Com toda essa história de aumento de IOF, as outras maneiras de levar moeda estrangeira numa viagem começaram a serem analisadas mais a fundo, mas eu notei que as pessoas têm bastante dúvidas sobre essa que é uma das formas mais interessantes e baratas no momento, o cartão de débito internacional do seu banco.

Mas, Fred, é possível eu usar meu cartão de banco para fazer compras e saques no exterior? Sim! :D

Não quero entrar no mérito de analisar as várias formas de fazer compras internacionais – o Riq Freire fez um ótimo post explicando cada uma no Viaje na Viagem – mas sim explicar como usar o cartão de débito internacional e, também, como saber se seu cartão é internacional.

Eu mesmo já havia utilizado essa opção quando fui para o Chile e na época foi realmente um pouco mais barato que comprar no cartão de crédito, mas havia deixado de lado esta opção, pois a diferença não justificava não ganhar minhas milhas do cartão de crédito :) Contudo, a diferença já não é tão pequena e o cartão de débito internacional se tornou uma boa opção.

Quais as vantagens e desvantagens de usar o cartão de débito internacional do seu banco no exterior?

Uma das maiores vantagens é que o IOF cobrado é de 0,38% Infelizmente agora o IOF do cartão de débito internacional hoje é o mesmo do cartão de crédito: 6,38% :( Veja mais detalhes sobre o novo IOF aqui.

No cartão de débito internacional a cotação do dólar é a daquele dia e não do dia do pagamento da fatura como ocorre com os cartões de crédito. Então economizamos 6% de IOF e a chance de ter sustos com variação cambial é pequena.

A cotação do dólar também é um pouco melhor que a do dólar turismo, utilizada na compra de papel moeda. Essa cotação varia de banco para banco, mas normalmente é compatível com a cobrada nos cartões de crédito.

Você pode fazer saques e compras com débito direto da sua conta.

Como principal desvantagem está o limite de gastos que é relativamente baixo para fazer compras grandes, mas suficiente para gastos do dia a dia. Outra desvantagem, dependendo do banco, há cobrança de taxas por saque e pode haver cobrança por compra no débito também.

Como descobrir se o cartão de débito do seu banco é internacional?

Olhe atrás do seu cartão e veja se os símbolos da Cirrus ou Plus estão lá:

Cirrus plus master card visa maestro electron

Se estiverem, então é praticamente certo que ele pode ser usado internacionalmente. Basta agora você ligar para seu gerente de banco e confirmar :)

Como usar o cartão de débito internacional?

Primeiro, ligue para seu gerente e habilite as funções de débito e saque internacionais. Essas funções geralmente estão desabilitadas por questões de segurança e são habilitadas apenas para o período da sua viagem.

Cartão de débito internacional habilitado, basta proceder nas compras exatamente como no Brasil. Simples assim ;)

Para compras, a rede Cirrus (da bandeira Master Card) funciona como a Rede Shop/Maestro e a Plus (da bandeira Visa) funciona como a rede Electron.

Para saques, basta procurar um caixa eletrônico com os símbolos da Cirrus ou Plus e realizar os saques seguindo as instruções da tela.

caixa eletronico atm visa master maestro electron cirrus plus

Pegadinhas ao utilizar o cartão de débito internacional

Quando as funções de débito e crédito estão no mesmo cartão, você tem de ficar atento ao fazer compras, pois normalmente a função padrão é a de crédito. Peça sempre que utilizem a função débito em vez de crédito quando forem passar o cartão. Já para o saque, normalmente o caixa eletrônico deixa você escolher qual função usar.

*** Veja o Update 3 aí em baixo e leia os comentários para saber dos problemas ao utilizar o cartão múltiplo para saques e pagamentos no débito ***

Cuidado também com as taxas cobradas pelo seu banco para a utilização da função débito. No Itaú eu não pago taxas sobre despesas no débito, mas pago quase R$10 por saque. Já no Banco do Brasil, eles cobram 2,5% de taxas em cima de qualquer transação (débito ou saque) além de cobrarem uma taxa fixa sobre o saque.

Cuidado com o limite de gastos no débito também. Esse limite é por dia e por semana (tanto saque e compras contam do mesmo limite) e varia de banco para banco. Esses limites são sempre em reais, por isso cuidado, pois o limite em moeda local pode ser bem menor.

Aproveite que você já vai ligar para seu gerente para habilitar seu cartão de débito internacional e confirme os limites e taxas cobrados pelo seu banco.

Você costuma usar o seu cartão de débito internacional nas viagem? Como foi?

Você teve problemas para utilizar seu cartão múltiplo (débito e crédito no mesmo cartão) no exterior?

Qualquer dúvida, é só comentar ;)

Update 1: O Edgar comentou que está faltando a informação sobre o Maestro como sendo outra rede de débito internacional. O MasterCard Maestro está para o Cirrus assim como o Visa Electron está para o Plus. Em alguns lugares do mundo há os dois (como no caixa eletrônico acima), mas em outros há apenas um. Como no Brasil existe apenas o Maestro e Electron, uma maneira mais certa de conferir se seu cartão pode ser usado internacionalmente é conferindo se há o Cirrus ou Plus.

Update 2 (04/09/2011): A Andrea confirmou que é preciso utilizar a senha de 6 dígitos para realizar saques com o cartão de débito do Itaú nos bancos da Itália na região da Toscana (Monte dei Paschi di Siena, Cassa di Risparmio di Firenze e Cassa di Risparmio di Monteriggioni).

Update 3 (04/09/2011): A Denise e Andrea tiveram problemas com saques no exterior com cartões múltiplos (débito e crédito no mesmo cartão). No caso delas o saque era cobrado do cartão de crédito (que inclui juros altíssimos) e não da conta corrente (débito). Então fica o alerta para quem tem esse tipo de cartão. A dica é, se possível separar o cartão de crédito do de débito para evitar esse tipo de confusão.

Update 4 (04/09/2011): O Ricardo Freire fez um post com várias explicações sobre o assunto também :)

Post atualizado em 13 de Abil de 2014.

Se gostou do que viu, assine o blog!


    243 Comentários
  1. Alguem saberia dizer se em finais de semana ou feriado é possível trocar moeda em Praga ou Budapeste? Devo chegar nesses dias e não sei se será possível encontrar um casa de troca aberta?

    • Oi Antônio. Boa pergunta, eu não precisei trocar dinheiro nesses dias, até porque eu prefiro sacar dinheiro lá na hora já em moeda estrangeira. Mas Praga é uma cidade que vive turismo 24h por dia. No aeroporto e na estação central de trem deve ter lugar para trocar sim, no mais, hotéis e hostels estão sempre abertos e disponíveis pra isso. Perto da Ponte Carlos em Malá Strana com certeza vc encontra lugar pra trocar.

  2. Olá pessoal,
    Tive problemas ao usar o meu cartão de debito do Itau. Fiz o aviso viagem no banco, tanto para credito como para debito. Em meu cartão de debito está escrito “internacional” porém tanto no Chile quanto na Argentina não consegui nem sacar e nem fazer qualquer compra com esse cartão! Tive que me virar no Credito a viagem inteira, o que me custou um pouco caro no final das contas. Depois descobri que no verso do meu cartão não havia a bandeira Cirrus e nem VisaPlus, mas então pq o cartão é internacional se não funciona em lugar nenhum fora do pais? E minha irmã passou pelo mesmo problema na Italia agora em Setembro. Bom, acho que antes de ir vale a pena bater um papo com o gerente do banco e com certeza leva diversas formas de pagamento(Dinheiro, Cartão de credito, cartão Pre-pago) abs e obrigado

    • Oi André.

      Que estranho isso. Obrigado pelo alerta. Não sei mesmo explicar essa inconsistência, pois todos os cartões internacionais que eu já vi tinham pelo menos uma das bandeiras :/ Talvez seja o caso de ser um cartão múltiplo e o débito não ser internacional? Ou talvez aceite só outras bandeiras menos conhecidas?

  3. 1 10 11 12
Deixe seu Comentário