Com toda essa história de aumento de IOF, as outras maneiras de levar moeda estrangeira numa viagem começaram a serem analisadas mais a fundo, mas eu notei que as pessoas têm bastante dúvidas sobre essa que é uma das formas mais interessantes e baratas no momento, o cartão de débito internacional do seu banco.

Mas, Fred, é possível eu usar meu cartão de banco para fazer compras e saques no exterior? Sim! :D

Não quero entrar no mérito de analisar as várias formas de fazer compras internacionais – o Riq Freire fez um ótimo post explicando cada uma no Viaje na Viagem – mas sim explicar como usar o cartão de débito internacional e, também, como saber se seu cartão é internacional.

Eu mesmo já havia utilizado essa opção quando fui para o Chile e na época foi realmente um pouco mais barato que comprar no cartão de crédito, mas havia deixado de lado esta opção, pois a diferença não justificava não ganhar minhas milhas do cartão de crédito :) Contudo, a diferença já não é tão pequena e o cartão de débito internacional se tornou uma boa opção.

Quais as vantagens e desvantagens de usar o cartão de débito internacional do seu banco no exterior?

Uma das maiores vantagens é que o IOF cobrado é de 0,38% Infelizmente agora o IOF do cartão de débito internacional hoje é o mesmo do cartão de crédito: 6,38% :( Veja mais detalhes sobre o novo IOF aqui.

No cartão de débito internacional a cotação do dólar é a daquele dia e não do dia do pagamento da fatura como ocorre com os cartões de crédito. Então economizamos 6% de IOF e a chance de ter sustos com variação cambial é pequena.

A cotação do dólar também é um pouco melhor que a do dólar turismo, utilizada na compra de papel moeda. Essa cotação varia de banco para banco, mas normalmente é compatível com a cobrada nos cartões de crédito.

Você pode fazer saques e compras com débito direto da sua conta.

Como principal desvantagem está o limite de gastos que é relativamente baixo para fazer compras grandes, mas suficiente para gastos do dia a dia. Outra desvantagem, dependendo do banco, há cobrança de taxas por saque e pode haver cobrança por compra no débito também.

Como descobrir se o cartão de débito do seu banco é internacional?

Olhe atrás do seu cartão e veja se os símbolos da Cirrus ou Plus estão lá:

Cirrus plus master card visa maestro electron

Se estiverem, então é praticamente certo que ele pode ser usado internacionalmente. Basta agora você ligar para seu gerente de banco e confirmar :)

Como usar o cartão de débito internacional?

Primeiro, ligue para seu gerente e habilite as funções de débito e saque internacionais. Essas funções geralmente estão desabilitadas por questões de segurança e são habilitadas apenas para o período da sua viagem.

Cartão de débito internacional habilitado, basta proceder nas compras exatamente como no Brasil. Simples assim ;)

Para compras, a rede Cirrus (da bandeira Master Card) funciona como a Rede Shop/Maestro e a Plus (da bandeira Visa) funciona como a rede Electron.

Para saques, basta procurar um caixa eletrônico com os símbolos da Cirrus ou Plus e realizar os saques seguindo as instruções da tela.

caixa eletronico atm visa master maestro electron cirrus plus

Pegadinhas ao utilizar o cartão de débito internacional

Quando as funções de débito e crédito estão no mesmo cartão, você tem de ficar atento ao fazer compras, pois normalmente a função padrão é a de crédito. Peça sempre que utilizem a função débito em vez de crédito quando forem passar o cartão. Já para o saque, normalmente o caixa eletrônico deixa você escolher qual função usar.

*** Veja o Update 3 aí em baixo e leia os comentários para saber dos problemas ao utilizar o cartão múltiplo para saques e pagamentos no débito ***

Cuidado também com as taxas cobradas pelo seu banco para a utilização da função débito. No Itaú eu não pago taxas sobre despesas no débito, mas pago quase R$10 por saque. Já no Banco do Brasil, eles cobram 2,5% de taxas em cima de qualquer transação (débito ou saque) além de cobrarem uma taxa fixa sobre o saque.

Cuidado com o limite de gastos no débito também. Esse limite é por dia e por semana (tanto saque e compras contam do mesmo limite) e varia de banco para banco. Esses limites são sempre em reais, por isso cuidado, pois o limite em moeda local pode ser bem menor.

Aproveite que você já vai ligar para seu gerente para habilitar seu cartão de débito internacional e confirme os limites e taxas cobrados pelo seu banco.

Você costuma usar o seu cartão de débito internacional nas viagem? Como foi?

Você teve problemas para utilizar seu cartão múltiplo (débito e crédito no mesmo cartão) no exterior?

Qualquer dúvida, é só comentar ;)

Update 1: O Edgar comentou que está faltando a informação sobre o Maestro como sendo outra rede de débito internacional. O MasterCard Maestro está para o Cirrus assim como o Visa Electron está para o Plus. Em alguns lugares do mundo há os dois (como no caixa eletrônico acima), mas em outros há apenas um. Como no Brasil existe apenas o Maestro e Electron, uma maneira mais certa de conferir se seu cartão pode ser usado internacionalmente é conferindo se há o Cirrus ou Plus.

Update 2 (04/09/2011): A Andrea confirmou que é preciso utilizar a senha de 6 dígitos para realizar saques com o cartão de débito do Itaú nos bancos da Itália na região da Toscana (Monte dei Paschi di Siena, Cassa di Risparmio di Firenze e Cassa di Risparmio di Monteriggioni).

Update 3 (04/09/2011): A Denise e Andrea tiveram problemas com saques no exterior com cartões múltiplos (débito e crédito no mesmo cartão). No caso delas o saque era cobrado do cartão de crédito (que inclui juros altíssimos) e não da conta corrente (débito). Então fica o alerta para quem tem esse tipo de cartão. A dica é, se possível separar o cartão de crédito do de débito para evitar esse tipo de confusão.

Update 4 (04/09/2011): O Ricardo Freire fez um post com várias explicações sobre o assunto também :)

Post atualizado em 13 de Abil de 2014.

Se gostou do que viu, assine o blog!


    259 Comentários
  1. Alguem saberia dizer se em finais de semana ou feriado é possível trocar moeda em Praga ou Budapeste? Devo chegar nesses dias e não sei se será possível encontrar um casa de troca aberta?

    • Oi Antônio. Boa pergunta, eu não precisei trocar dinheiro nesses dias, até porque eu prefiro sacar dinheiro lá na hora já em moeda estrangeira. Mas Praga é uma cidade que vive turismo 24h por dia. No aeroporto e na estação central de trem deve ter lugar para trocar sim, no mais, hotéis e hostels estão sempre abertos e disponíveis pra isso. Perto da Ponte Carlos em Malá Strana com certeza vc encontra lugar pra trocar.

  2. Olá pessoal,
    Tive problemas ao usar o meu cartão de debito do Itau. Fiz o aviso viagem no banco, tanto para credito como para debito. Em meu cartão de debito está escrito “internacional” porém tanto no Chile quanto na Argentina não consegui nem sacar e nem fazer qualquer compra com esse cartão! Tive que me virar no Credito a viagem inteira, o que me custou um pouco caro no final das contas. Depois descobri que no verso do meu cartão não havia a bandeira Cirrus e nem VisaPlus, mas então pq o cartão é internacional se não funciona em lugar nenhum fora do pais? E minha irmã passou pelo mesmo problema na Italia agora em Setembro. Bom, acho que antes de ir vale a pena bater um papo com o gerente do banco e com certeza leva diversas formas de pagamento(Dinheiro, Cartão de credito, cartão Pre-pago) abs e obrigado

    • Oi André.

      Que estranho isso. Obrigado pelo alerta. Não sei mesmo explicar essa inconsistência, pois todos os cartões internacionais que eu já vi tinham pelo menos uma das bandeiras :/ Talvez seja o caso de ser um cartão múltiplo e o débito não ser internacional? Ou talvez aceite só outras bandeiras menos conhecidas?

  3. Desculpe-me, mas ainda estou na dúvida sobre qual a melhor opção de moeda para levar à Praga. Estarei no Reino Unido e depois irei à Praga por alguns dias, retornando em seguida ao Reino Unido, portanto, terei Libras. Seria melhor eu comprar algum Euro ou até mesmo Dolar?

    • Oi Pedro.

      Sempre que vc troca moedas, você perde dinheiro. Como você já terá libras, leve elas mesmo e troque nas casas de câmbio que eu indico nesse post:

      Qual moeda levar para a República Tcheca?

      Entretanto, se for comprar libras só pra levar pra Praga, eu diria que é melhor fazer o saque direto em moeda local (tb explicado no post acima ;)).

  4. Olá!

    Gostaria de saber se alguém conseguiu usar o cartão para fazer COMPRAS na função débito. Tipo: pagar uma conta em restaurante etc, sem ter que ir ao caixa pagar dinheiro.

    Eu tenho um cartã apenas de débito internacional do ITAU.

    Obrigada!

    • Oi Rachel. Eu já usei várias vezes no chile, no Peru e na Europa. O problema é que esses cartões têm chip e nos EUA eles podem não funcionar pq lá eles não usam chip no cartão (taí, nunca tentei comprar no débito nos EUA).

  5. Essa função do cartão de débito é bem útil, mas eu acho bem caro, fiz um teste aqui na Espanha, tirei 150 euros, depois verifiquei minha conta online, e 624 reais foram embora, o Bradesco me cobrou 12 reais pelo saque, 36 reais pelo uso do serviço do visa electron, impostos e o câmbio do dia. não curti kkkkk

    • Oi Kaleu.

      O valor do euro não foi dos piores (na verdade foi até razoável para essa crise toda – 3,6), mas o problema das taxas é realmente ruim. Infelizmente cada banco cobra uma taxa diferente e cada país e banco cobra uma outra taxa para saque. Na alemanha, canada e eua eu nunca paguei taxa de saque do banco local deles, mas no Peru e Argentina essa taxa existe :( Fora a taxa do seu banco. Por isso é preciso saber direitinho quanto é a taxa pq pode realmente não valer a pena.

  6. Ola a todos.
    Estou em viagem ao Chile e estou tentando utilizar meu cartão multiplo (credito + débito) porém tenho encontrado dificuldades.
    Já havia tentado usar o cartão na função débito em 5 lojas diferentes e em todas a transação foi cancelada. Hoje fui em um rstaurante e consegui utilizar o cartão. A diferença foi a maquininha do cartão. Neste restaurante a maquininha era de uma “marca” diferente de todas as outras lojas, que usam uma maquininha chamada Transbank.
    Alguem teve este mesmo problema no Chile?
    Obrigado.

    • Me esqueci de dizer: o cartão é do Banco do Brasil e a bandeira é Visa.

    • Oi Alison.

      Isso acontece muito com cartões múltiplos (crédito + débito) :( Eu nunca tive um assim e nunca tive problema, enquanto os cartões desse tipo sempre dão problema. Provavelmente pq o sistema não está preparado para isso. Obrigado pela dica.

    • Pois é Fred. Parece que o problema é mesmo com.cartoes multiplos.
      Hoje isso ficou bem claro. Fui em um shopping e algumas lojas eles tiveram que passar o cartao de debito como credito. Quando passavam como debito dava erro.
      É realmente um mistério esses cartoes.
      Abraços.

    • Pois é, Alison… eu também já ouvi muitos relatos de gente que teve problemas com esses cartões multiplus. Tomara que dê tudo certo :)

    • No final deu tudo certo.
      Mas ainda não consegui chegar a uma conclusão.
      Minha teoria de que o problema seria a marca da máquina do cartão parece que não faz sentido pois em algumas máquinas da Transbank o cartão passava, em outras não.
      O que acabei fazendo em alguns casos quando o cartão de débito não passava, foi tentar passar o cartão novamente como crédito. E em algumas vezes isso funcionou!
      Então, pra aqueles que vão viajar, tentem levar pelo menos dois cartões de débito (um Visa e um Master).
      []s

    • Obrigado, Alison :) Essa história de cartão múltiplo sempre dá problema :/

  7. Boa tarde, gente!

    Alguém aí tem alguma dica para viagem para a China? Estou ainda investigando com o meu banco (HSBC) como farei, pois posso usar o débito, o crédito e ainda levar em cash (e tenho dúvida se levo dólares ou a moela local). Quem souber de algo e quiser dividir, agradeço!

    Abraços

    • Oi Rafael.

      Olha, não fui à China ainda, então não tenho muito como ajudar nos roteiros, mas eu sei que o HSBC permite saque em moeda local sem cobrança de taxa (além do IOF) dependendo do nível da conta. Eu levaria um pouco em dólar para alguma emergência (eu sempre levo 300 dólares em qualquer viagem) e deixaria para sacar por lá assim que você chegar no país. Se conseguir comprar a moeda local por aqui num preço razoável, eu também levaria um pouco por segurança, tipo o suficiente para gastos de dia a dia por uns 3 dias.

      Boa viagem, e se puder voltar depois pra contar como foi, eu agradeço :)

  8. Olá, bom dia a todos.
    Será mesmo que não tem como utilizar o cartão débito da CAIXA nos Estados Unidos? Apesar de atrás do cartão constar a bandeira CIRRUS e MAESTRO INTERNACIONAL o meu gerente disse que não há essa possibilidade. Alguém já tentou?

  9. 1 10 11 12
Deixe seu Comentário