atualizado em:

Royal Opera House: a tradição da arte britânica

A Royal Opera House de Londres reúne apresentações dos principais nomes do ballet e da ópera mundial.

por Natalie Soares outros artigos do autor
atualizado em:

A Royal Opera House de Londres é feita para os fãs de ballet clássico e de ópera. Com apresentações dos principais grupos de dança clássica e conjunto de óperas do mundo, o local histórico é um prato cheio para os admiradores de arte erudita.

Se você quer assistir um dos shows, visitar as instalações da Royal Opera House, será necessário um pouco de planejamento e antecedência na compra dos ingressos.

 

História da Royal Opera House

A Orquestra da Royal Opera House de Londres foi fundada em 1946 como a Orquestra de Covent Garden.

A fundação celebrava a reabertura do teatro depois da Segunda Guerra Mundial e marcou a formação da primeira casa permanente de ópera e ballet da Inglaterra.

O local só passou a ser chamado Royal Opera House em 1968, quando então a Ópera Real recebeu uma Carta Régia.

Visitando a Royal Opera House de Londres

Desde então, a atração de Londres recebe músicos de renome mundial que formam a orquestra oficial ou que regem as apresentações como maestros.

Ali também é a casa de uma das companhias de ballets mais importantes do ocidente: a Royal Opera House. Quem já fez aulas de clássico no Brasil, provavelmente já se deparou com algum professor que seguia os ensinamentos desta escola.

Visitando a Royal Opera House

Atualmente, a Royal Opera House de Londres é um dos maiores símbolos da música e dança clássicas do mundo. O bom admirador de música e do ballet, não pode perder a visita.

Ao longo de todo o ano, a casa recebe apresentações de ballet e música clássica, apreciadas por centenas de espectadores. O site oficial do Royal Opera House disponibiliza o calendário com a lista completa de apresentações que acontecem a cada semestre.

Além das apresentações, o Royal Opera House tem ainda uma opção de tour pelos bastidores na parte da manhã. O passeio mostra a montagem, salas de figurino e todo o processo de produção do espetáculo que irá acontecer naquela noite. Outras modalidades incluem visita ao Covent Garden, ao acervo exposto pela Casa e pelo teatro em si.

Visitando a Royal Opera House de Londres: o balé real

Como aspirante à bailarina aposentada que sou, confesso que fiquei bem emocionada ao conhecer a escola de ballet que fica num anexo à ópera. A estrutura é enorme e ver os pequenos bailarinos já trilhando suas primeiras piruetas ao som do piano tocado ao vivo foi emocionante.

Como comprar ingressos para a Royal Opera House

Aí que entra a parte mais difícil. A Royal Opera House de Londres é um daqueles locais bem cotados e de muita procura, especialmente pelas apresentações de alto nível. Por isso, conseguir ingressos enquanto já estiver em Londres é difícil.

Os bilhetes devem ser comprados previamente pela internet. As entradas para os espetáculos da Royal Opera House têm preços que variam bastante de show para show. Os valores podem começar em 11 libras e ultrapassar as 200 libras, dependendo da posição do assento.

E se engana quem pensa que necessariamente os lugares mais próximos ao palco são os mais caros. Os preços costumam variar conforme a visão que você terá do palco.

Visitando a Royal Opera House de Londres: operas

Deve ser uma experiência única assistir a uma apresentação de ballet em um dos grandes templos da dança. Quem sabe eu não consigo realizar esse sonho numa próxima viagem para Londres?

Royal Opera House

  • Endereço: Bow St, Covent Garden, Londres Site
  • Horários: todos os dias, das 10 às 20 hs.
  • Ingressos: visitas guiadas e tours a partir de 15 libras

Assine nossa newsletter!

Comentários