atualizado em:

The Royal Opera House

Depois de passar anos estudando ballet clássico através do método da Royal Academy of Dance de Londres, a vontade de […]

por Natalie Soares outros artigos do autor
atualizado em:

Depois de passar anos estudando ballet clássico através do método da Royal Academy of Dance de Londres, a vontade de conhecer a famosa escola de ballet só crescia. Mas não deu tempo para fazer a lição de casa, como diria nossa amiga Carmem, e eu não consegui pesquisar muitas informações sobre visitas à escola, workshops e afins. Então só me restou procurar por informações quando cheguei por lá e quem tem boca vai à Roma, não é mesmo?

The Royal Opera House

Fomos até o Royal Opera House em Covent Garden e perguntamos sobre as apresentações. Naquela época a companhia estava fazendo uma turnê pelo Japão e  a temporada de verão de ballets seria comandada pelo ballet Bolshoi da Rússia e para minha tristeza todos os ingressos estavam esgotados até Setembro.

The Royal Opera House

Se você está programando uma viagem para Londres, não deixe de consultar a programação do Ballet no site da Royal Opera House e se possível já reserve os ingressos que você achar mais interessante, pois eles acabam rapidamente tendo em vista o hábito dos londrinos de irem muito ao teatro. Para os estudantes de plantão, o site também oferece a opção de comprar ingressos de última hora por 10 libras.

O site Visit London também indica a programação do Ballet e também vende os ingressos nesse próprio site.

Não satisfeita com a resposta negativa que ouvi na bilheteria do teatro, segui para a loja do ballet e resolvi sondar o vendedor para ver se existia algum outro lugar onde eu pudesse conhecer um pouco mais sobre a companhia ou quem sabe assistir a uma aula. E para a minha surpresa ele tinha até um mapinha onde ficavam as escolas e lojas de artigos de dança de toda a cidade.

recepção da escola de ballet da Royal

Para o desespero do Fred, seguimos até um outro endereço próximo ao teatro e descobrimos que ali fica a escola do The Royal Ballet e para minha alegria ainda conseguimos agendar uma visita monitorada de graça pela escola para o dia seguinte 😀

the royal ballet school

Não preciso nem comentar que fiquei encantada com a visita, certo? O projeto e a organização seguem mais ou menos o mesmo padrão que a escola do Bolshoi de Joinville, como contei nesse post aqui, a única diferença é que a escola é mantida pela rainha e não sofre com a falta de patrocinadores como a escola russa no Brasil.

the bridge of aspiration

Mesmo passando por Covent Garden e não visitando a escola, não deixe de observar a linda “ponte da inspiração”, é praticamente uma obra de arte que liga o prédio da escola até a entrada dos bastidores do Royal Opera House e é por lá que os bailarinos passam antes de começar uma apresentação.

the bridge of aspiration

A dedicação, o respeito e as tradições ligadas à cultura e à arte sempre me chamam muita atenção em determinados lugares do mundo. O Brasil está caminhando nesse sentido de mudança de hábito, mas ainda estamos a milhas de distância do lugar ideal onde a qualidade seja máxima, os valores acessíveis, a infra-estrutura impecável e reconhecimento do público seja garantido.

Assine nossa newsletter!

Comentários