atualizado em:

É seguro viajar sozinha pelo Peru?

Está pensando em viajar sozinha pelo Peru? A Lu Malheiros compartilha sua experiência e dicas infalíveis.

por Natalie Soares outros artigos do autor
atualizado em:

É seguro viajar sozinha pelo Peru?  Essa é mais uma dúvida recorrente aqui no Sundaycooks. Como viajei ao lado do Fred, não tenho como responder essa questão com muita propriedade. Por isso, pedimos um help para a Lu Malheiros, autora do blog Dividindo a Bagagem. Abaixo ela compartilha suas dicas como viajante independente pelo Peru.

É seguro viajar sozinha pelo Peru?

A Lu já viajou sozinha pelo país algumas vezes e nos contou como foram suas experiências.

Como é viajar para o Peru sozinha? É tranquilo?

Estive quatro vezes no país, três delas sozinha. Na maioria das vezes viajei de avião. Uma vez, fui ao norte do país de ônibus, como não era um caminho muito longo, preferi viajar de dia e tudo foi tranquilo. A mala (de bordo) foi no bagageiro do ônibus e tive o cuidado de trancá-la com um cadeado. A mochila foi no meu colo, não no compartimento acima das poltronas para evitar que fosse roubada sem que eu percebesse.

Ingressos, passeios e tours pelo Peru:

Em Lima, andei de Metropolitano (via expressa de ônibus) e achei ótimo. Aconselho apenas evitar a hora do rush quando os ônibus passam lotados. O Metropolitano é uma boa alternativa para quem está sozinho e quer, por exemplo, conhecer o centro da cidade sem ter que ficar negociando preço com taxista.

O assédio é muito forte?

Não, acho que é menor do que no nordeste do Brasil. Por outro lado, não tenho mais 20 anos! De qualquer forma, diria para as meninas usarem roupas mais discretas. Por exemplo, não me lembro de ter visto peruanas com shorts tão curtos como algumas jovens (e nem tão jovens) usam aqui no Brasil.

Para quem viaja sozinha, é melhor fazer um tour em grupo ou privado?

Nunca cogitei fazer um tour privado, pois acho que boa parte da graça da viagem está em se conhecer novas pessoas. Na viagem para Chiclayo e Trujillo, por exemplo, contratei vários passeios (de um dia) com agências locais e a maioria dos colegas de tour eram peruanos. Como normalmente parávamos para almoçar, fiquei com receio de não me integrar bem e acabar almoçando sozinha, mas isso não aconteceu nenhuma vez.

mal_de_altitude_cusco_soroche

Você indica o Peru como destino para quem quer viajar sozinha?

Sim!

Alguma dica de segurança para a mulherada?

Não costumo dizer que estou viajando sozinha, digo que tenho amigos morando na cidade. Saio para jantar mais cedo e não tenho o hábito de ficar até tarde na rua, mesmo achando que Barranco (em Lima) seja um bairro tranquilo. Ao chegar no aeroporto, prefiro pegar – ou já deixar agendado – um táxi de companhia ou indicado pelo hotel.

A Lu Malheiros foi umas das precursoras a “desbravar” o Peru, esse foi um dos motivos que a levou a abrir o blog e a começar a escrever suas aventuras. Ela gostou tanto do país que já retornou várias vezes e foi uma das pessoas que nos incentivaram a fazer nossa primeira viagem pelo país. Lu, obrigada por ter nos ajudado e dividido um pouco da sua experiências com as leitoras do Sundaycooks!

Assine nossa newsletter!

Comentários