atualizado em:

Península de Gaspé: onde mora o sossego no Canadá

Eu quero uma casa no campo. Onde eu possa compor muitos rocks rurais...

por Fred Marvila outros artigos do autor
atualizado em:

Dias atribulados, horários apertados e congestionamentos. Eu tento deixar essas preocupações no aeroporto assim que escuto o aviso de “portas em automático”. Quando fiquei sabendo que iria viajar pela região de Gaspésie, também conhecida como Península de Gaspé, fiquei me perguntando como seria viver momentos tranquilos e distantes da vida agitada que temos nas grandes cidades.

Não se preocupe se você nunca ouviu falar dessa região, eu também não a conhecia. Nesse texto, compartilho as principais informações para quem quer conhecer uma área linda e diferente no Canadá. De como chegar até como organizar sua viagem, descubra o por que a Península de Gaspé merece entrar no seu radar.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 23

Uma jornada pela Península de Gaspé

À medida que os aviões iam diminuindo de tamanho para pousar nos aeroportos cada vez menores, era como se um vórtex temporal me atingisse e alterasse minha percepção do tempo. Os quilômetros e mais quilômetros entre uma alma viva e outra se misturavam à imensidão da natureza. De um lado falésias, do outro, o mar.

Como seria viver ali naquela calma toda? Conseguiria eu colocar a leitura em dia durantes os meses e mais meses de temperaturas negativas?

Viajar por Gaspésie, um destino ainda intocado pelo turismo de massa, se reflete como uma jornada ao nosso próprio eu.

Onde é Gaspésie?

A Península de Gaspé fica na província de Quebec e pertence à região turística de Quebec Maritime que engloba os territórios de Bas-Saint-Laurent, Gaspésie, Côte-Nord e Îles de la Madeleine. São mais de 280 mil quilômetros quadrados de área e 3 mil quilômetros de costa.

Gaspésie (ou Gaspé), propriamente dita, fica a 800 quilômetros de Montreal e a 600 de Quebec City.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 02

Por que pra lá?

Parafraseando nosso colunista Gabe Britto, por que visitar Gaspésie? Porque são 10 parques nacionais, 40 faróis ao longo da costa, 13 espécies diferentes de baleiras e menos de 400 mil habitantes em toda a grande área de Quebec Maritime.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 20

Banhada pelo golfo do rio Saint Lawrence, Gaspésie mistura montanhas e mar, desfiladeiros e pequenas cidades, tudo no auge do sossego. É um lugar que encabeçaria perfeitamente a lista de “destinos para se conhecer” de revistas como National Geographic ou Lonely Planet.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 14

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 18

Qual a melhor época para conhecer a Península de Gaspé?

A melhor época para conhecer a Península de Gaspé é entre o final da primavera e o começo do outono, ou seja, entre meados de maio e meados do outubro – o que também coincide com o período ideal para fazer os passeios de observação da vida marinha.

Nesses meses o clima é agradável, mas ainda assim, faz muito frio para os padrões brasileiros. As temperaturas máximas no verão podem chegar aos 28 graus e em fevereiro, as mínimas ficam por volta dos -20. No inverno, as paisagens ficam cobertas de branco e os passeios na neve tomam conta da programação.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 12

Como chegar até a Península de Gaspé saindo do Brasil?

Dois pequenos aeroportos servem a região: o Michel-Pouliot Gaspé Airport (YGP) e o Mont-Joli (YYY). Eles recebem voos diários operados apenas pela Air Canada saindo de Montreal e Quebec City. Portanto, partindo do Brasil, você provavelmente vai voar de São Paulo para Toronto, de lá para Montreal ou Quebec City e depois para um dos aeroportos de Gaspésie.

Como são muitas horas de voo (been there, done that), o ideal é passar alguns dias em uma dessas grandes cidades antes de seguir para seu destino final.

Como ir de uma cidade a outra em Gaspésie?

De carro. Pois é, não existe outra maneira de conhecer a região que não seja motorizado. Você pode se encaixar em um grupo fechado ou seguir viagem dirigindo por conta própria.

Não se preocupe, dirigir no Canadá é muito fácil, as estradas são bem tranquilas e seguras e as paisagens vão fazer cada quilômetro valer a pena.

Não tente dirigir no inverno, pois a neve e gelo deixam as estradas perigosas para quem não está acostumado

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 13

O que fazer na Península de Gaspé?

Jacques Cartier foi um dos primeiros exploradores a viajar de barco pelo golfo do rio St. Lawrence, lá no século 16. Deve-se a ele também o uso do francês como língua oficial na província de Quebec.

Seguindo alguns dos passos de Cartier, este roteiro mostra um pouco das belezas de Gaspésie e outras boas surpresas pelo caminho.

Primeira parada: Percé

Parque nacional da Ilha de Bonaventura

Em Percé, fica o Parque Nacional da Ilha de Bonaventura, o ponto de partida deste roteiro. Esculpida pelo tempo e pela ação do mar, a ilha concentra um rico patrimônio natural.

A vida é tão tranquila por aqueles lados, que ali se estabeleceu a maior colônia de aves marinhas migratórias da América do Norte. São mais de 200 mil bichinhos de 11 espécies diferentes, inclusive os gansos-patolas (northern gannet em inglês) com a segunda maior colônia do mundo.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 06

Parque Nacional da Ilha de Bonaventura (Parc national de l’Île-Bonaventure-et-du-Rocher-Percé)

  • Endereço: Centro de Registro de Visitantes na 4, rue du Quai, Percé – acesso pela Route 132
  • Site oficial
  • Horários:
    • Parque: aberto de 21 de maio a 8 de outubro
    • Centro de Registro de Visitantes: aberto diariamente das 10 às 17h entre 1º e 23 de junho; das 8 às 17h entre 24 de junho e 19 de agosto; das 10 às 17h entre 20 de agosto e 8 de outubro
  • Ingressos: 8,50 dólares canadenses

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 05

Rocha de Percé

Além de trilhas leves, passeios para avistamento de aves e caiaque, é possível combinar um tour pela Ilha de Bonaventura com tour de barco para ver de perto um dos grandes cartões postais dessa área: a Rocha de Percé, um rochedo no meio do golfo do Rio São Lourenço cuja lenda local diz lembrar o formato de um “fantasma”.

Passeio de barco – Croisières Baie de Gaspé

  • Endereço: 162, route 132 Ouest – Percé
  • Site oficial
  • Horários: de 15 a 31 de maio às 10h; junho às 9h, 11h, 13h e 15h; de 1º de julho a 30 de setembro de hora em hora entre 9 e 17h; outubro às 10h e 11h. Horários de volta confirmados durante a viagem.
  • Faixa de preço: 35 dólares canadenses; direto à ilha Bonaventura por 25 dólares canadenses

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 08

Geoparque de Percé

De um centro de pesquisas geográficas à um espaço recreativo, o Geoparque de Percé tem de tudo um pouco: 18 quilômetros de trilhas, área de camping, sítio interativo para crianças brincarem, uma enorme tirolesa no meio da mata e uma plataforma de vidro de deixar qualquer um com vertigem.

Geoparc de Percé

  • Endereço: 180, route 132 ouest – Percé
  • Site oficial
  • Horários: trilhas e observatórios abertos o ano inteiro das 9 às 18h; outras atividades fecham fora da estação
  • Ingressos: trilhas e observatórios são gratuitos; atividades entre 5 e 29 dólares americanos

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 07

Segunda Parada: Gaspé

Usando a pequena cidade de Gaspé como sua segunda base, é possível contemplar diferentes temas em dois dias completos de passeio.

Comece com uma visita ao Musée de la Gaspésie, que mostra como era o passado nesse território tão remoto, e siga para um tour pelo Micmac Interpretation Site of Gespeg, um espaço dedicado à preservação das tradições do povo Mi’gmaq (ou Micmac, assim como o quéchua, a língua não possui escrita), uma das primeiras civilizações indígenas a ocuparem a península durante o século XVII. Por fim, termine o dia no Berceau du Canada, o marco que indica a chegada da expedição de Jacques Cartier no Canadá e a fundação do país.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 01

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 03

Site d’interprétation Micmac de Gespeg

  • Endereço: 783, boulevard Pointe-Navarre – Gaspé
  • Site oficial
  • Horários: aberto de 19 de junho a 4 de outubro; entre junho e 30 de agosto das 9 às 17h; entre 31 de agosto e 4 de outubro das 10h30 às 16h30
  • Ingressos: 10 dólares canadenses

Musée de la Gaspésie

  • Endereço: 80 boulevard Gaspé – Gaspé
  • Site oficial
  • Horários: aberto o ano inteiro
    • Entre 1º de junho e 31 de outubro das 9 às 17h
    • Entre 1º de novembro e 31 de maio: de quarta a sexta das 10 às 17h; sábados e domingos das 12h30 às 17h
  • Ingressos: 11 dólares canadenses

Berceau du Canada

  • Endereço: 179, montée Wakeham – Gaspé
  • Site oficial
  • Horários: de 24 de junho a 24 de setembro, diariamente das 10h30 às 18h
  • Ingressos: contribuição voluntária para acesso às casas; para acesso à Maison Leboutillier, 5 dólares canadenses

O segundo dia reserva boas surpresas. Comece pelo Parque Nacional de Forillon, que marca o final da cadeia de montanhas Apalache (Appalachian Mountains) que começa lá na costa leste dos Estados Unidos. Ainda no parque, ficam a península de Cap-Bon-Ami, a praia de cascalho chamada Penouille, o mirante de Grande-Grave e as trilhas até o lindo Mont-Saint-Alban ou até Cap-Gaspé, onde foi construído um dos faróis mais bonitos da península. Aproveite para fazer um piquenique na montanha: é uma experiência única!

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 10

É do Forillon que partem os passeios de barco pela baía para avistamento de baleias e animais marinhos que escolhem as águas de Gaspesié para passar o verão no hemisfério norte. A região de Quebec Maritime abriga 13 espécies de baleias, golfinhos e focas. Até a baleia azul, a maior do mundo, gosta de passar as férias por ali. A melhor época para fazer a observação marinha é ente maio e outubro e você ainda pode trocar o barco por caiaque. Já imaginou ver uma baleia ao vivo e perto do seu pequeno barco?

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 09

Parque Nacional de Forillon

  • Endereço: 122 Gaspé Boulevard – Gaspé
  • Site oficial
  • Horários: aberto de 1º de junho a 8 de outubro; serviços e facilidades têm horários variados
  • Ingressos: 7,80 dólares canadenses, adulto; gratuito para menor de 18 anos

Passeio de barco para avistamento de baleias – Croisières Baie de Gaspé

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 11

Terceira parada: Sainte Anne des Monts

Parque Nacional de Gaspesíe

Seguindo pela estrada que margeia o litoral até a pequena cidade de Sainte Anne des Monts (aproveite para conhecer outros faróis históricos e lindos mirantes ao longo do caminho), logo você chegará ao Parque Nacional de Gaspésie. São 140 km de extensão, 25 montanhas e inúmeras trilhas de diferentes dificuldades dentro do segundo parque nacional mais antigo da província de Quebec. Além de canoagem, caiaque, SUP, pesca e atividades na neve, esse ponto é ótimo para observação de alces e de mais de 150 espécies de aves, assim como da flora ártica e alpina.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 22

Parque Nacional de Gaspesíe

  • Endereço: 1981, route du parc – Sainte-Anne-des-Monts
  • Site oficial
  • Horários: aberto diariamente, o ano inteiro; serviços e atividades têm horários diferentes
  • Ingressos: 8,50 dólares canadenses

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 24

Quem leva?

O guia que montamos aqui está bem detalhado com tudo o que precisa saber para viajar por esses lados de Quebec por conta própria. Além disso, todos os parques nacionais e as cidades aqui mencionadas têm postos de atendimento ao turista onde você pode contratar passeios ou guias para as trilhas. Se mesmo assim, ainda não se sentir seguro, a empresa Authentik Canada vende pacotes pela região de Gaspé.

Onde ficar na Península de Gaspé?

Quais são os melhores pontos para montar base?

Para seguir este roteiro, vamos indicar três cidades como base para os passeios: Percé, Gaspé e Sainte-Anne-des-Monts. Como o clima é bem pacato e familiar, os hotéis seguem uma linha um pouco mais rústica e simples.

Em Percé, os hotéis Le Mirage, Riotel Perce e Les Trois Soeurs oferecem uma bela vista para a rocha de Percé, wifi grátis, estacionamento, café da manhã e calefação.

Já em Gaspé, o Hotel des Commandants também tem wifi grátis, estacionamento, um salão de jogos e um mini-cinema.

Por fim, em Sainte Anne des Montes abriga o hotel mais charmoso da rota, o Chic-Chocs Mountain Lodge. Rodeado de montanhas, ele fica dentro do parque nacional de Gaspésie e trabalha num esquema de all-inclusive, oferecendo transporte para alguns restaurantes e para o começo de várias trilhas, canoagem e passeios de bicicleta, além de uma piscina aquecida ao ar livre.

Eu fiquei no Gîte du Mont-Albert, uma hospedagem cujas dependências comuns lembram os hotéis alpinos. Seus quartos são confortáveis mas com uma decoração meio business. O café da manhã é bem servido e seu restaurante é ótimo também.

Ainda na cidade, estão o Gîte Rêve et Réalité, que oferece café da manhã, wifi gratuito e uma linda vista para o mar e para o pôr do sol, e o Hôtel & cie, bem avaliado nos sites de reserva.

Onde comer na região de Gaspé?

Com tamanha costa, Gaspé usufrui muito do que vem do mar, como lagosta, camarão e salmão, sem abrir mão das carnes de caça. Aproveite para se jogar na comfort food e deixe os pratos mais elaborados para seus dias em Montreal.

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 04

Restaurantes em Percé

La Maison du Pêcheur

De frente para cais, o La Maison du Pêcheur serve um cardápio bem variado de peixes frescos e frutos do mar harmonizados com uma grande carta de vinhos canadenses. A pizza feita no forno à lenha também é um dos chamarizes da casa. Durante a temporada de lagosta, o restaurante oferece pratos especiais.

La Maison du Pêcheur

  • Endereço: 157, route 132 Ouest, Percé
  • Site oficial
  • Horários: diariamente das 11h30 às 15h e das 17h30 às 21h30 (sexta e sábado até as 22h)
  • Faixa de preço: entre 15 e 50 dólares canadenses

Pit Caribou Pub

A Pit Caribou produz vários rótulos de cerveja com ingredientes locais e seu pub serve as variedades da bebida sempre acompanhadas de puro rock & roll (não literalmente falando, mas você entendeu o clima).

Pit Caribou Pub

  • Endereço: 182, route 132 Ouest – Percé
  • Site oficial
  • Horários: fechado na segunda; de terça a quinta das 15 às 21h; sexta e sábado das 12 às 23h; domingo das 12 às 21h
  • Faixa de preço: cervejas entre 4,25 e 18 dólares canadenses; acompanhamentos entre 3 e 19 dólares canadenses

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 15

Gaspé

TÉTÛ Taverne Gaspésienne

Pratos criativos feitos com ingredientes locais são servidos acompanhados por coquetéis ou cervejas artesanais. A carta de gins ultrapassa os 40 rótulos, inclusive alguns feitos na própria região. Também oferece menu especial para crianças.

TÉTaverne Gaspésienne

  • Endereço: 178, rue de la Reine – Gaspé
  • Site oficial
  • Horários: de segunda a sexta das 18 à meia-noite; sábado das 19 à meia-noite; domingo das 19 às 23h
  • Faixa de preço: entre 15 e 30 dólares canadenses

Brise Bise

Endereço favorito de quem mora em Gaspé, o Brise Bise tem um menu sazonal e opções saborosas como lanches com lagosta, fish and chips, poutine e hambúrguer. É claro que uma boa lista de cerveja não ficaria de fora.

Brise Bise

  • Endereço: 135 Rue de la Reine – Gaspé
  • Site oficial
  • Horários: todos os dias das 11 às 3h
  • Faixa de preço: entre 9 e 42 dólares canadenses

Cafe des Artistes

Com uma decoração inusitada, o Café des Artistes é ideal para quem procura um bom café e também por saladas, pizzas e diversos tipos de sanduíches. Fica bem no centro da cidade de Gaspé.

Cafe des Artistes

  • Endereço: 101 Rue de la Reine – Gaspé
  • Site oficial
  • Horários: de segunda a sexta das 7 às 22h30; sábado e domingo das 8 às 22h30
  • Faixa de preço: entre 2,50 e 14,99 dólares canadenses

Roteiro por Gaspésie, no Canadá - 21

Sainte-Anne-des-Monts

Auberge Gîte du Mont-Albert

Uma sala de jantar num chalé na montanha: é assim que você se sente ao entrar no restaurante do hotel Gîte du Mont-Albert. Mesmo não se hospedando por ali, vale confirmar uma reserva e saborear pratos da cozinha internacional com um toque canadense.

Auberge Gîte du Mont-Albert

  • Endereço: 2001, route du Parc – Sainte-Anne-des-Monts
  • Site oficial
  • Horários: aberto o dia todo, de 26 de dezembro a 31 de março e de 8 de junho a 7 de outubro
  • Faixa de preço: pratos principais entre 15 e 50 dólares canadenses

Roteiro dia a dia por Gaspésie

Este roteiro assume que você vai começar a viagem pelo aeroporto de Gaspé, mas ele pode ser feito no sentido contrário chegando pelo aeroporto de Mont-Joli.

Dia 1

  • Chegada em Gaspé
  • Retirada do carro
  • Supermercado para comprar suprimentos básicos como snacks, lanches e águas para os trechos de estradas e trilhas. (Supermercados IGA Richard Cronier e Super C)
  • Viagem até Percé
  • Noite em Percé

Dia 2

  • Parque nacional da Ilha de Boaventura
  • Piquenique na ilha
  • Rocha de Percé
  • Geoparc de Percé
  • Jantar em Percé
  • Noite em Percé

Dia 3

  • Passeio pela cidade de Gaspé
  • Visita ao local de interpretação da cultura Micmac
  • Almoço no Café des Artistes
  • Musée de la Gaspésie
  • Berceau du Canada
  • Rua de la Reine
  • Jantar Bistro-Bar Le Brise Bise
  • Noite em Gaspé

Dia 4

  • Viagem até o Parque Nacional de Forillon
  • Passeio de barco pela baía para avistar as baleias
  • Piquenique no parque
  • Trilha dentro do parque até Cap-Gaspé
  • Visita ao farol da região
  • Noite em Gaspé

Dia 5

  • Viagem de carro até Sainte Anne des Monts parando pelo caminho para ver os mirantes e os faróis
  • Almoço na estrada
  • Noite em Sainte Anne des Montes

Dia 6

  • Passeio pelo Parque Nacional de Gaspesíe
  • Trilhas
  • Piquenique no parque
  • Noite em Sainte Anne des Monts

Dia 7

  • É hora de se despedir e seguir até o aeroporto de Mont-Joli

Península de Gaspé combina com…

Gaspé combina perfeitamente com um roteiro triangular entre Montreal, a península e Quebec City. Dessa forma, você consegue visitar duas cidades importantes do Canadá e polos de turismo em Quebec e ainda inclui uns 4 ou 5 dias circulando por essa linda região. Para voltar ao Brasil, basta uma conexão em Toronto.

O Sundaycooks viajou a convite do Destination Canada.

Assine nossa newsletter!