atualizado em:

Peru com crianças: Qual a sua dica?

Dúvidas como “Será que meu filho de 9 anos vai curtir visitar Machu Picchu?” ou “O Peru é um destino […]

por Natalie Soares outros artigos do autor
atualizado em:

Dúvidas como “Será que meu filho de 9 anos vai curtir visitar Machu Picchu?” ou “O Peru é um destino legal para viajar com crianças?” são frequentes nas nossas caixas de comentários. Sempre respondi com uma certa insegurança, afinal ainda não tenho filhos e confesso que não tenho experiência em viajar com crianças. Pensando nisso, conversei com as figurinhas carimbadas e respeitadas da blogosfera de viagem quando o assunto em questão é viagem com os pequenos. E a minha principal pergunta foi: “Você acha que é possível ir para o Peru com crianças?

Vejam o que elas têm a dizer 😀

É possível ir para o Peru com crianças - Crianças em Lima

É possível, e divertido, viajar para o Peru com crianças?

Renata Luppi levou sua filha para o Peru e voltou para nos contar como foi 😀

Autora do blog Mala Inquieta.

Essa é uma ótima pergunta, já que muitos nos criticaram quando contamos que íamos levar nossa filha de 6 anos para conhecer Machu Picchu. Acho que todos os lugares são legais para crianças, e o Peru é cheio de música, alegria e história. Tivemos a preocupação de mostrar e falar sobre os Incas antes de irmos. Compramos livros e mostramos vídeos, o que despertou a curiosidade dela e foi um sucesso 😀

Quais seriam as suas principais preocupações ao organizar um roteiro para o país?

Ao montar o roteiro, tentamos sempre misturar história/cultura com programas infantis. Nosso roteiro foi LimaCusco e Machu Picchu, e em Lima optamos por não visitar nenhum sítio arqueológico ou ruína, deixamos essa parte para Machu Picchu e para o Valle Sagrado.

Em Lima, visitamos pracinhas e parquinhos nos intervalos dos outros passeios, como o centro histórico (com a troca de guarda do palácio do governo) e o Parque Del Reducto e também visitamos a Barbie Store, que faz penteado nas meninas.

É possível ir para o Peru com crianças - Plaza de Armas de Lima

Em Cusco, tomamos cuidado para não fazermos um roteiro sobrecarregado, já que não sabíamos como nossos corpos se comportariam na altitude. Listamos o que achamos mais importante e deixamos espaço para outros locais que também despertassem nosso interesse.

No final da viagem concordamos que deveríamos ter ido direto para Cusco e ter deixado Lima para a volta, pois já chegamos cansados na cidade.

Viajar com crianças é isso, deixar sempre um espaço para as surpresas e saber que nem sempre será possível esgotar todas as atrações/atrativos dos locais.

Não deixe de conferir também:

Dicas e roteiros do Peru: Guia completo do país

Onde ficar em Cusco e Machu Picchu?

Onde ficar em Lima e quais os melhores bairros?

Sut-Mie

Autora do blog Viajando com Pimpolhos.

Sempre desejei conhecer o Machu Picchu, mas nunca imaginei essa viagem com crianças pequenas (menores de 6 anos). No entanto, ano passado rolaram muitas promoções interessantes para o Peru e as famílias acabaram perguntando muitos detalhes sobre o destino.

É possível ir para o Peru com crianças - Futebol na Plaza de Armas de Cusco

E assim, me interessei nas viagens para o Peru com crianças e descobri que Lima pode sim, como várias outras capitais, ser bem interessante com elas 🙂 A cidade tem coisas legais para fazer e quem me ajuda muito nesse destino é a Emmanuelle Tessinari, que mora em Lima, tem 2 filhas pequenas e o blog Cup of Things.

Mas acho uma pena ir ao Peru e se restringir a Lima e eis que, este ano, conheci várias famílias que foram para Machu Picchu com crianças pequenas.

A Michely Lares do Blog As Aventuras de Heitor pelo Mundo foi com o pequeno de 3 anos e meio. Você pode conferir os detalhes da viagem da Michely aqui.

Conheci outras famílias sem blogs que também foram com crianças nessa faixa etária. Todas contam que as crianças nem sofreram tanto assim com a altitude e até menos que os adultos. Digamos que elas se adaptaram mais rápido 🙂

É possível ir para o Peru com crianças - Voltando da escola em Cusco

Quais seriam as suas principais preocupações ao organizar um roteiro para o país?

A época, para não pegar muito frio, seria minha principal preocupação. A altitude já é uma dificuldade, não precisamos multiplicá-las 🙂

As questões da altitude também, apesar de não haver muito o que fazer. Ter sempre as soroche pills, chá de coca (mas crianças normalmente não gosta de chá), verificar se as pousadas têm garrafas de oxigênio, dormir cedo para não estar cansado, comer leve…

Também me preocupo com a saúde das pequenas. Onde há hospitais e médicos? Como usar o seguro saúde caso aconteça alguma coisa?A comida também é um fator, principalmente com atenção ao aji, à pimenta, etc.

Para terminar, eu também escolheria hotéis confortáveis para facilitar a viagem, já que, à priori, o Peru não pareça ser um destino super child friendly. Tudo para deixar o roteiro mais tranquilo.

Alexandra Aranovich

Autora dos blogs Café Viagem e Destemperadinhos.

O Peru não é um destino que sonho em levar as crianças. Gostaria mais de ir para lá em uma viagem de casal, mas se a oportunidade surgisse, eu levaria sim, pois acho que eles iriam curtir bastante. Minha preocupação maior seria mais com a altitude e, felizmente, nossa prévia em Valle Nevado deu certo 🙂

É possível ir para o Peru com crianças - Feira de rua da escola em Cusco

Para organizar o roteiro, eu procuraria atrações que fossem interessantes para toda a família e restaurantes que tivessem o cardápio peruano para eles experimentarem., mas que também tivessem pratos mais comuns como um peixe grelhado ou uma massinha. Não faria caminhadas tão puxadas e colocaria menos atrações por dia no roteiro. Assim eles não ficariam tão cansados.

Patricia Papp

Autora do blog Coisas de Mãe.

Eu iria e tenho planos de ir para o Peru com meus filhos. Acho que eles iriam achar programa muito legal 🙂

Para realizar a viagem, eu iria me informar sobre quais opções de hotel acomodam uma família com 2 filhos (sendo um deles com 10 anos) no mesmo quarto. Também gostaria de saber a diferença entre as trilhas para subir à Machu Picchu (tempo de caminhada de cada uma, trem, etc) para decidir qual é a mais adequada para ir com eles. O Pedro tem bastante resistência. A Luiza não reclama de caminhadas, mas também não é leve o suficiente para ir no colo ou nas costas por muito tempo.

É possível ir para o Peru com crianças - Pose para fotos em Qoricancha em Cusco

Outra pesquisa que faria é sobre quais outros programas e passeios para crianças existem. Procuraria em guias, blogs, revistas ou amigos conheçam a região e também me faria a pergunta: O que fazem os pais peruanos que tem filhos na idade dos meus?

Sobre a comida, gostaria de conhecer um pouco mais da famosa culinária, e levaria meus filhos juntos nesta descoberta. Se os sabores fossem muito diferentes, procuraria para eles algo mais familiar.

O que vocês acharam, pessoal?

Pra mim essas entrevistas foram verdadeiras aulas! Aliás, alguém me empresta um afilhado para eu poder testá-las na prática? 😛

Obrigada às grandes mães que compartilharam suas dicas e mostraram o caminho das pedras para quem quer chegar a Machu Picchu com suas crianças. Aposto que agora ficou muito mais fácil e tranqüilo tirar esse sonho do papel e variar o roteiro de férias \o/

Você tem alguma dica extra sobre viagem com crianças?

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros do Peru \o/

Assine nossa newsletter!

Comentários