atualizado em:

Grandes museus de Buenos Aires

São tantas opções de centros culturais diferentes que a capital argentina poderia ser chamada de Buenas Artes.

por Sundaycooks outros artigos do autor
atualizado em:

Ainda que Buenos Aires seja perfeita para férias ao ar livre, convidando você a caminhar por suas ruas, seus parques e suas feiras, a cidade tem opções brilhantes para quem ama percorrer museus.

O mais famoso deles é o Malba – a opção indiscutível caso você queira visitar apenas um museu na capital portenha – mas os outros também conquistam seus visitantes e reforçam o talento natural da cidade para as artes.

Melhores museus de Buenos Aires

Malba

O Malba merece estar nos roteiros dos visitantes tanto quanto qualquer outra grande atração de Buenos Aires. Seu acerto é impressionante e cheio obras dos mais respeitados artistas da América Latina.

Naquelas salas estão permanentemente Frida Kahlo, Diego Rivera, Botero, Antonio Berni e a nossa brasileiríssima Tarsila do Amaral, entre outros nomes consagrados, dividindo as atenções com exposições temporárias bem conceituadas.

Visitando os melhores museus de Buenos Aires na Argentina

Para melhorar, o prédio do Malba fica no começo de Palermo, onde o charme transborda por todos os cantos, formando um passeio sem igual na cidade.

Malba – Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires

  • Endereço: Av. Figueroa Alcorta 3415. Site
  • Horários: de quinta a segunda e feriados, das 12 às 20h (ingressos à venda até as 18h30); quarta, das 12 às 20h (ingressos até as 19h30); fechado na terça
  • Ingressos: 240 pesos (adulto)

Museu Nacional de Belas Artes

Perfeito para ser encaixado numa das suas visitas ao bairro da Recoleta, este museu guarda uma coleção valiosa de obras do século 19, considerada a mais importante na América do Sul, incluindo trabalhos de mestres como Goya, Van Gogh e Toulouse Lautrec.

E para aqueles que não querem ou não podem dedicar muito tempo ao assunto, o site do museu tem uma lista de 23 obras imperdíveis que, segundo ele, você pode ver em apenas uma hora.

Museo Nacional de Bellas Artes

  • Endereço: Av. Del Libertador 1473. Site
  • Horários: de terça a sexta, das 11 às 20h; sábado e domingo, das 10 às 20h; fechado na segunda
  • Ingressos: 200 pesos (adulto)

Museu Nacional de Arte Decorativa

Se você morre de amores pelos prédios históricos de Buenos Aires e pelo charme da aristocracia portenha, não pode perder o MNAD, o Museu Nacional de Arte Decorativa.

Num belo palácio do início do século 20, estão exemplos da arquitetura, do design e do estilo de vida em geral que cercava a parcela mais rica da população da capital naquela época.

Onde fica essa joia? No bairro da Recoleta, por supuesto.

Visitando os melhores museus de Buenos Aires na Argentina

Museo Nacional de Arte Decorativo – MNAD

  • Endereço: Av. del Libertador 1902. Site
  • Horários: de terça a domingo, das 12h30 às 19h; fechado na segunda
  • Ingressos: entrada gratuita

Museu Fortabat

María Amalia Lacroze de Fortabat era a mulher mais rica da Argentina e adorava investir os seus milhões colecionando arte do mundo inteiro.

Ao longo dos seus 90 anos de idade (ela morreu em 2012), María Amalia formou uma coleção impressionante e, em 2002, decidiu construir um espaço exclusivo para que a população pudesse ter acesso ao seu acervo.

Em 2008, foi aberto seu museu em Puerto Madero, com centenas de obras de artistas internacionais e argentinos. Entre eles, Dalí, Rodin, Klimt, Chagall e Warhol (este com um retrato da própria María Amalia).

Museo Fortabat (Colección de Arte Amalia Lacroze de Fortabat)

  • Endereço: Olga Cossettini 141. Site
  • Horários: de terça a domingo, das 12 às 20h; fechado na segunda
  • Ingressos: 140 pesos (adulto)

Fundación Proa

Este é o seu lugar em Buenos Aires caso sua preferência artística seja por obras contemporâneas, de gigantes da arte do mundo todo. Para você ver que não estamos exagerando, Ron Mueck, Malevich e Ai Weiwei estiveram lá nos últimos anos, enquanto Anish Kapoor vai estar até março de 2020.

O prédio (de 3 andares) fica em La Boca e ainda tem uma livraria e além de um café pertinho do famoso El Caminito.

Visitando os melhores museus de Buenos Aires na Argentina

Fundación Proa

  • Endereço: Av. Pedro de Mendoza 1929. Site
  • Horários: de terça a domingo, das 11 às 19h; fechado na segunda
  • Ingressos: 100 pesos (adulto)

Museu de Arte Contemporânea – MACBA

O MACBA (não confunda com o homônimo de Barcelona) é um museu relativamente novo, inaugurado em 2012, e chegou para jogar mais uma luz sobre a arte contemporânea argentina.

Sua coleção, porém, não é dedicada apenas aos artistas nacionais. Ela também está aberta aos gringos, principalmente aos latino americanos. Vale a visita.

Museo de Arte Contemporáneo de Buenos Aires – MACBA

  • Endereço: Av. San Juan 328. Site
  • Horários: de segunda a sexta, das 11 às 19h; sábado e domingo até as 19h30
  • Ingressos: 150 pesos (adulto)

Museu Evita

É incrível pensar que este museu, dedicado à María Eva Duarte de Perón, a mais romantizada das argentinas, só foi inaugurado em 2002, no aniversário de 50 anos da sua morte.

Visitando os melhores museus de Buenos Aires na Argentina

O atraso é perfeitamente esquecido quando você entra no seu prédio (chamado de Casa Carabassa) e dá de cara com uma coleção estupenda de cartas, objetos pessoais e vestidos desta política poderosa e influente. Para quem gosta de misturar história e viagem, é imperdível.

Museo Evita

  • Endereço: Lafinur 2988. Site
  • Horários: de terça a domingo, das 11 às 19h; fechado na segunda
  • Ingressos: 90 pesos (adulto)

Museu Casa Carlos Gardel

O museu dedicado ao maior cantor de tango que o planeta conheceu fica na casa onde ele viveu com sua mãe durante alguns anos. Nela, hoje, estão objetos pessoais que contam a história da sua vida e da sua carreira. Considerando a importância de Carlos Gardel para os argentinos, entrar no museu é quase como entrar num lugar sagrado para o tango.

Museo Casa Carlos Gardel

  • Endereço: Jean Jaurès 735. Site
  • Horários: segunda, quarta, quinta e sexta, das 11 às 18h; sábado, domingo e feriados, das 10 às 19h; fechado na terça
  • Ingressos: 50 pesos (adulto)

Esse texto NÃO faz parte do projeto Indo Longe com Pouco e contempla experiências antigas de outras viagens da equipe do site.

Assine nossa newsletter!

Comentários