não é? A boa notícia é que Schiphol fica perto de Amsterdam, o trem até lá leva entre 20 minutos e meia hora e ele tanto parte quanto chega praticamente dentro do aeroporto 😀

Estando na estação de trem de Schiphol, esse é o tempo médio que você precisa ter em mente:

  • 1 hora: para comprar a passagem, esperar o próximo trem e chegar na estação Amsterdam Centraal
  • 1 hora: para voltar da estação Amsterdam Centraal até o aeroporto de Schiphol
  • 2 horas: para pegar as malas nos lockers, fazer o check in, passar pelos procedimentos de segurança e chegar até o seu portão de embarque.

Isso nos dá 4 horas gastas (ou menos, dependendo do ritmo de cada um) entre procedimentos de aeroporto e transporte de e para Amsterdam. Note que esse tempo é contado a partir do momento que você deixa suas malas nos armários e está pronto para pegar o trem. Claro que é possível gastar menos tempo em algum desses momentos, mas é sempre bom pensar com folga para amenizar qualquer tipo de imprevisto.

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 06

Os textos abaixo falam sobre o transporte público de Amsterdam, os trens na Holanda e, claro, como ir do aeroporto ao centro da cidade, tudo bem explicado e com dicas práticas!

Como ir do aeroporto ao centro de Amsterdam?

Transporte em Amsterdam: metrô, ônibus, tram ou bicicleta?

Viajando de trem pela Holanda: como se locomover pelo país

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 07

Vale a pena ir do aeroporto ao centro de Amsterdam?

Para valer realmente a pena sair do aeroporto de Schiphol e ir ao centro de Amsterdam, é preciso ter pelo menos 3 horas úteis na cidade, o que nos dá um total de pelo menos 7 horas de conexão. O ideal, no entanto é que se tenha umas 6 horas úteis para poder passear com calma.

Dá pra fazer em menos? Até dá, mas você não conseguirá ver muita coisa e a preocupação com o horário não deixará você curtir o passeio direito.

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 08

Qual passe de transporte público comprar?

O melhor passe para quem tem uma longa conexão é o Amsterdam Travel Ticket de 24h, pois ele permite tanto usar os trens para ir do aeroporto ao centro, quanto o transporte público na cidade 🙂

Amsterdam Travel Ticket

O que fazer em Amsterdam com pouco tempo?

Para as sugestões de roteiro abaixo, estou considerando que você tem pelo menos 6 horas úteis de conexão 🙂

Keukenhof

Se o Keukenhof, o jardim de tulipas mais famoso do mundo, estiver aberto, não perca a oportunidade. Você não verá os canais de Amsterdam, mas conhecerá as típicas tulipas que se abrem apenas entre março e maio. Os ônibus para o parque saem de dentro do aeroporto e te leva diretamente até lá. Fique atento apenas aos horários do transporte para não correr o risco de se atrasar.

Como ir ao Keukenhof na holanda - jardim de tulipas perto de Amsterdã - 17

Como ir ao Keukenhof na holanda - jardim de tulipas perto de Amsterdã - 15

Roteiro de Amsterdam em poucas horas

Não, Amsterdam não é uma cidade para se conhecer em poucas horas, mas este roteiro é ótimo para ter uma pequena ideia do que ela tem a oferecer e para te deixar com vontade de voltar 😀

O mapa detalhado está no final do post 😉

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 01

Passeie pelas De 9 Straatjes / The 9 Streets

Saia da estação Amsterdam Centraal, pegue o tram 1, 2 ou 5, desça na parada Dam/Paleisstraat e siga em direção aos canais.

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 02

É justamente após a primeira ponte que começam as 9 Ruas (De 9 Straatjes / The 9 Streets), uma região cheia de lojas descoladas, de antiguidades e de cafés charmosos. Para mim, esses são os canais mais bonitos de Amsterdam, com suas casas tão fofas quanto tortas 😛

Curiosidade: A De 9 Straatjes recebe esse nome porque, a cada ponte no sentido leste-oeste, as ruas mudam de nome e isso se repete por três quarteirões no sentido norte-sul.

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 03

Coma no Foodhallen

Ao final do passeio pelas De 9 Straatjes, você já estará próximo do Foodhallen, uma espécie de galpão onde é possível encontrar quiosques de comida de várias partes do mundo, desde um bom e delicioso hambúrguer americano até wraps e noodles vietnamitas, além de cervejas artesanais e um bar de gin 😀

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 09

Se quiser provar os famosos croquetes holandeses, quase no final do Foodhallen, existe um quiosque com opções de vários sabores. Dá até para fazer uma degustação e escolher aquele que mais te agrada. De sobremesa, “leave the gun, take the canoli” da loja italiana ao lado dos croquetes :mrgreen:

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 10

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 11

Visite um dos museus de Amsterdam

O tempo é curto, mas uma visita à Amsterdam nunca está completa sem passar por um de seus mais famosos museus e tirar foto da enorme placa I Amsterdam que fica no Museumplein – a praça dos museus. Do Foodhallen, pegue as linhas 3 e 12 do tram que passam ali perto e desça na parada do Museumplein.

I Amsterdam City Card - Vale a pena? - 03

Dica: se estiver muito cheia (e provavelmente estará), existe uma outra placa do I Amsterdam do lado de fora do aeroporto de Schiphol 😉

I Amsterdam City Card - Vale a pena? - 07

Com pouco tempo sobrando, vá para o Rijksmuseum, o museu nacional da Holanda. Ele não tem tanta fila para entrar. Sua coleção permanente exibe obras de arte de vários períodos, além de algumas das mais famosas pinturas dos grandes mestres holandeses como Rembrandt, Vermeer e Van Gogh. Por falar em Van Gogh, se a fila não estiver muito grande (ela geralmente está  🙁  ), vale a pena visitar seu museu.

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 05

O que fazer em Amsterdam numa longa conexão - 04

Volte ao aeroporto de Schiphol

Infelizmente é hora de voltar. Bem próximo ao Rijksmuseum há uma parada dos tram 2 e 5 que vão até a Amsterdam Centraal, de onde você deverá pegar o trem até o aeroporto de Schiphol para terminar esse rápido tour por Amsterdam 🙂

Stop-over ou longa conexão?

Por ser uma empresa holandesa, a KLM tem seu hub e aeroporto principal em Schiphol, isso significa que quase todos os seus voos passam por ele, mesmo que o destino final não seja Amsterdam 🙂 Numa viagem BrasilPortugal com a companhia, por exemplo, você fará sua primeira parada na Holanda e seguirá em conexão para Lisboa. Dependendo do destino final, esse tempo de conexão pode ser longo o suficiente para permitir um passeio pelas redondezas, tema deste post 🙂

Agora já imaginou se você pudesse fazer um stop-over na capital holandesa e ficar alguns dias no país ao invés de apenas algumas horas? Pois a KLM permite que isso seja feito sem cobrar nenhuma taxa adicional como a Natalie explica no post abaixo, e isso não é excusividade da executiva. Quem compra na econômica também tem esse benefício 😀

Como é voar na nova executiva da KLM para Amsterdã?

Para quem não conhece, fazer um stop-over é como desmembrar uma passagem com conexão em duas outras passagens. No exemplo da viagem Brasil-Portugal com conexão na Holanda, sua passagem é emitida mais ou menos assim: GRU-AMS-LIS e cada voo é feito em sequência. Já com o stop-over, ele seria feito assim: GRU-AMS e AMS-LIS, exatamente como se fossem trechos separados. E isso pode valer tanto para a ida quanto para a volta, dependendo das regras de cada companhia.

Para decidir entre stop-over ou longa conexão, você deve levar em consideração que, no caso do stop-over, será necessário escolher entre aumentar o período da viagem ou tirar esses dias extras de outro destino, além de todo o gasto com hospedagem no local. Por essa razão, o ideal é fazer seu planejamento com essa parada em mente e aproveitar o que Amsterdam tem a oferecer 😉

Essa é apenas uma opção de roteiro. Você tem alguma outra sugestão de lugar imperdível?

O Sundaycooks contou com o apoio da Holland Alliance, I Amsterdam e da KLM para este trecho do projeto 60 dias na Europa.

Você também poderá gostar

Se gostou do que viu, assine o blog!


Deixe seu Comentário