atualizado em:

Roteiro de 4 dias em Praga

Está chegando ao fim (ahhhhhh 🙁 ) nossa super série sobre Praga – minha segunda cidade do coração. Para fechar esse […]

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

Está chegando ao fim (ahhhhhh 🙁 ) nossa super série sobre Praga – minha segunda cidade do coração. Para fechar esse momento com chave de ouro, deixamos aqui um roteiro de viagem passo a passo recheado de dicas do que fazer, onde ficar, onde comer, como se locomover e outros detalhes que descobrimos durante nossas andanças, perfeito para quem quer visitar a capital da República Tcheca 🙂

Praça Venceslau de Praga - Dancing House

Roteiro de quatro dias em Praga

Uma das cidades mais visitadas de Europa, Praga tem, na minha opinião, a maior concentração de pessoas de diferentes países por m2. Basta olhar para o lado para ver 3 – 4 nacionalidades passando por você. É incrível perceber como toda aquela muvuca e confusão acontece de maneira harmoniosa na cidade.

Cenas de Praga - Petrin

A melhor dica que eu posso dar a quem visita Praga é: olhe sempre para todas as direções, pois há muitos prédios, esculturas, restaurantes e coisas legais de se ver espalhados pela cidade. Ah, e lembre-se de levar sapatos confortáveis para poder caminhar o máximo que puder.

Onde ficar em Praga para aproveitar melhor a cidade?

Qual moeda levar para a República Tcheca?

Dia 1 – Chegada, Ponte Carlos, Malá Strana e Petrín

Começando seu dia depois do almoço, por volta das 13h, a dica é ir diretamente à Ponte Carlos, um dos lugares mais legais de Praga, mas não se preocupe em atravessá-la agora se estiver hospedado em Malá Strana (o melhor bairro na minha opinião), pois você certamente fará isso várias vezes durante sua viagem 😀

Ofertas de Hotéis em Praga

Da Ponte Carlos, siga para a Igreja de São Nicolau e suba sua torre para ver Praga do alto pela primeira vez. Daqui, você tem tantas opções do que fazer em Malá Strana que fica até difícil decidir, mas, como o objetivo é ir para o Petrín, vamos seguir para a região à esquerda da Ponte Carlos 😛

Malá Strana Praga - Igreja de São Nicolau 2

Em frente à igreja de São Nicolau começa a rua Karmelitská. Caminhando por ela você passará pelo restaurante U malého Glena, um bom lugar para almoçar à moda tcheca, mas em vez de continuar por ali, vá até a parede do John Lennon (John Lennon Wall). Foi ali que, durante a revolução de veludo, os tcheco-eslováquios deixavam suas palavras de revolta contra o regime comunista da então União Soviética.

Segway tour em Praga - John Lennon Wall 2

Vá em direção ao rio Moldava à procura do Kampa park, um parque bem bonito e um dos lugares que você pode encontrar os bebês do David Cerny. Volte então um pouco e siga em direção contrária ao rio, pois seu objetivo é chegar à rua Karmelitzká novamente para ir até a Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa, onde está o famoso Menino Jesus de Praga.

Um roteiro do The Guardian sobre David Cerny

Malá Strana Praga - Estátuas de bebês do David Cerny

Hora de ir ao Petrín, um dos parques mais bonitos de Praga. Siga a Karmelitzká até encontrar as placas indicando o funicular à direita. Compre a passagem na máquina ou na lojinha que fica ali dentro. Suba até o ponto mais alto e passeie sem pressa, pois o parque é lindo e tem até uma mini Torre Eiffel para quem quiser encarar as várias escadas da subida 😉 Esse é outro lugar ótimo para ver a cidade do alto.

Petrin em Praga - Torre de Observação parecida com a Torre Eiffel

Petrin em Praga - Jardim das Rosas (Rose Garden)

Se já for hora de jantar, desça até a primeira parada do funicular e vá ao restaurante Nebozízek, um lugar aconchegante, com uma das mais belas vistas da cidade e uma cozinha a preços justos.

Para terminar o dia, vá até a linda Dancing House na margem oposta do rio Moldava e aproveite a deixa para ir ao bar Potrefená Husa que fica quase em frente à ela. A comida lá é ótima, os preços são bons e a Staropramen é minha cerveja tcheca preferida 😀

Cenas de Praga: porque turistas gotta turistar

Potrefena Husa de Praga - Em frente à Dancing House

Dia 2 – Castelo de Praga e Centro Histórico

Nesse dia, coloque seu calçado mais confortável, pois você irá precisar 😉

Vá bem cedo a Malá Strana, atravesse a Ponte Carlos e siga para a direita até a menor rua do mundo, a Pissing Fountain (também do David Cerny) e o Museu do Franz Kafka.

Malá Strana Praga - Gobling guardião do rio e da roda d'água e dos love lockers

Malá Strana Praga - Museu Frankz Kafka e estátuas de David Cerny

De lá, peque o tram/bondinho 22 no ponto Malostranská (não na estação de metrô) e desça na parada Pražský hrad, bem em frente ao Castelo de Praga. O objetivo é chegar ali entre 9 e 10h para entrar logo que ele abre, pois as excursões costumam chegar próximas do meio dia, quando acontece a troca da guarda do castelo.

Malá Strana Praga - Parque Vojan (Vojanovy sady)

Visite todo o castelo, seus jardins, a Catedral de São Vitu, a Golden Lane e tudo o que puder ver, pois ele tem uma vista deslumbrante da cidade. Aproveite que as áreas externas ficam abertas até a meia noite (23h no inverno) e caminhe sem pressa. Garanto que você terá a impressão de ter voltado alguns séculos no tempo 😉

Castelo de Praga - Basílica de São Jorge

Castelo de Praga - Interior da Catedral de São Vito 2

Depois de visitar o Castelo de Praga, volte a Malá Strana, atravesse a Ponte Carlos em direção ao centro histórico (Stare Mesto / Old Town) e vá até o Relógio Astronômico de Praga que toca a cada hora cheia durante o dia. É ali também que está a Igreja de Nossa Senhora de Týn e uma feirinha gastronômica bem legal para você almoçar e comer o famoso, quase pratzel doce, Trdelnik.

Relógio Astronômico de Praga - Outra da Old Town Hall

Malá Strana Praga - O melhor doce de Praga

Devidamente alimentado, você tem muitas opções de atrações nessa pequena região da cidade como:

  • O bairro Judeu com seu cemitério Judeu e Sinagoga – repare na escada que leva à uma portinha no alto da sinagoga, era de lá que sairia o Golem protetor dos Judeus
  • Torre da Pólvora (Powder Tower)
  • Prefeitura e seu prédio Art Noveau
  • Grand Café Orient – um dos poucos prédios cubistas do mundo
  • Café Ebel – meu café preferido em Praga e cujo cheesecake é o melhor que eu já comi

Um pouquinho mais longe, mas ainda tranquilo de ir a pé, estão o Monumento a São Venceslau – próximo a ele há uma galeria de lojas com outra obra do David Cerny – e o Museu Nacional que ainda está em reforma.

Praça Venceslau de Praga - Estátua do Venceslau 1

Os melhores cafés de Praga - Café Lucerna 2 David Cerny

Passeie sem pressa e sem se preocupar em se perder, pois essa é até uma vantagem em Praga😉 Ah, e não deixe de fazer um plano pré-pago de 3G em Praga, desta forma você poderá usar o Google Maps para se encontrar sempre que preciso.

Para terminar o dia, eu sugiro um jantar no La Republica, um restaurante turístico, também frequentado por locais, e que tem boa comida e cerveja 🙂

O que esperar de uma road trip pela República Tcheca?

Road trip pela República Tcheca - Prédio da Orquestra Sinfônica de Praga

Dia 3 – Museu Militar Soviético, Torre da TV e passeio de Segway

Comece o dia visitando o Parque Vitkov onde está o Museu Militar Soviético e o prédio onde os soviéticos se reuniam em Praga. É lá também que está a maior estátua equestre do mundo em que, só o estribo, é maior que uma pessoa.

De onde ver Praga do alto - Museu Militar 2

De lá, caminhe até a Torre da TV de Praga e note os bebês do David Cerny engatinhando por suas torres. É lá de cima que você terá a visão mais ampla de toda a cidade. Além de um observatório, a torre também tem um restaurante, um bar e o quarto de hotel mais luxuoso de toda a República Tcheca 😉

De onde ver Praga do alto - Torre da TV 3

Volte ao centro da cidade de metrô pela estação Jirího z Podebrad e faça um passeio de Segway \o/ Sobrando tempo, volte à Malá Strana (pertinho da John Lennon Wall tem uma feirinha muito legal nos finais de semana), caminhe pelo centro histórico ou faça alguma coisa que ainda não tenha dado tempo 😉

Segway tour em Praga - Pausa para foto :P

Dia 4 ­- Bate e voltas

Se você puder, faça o bate e volta à Cesky Krumlov, uma das cidades medievais mais charmosas da República Tcheca. Além dela, há muitas outras viagens de um dia ou dois que podem ser feitas a partir de Praga e que valem o passeio como Plzen, Karlov Vary, Bohemian Switzerland e Kutná Hora 🙂

10 Bate e voltas de Praga e um pitstop

Cesky Krumlov UNESCO - Outra curva do rio

Onde ficar em Praga?

O melhor bairro para ficar em Praga é, sem dúvida, Malá Strana, mas ficar no centro histórico (Old Town) também é interessante. No post abaixo eu explico direitinho quais os melhores bairros da cidade:

Onde ficar em Praga para aproveitar melhor a cidade?

The Icon Hotel de Praga: Para quem curte um Hotel Design

Domus Balthasar: um hotel colado na Ponte Carlos em Praga

Ofertas de Hotéis em Praga

The Icon Hotel de Praga - Cabeceira da cama

Domus Balthasar Hotel - Quarto

Onde comer em Praga?

A culinária tcheca em geral é bem parecida à culinária alemã, ou seja, pratos à base de porco são bem comuns e normalmente muito saborosos; o Trdelnik é o doce mais típico do país e pode ser encontrado em quase qualquer esquina e, como não poderia ser diferente, a República Tcheca é um dos melhores países para se tomar cerveja. De fato, ele é o país que mais toma cerveja per capta do mundo 😀

Os melhores cafés de Praga

Petrín: o melhor pôr do sol de Praga

A cultura da cerveja na República Tcheca

Potrefena Husa de Praga - Comida Tcheca

Como se locomover em Praga

Não deixe de ler os textos abaixo sobre como se locomover em Praga, pois eles dão todas as dicas para não passar perrengue 😉

Sem Mistérios: Metrô de Praga -ou- Como usar os bondinhos na cidade

Vale a pena pegar táxi em Praga?

Como ir do aeroporto ao centro de Praga?

Como ir de Praga para Berlim e vice-versa?

Como ir de Munique para Praga?

Como usar o metrô de Praga - Estação Malostranska

Praga combina com que cidade?

Praga é normalmente a porta de entrada para o Leste Europeu e combina com muitas outras cidades, talvez por isso ela seja tão procurada pelos turistas. Deixo aqui então algumas sugestões para incrementar ainda mais sua viagem 🙂

Clique aqui para conferir todas as nossas dicas e roteiros da República Tcheca \o/

Ponte Carlos em Praga - Vista 5

Fred viajou a primeira vez para Praga por conta própria e a segunda a convite do Turismo da República Tcheca.

 

Assine nossa newsletter!

Comentários