atualizado em:

Como tirar o visto canadense sozinho passo a passo?

Tire todas as suas dúvidas sobre como tirar o visto canadense. Do eTA eletrônico ao processo via CVAC, documentos e explicações atualizadas.

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

Todos os brasileiros que querem conhecer as belezas do Canadá precisam providenciar um visto com antecedência. O processo é relativamente simples e pode ser feito de maneira independente. Continue lendo e confira nosso passo-a-passo para você tirar o visto canadense sem complicações.

Este tutorial está dividido em duas etapas: a primeira é para quem vai tirar o eTA (o visto eletrônico canadense) e a segunda é para quem vai passar pelo processo normal do visto com o CVAC/VFS (o despachante oficial do consulado).

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 12

Como tirar o visto canadense?

As duas principais maneiras de tirar o visto para o Canadá são:

  • Solicitando o eTA online, o visto eletrônico canadense
  • Solicitando o visto normal através do CVAC, o despachante oficial canadense

Vejamos como solicitar seu visto em cada um desses cenários.

Como na maioria dos casos de solicitação de visto, recomendamos que você só compre as passagens após ter o visto aprovado.

eTA, o visto eletrônico do Canadá

eTA significa Electronic Travel Authorization, ou Autorização Eletrônica de Viagem, em português.

Muita confusão foi feita quando ele foi finalmente anunciado, pois vários veículos disseram que o brasileiro não precisaria mais de visto para o Canadá. Não é bem assim.

Todos os brasileiros ainda precisam do visto, o que mudou é que alguns viajantes podem pedir o eTA em vez de passar pelo processo normal.

Quem pode solicitar o eTA?

Não é todo mundo que pode solicitar o eTA do Canadá. Apenas quem já teve o visto canadense nos últimos 10 anos e aqueles que têm o visto dos EUA válidos podem fazer a solicitação.

Também não é possível utilizar o eTA se você pretende entrar no Canadá de carro ou navio.

Abaixo estão as condições para solicitar e utilizar o eTA.

Condições para solicitar o eTA canadense:

  • Já ter tirado um visto canadense nos últimos 10 anos; ou
  • Possuir um visto americano de turismo, negócios ou outro de não imigrante válido

Condições para utilizar o eTA:

  • Quem entrará no Canadá de avião
  • Quem ficará pouco tempo no país (até 6 meses)

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 13

Como solicitar o eTA?

Solicitar o eTA do Canadá é muito fácil e barato, mas é preciso que você satisfaça às condições acima estipuladas pelo consulado. Nesse caso, faça a solicitação online neste link.

Se tiver alguma dúvida na hora de preencher o formulário do eTA, aqui tem um guia bacana escrito em português de Portugal. Note que nessa explicação, eles chamam o eTA de AVE (Autorização de Viagem Eletrônica).

Quanto custa o eTA?

O eTA custa 7 dólares canadenses (CAD) e pode ser pago com cartão de crédito diretamente no site ao final do processo.

Caso precise fazer o pedido para mais de uma pessoa, será necessário pagar uma solicitação por vez.

Quanto tempo leva para o eTA ser aprovado?

A aprovação do eTA, o visto eletrônico do Canadá, costuma ser enviada para seu email em poucos minutos depois de finalizado o processo.

Note que algumas solicitações podem levar alguns dias e podem até não serem aprovadas. Nesses casos o consulado pede que o processo normal de pedido do visto seja feito.

Qual a validade do eTA canadense?

O eTA terá uma validade entre 5 anos e o vencimento do seu passaporte, o que acontecer primeiro.

O visto eletrônico do Canadá permite que você fique até 6 meses no país para turismo, estudo, negócios ou simplesmente para transitar pelo aeroporto numa conexão. Note que o tempo exato de permanência no país é determinado pelo oficial de imigração e deve ser obedecido.

Vale saber:

  • Mesmo viajando em família, se você é elegível e as outras pessoas não são, eles devem tirar o visto para o Canadá normalmente enquanto você poderá solicitar o eTA;
  • Se for estudar ou trabalhar por mais de 6 meses, será necessário providenciar uma autorização especial no consulado e não o eTA;
  • Se for entrar no Canadá de carro, trem ou barco, será necessário ter um visto válido, pois o eTA não é suficiente;
  • Se tiver um visto canadense ainda válido, não é necessário solicitar o eTA.

Meu eTA foi aprovado. O que preciso levar quando for viajar para o Canadá?

Com a aprovação o eTA no e-mail, leve apenas seu passaporte cadastrado no momento da solicitação e o apresente na imigração no Canadá. Também é interessante levar o e-mail com a autorização, apenas por via das dúvidas.

Confira bem o número do passaporte cadastrado e o que aparece no e-mail. Se houver diferenças, sua entrada pode ser negada!

Caso tenha alguma dúvida sobre que tipo de visto utilizar, o site do governo canadense possui uma tabela pra te ajudar a decidir.

Se você mudar de passaporte por qualquer motivo, será necessário tirar outro eTA antes de entrar no Canadá.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 20

Como tirar o visto do Canadá pelo processo normal via CVAC/VFS?

A solicitação do visto para o Canadá pelo processo normal também é simples, porém exige muitos documentos e formulários localizados em vários sites.

A VFS funciona como uma espécie de despachante oficial do consulado canadense. Ela é uma empresa que ajuda a fazer a triagem da documentação apresentada, bem como o rastreamento da solicitação. Muitas vezes, ela é referida como CVAC.

O CVAC seria o escritório onde você leva os documentos para pedir o visto, enquanto VFS é a empresa responsável pelos CVAC. Vamos usar as duas siglas para significar a mesma coisa aqui.

A utilização dos serviços da VFS é opcional, porém bastante recomendada.

Vale ressaltar que a utilização do serviço do CVAC não é garantia de aprovação do visto.

No site da VFS há um passo a passo, informações de contato e rastreamento da sua solicitação, mas destrinchamos os detalhes a seguir para que não haja dúvidas e problemas com a solicitação do seu visto.

Note que o Consulado do Canadá recomenda fortemente que a compra da passagem aérea seja feita APÓS a aprovação do visto, evitando transtornos e reembolsos junto às cias aéreas.

Canadá - Chip de internet 3g-4g - 01

Documentos necessários para tirar o visto do Canadá

São vários os documentos e detalhes necessários para preencher o pedido de visto canadense a ser entregue no CVAC.

Mas não se preocupe, abaixo está toda a lista e nossas dicas que temos sobre o assunto.

Siga com cuidado cada etapa indicada e você não terá dificuldades para preencher os documentos e separar aqueles que devem ser levados para o CVAC.

Processo para tirar o visto para o Canadá:

  1. Ler as instruções do Instruction Guide (em inglês)
  2. Fazer o download do Documents Checklist
    • Para ter certeza de que conseguiu todos os documentos
  3. Fazer o download do Visa Office instructions – visit
  4. Preencher o Application for Temporary Resident Visa (é obrigatório usar o Adobe Reader 10 ou superior)
    • Este é o documento mais importante.
    • Ele deve ser preenchido uma vez para cada pessoa que fizer o pedido, mesmo que sejam da mesma família. Preencha seus dados diretamente no arquivo PDF. Você pode salvar o arquivo e terminar o preenchimento depois.
    • Quando finalizar, clique no botão “Validate” para ter certeza que não faltou nenhum campo. Se tudo estiver certo, o formulário irá gerar alguns códigos de barras especiais nas últimas páginas.
    • Salve e imprima o documento.
    • Não esqueça de assiná-lo! (dica do José)
  5. Imprimir e preencher (à mão!) o Family Information (um documento por família é suficiente)
    • Segundo o Daniel, o CVAC disse que este formulário deve ser preenchido com os dados da família (marido/esposa/filhos), mesmo que eles não estejam tirando o visto.
  6. Preencher e imprimir o Statutory Declaration of Common-law Union (se aplicável)
    • Caso você esteja em União Estável com seu parceiro, este documento é necessário também, mesmo que ele ou ela não estejam solicitando o visto.
  7. Foto 3×4 de acordo com essas instruções
    • Anote o nome e a data de nascimento atrás da foto (dica do Lucas)
  8. Cópia autenticada da carteira de identidade (dica do Lucas)
    • Esse documento não está na lista solicitada pelo consulado, mas como é fácil de conseguir, não custa levar
  9. Provas de que você possui recursos disponíveis e suficientes para se manter no Canadá
    • Último imposto de renda com o recibo de entrega
    • Três últimos holerites
    • Contrato social (se não declarado no último imposto de renda)
    • Extratos bancários e de investimentos
  10. Comprovação de laços sociais e econômicos com seu país de origem
    1. Se estiver empregado: declarações de seu empregador referentes aos três últimos pagamentos pelo trabalho desempenhado
    2. Se for empresário: última atualização dos documentos de constituição de empresa com indicação da conta bancária empresarial
    3. Se for estudante: comprovação de sua inscrição em uma instituição de ensino brasileira
  11. Para menores de 18 anos, ambos os pais deverão assinar a autorização de viagem
    • Independentemente se a viagem for apenas com um dos pais ou responsáveis, os dois devem assinar a autorização
  12. Preencher e imprimir o Use of Representative, caso um terceiro (como a VFS), vá dar entrada no seu visto
    • Sem esse documento não é possível dar entrada no visto para outras pessoas
  13. Preencher o Termo de Consentimento, imprimir e assinar duas vias
  14. Caso algum documento não possa ser enviado, preencher o formulário de discrepância, imprimir e enviar junto com os outros documentos
  15. Comprovante de pagamento da taxa de visto de 200 CAD (dólares canadenses)
    1. Para pagar online, acesse o site do IRCC. São aceitos cartões de crédito (Visa, Mastercard e American Express) e débito (Visa e todos os dos bancos Canadenses)
    2. O cartão não precisa estar no nome do solicitante do visto
  16. Comprovante de pagamento do serviço do CVAC (CAD 34,91*)
    1. O pagamento pode ser realizado com depósito direto na conta do Santander da VFS, ou direto no CVAC/VFS (apenas débito Visa ou Mastercard)
  17. Comprovante de pagamento da taxa de retorno dos correios (caso não possa ir pessoalmente retirar o passaporte)

* informações atualizadas em 21 janeiro 2018.

Dicas extras:

  • Imprima os formulários em papel branco, não brilhante e com boa qualidade de impressão (impressora laser, de preferência)
  • Verifique se as páginas com código de barras foram impressas corretamente e as posicione na frente de todos os formulários
  • Coloque todos os documentos na ordem apresentada acima
  • Brasileiros ainda não são obrigados a fornecer a biometria (as digitais) mas, se pedido, você não poderá enviar sua solicitação pelos correios. Nesse caso será necessário ir pessoalmente ao CVAC.

Quanto custa para tirar o visto canadense pelo CVAC?

O valor, como descrito acima, é de 200 CAD, mais as taxas do CVAC (aproximadamente 35 CAD) e as outras cotas de correios e afins que podem ser necessárias dependendo do caso.

Quanto tempo leva para tirar o visto do Canadá?

No momento de escrita deste post, o tempo de processamento era de 22 dias. Você pode consultar aqui a informação atualizada. Caso o prazo seja ultrapassado, abra um pedido de verificação aqui.

Atenção!

  • Alterações no processo podem ser feitas sem aviso prévio
  • Ao receber o e-mail solicitando documentos extras ou retificações, você tem o prazo de até 3 dias úteis, a partir da data de envio do e-mail, para postar a documentação nos correios. Caso contrário, o CVAC retornará a documentação. Taxas não são reembolsadas.

Roteiro de Halifax no Canadá - o que fazer, onde comer e onde ficar - 12

Validade do visto Canadense

O visto canadense pelo processo nomal também tem é válido por 5 anos à validade do seu passaporte, o que terminar primeiro.

Endereços dos CVAC no Brasil

De posse de toda essa documentação para todos os membros da viagem, leve pessoalmente os documentos para o CVAC mais perto da sua cidade.

CVAC São Paulo

  • Endereço: Avenida das Nações Unidas, No 12.551, salas 1809 e 1810 , 18º andar, World Trade Center, CEP 04578-903, São Paulo-SP
  • Telefone: (011) 4314-1170 – de 8:00 às 17:00
  • Email: [email protected]

CVAC Rio de Janeiro

  • Endereço: Avenida Rio Branco, 156 salas 2119 e 2120, Centro, CEP: 20040-901, Rio de Janeiro-RJ
  • Telefone: (011) 4314-1170 – de 8:00 às 17:00
  • Email: [email protected]

CVAC Brasília

  • Endereço: Setor Comercial Norte – quadra 5, bloco A, 11ª andar,  Sala 1126. Brasília Shopping and Tower, CEP: 70715-900, Brasília-DF
  • Telefone: (011) 4314-1170 – de 8:00 às 17:00
  • Email: [email protected]

Sim, o telefone é o mesmo para todos eles.

Perguntas frequentes sobre o visto canadense

O CVAC também tem uma FAQ bem completa, mas se tiver alguma dúvida sobre o processo, é só perguntar que nós faremos o possível para ajudar 🙂

Ouvi falar que brasileiros não precisam mais do visto para o Canadá. É verdade?

Não. Agora há a possibilidade de brasileiros solicitarem o eTA canadense. Isso é um processo muito mais simples e rápido, mas ainda é obrigatório para todos os viajantes providenciarem o eTA ou o visto para o Canadá sempre que visitarem o país.

Sou obrigado a ir ao CVAC para tirar o visto canadense?

Você também pode fazer a solicitação pelos correios. Neste caso, envie seu passaporte e toda a documentação acima, inclusive os comprovantes das taxas pagas (lembre de pagar o valor adicional referente ao retorno do passaporte) para o CVAC mais próximo da sua cidade, em envelope lacrado. Sugerimos despachar com rastreamento para que você possa acompanhar a chegada dos documentos.

Com a documentação em mãos, o CVAC te enviará um e-mail – em até 2 dias úteis após o recebimento – com o código do processamento ou com o aviso de discrepâncias ou pendências.

Ainda sobre esse assunto, a Amanda explicou direitinho o que ela fez. Deixo aqui a resposta dela:

“Fiz todo o processo online e depois mandei por sedex para o VAC/CVAC em SP (é mesmo obrigatório enviar o passaporte através do CVAC). Tem que mandar o passaporte + toda documentação acima + comprovantes de pagamento das taxas + taxa de retorno que varia de cidade para cidade. O processo foi muito rápido e conclui em menos de 2 semanas.”

Canadá - Chip de internet 3g-4g - 02

Vou estudar no Canadá, preciso tirar o visto de estudante?

Como regra geral, cursos rápidos (de 6 meses ou menos) não precisam de visto de estudante, ou seja, é possível entrar com o visto de turista mesmo.

Contudo, fique atento à validade do tempo de permanência no país, pois normalmente são apenas 90 dias. Caso esse tempo seja menor que a duração do seu curso, você pode pedir que a permanência seja estendida quando já estiver no país.

Aqui e aqui você encontra explicações tanto sobre a questão da necessidade de visto de estudante quanto a questão do prolongamento do tempo de permanência no Canadá.

Outra pessoa vai pagar minha viagem, o que eu faço?

Os documentos que comprovam os recursos para se manter no país devem ser da pessoa que está bancando sua viagem. Eu também adicionaria uma carta assinada pela própria pessoa e anexaria ao processo junto com a comprovação de vínculo com o Brasil.

Além disso, como este é um caso mais específico, é interessante que você ligue para o CVAC para ter certeza de que não faltará nenhuma declaração.

Com o visto de uma entrada, posso ir para os Estados Unidos e voltar? Ou preciso do visto de múltiplas entradas?

De acordo com o site do consulado do Canadá, quem tem o visto de uma entrada poderá entrar nos EUA e voltar, por via aérea, sem problemas durante o período de permanência especificado na imigração canadense.

É claro que você ainda precisa ter o visto dos EUA para poder entrar no país vizinho. Se for para outro destinos que não seja os EUA, aí sim é preciso o visto de múltiplas entradas.

Eu preciso fornecer meus dados biométricos (as digitais)?

De acordo com este link do próprio Consulado do Canadá, brasileiros ainda não precisam fornecer dados biométricos na hora de requisitar o visto.

Como tiro o visto de trânsito no Canadá?

Esta opção é para aquelas pessoas que irão fazer apenas uma conexão no Canadá e não sairão do aeroporto. No site do governo, responda a algumas perguntas e verifique se este tipo de visto é realmente necessário. Viagens de e para os EUA não requerem visto de trânsito. Caso você constate a necessidade, o caminho é o mesmo para a requisição de Visto de Residente Temporário (explicado acima), com a diferença de que deve-se preencher o formulário com o status de Visto de Trânsito.

Preciso traduzir os documentos quando for entregar no CVAC?

Não, os documentos podem ser em português mesmo. Mas se for utilizar uma carta convite de alguém que mora no país, acho interessante que seja escrita em inglês.

Roteiro de Halifax no Canadá - o que fazer, onde comer e onde ficar - 10

Assine nossa newsletter!

Comentários